Conheça 6 das melhores profissões na área da Saúde

6 das melhores profissões da área da saúde

A evolução e os investimentos na área da Saúde promovem uma nova era para o setor no Brasil. Com o aumento da expectativa de vida — que cresceu mais 3 meses e chegou a 76,3 anos — e da longevidade, novas doenças e diagnósticos estão surgindo e exigindo a contribuição de bons profissionais. Por isso, é importante conhecer as melhores profissões na área da Saúde.

O profissional deve conhecer as tendências na área da Saúde e estar cada vez mais preparado para atender e prestar serviços de qualidade para a população, sempre buscando especializações ou pós-graduações em áreas do seu interesse. Também é fundamental agir com ética, responsabilidade e respeito à vida.

Pensando nisso, preparamos este artigo com algumas das melhores profissões na área da Saúde para você escolher uma carreira promissora e que combine com o seu perfil. Confira!

1. Biomedicina

O curso de Biomedicina tem duração de 4 anos e é oferecido na modalidade Bacharelado. Os alunos estudam as doenças humanas, suas causas e as formas de tratá-las. A função do biomédico é estudar, identificar e classificar os micro-organismos causadores de enfermidades e desenvolver vacinas e medicamentos para combatê-los.

O profissional faz exames laboratoriais e interpreta análises clínicas para diagnosticar doenças. Além disso, pode realizar análises bromatológicas para detectar contaminações em alimentos. Seu trabalho é feito em equipe, com biólogos, bioquímicos, médicos, enfermeiros e farmacêuticos, podendo atuar em laboratórios, hospitais e órgãos públicos de saúde, realizando testes e pesquisas.

O biomédico é capacitado para coletar, avaliar e emitir laudos de exames e análises clínicas. As novas tecnologias desenvolvidas na área da Saúde facilitam o trabalho do profissional e aumentam a demanda no setor.

De acordo com o Conselho Federal de Biomedicina (CFBM), o biomédico pode atuar em 10 áreas, entre elas:

  • imagenologia;
  • indústrias;
  • biologia molecular;
  • reprodução humana;
  • genética.

2. Educação Física

Essa é uma das profissões na área de Saúde que mais precisam de profissionais. O curso de Educação Física tem duração de 4 anos e é o único desta lista oferecido nas modalidades Bacharelado e Licenciatura. Na Anhanguera, a graduação oferece formação de qualidade por estar em harmonia com as tendências educacionais atuais da área.

O estudante é imerso em diferentes processos e práticas, com o objetivo de formar profissionais com conhecimentos amplos e capazes de refletir sobre a história e a importância socioeconômica da Educação Física.

As duas modalidades apresentam disciplinas relacionadas a esportes, saúde, lazer e recreação, com a diferença que o curso de Licenciatura oferece aprendizados voltados ao ensino e à didática.

A busca por hábitos de vida mais saudáveis impulsiona o setor. O educador físico pode atuar em escolas, em academias, em clubes e ainda abrir o próprio negócio. A parcela de brasileiros que praticam atividades físicas aumentou 24%, e esse crescimento reflete na busca por profissionais da área.

3. Fisioterapia

Com duração de 4 anos, o curso de Fisioterapia forma profissionais capazes de atuar na prevenção, na promoção, na reabilitação e na recuperação da saúde da população. A graduação prepara o estudante para auxiliar no tratamento de indivíduos que sofrem com problemas genéticos ou resultantes de acidentes.

O fisioterapeuta faz o diagnóstico físico e funcional, escolhe e executa os procedimentos fisioterapêuticos adequados a cada situação, sempre visando a qualidade de vida dos pacientes.

Dois setores que têm ganhado espaço na área são o atendimento home care — impulsionado pelo envelhecimento da população — e o mercado de franquias. Em ambos, o fisioterapeuta encontra boas oportunidades de trabalho.

Nesse contexto, é importante que o profissional busque novos conhecimentos e desenvolva habilidades para atuar na promoção integral da saúde. Em média, o fisioterapeuta ganha R$ 2.636,42 para uma jornada de trabalho de 31 horas semanais.

4. Farmácia

O curso de Farmácia da Anhanguera tem duração de 4 anos e prepara o estudante para pesquisar, elaborar e fabricar produtos como cosméticos, medicamentos e artigos de higiene.

A graduação permite desenvolver conhecimentos multidisciplinares da área da Saúde e Ciências Biológicas, além de fundamentos e conceitos das Ciências Humanas e Sociais. O objetivo é formar profissionais capacitados para atuar com ética e consciência, considerando as características locais e as condições de acesso à saúde.

O farmacêutico está entre as profissões de Saúde em alta e não está restrito aos balcões das drogarias ou à indústria, pois o campo de atuação inclui o setor de comércio e de serviços. O profissional recebe, em média, R$ 3.471,61 para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

O setor de farmácias está em crescimento e faturou mais de R$ 110 bilhões em 2019. Com isso, foram gerados 167.802 mil empregos, índice 2,8% acima do total registrado no mesmo período de 2018.

5. Gestão Hospitalar

O crescimento no número das clínicas médicas populares e dos estabelecimentos de saúde particulares — que aumentaram em 5,1% — faz com que essa seja uma das melhores profissões na área da Saúde.

O curso de Gestão Hospitalar é do tipo Tecnólogo e prepara o aluno para atuar na parte administrativa das instituições de saúde. As aulas abordam sistemas de informação, processos de trabalho, coordenação e planejamento estratégico e recursos humanos e financeiros.

Existem muitas opções de carreira para o profissional da área. É possível atuar na rede pública, no setor privado e até mesmo em ONGs e em outras instituições que atuam nesse ramo, entre elas:

  • laboratórios e serviços de diagnósticos;
  • clínicas de estética;
  • casas de saúde;
  • convênios e operadoras de serviços de saúde.

6. Nutrição

Outra carreira na área da Saúde importante, o curso de Nutrição prepara o profissional para atuar em um mercado de trabalho promissor. Afinal, 80% dos brasileiros assumem buscar uma alimentação saudável, e o nutricionista é o principal responsável por essa mudança de hábito.

A graduação forma profissionais capacitados, conscientes e éticos sobre o atual quadro nutricional da população. A boa alimentação não deve ter apenas fins estéticos, mas precisa também ajudar a manter a saúde pública.

Durante o curso, os alunos aprendem a planejar, a coordenar e a aplicar programas e políticas de nutrição e de alimentação, atuando no diagnóstico e no acompanhamento do estado nutricional do paciente. Em média, o nutricionista ganha R$ 2.866,80 para trabalhar por 40 horas semanais.

As melhores profissões na área da Saúde são extremamente atrativas aos estudantes porque oferecem diversas opções de carreira. Cada uma dessas opções apresenta muitas áreas de atuação, especializações e possibilidades de cuidados com a população. Assim, escolher uma faculdade é o primeiro passo para quem quer atuar nesse setor.

Gostou do conteúdo, mas ainda está em dúvida sobre qual carreira seguir? Então, complemente a leitura e conheça as vantagens de fazer um teste de aptidão profissional!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Powered by Rock Convert

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.