TQS: conheça o software usado no curso de Engenharia Civil

O uso do TQS no curso de Engenharia Civil está relacionado às mudanças sofridas pelo segmento nos últimos anos. Com a transformação digital, os alunos precisam aprender utilizando softwares adotados pelo mercado. Do contrário, mesmo um bom domínio da parte teórica não será suficiente para ter empregabilidade.

Aqui na Anhanguera, todos os alunos do curso recebem acesso ao software nos laboratórios das unidades. Assim, são capazes de aprender com a mão na massa, realizando projetos como se fossem engenheiros no dia a dia de uma empresa.

Neste conteúdo, explicamos o que é TQS e por que ele será importante para sua formação. Ao longo texto, você entenderá mais sobre a conexão entre Engenharia e Tecnologia, bem como ganhará um excelente critério para avaliar a infraestrutura das faculdades. Não deixe de conferir!

O que é o software TQS?

O TQS é um software utilizado para desenvolver todo o ciclo de projetos baseados em concreto armado e protendido. Com ele, o engenheiro realiza todas as etapas, da concepção da obra até a exportação das plantas, com processos automatizados e digitais.

Concreto armado é a estrutura que conta com barras de aço no interior, organizadas de maneira a melhorar o desempenho. Já o concreto protendido, além das armações internas, conta com mecanismos de ancoragem.

O papel do TQS é ser uma versão virtual do projeto que será executado. A ideia é que o modelo no computador represente o que será construído e consiga simular algumas características da obra, fazendo os engenheiros enxergarem o resultado do trabalho antes de construir.

Vale ressaltar que, ao fazer faculdade de Engenharia Civil, você terá contato com o TQS estudante. Na prática, ele faz a maioria das atividades do software profissional, mas as plantas são impressas com tarjas para identificar que o projeto foi realizado em um contexto acadêmico.

Ambas as modalidades de ensino, presencial e semipresencial, contam com essa disponibilidade. Nessa segunda, a aluno comparece de 1 a 3 vezes por semana na unidade da Anhanguera. Lá, ele terá contato com todas as ferramentas necessárias para uma formação completa, incluindo, claro, o TQS, realizando o restante do curso online.

Para que serve esse programa?

As edificações de concreto armado são a base para inúmeras soluções de Engenharia, como vigas, pilares, blocos e lajes. Com essas estruturas, são criados diferentes projetos de edificações, que podem se destinar a residências, prédios, casas etc.

Nesse contexto, o software TQS é responsável pela gestão do ciclo de produção do projeto. Todas as atividades do engenheiro até a efetiva entrega das plantas podem ser realizadas em uma única plataforma, que incorpora os cálculos e permite a edição gráfica.

Outro ponto interessante é que a tecnologia adota o conceito de BIM (Building Information Modeling ou Modelagem da Informação da Construção). Assim, o arquivo com o modelo feito em computador também funciona como central de informações. 

Imagine, por exemplo, que o mestre de obras precise das especificações para construir uma coluna. No BIM, o engenheiro pode fazer essa comunicação na própria plataforma, permitindo que os responsáveis pelas próximas etapas visualizem a informação no modelo, sem a necessidade de outros repositórios de informação.    

Como ele funciona na prática?

O uso do programa ocorre com o acesso a uma plataforma instalada no computador. Nela, engenheiros e estudantes acessam ferramentas para transformar informações em elementos gráficos, que serão responsáveis por representar a construção.

Em vez de elaborar o projeto em uma prancheta, o usuário aplicará as soluções do sistema para elaborar o projeto. Assim, ganha-se em relação às possibilidades de automação de tarefas, edição e mudança nos elementos gráficos, fidelidade do modelo em relação à obra, entre outras vantagens.

Além disso, o software simula os efeitos das decisões tomadas. Por exemplo, se houver um erro de cálculo, na prancheta, será necessária a correção por outro ser humano, enquanto o TQS permite a simulação e a verificação imediatas da estrutura proposta.

Quais são suas principais funcionalidades?

No TQS, existem inúmeras funcionalidades para que o projeto concebido pelo engenheiro, pouco a pouco, seja concretizado em um modelo virtual. Veja as principais:

  • realização e análise de cálculos estruturais de concreto;
  • criação de barras de pilares e vigas;
  • concepção, detalhamento e análise de estruturas;
  • editor gráfico próprio, com bibliotecas de imagens, modelos e funções de desenho;
  • simulação de eventos, como ação do vento, sobrecarga da estrutura,
  • visualização prévia;
  • exportação das plantas.

O sistema é dividido em módulos, em que cada um deles contém uma espécie de caixa de ferramentas para o engenheiro. Assim, você pode ir desde usos mais básicos, como realizar um cálculo, até conceber um modelo mais fiel à edificação completa. 

Qual é a importância desse software para estudantes de Engenharia Civil?

A tecnologia na educação permite que os estudantes aliem teoria e prática, bem como vivenciem um curso superior mais próximo da vida real. Essa semente produzirá frutos tanto na faculdade como na carreira de Engenheiro Civil. Veja com detalhes a seguir.

Desenvolver competências digitais

A primeira vantagem é se familiarizar com a tecnologia e ter o domínio dos softwares utilizados pelo mercado profissional. As competências digitais são importantes para que você consiga explorar ao máximo os recursos e ganhe destaque, entregando soluções que estão além do básico.

Facilitar o acesso a estágios

Estar pronto para usar a tecnologia facilita a obtenção de oportunidades durante a graduação, especialmente estágios e trainees mais concorridos. Afinal, o contratante terá um profissional mais pronto em sua equipe, que pode contribuir muito mais com os projetos.

Aqui na Anhanguera, você pode colocar essas informações no currículo com o auxílio do Canal Conecta. Aliás, nesse portal de empregabilidade, são distribuídas vagas em empresas e em escritórios parceiros, aumentando as suas chances de conseguir um estágio.

Tornar as aulas dinâmicas

O TQS também influencia a motivação do aluno. Por ser fundamentado em matemática, no passado, ser Engenheiro Civil exigia muita abstração e capacidade de imaginar os conhecimentos na prática. Assim, enxergar o projeto tomando vida no computador motiva os alunos e torna o aprendizado mais dinâmico. 

Aprender com erros e experiências   

A tecnologia trouxe aos estudantes a oportunidade de enxergar os resultados dos projetos, atividades e trabalhos acadêmicos. Isso porque os erros e os acertos apontados na maquete digital são fiéis ao que aconteceria na prática.

Essas experiências, junto às competências digitais, serão importantes para que os recrutadores vejam o aluno como um profissional preparado. Isto é, ele será alguém que já domina o necessário para atuar; logo, que reúne as condições de satisfazer às demandas da empresa ao ocupar um cargo.

Sendo assim, o uso do TQS no curso de Engenharia Civil terá impactos relevantes em termos de empregabilidade. Sem contar que, aumentando o interesse dos contratantes, naturalmente você disputará os melhores salários e benefícios.

Agora que você já entende a importância da prática para uma boa formação, que tal aprofundar um pouco mais esse tema? Acesse nosso conteúdo “Estágio em Engenharia Civil: como encontrar as melhores vagas!” e complemente a sua leitura! 

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.