Gerontologia: o que é e como trabalhar na área?

Gerontologia

“Gerontologia: o que é essa área?” Identificou-se com essa pergunta? Pois saiba que muitos vestibulandos também já a fizeram ao saber do curso de Gerontologia. Afinal de contas, essa ainda é uma formação nova e que capacita profissionais para um ramo de atuação a que poucas pessoas estão familiarizadas.

Apesar disso, acredite: esse ramo desponta como uma das carreiras do futuro por conta do aumento da expectativa de vida e dos impactos sociais, culturais, políticos, demográficos e econômicos que isso traz para o nosso país.

Ficou curioso para entender o que está por trás dessa relação e saber mais detalhes sobre a área? Pois confira nosso post com atenção!

O que é Gerontologia?

A Gerontologia é um campo de pesquisa e atuação voltado para uma realidade cada vez mais presente no século XXI: o envelhecimento da sociedade. Afinal, com mais recursos médicos, farmacológicos, de habitação e alimentação conquistados ao longo do tempo, tornou-se maior o volume de pessoas que chegam à terceira idade.

Essa transformação na faixa etária da população requer um processo mudança não só da infraestrutura das cidades e no modelo de produção do mercado, mas ações que pensem em longo prazo a qualidade de vida dessas pessoas.

Para tanto, é preciso planejar e modificar diversos aspectos ambientais, educacionais, econômicos, assistenciais e de saúde vigentes nas comunidades, na relação Estado-cidadão, nas políticas internas das empresas, e muito mais.

É justamente aí que entra o gerontólogo, com a realização de processos avaliativos e adaptativos para planejar o futuro em todas essas frentes. Não é para menos que esse segmento desponta como uma das melhores profissões na área da saúde.

Qual é a média salarial do profissional da Gerontologia?

A média salarial de um gerontólogo fica em torno de R$ 2.945,70*, embora aqueles mais especializados e com maior nível de experiência possam chegar a ganhar R$ 6.453,63* mensais. Quem traz esses dados é o portal Salário, uma plataforma que sonda as remunerações de diferentes categorias profissionais no Brasil.

Como atuar na área da Gerontologia?

“Já entendi como é a área e o que faz o gerontólogo, mas como entrar no mercado de trabalho?”, você deve estar se perguntando. O primeiro passo é fazer uma graduação em Gerontologia que, por ser do tipo nível superior Tecnólogo aqui na Anhanguera, dura 2 anos. Após a sua formação, você pode escolher trabalhar tanto no setor público quanto no setor privado.

No primeiro, você pode atuar como serviço terceirizado para entidades, autarquias e instituições do Estado ou se candidatar a um concurso público para construir carreira no Governo ao nível municipal, estadual e federal.

Afinal, cada segmento traça projetos de lei e adota políticas públicas particulares que buscam atender demandas específicas de cada território ou mesmo de toda a nação, precisando, assim, de vários gerontólogos para diferentes atividades.

Já no ramo privado, você tem diversas alternativas de atuação. Você pode, por exemplo, supervisionar pesquisas e estudos de mercado ou planejar programas que otimizem os serviços e os produtos ofertados para idosos por operadoras de saúde, redes de hospitais, farmacêuticas, companhias de estética e empresas afins.

Por que investir em uma graduação na área da Gerontologia?

A gerontologia é uma área que está ganhando força em todo o mundo, pois muitos países estão testemunhando um envelhecimento generalizado nas nações. Isto é, não só a expectativa de vida das pessoas aumenta, mas também o número de indivíduos que chegam à terceira idade. No Brasil, esse fenômeno também ocorre.

Para se ter ideia, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou em 2017 um levantamento que apontava que já há 30,2 milhões de brasileiros com mais de 65 anos. Esse número é bastante expressivo, pois já representa 14,17% de toda a nossa população.

Portanto, cada vez mais o Estado precisa traçar estratégias para atualizar e aperfeiçoar as políticas públicas de saúde para esse grupo, e as instituições de saúde necessitam reestruturar os serviços oferecidos a esse público.

Isso sem falar, é claro, nas mudanças no mercado de trabalho, uma vez que as empresas começam a se adaptar para contar com os idosos no quadro de colaboradores delas.

Resumindo: o gerontólogo tem altas chances de empregabilidade e estabilidade na carreira, pois é um ramo aquecido e indispensável para o bem-estar da sociedade.

Quais são as disciplinas do curso de Gerontologia?

A faculdade de Gerontologia traz conteúdos que discutem o envelhecimento da população pela ótica de diferentes campos do saber (psicologia, biologia, sociologia, política etc.). É por isso que você tem disciplinas como Políticas Públicas e Políticas de Atenção ao Idoso, Aspectos Biopsicossociais do Envelhecimento, Reabilitação Geriátrica e Direitos Humanos, de Inclusão e do Idoso.

Abaixo, você confere o que é estudado e aprofundando nas disciplinas citadas há pouco, tendo a oportunidade de conhecer melhor a grade curricular do curso. Veja só!

Políticas Públicas e Políticas de Atenção ao Idoso

Nessa matéria, são explorados decretos, leis e resoluções voltados para a população mais velha e como eles tratam questões de moradia, emprego, combate à miséria, acesso ao sistema de saúde, os princípios de cidadania, assistência pública, projetos sociais etc.

Aspectos Biopsicossociais do Envelhecimento

Com essa disciplina, você explora os conceitos, o senso comum e os fatos históricos sobre o processo de envelhecer e o que isso representa dentro de uma cultura de produtividade enquanto sinônimo de vitalidade.

Reabilitação Geriátrica

Aqui os estudantes exploram os procedimentos do setor de saúde que são voltados para o tratamento, a recuperação e o cuidado paliativo de idosos acidentados, com enfermidades ou problemas motores.

Direitos Humanos, de Inclusão e do Idoso

Nesse conteúdo, o foco é explorar o panorama dos direitos da pessoa na terceira idade e as iniciativas públicas e privadas para a integração do idoso na comunidade e no mercado de trabalho.

Escolha a melhor formação em Gerontologia!

E então, tirou as suas dúvidas sobre o que é Gerontologia? Como você viu, esse ramo traz um impacto muito grande para o bem-estar social, visando um futuro com mais qualidade de vida e assistência para todos. Por isso, é importante escolher uma graduação que realmente o prepare para o mercado, como o curso de Gerontologia da Anhanguera.

Afinal, além de ser ofertado a distância e ter uma grade curricular atual e humanizada, ele traz a Aula Destaque com profissionais que têm vivência no ramo e vão apresentar com propriedade os principais desafios éticos, legais e sociais que os graduandos terão ao se tornar gerontólogos.

Portanto, já sabe o que fazer: se inscreva no nosso vestibular online!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 23

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.