Ciência de Dados: tudo que você precisa saber sobre o curso

ciência de dados

A Ciência de Dados agrega várias áreas de conhecimento, englobando estatísticas, inteligência artificial (IA), métodos científicos, e análise de informação para obter utilidade dos dados. 

Os profissionais que atuam nessa profissão são denominados de cientistas de dados e possuem várias habilidades para examinar dados adquiridos da web, clientes, sensores, smartphones e outras fontes para atingir insights ligáveis.

Essa área abarca o tratamento de dados para estudo, incluindo limpeza, incorporação e manipulação de dados para realizar análises avançadas.

As aplicações analíticas e os cientistas de dados são capazes de rever os resultados para encontrar padrões, e possibilitar que os gestores de negócios tenham melhores possibilidades de tomada de decisão.

E começar uma carreira nessa profissão requer bastante dedicação já na faculdade de Ciência de Dados. Conheça mais sobre a área a seguir!

Como funciona a área de Ciência de Dados?

Ciência de Dados é um dos setores mais relevantes atualmente para as empresas. E por que é tão importante assim?

As organizações podem ter acesso a um verdadeiro tesouro de dados. A partir da tecnologia moderna, possibilitou-se o desenvolvimento e o armazenamento de grandes quantidades de informações. 

A IBM possui uma estimativa de que cerca de 90% dos dados do mundo tenham sido gerados nos últimos anos. Os usuários do Facebook, por exemplo, fazem o carregamento de 10 milhões de fotos a cada hora. 

Entretanto, essas informações em sua maioria permanecem intocados e estão armazenados em bancos de dados e data lakes.

A riqueza de dados coletados e armazenados por essas tecnologias, pode proporcionar vantagens inovadoras para organizações e sociedades em todo o mundo, mas somente se for possível analisá-los. É aí que a Ciência de Dados entra em ação.

Ela mostra predisposições de mercado e cria as informações que podem ser utilizadas para melhores tomadas de decisão e no desenvolvimento de produtos e serviços inovadores

É provável que o aspecto mais importante seja a possibilidade dos modelos de machine learning (ML) aprenderem com os dados que estão sendo fornecidos a eles, tornando esse trabalho automatizado. 

Os dados fazem parte dos pilares da inovação, mas seu valor vem das informações que os cientistas podem interpretar e depois utilizar.

Veja como a ciência de dados está transformando os negócios.

Personalização do marketing

No marketing, a Ciência de Dados auxilia no desenvolvimento de experiências diferenciadas. Dispositivos reúnem dados sobre os consumidores, como seu histórico de navegação, transações e interações com a marca, e reconhecem quais são as preferências e comportamentos de cada indivíduo.

Está gostando deste assunto? Que tal ouvir uma entrevista com um especialista da área? Confira abaixo!

YouTube video

No e-commerce, é frequente encontrar vitrines com sugestões personalizadas de produtos, que se baseiam em conteúdos e categorias que já foram vistas ou pesquisadas pelo consumidor.

No e-mail marketing, as mensagens podem ter materiais personalizados com base naquilo que o usuário se interessa. 

Análises de mercado

As pesquisas realizadas pela Ciência de Dados auxiliam no entendimento do mercado e suas tendências.

As organizações têm a possibilidade de explorar as estratégias usadas pelos concorrentes, entender o comportamento do consumidor, e até visualizar demandas para planejar o estoque.

Sendo assim, tomar decisões com mais segurança e desenvolver estratégias mais eficientes se torna cada vez mais possível, o que é fundamental em mercados com muita concorrência. 

Análises financeiras

O mercado financeiro é outra alternativa de uso dessa área. Os dados compreendem informações sobre os comportamentos das pessoas, e isso contribui no direcionamento das definições sobre finanças pessoais e aplicações de investimentos.

Podemos ver como exemplo, as empresas que atuam com recomendações automatizadas para carteiras de investimentos. Ou aquelas que utilizam a ciência de dados para calcular o risco de investimento.

Algumas empresas já trabalham com recomendações personalizadas e automatizadas para carteiras de investimentos. Outro exemplo são as análises de risco para empréstimo de crédito, que são mais precisas, rápidas e ágeis.

 Medicina

A Ciência de Dados pode desenvolver transformações essenciais na medicina. Os dados possibilitam, por exemplo, acompanhar sinais e indicativos de uma pessoa e avisá-la sobre a necessidade de ir a um médico ou tomar medicação.

Nos hospitais, o estudo antecipado de dados pode mapear a chance de acontecimentos futuros, como risco de morte e as possibilidades de sucesso em um tratamento. 

Além disso, a utilização dos dados em Machine Learning oportuniza o progresso de respostas automatizadas em equipamentos cirúrgicos, que podem deixar os procedimentos mais rápidos e eficientes.

Políticas urbanas

A Ciência de Dados pode auxiliar no desenvolvimento de cidades planejadas e inteligentes. Smart cities aumentam a qualidade de vida dos moradores e a experiência dos turistas nas cidades.

Os dados possibilitam encontrar melhores rotas de circulação, evitar ambientes com altos percentuais de poluição e zonas de maior incidência de criminalidade, por exemplo. Assim, se torna possível desenvolver políticas urbanas que eliminem os problemas das grandes metrópoles.

Como a ciência de dados é conduzida

O procedimento de estudo e atividade sobre os dados é iterativo e não linear. Porém, é desta forma que o ciclo de vida da Ciência de Dados geralmente se transforma para um projeto de modelagem de dados:

  • Planejamento: Determinar um projeto e seus prováveis frutos;
  • Produção de um modelo de dados: Os cientistas de dados usam uma diversidade de bibliotecas de código aberto ou ferramentas no banco de dados para desenvolver exemplares de machine learning;
  • Avaliação de um modelo: Os profissionais precisam chegar em uma exatidão para seus modelos antes de concretizá-los. A análise do modelo vai além da performance bruta para levar em conta as reações esperadas da linha de base;
  • Implementação de um modelo: Fazer o uso de um exemplar de machine learning qualificado e incluí-lo nos sistemas corretos, normalmente se trata de um processo difícil e trabalhoso. Isso pode ser simplificado operacionalizando modelos como APIs escaláveis e seguras ou utilizando modelos de machine learning no banco de dados;
  • Monitoramento de modelos: Implementar um modelo não é o fim da tarefa infelizmente. É necessário que haja o monitoramento após a instalação dos modelos, a fim de atestar que estejam funcionando corretamente.

Os dados em que o modelo foi desenvolvido podem não ser mais eficientes depois de um tempo, sendo necessárias atualizações constantes. Isso porque as demais tecnologias e sistemas globais estão sempre sendo atualizados ou criado novos modelos. 

Como está o mercado de Ciência de Dados no Brasil?

No primeiro semestre de 2021, as ofertas de vagas de emprego com inteligência de dados aumentaram 485% comparado ao primeiro semestre de 2020. É o que mostra a pesquisa realizada pela HR Tech de recrutamento digital Intera. 

Atualmente, toda organização necessita de profissionais dessa área. Porém, não há talentos qualificados que possam suprir as necessidades e exigências do mercado.

Isso mostra que, mesmo o mercado de trabalho estando completamente aquecido, há uma grande escassez de profissionais capacitados, que sejam capacitados para ocupar uma dessas vagas. Sendo assim, a dica é: qualifique-se para assumir um bom cargo de cientista de dados!

Por isso, ela está diretamente ligada ao sucesso da comercialização de produtos e serviços de uma empresa, seja no desenvolvimento de aplicativos próprios, campanhas em redes sociais, serviços financeiros, entre outros. 

Isso também mostra que os cientistas de dados não contam com limites no segmento empresarial que atuam, podendo ser desde bancos e negócios de pesquisa de mercado, indústrias e até agências de marketing.

Uma área que é pouco citada na utilização da Ciência de Dados no país está ligado ao setor de RH das empresas, que busca entender o comportamento humano e, assim, melhorar o clima organizacional e os resultados dos seus colaboradores. 

Essa atividade ganhou a nomenclatura de People Analytics e vale muito a pena investir, já que se trata de uma área nova de aplicação dessa tecnologia de dados.

Quais são as tendências para Ciência de Dados e principais atuações?

O profissional cientista de dados tem a possibilidade de trabalhar em diversos cargos estratégicos que se relacionam com a inteligência de mercado, seja em instituições públicas ou empresas privadas.

Este profissional pode ser considerado como uma das carreiras do futuro. Pois como dito anteriormente, o mercado de trabalho tem voltado o olhar para profissionais que sejam capazes de interpretar dados com a utilização de recursos estatísticos e tecnológicos, e transformá-los em informações estratégicas para a organização.  

Por isso, as possibilidades de atuação são variadas e englobam bancos de investimento, consultoria, empresas multinacionais, organizações não governamentais, mídia e comunicação, tecnologia, varejo, além de carreiras em pesquisa.  

Como profissão, a Ciência de Dados é nova, se desenvolvendo a partir das áreas de análise estatística e mineração de dados (data mining). Em 2008, o título de cientista de dados nasceu e a área cresceu rapidamente. 

Desde então, existe uma falta de cientistas de dados, mesmo que mais faculdades e universidades passaram a ofertar a graduação.

As atribuições de um profissional da área envolvem o planejamento de estratégias para examinar dados, preparar dados, explorar, visualizar dados, desenvolver modelos com dados a partir de linguagens de programação, como Python e R, e implantar modelos em aplicativos.

Essa ciência se torna mais eficiente ao ser utilizada em equipes, ou seja, a ciência dos dados é uma ferramenta que envolve várias áreas. 

Além de um cientista de dados, um departamento pode incluir um analista comercial que determina o obstáculo, um engenheiro de dados que fornece os dados e como eles são obtidos, um arquiteto de TI que fiscaliza os procedimentos e a infraestrutura subjacentes, e um desenvolvedor de aplicativos que faz os modelos ou aplicativos e produtos.

A remuneração média de um cientista de dados fica em torno de R$ 6.878,80*, segundo o CAGED. É possível notar que está bem acima da média salarial brasileira que está estabelecida em R$ 2.489,00*. E com o tempo e a aquisição de novos conhecimentos é possível chegar a valores acima de R$ 14.000,00*. 

Média salarial por região

Alguns fatores como o custo de vida, tamanho e quantidade de empresas com demanda, variação de impostos e oferta de profissionais podem influenciar na diferença entre as médias salariais desta profissão nos estados brasileiros. Conheça as médias de remuneração mais altas de acordo com a região:

  • Amazonas: R$ 6.519,20*;
  • Distrito Federal: R$ 6.456,12*;
  • Pará: R$ 6.000,00*;
  • Rio de Janeiro: R$ 8.425,21*;
  • Rio Grande do Sul: R$ 6.871,87*;
  • São Paulo: R$ 7.739,57*.

Qual a remuneração de um recém-formado?

Ao iniciar a carreira, mesmo sem experiência, o salário médio na Ciência de dados já é alta, sendo possível receber na faixa de R$ 6 mil*. Isso é uma consequência da escassez de profissionais e a sua alta importância para o meio empresarial.

Porém, em alguns estados, existem médias que variam entre R$ 3 mil a R$ 4 mil* para os recém-formados. Mas não se preocupe! Conforme você for adquirindo conhecimento técnico profissional e desenvolvendo suas habilidades, é possível conquistar altos salários.

Quais são as funções melhor remuneradas na área de Ciência de Dados?

Já falamos anteriormente que o cientista de dados pode trabalhar em diversos segmentos e departamentos de uma empresa. Mas não falamos sobre as remunerações das principais funções que ele pode exercer.

Por isso, vamos trazer para você quais são as funções e salários mais ofertados no mercado de trabalho. Veja! 

A ocupação mais interessante tem sido o de Data Protection Officer (DPO), com média de remuneração variando em torno de R$ 19.689,00*. Este profissional garante que os processos da empresa permaneçam de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), impedindo que receba multas e penalidades.

Conheça agora outros exemplos de salário de Ciência de Dados em funções, com base nas informações do CAGED:

  • Desenvolvimento de sistemas e software: R$ 6.731,89*;
  • Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador: R$ 6.867,23*;
  • Educação superior: R$ 9.656,83*;
  • Intermediação e agenciamento de serviços: R$ 6.815,23*;
  • Pesquisa e desenvolvimento: R$ 6.626,16*.

Como ingressar no mercado de Ciência de Dados?

Atuar com Ciência de Dados abrange cálculos, estatísticas e algoritmos, ou seja, é necessário entender das ciências exatas para ter sucesso na profissão.   

Além disso, os cientistas de dados precisam ter um conhecimento estratégico e analítico para obter dados e convertê-los em informações significativas para as empresas em que atuam.   

É fundamental que esses profissionais busquem aprender e encarar novos desafios. Afinal, a Ciência de Dados é uma área que está em incessante progresso, com novas ferramentas e metodologias sendo desenvolvidas a todo momento.

É possível perceber que o primeiro passo para se tornar um cientista de dados e seguir carreira com ótima remuneração, é focar nos estudos. Por isso, é essencial buscar por uma instituição de ensino superior que ofereça a melhor estrutura e metodologia de ensino.

E nesse caso, Ciência de Dados EAD na Anhanguera é a melhor escolha! Ela oferece aos alunos em mais de 300 unidades espalhadas pelo Brasil, o curso possui reconhecimento do Ministério da Educação MEC e nota de avaliação 3 de uma escala que vai de 0 a 5.

Além disso, o corpo docente é composto por mestres e doutores que possuem ampla experiência acadêmica e de mercado. Proporcionando ao aluno conhecimentos que realmente são exigidos pelas empresas no mercado de trabalho.

*Sujeito a alteração.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.6 / 5. Número de votos: 36

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.