Passo a passo: saiba como fazer uma segunda graduação

como fazer uma segunda graduação

Oportunidades de trabalho não caem do céu — é certo que precisamos ir em busca de caminhos que nos levem ao sucesso profissional, concorda?

Existem várias formas de conseguir isso, como fazer uma segunda graduação, uma especialização ou até um MBA. Porém, o que muita gente não sabe é que a primeira dica é uma excelente alternativa para incrementar o currículo e conseguir destaque no mercado de trabalho.

Continue a leitura, pois vamos explicar como e por que investir em um segundo curso vai turbinar sua carreira!

Passo 1. Planeje sua carreira

Quem define objetivos e metas a serem conquistados a curto, médio e longo prazo tem muito mais chance de obter sucesso do que aqueles que vivem à deriva, no estilo “deixa a vida me levar”.

Portanto, se você pretende um dia chegar a um cargo de gerência, por exemplo, precisa trabalhar para que isso aconteça. Se quer se tornar freelancer, ter mais liberdade e autonomia na carreira, também deve se preparar.

Da mesma forma, quem não pensa no futuro está fadado a encontrar surpresas — nem sempre positivas — na vida profissional.

Nesse sentido, é necessário pesquisar as possibilidades, descobrindo se vale a pena fazer segunda graduação e como ela colabora para conquistar os resultados esperados.

Passo 2. Entenda os tipos de segunda graduação

Se, no seu primeiro diploma, você precisou frequentar as aulas durante quatro anos, agora vai ser muito mais tranquilo. Existem tipos diferenciados, no formato a distância, para quem vai fazer uma segunda faculdade EAD, como semipresencial e 100% online.

O tempo de curso também é bem menor — às vezes até de 1 ano —, possibilitando que você continue a trabalhar enquanto se prepara para assumir novos postos de trabalho ou enriquecer seu currículo para garantir aquele aumento de salário merecido.

Veja, a seguir, dois tipos de segunda graduação que estão sendo bastante procurados por quem já está no mercado de trabalho.

Licenciatura

O curso de Licenciatura é válido tanto para professores em busca de ampliar o campo de atuação quanto para bacharéis e tecnólogos que pretendem trabalhar na educação.

O contrário também é comum: o Bacharelado para licenciados que querem diversificar e potencializar a carreira.

Por exemplo, quem fez o curso de Licenciatura em Artes Visuais e já dá aulas de Artes no ensino fundamental pode fazer a segunda graduação em:

Viu como um mesmo curso pode se beneficiar de várias formas com uma segunda faculdade?

Formação pedagógica

No caso da segunda graduação para formação pedagógica, trata-se de uma complementação de carga horária com matérias específicas para a formação de professores. Quem já tem graduação na área, mas é bacharel, precisa complementar 1.070 horas; se for uma área afim, 1.410 horas.

Isso vale para cursos como:

  • Sociologia;
  • Ciências Biológicas;
  • Geografia;
  • Letras;
  • Física;
  • Química.

Então, vamos a alguns exemplos: imagine que você fez Gestão Financeira, mas quer buscar uma segunda Licenciatura em Matemática, certo? Ou fez Engenharia Química e agora quer obter o grau de licenciado e dar aulas de Química, assim como quem vem de Gestão Ambiental pode lecionar Geografia.

Passo 3. Veja como está o mercado de trabalho da sua área

E como decidir qual área seguir? Além da afinidade com os temas, é preciso saber como está a demanda do mercado. Se houver saturação de profissionais, será que não é melhor repensar sua escolha?

No caso dos professores, há uma carência de profissionais no mercado. Logo após obter o segundo diploma, a empregabilidade é alta.

Uma opção interessante para quem tem curso Tecnólogo em Recursos Humanos é fazer Pedagogia para concursos públicos, aumentando a chance de ingressar em:

  • delegacias de ensino;
  • institutos federais de educação;
  • hospitais e unidades de atenção à saúde.

Passo 4. Escolha a instituição e a modalidade do curso

É imprescindível fazer uma ampla pesquisa sobre a instituição onde você vai obter seu segundo diploma. Quanto mais compatível com a grade curricular da primeira graduação, mais disciplinas você vai conseguir eliminar.

Verifique também se a faculdade oferece cursos a distância e formação pedagógica para obtenção de novo título, como ocorre na Anhanguera. Aqui, você encontra as seguintes modalidades de curso:

  • presencial;
  • semipresencial;
  • 100% online.

Se optar pela segunda Licenciatura EAD, terá tempo para cumprir as tarefas relacionadas ao seu trabalho e, ainda, poderá estudar quando e onde sua agenda permitir!

Se você é formado em Marketing, por exemplo, e atua em uma agência, pode querer trabalhar com Marketing Digital e dar um upgrade na carreira. Para isso, basta se matricular na modalidade 100% a distância e, em 1 ano, o novo diploma já estará no currículo.

Passo 5. Pesquise as formas de ingresso no curso

Portadores de diploma — ou seja, os que já têm uma graduação — podem entrar na faculdade sem precisar passar pelo vestibular, sabia?

Não é preciso fazer a prova novamente: é possível usar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (desde que você tenha feito a prova a partir de 2010) para entrar na faculdade. O mais comum, porém, é entrar como portador de diploma.

Outra grande diferença é saber se você consegue fazer a segunda graduação com desconto, o que facilita muito a vida, certo?

Passo 6. Reúna os documentos necessários

Se, após definir o curso e a instituição e decidir entrar para obtenção de novo título, será preciso comprovar que você já tem um diploma. Alguns documentos serão necessários nesse momento.

São eles:

  • diploma do primeiro curso;
  • histórico escolar da faculdade e do ensino médio;
  • conteúdo programático das disciplinas cursadas;
  • carteira de identidade e CPF;
  • comprovante de residência.

Lembre-se de que é preciso apresentar o documento original e uma cópia. Se fizer a inscrição pela internet, basta enviar uma foto do original, ok?

Que tal dar um up no currículo e fazer uma segunda graduação?

Como você pôde ver até aqui, a segunda graduação também é visada por quem quer mudar de área ou se especializar num segmento, já que amplia as chances no mercado. Então, aprender como fazer uma segunda graduação a distância pode ser o ponto decisivo na sua carreira, pois são muitas as vantagens da segunda graduação, sobretudo EAD.

Por isso, convidamos você a fazer sua inscrição para a segunda graduação na Anhanguera e aproveitar todas as vantagens de nossa instituição!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content