Tudo sobre o curso de Radiologia

Radiologia

O Tecnólogo em Radiologia é responsável por várias tarefas ligadas à produção de diagnósticos médicos. Por ser uma área bastante técnica, os profissionais precisam acumular especializações e treinamentos ao longo da carreira. Mas, antes de entrar nas especializações, o ideal é passar primeiro pelo curso superior de Radiologia.

A graduação garante ao profissional da área experiências e conhecimentos específicos sobre a rotina de um Tecnólogo em Radiologia, além de todas as vantagens de ter um diploma de ensino superior.

Então, se você tem interesse de trabalhar na área da Saúde, conheça agora tudo sobre o curso superior de Radiologia. Boa leitura!

O que é Radiologia?

A Radiologia abrange processos que utilizam a radiação ionizante para produzir imagens que não seriam possíveis a olho nu. A área tem seu maior aproveitamento na Saúde, ao produzir imagens que ajudam no diagnóstico e tratamento de pacientes. A própria nomenclatura Radiologia está relacionada com os estudos sobre a radiação.

Os exames radiológicos emitem imagens de tecidos, ossos e regiões específicas do corpo que permitem aos médicos interpretar o estado de saúde dos pacientes com maior precisão. Alguns exames comuns usados com essa finalidade são a ressonância magnética, a tomografia, a mamografia e o ultrassom.

Porém, na área de Saúde, não existem apenas os médicos radiologistas, que interpretam as imagens e realizam o diagnóstico, pois os profissionais responsáveis por manusear e supervisionar as máquinas que produzem as imagens também são vitais.

O profissional de Radiologia que fica responsável pelas máquinas pode ser o técnico ou o tecnólogo em Radiologia — mais à frente, ainda neste post, vamos explicar melhor a diferença entre as duas profissões.

Portanto, você pode encontrar a formação para Radiologia em várias formas. Ela pode ser uma especialização para profissionais da Medicina, curso de nível técnico ou curso superior para os profissionais tecnólogos.

Como é o mercado de trabalho para o profissional de Radiologia?

O mercado de trabalho de Radiologia tem atraído cada vez mais jovens interessados em trabalhar na Saúde. Isso acontece por conta de alguns fatores, veja só.

Áreas de atuação

A carreira em Radiologia pode ser desenvolvida em clínicas, hospitais, laboratórios, centros de diagnóstico e até no setor industrial. Uma vantagem interessante é que o profissional tecnólogo não precisa prestar serviços de Radiologia a uma clínica ou a um hospital de forma exclusiva.

Dependendo das propostas de trabalho, você pode trabalhar como profissional autônomo em mais de um local, diversificando a sua fonte de renda. Legal, não é?

Mercado de trabalho em alta

Outro fator que tem atraído profissionais da Saúde para a Radiologia é o crescimento do número de oportunidades na área. A procura por técnicos, tecnólogos e auxiliares de Radiologia nunca foi tão grande como nos últimos anos.

Só no primeiro semestre de 2020, a busca por profissionais de Radiologia passou por um crescimento de 732% no mercado de trabalho brasileiro, em comparação ao mesmo período de 2019. Os dados são uma pesquisa da Catho, site especializado em recrutamento de pessoas, que também destaca a busca por profissionais em outras áreas da Saúde.

A tendência é que a procura por profissionais continue alta. O investimento público e privado em tecnologias para a Saúde tende a ser cada vez maior nos próximos anos, o que vai demandar profissionais capacitados em áreas tão técnicas quanto a Radiologia.

Então, se você tem interesse em trabalhar na área, agora é a hora. Aproveite o bom momento do mercado de trabalho de Radiologia e garanta sua vaga na faculdade.

Técnico ou Tecnólogo em Radiologia: existe diferença?

Sim! Apesar de compartilharem responsabilidades em comum, o tecnólogo e o técnico em Radiologia têm formações e possibilidades de atuação diferentes no mercado de trabalho. Entenda melhor logo abaixo.

Duração do curso

O Tecnólogo em Radiologia oferece uma formação de trabalho mais aprofundada em certos aspectos da profissão. Em 3 anos, o aluno aprende o que precisa para começar no mercado de trabalho.

Já o técnico tem uma abordagem mais operacional das atividades que o profissional vai desenvolver. Por isso, o curso técnico dura aproximadamente 2 anos.

Funções no mercado de trabalho

O mercado de trabalho é bem parecido para o técnico e o tecnólogo. A diferença é que o profissional tecnólogo, além de realizar as atividades operacionais, tem a possibilidade de ocupar cargos de gestão e supervisão em clínicas, hospitais, laboratórios e centros de diagnósticos.

Possibilidade de fazer uma pós-graduação

O Tecnólogo é ensino superior, como os cursos de Bacharelado e Licenciatura. Ao finalizar a graduação, o recém-formado em Radiologia já pode ingressar em uma pós, como MBA ou mestrado, que dura mais 2 anos.

Isso não é possível para quem faz apenas o curso técnico em Radiologia. O curso técnico é uma formação profissional de nível médio, que pode ser feita durante os 3 anos do ensino médio (no caso de quem ainda não terminou a educação básica).

Em resumo, a diferença no tempo de formação é de 1 ano, mas o diploma de graduação de Tecnólogo abre as portas para oportunidades que você não encontraria apenas com o técnico.

Vagas de nível superior em concurso público

Quem se forma em qualquer curso Tecnólogo pode concorrer a vagas de nível superior em concursos públicos, que costumam oferecer salários mais altos do que as vagas para nível médio, além de melhores benefícios e condições de trabalho.

Aumento salarial

O profissional tecnólogo tem a chance de ocupar cargos de maior nível hierárquico em centros médicos, pode concorrer a vagas de nível superior em concursos públicos e ainda tem a possibilidade de fazer especializações na pós-graduação.

Esses fatores contribuem de forma direta para o aumento salarial durante a carreira. Já para quem tem apenas a formação de nível técnico, essas não são vantagens possíveis.

Qual é o salário de um Tecnólogo em Radiologia?

A faixa salarial do profissional de Tecnólogo em Radiologia fica entre o piso de R$ 1.938,83* e o teto de R$ 3.648,48*, sendo a média salarial de R$ 2.117,73*. Os dados são de uma pesquisa feita pelo site Salário, que oferece relatórios sobre a faixa salarial de centenas de profissões no mercado de trabalho brasileiro.

A remuneração de um tecnólogo em Radiologia sofre mudanças de acordo com alguns fatores, como o nível de experiência profissional. Isso significa que um recém-formado tende ganhar um valor próximo ao piso salarial e pode aumentar sua remuneração conforme adquire experiência na profissão.

Outro fator que influencia diretamente o salário é a área de especialização. No próximo tópico, você vai entender quais são essas áreas!

Quais são as áreas de atuação de um tecnólogo em Radiologia?

A seguir, vamos explicar melhor as principais áreas para trabalhar com Radiologia. Continue e conheça as possibilidades!

Raio-x

Raio-x, também conhecido como Radiografia, é um exame não-invasivo que funciona a partir de doses baixas de radiação para identificar alterações na estrutura óssea e em órgãos de um paciente.

A máquina de raios-x é composta por uma mesa que se movimenta em várias direções para facilitar o foco na região do corpo que será examinada. O profissional de Radiologia é quem deve realizar todos os passos para a execução do exame.

Isso envolve, por exemplo, coordenar a posição do paciente, avaliar a intensidade da radiação emitida pela máquina e garantir que o paciente tenha retirado todos os objetos metálicos do corpo.

Os resultados do exame são repassados para um médico especializado na região do corpo analisada. A partir daí, o médico pode interpretar as imagens produzidas pelo Raio-X.

Mamografia

Quem se forma em Radiologia também pode atuar na realização do exame de mamografia, que serve para identificar lesões, assimetrias e nódulos na região das mamas. Esse exame é a principal maneira de diagnosticar precocemente o câncer de mama, um dos tipos de câncer mais frequentes no Brasil.

Assim como acontece na realização do raio-x, o tecnólogo em Radiologia pode ficar responsável pelos processos envolvidos na execução do exame, como a posição correta do paciente e o nível radiação emitido pela máquina.

Ressonância magnética

O profissional de Radiologia formado no curso superior também está apto a executar a ressonância magnética, um tipo de exame médico que produz imagens em alta definição de órgãos internos do corpo.

A principal diferença em relação aos outros exames é que a ressonância magnética não utiliza radiação ionizante para a produção das imagens médicas. A máquina de ressonância magnética é composta por um ímã que interage com o corpo humano por meio de campos magnéticos e pulsos de radiofrequência.

Essa interação é o que permite a produção das imagens médicas. Por ter um campo magnético muito forte, o profissional de Radiologia deve garantir que nenhum objeto metálico esteja por perto.

Radiologia Industrial

Saindo um pouco das clínicas e dos hospitais, o profissional da Radiologia industrial é o responsável por garantir a segurança das pessoas e o controle de qualidade de produtos e materiais produzidos em escala industrial.

Como você pode perceber, esse segmento não é simplesmente a aplicação da Radiologia das áreas médicas nas fábricas.

Na Radiologia Industrial, a produção de imagens com radiação ionizante contribui para a identificação de falhas de produtos, nível químico, microrganismos danosos à saúde de consumidores e que podem alterar as características dos materiais.

Como é o curso superior de Radiologia?

A graduação em Radiologia é um dos cursos superiores de curta duração da Anhanguera. O curso superior oferece uma formação de nível tecnólogo com duração de, aproximadamente, 3 anos.

É um período de formação curto se comparado a cursos superiores de Bacharelado. Isso permite que a grade curricular de Radiologia seja enxuta, com uma abordagem mais prática e menos teórica, voltada diretamente para a realidade do mercado de trabalho.

O objetivo do curso de Radiologia é formar profissionais capazes de executar as técnicas e os protocolos para a realização de exames radiológicos, atuar no setor industrial e nas demais áreas de atuação, sempre com um senso crítico, uma visão ética da profissão e com responsabilidade diante de pacientes e do meio ambiente.

Além da abordagem prática da grade curricular, o aluno de Radiologia tem a oportunidade de vivenciar a realidade da profissão durante as matérias de estágio obrigatório. Nesses momentos, o aluno pode entender na prática as técnicas e os protocolos para a realização dos processos radiológicos, sob supervisão de um orientador.

Quais são as modalidades de ensino para estudar Radiologia?

Na Anhanguera, o curso superior de Radiologia é oferecido na modalidade presencial e a distância (EAD). Você pode escolher uma das opções na inscrição na ficha de inscrição do vestibular.

Antes de fazer sua escolha, veja a seguir como funcionam as duas modalidades de ensino.

Presencial

Na modalidade presencial, você pode escolher uma das unidades da Anhanguera que esteja mais próximo na sua cidade. As aulas atividades são realizadas de forma presencial, e o aluno tem acesso a toda a infraestrutura física da faculdade, que inclui salas de aula climatizadas, bibliotecas, laboratórios, espaços de convivência, e muito mais.

A interação em sala de aula com professores e colegas de turma é, para muita gente, um fator que pesa bastante na escolha da modalidade presencial. Então, se esse é o seu caso, a modalidade presencial é mais o seu perfil.

A distância

Você também pode estudar Radiologia na Anhanguera na modalidade a distância semipresencial. Nesse caso, uma parte das atividades é ministrada de forma presencial, em um polo EAD da Anhanguera, e a outra parte é ministrada a distância, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da faculdade.

Na plataforma virtual da Anhanguera, você tem acesso a textos, livros, apostilas e outros materiais que serão úteis para sua formação de tecnólogo. A modalidade semipresencial é uma alternativa para os alunos que curtem ou precisam de um cronograma mais flexível de aulas presenciais.

Quais são as matérias da faculdade de Radiologia?

A grade curricular de Radiologia é majoritariamente composta por matérias da área da Saúde, que exploram assuntos relacionados à realidade da profissão que o aluno encontrará após o curso, como Anatomia e técnicas para realizar exames radiológicos.

Na Anhanguera, a formação para o mercado de trabalho é pensada de forma ampla. Por isso, os alunos de Radiologia também entram em contato com matérias que ajudam a desenvolver uma visão de futuro e o empreendedorismo na área.

Tem curiosidade para saber mais? Na lista a seguir, descubra quais são as matérias de Radiologia na Anhanguera:

  • Anatomia das Imagens em Radiologia;
  • Atividades Complementares;
  • Ciên. Morfofuncionais dos Sistemas Digestório, Endócrino e Renal;
  • Ciên. Morfofuncionais dos Sistemas Nervoso e Cardiorrespiratório;
  • Ciên. Morfofuncionais dos Sistemas Tegumentar, Locomotor e Reprodutor;
  • Ed. Construindo Uma Carreira De Sucesso – Saúde;
  • Ed. Cultura Digital;
  • Ed. Design Thinking;
  • Ed. Marketing Digital;
  • Ed. Mindset Ágil;
  • Ed. Projeto De Vida;
  • Equipamentos e Acessórios em Radiologia;
  • Est. Cur. Radiologia I, II e III;
  • Exames Contrastados em Radiologia e Angiografia;
  • Exames Radiológicos em Odontologia;
  • Física das Radiações Ionizantes;
  • Física Geral;
  • Imagem Digital;
  • Incidências Radiológicas I, II e III;
  • Introdução à Biologia Celular e do Desenvolvimento;
  • Mamografia e Densitometria Óssea;
  • Medicina Nuclear;
  • Microbiologia Básica;
  • Normas de Proteção Radiológica;
  • Optativa;
  • Primeiros Socorros;
  • Projeto Integrado Multidisciplinar em Radiologia I e II;
  • Psicologia Aplicada à Saúde;
  • Radiologia Industrial;
  • Radiologia Pediátrica;
  • Radiologia Veterinária;
  • Radioterapia;
  • Ressonância Magnética;
  • Saúde Pública;
  • Sociedade Brasileira e Cidadania;
  • Técnicas Especiais em Raio-x e Ultrassonografia;
  • Tomografia Computadorizada.

Quanto custa a mensalidade de Radiologia?

A mensalidade do curso de Radiologia é a partir de R$ 189,00* na Anhanguera. É um valor bem acessível comparado à média das faculdades no Brasil que oferecem o curso superior.

Considerando o salário do radiologista após o curso, o valor da mensalidade fica ainda melhor. Você vai conseguir compensar a soma total das mensalidades em pouco tempo, uma vez que a média salarial para o radiologista é de mais de dois mil reais*, como já vimos.

E se você soubesse que dá para diminuir o valor da mensalidade? Sim, é isso mesmo! Além de pagar uma das menores mensalidades do mercado, o aluno da Anhanguera tem acesso a bolsas, benefícios e convênios.

Gostou? Essa é apenas uma das vantagens de cursar Radiologia com a gente. Confira mais sobre essa e outras vantagens no próximo tópico!

Por que estudar na Anhanguera?

Ok, agora você já sabe como funciona o curso superior de Radiologia, mas e agora? O próximo passo é decidir a instituição de ensino para garantir a melhor formação possível na sua carreira, afinal, de nada vai adiantar escolher bem o curso, mas não levar em conta a faculdade, concorda?

Dependendo da instituição de ensino, você pode ter acesso a programas de qualificação para o mercado de trabalho dentro da grade de horários, além de bolsas e descontos para pagar menos na mensalidade. Isso só para citar alguns exemplos.

Queremos convidar você a conhecer os diferenciais da Anhanguera. Dê uma olhada na lista logo abaixo!

Reconhecida pelo MEC

Se você tem dúvidas sobre a qualidade de uma faculdade ou de um curso superior, basta saber se o Ministério da Educação (MEC) reconhece o curso oferecido por essa instituição.

O MEC considera vários fatores para reconhecer que a faculdade pode oferecer aos alunos determinado curso, como a infraestrutura, a formação dos professores, a grade curricular do curso e o nível de aprendizado dos alunos formados.

Mas, afinal, a Anhanguera é reconhecida pelo MEC? Sim! Todos os nossos cursos são reconhecidos e bem-avaliados pelo Ministério da Educação. Então, não precisa se preocupar se você está pensando em construir sua carreira aqui.

Vestibular online

Desde 2008, a Anhanguera possibilita que os estudantes façam a prova de vestibular a distância. A inscrição para o vestibular online pode ser feita pelo Portal Vestibulares, por onde você escolhe o curso, a unidade da faculdade e a modalidade de ensino.

O resultado pode ser visto na área do candidato, no Portal Vestibulares, entre 2 a 4 dias depois da prova. Vestibular rápido, prático e online!

Bolsas de estudo

A mensalidade ainda não cabe no seu bolso? Na Anhanguera, você tem direito a concorrer a várias opções de bolsa de estudo. Veja a lista completa:

  • Bolsa Enem: use sua nota do Exame Nacional do Ensino Médio para ganhar um desconto de até 100%! Sim, isso mesmo, dependendo do seu desempenho no exame, dá para fazer o curso superior de graça na Anhanguera;
  • Bolsa Incentivo: essa bolsa é direcionada aos alunos com dificuldade de arcar com os custos da graduação;
  • Bolsa Transferência: transfira sua graduação para a Anhanguera e ganhe um desconto de 50% até o final do curso.

Outras opções de desconto

Você não se encaixa nos critérios para receber uma bolsa? Não precisa se preocupar! Veja quais são as outras opções de desconto oferecidas pela Anhanguera:

  • convênio com empresas parceiras da Anhanguera: quem trabalha nas empresas conveniadas com a Anhanguera ganha desconto especial para fazer os cursos de graduação e pós-graduação da faculdade;
  • desconto por pontualidade: abatimento na mensalidade concedido aos alunos que quitam a mensalidade em dia e estão nos cursos EAD selecionados para o benefício;
  • desconto para militares e servidores públicos: estudantes que trabalham no setor militar ou como servidores públicos (no âmbito municipal, estadual ou federal) ganham desconto na mensalidade;
  • isenção de matrícula: participe do período de pré-matrícula da Anhanguera e ganhe isenção na taxa de matrícula;
  • Amigo Vale-Prêmio: programa que oferece desconto para o aluno que indica a Anhanguera para colegas e familiares que ainda não são matriculados na faculdade.

Capacitação para o mercado de trabalho

A Anhanguera ajudará você a dar um salto para o mercado de trabalho, com atividades extracurriculares para enriquecer sua grade curricular, além de treinamentos exclusivos e oportunidades na área do seu curso superior.

Na lista abaixo, veja as qualificações que você pode fazer enquanto faz sua graduação na Anhanguera.

  • Aula Destaque: material exclusivo com dicas e depoimentos de profissionais bem-conceituados em várias áreas do mercado de trabalho;
  • Trilhas de Carreira: certificações 100% online e exclusivas para você desenvolver competências valorizadas no mercado de trabalho;
  • Habilidades Digitais ou Estudos Dirigidos (EDs): atividades extracurriculares para desenvolver competências exigidas na era digital.

Tornando-se aluno da Anhanguera, você ainda vai ganhar acesso ao Canal Conecta, um portal online de empregabilidade no qual você vai encontrar vagas de estágio e emprego condizentes com seu perfil profissional.

Invista no seu futuro!

Você ficou interessado pelo curso de Radiologia? Agora, é hora de começar seu planejamento para entrar na faculdade e se preparar para o mercado de trabalho. Aproveite a infraestrutura e todas as vantagens oferecidas pela Anhanguera para construir sua carreira em Radiologia!

Dê o primeiro passo! Para garantir sua vaga na faculdade, faça sua inscrição para o vestibular online da Anhanguera!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.4 / 5. Número de votos: 67

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.