Entenda como a tecnologia está sendo usada na educação hoje

mulher tendo acesso a tecnologia na educação

Já pensou em como a tecnologia facilita a nossa vida? Há poucas décadas, a comunicação por telefone era o exemplo de proximidade mais expressivo para pessoas que moravam em localidades distantes. As cartas levavam e traziam informações individuais, enquanto a TV e o rádio se encarregavam de transmitir as notícias de interesse geral.

Com a tecnologia, muito se faz a partir de um clique — e até mesmo a educação se beneficiou de suas ferramentas. Os retroprojetores foram substituídos nas salas de aula e, hoje, os alunos podem acompanhar algumas disciplinas do conforto de suas casas.

Quer saber mais sobre as aplicações da tecnologia na educação? Neste post, vamos abordar em detalhes. Siga a leitura e confira tudo sobre a tecnologia na sala de aula!

A transformação digital na educação

Com o uso expressivo da internet para diversos campos da vida pessoal, os agentes da educação perceberam que seu trabalho poderia se aproveitar dela também. Isso se reflete nos dados da TIC Educação 2018, promovida pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br):

  • 76% dos professores utilizam a internet em algum momento do processo de ensino-aprendizagem, a fim de aprimorar seu trabalho;
  • deles, 90% aprenderam a usar essa tecnologia sozinhos;
  • 67% incentivam os alunos a utilizarem a internet, reforçando questões sobre segurança.

Nesse sentido, vale lembrar que TIC são as Tecnologias de Informação e Comunicação. Os dados da pesquisa apontam ainda que, apesar da proatividade na ação dos professores, muitos deles enfrentam a questão da falta de investimento das escolas nessa estrutura. Isso explica por que alguns educadores não se renderam à internet e aos vídeos online em suas aulas.

Você pode estar se perguntando agora: “Por que as tecnologias se infiltraram tanto na educação nos últimos anos”, acertamos? Tudo isso está relacionado a aspectos geracionais. Se a geração Y já tinha bastante afinidade com a internet em seus tempos de escola e faculdade, a Z é formada pelos nativos digitais.

Como se interessam pela tecnologia desde o berço, é inconcebível um aprendizado completo para eles sem que a internet esteja presente. Estudar pelo celular enquanto esperam os pais na escola, por exemplo, é uma cena comum entre esses jovens.

Isso explica a necessidade de seu uso pelos professores, que têm como prioridade captar a atenção da turma. Então, surgem as aulas interativas e dinâmicas, em que os alunos se tornam protagonistas de seu aprendizado, mas sem que os educadores percam a autoridade — graças, é claro, à tecnologia.

Os benefícios da tecnologia no ensino superior

Mas não pense que a internet é assunto que toca apenas as escolas de ensino básico. A tecnologia na faculdade tem possibilitado benefícios importantes para as profissões do futuro. Veja os principais a seguir!

Preparação do aluno para o mundo corporativo digital

O mercado de trabalho também se vale bastante da tecnologia — tome como exemplo o home office! Muitas funções estratégicas nas empresas são desenvolvidas no ambiente virtual, o que requer um preparo a mais dos profissionais. Quando eles já têm contato com isso na faculdade, seu desempenho é ainda melhor.

Aumento do interesse pelas aulas

Durante o ensino superior, muitos alunos se desdobram para conciliar trabalho e estudos. O cansaço está sempre presente em sua rotina e, por isso, perdem rapidamente o foco em aulas somente expositivas, sem interatividade. Com a tecnologia na educação, a dinâmica muda: eles se motivam a aprender e tendem a prestar mais atenção.

Conexão com empregadores

A busca por emprego de porta em porta, com o currículo impresso em mãos, foi aos poucos sendo substituída por sites e portais de empregabilidade. Nessa nova realidade, as pessoas cadastram seu documento, que é compartilhado digitalmente com os recrutadores. Muitas vezes, a comunicação entre empresa e profissional se dá por meio de e-mail ou aplicativos de mensagem.

Há portais que oferecem vagas exclusivas, colocando o candidato à frente da concorrência. É o caso do Canal Conecta, para os alunos da Anhanguera. Por lá, eles encontram oportunidades de variados tipos de emprego nas melhores empresas do país.

Flexibilidade

Com a tecnologia, cresceram também as ofertas EAD. De acordo com o Censo da Educação Superior 2018, 40% dos estudantes que ingressaram no ensino superior escolheram a modalidade de ensino a distância. Dessa forma, eles podem estudar no momento que quiserem, a partir de qualquer dispositivo — o que representa uma flexibilidade expressiva em sua rotina.

Os principais exemplos da tecnologia na educação

Ao longo do post, vimos alguns exemplos da tecnologia no ensino superior e no básico. A partir de agora, veremos suas principais aplicações no dia a dia dos universitários!

Disciplinas online e videoaulas

Na Anhanguera, nossos alunos contam com o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), que reúne todo o material de que precisam para se desenvolver. Além das disciplinas online, os educadores compartilham videoaulas e palestras, com conteúdos interativos para complementar o ensino.

Os estudantes ainda têm acesso a documentos, como boletos de pagamento e comprovantes, e podem agendar provas, conferir extrato das disciplinas, baixar a matriz curricular etc.

Aplicativos de comunicação

Comunicados sobre provas e trabalhos, agora, podem ser compartilhados com a turma inteira, em poucos cliques. Isso porque existem aplicativos de mensagem, que permitem o envio de arquivos, áudio, imagens e tudo o que for preciso para potencializar a comunicação entre instituição de ensino e alunos.

Grupos de discussão

Os debates também podem se transferir das salas de aula para a internet, como um complemento do ensino. Por meio dos grupos nas redes sociais ou no portal da própria faculdade, os estudantes comentam atividades, organizam trabalhos, divulgam pesquisas científicas e assim por diante.

Feiras de emprego virtual

Muitas empresas investem em eventos nas faculdades para seleção e recrutamento de bons talentos. Porém, para montar toda uma estrutura e deslocar colaboradores aos campi, os gastos são inevitáveis. Foi nesse cenário que surgiram as feiras de emprego virtuais, em que as companhias compartilham suas vagas, tendo alcance e engajamento maiores.

Como vimos, a tecnologia na educação pode revolucionar o ensino tanto na modalidade presencial quanto a distância. Os benefícios estendem-se não somente aos alunos, com uma formação mais completa, mas também às instituições, com redução de custos e aumento de interesse nas aulas. Para se tornar um profissional ligado nas tendências da inovação, escolha uma faculdade que invista nesse quesito!

Aproveitando o seu interesse no assunto, conheça o EAD da Anhanguera e seus benefícios!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.