Geriatria e Gerontologia: qual é a diferença?

geriatria e gerontologia

O perfil da população brasileira está mudando. De acordo com especialistas, atingimos o que é chamado de terceira fase do processo de transição demográfica. Em outras palavras, esse conceito nos mostra que o país se encontra em um momento de desaceleração do aumento do número de pessoas que habitam o território.

Sendo assim, há uma tendência à redução das taxas de natalidade (novos nascimentos) e uma queda na mortalidade. Outro ponto a ser observado é o aumento da expectativa de vida no país. Esse valor corresponde, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a uma faixa etária de 76,6 anos (2019)1.

O aumento do número de idosos no Brasil gera uma demanda crescente por profissionais da área de Geriatria, além dos que fazem o curso de Gerontologia. Mas, afinal, quais são as especificidades de cada uma dessas carreiras? Qual é o papel desses profissionais na manutenção da qualidade de vida na terceira idade? Continue a leitura e saiba mais!

O que é Geriatria?

A Geriatria é uma especialidade médica. Ou seja: o geriatra é um profissional da Medicina que se especializa (seja por meio de provas de título, seja por meio da realização de uma residência na área) nos cuidados específicos com a saúde do idoso.

Essa é uma ótima oportunidade para quem quer ser bem alocado no mercado de trabalho, já que a Medicina é, sem sombra de dúvidas, uma das melhores profissões na área da saúde. Há muito espaço para crescimento e ótimas oportunidades, como veremos melhor nos próximos tópicos!

O que é Gerontologia?

A Gerontologia, por sua vez, é uma área de estudo. Aqui, o gerontologista (também chamado de gerontólogo) se especializará no estudo do paciente idoso, levando em consideração não apenas aspectos sobre a sua saúde, mas também sobre características sociais, psicológicas e muito mais.

Podemos dizer que, de certa maneira, a Geriatria é uma área mais específica da Gerontologia. Geriatras utilizam diversos conceitos desse campo de estudo, mas os aplicam em um viés voltado à promoção da saúde física, levando em consideração as particularidades do organismo dos idosos.

Como atuar como Geriatra?

O caminho para poder atuar como Geriatra é a realização de uma faculdade de Medicina. Essa graduação, um Bacharelado, tem duração de 6 anos e faz uso do método PBL (problem based learning), que deixa o estudante frente a frente à resolução de casos clínicos desde o início do curso.

Depois, o médico pode seguir dois caminhos: a realização de uma residência ou de uma pós-graduação.

A residência tem duração de 2 anos e, ao longo desse período, o residente recebe uma bolsa pelos seus estudos. A pós-graduação (também chamada de especialização) pode durar cerca de 12 a 18 meses. No entanto, ela é paga. Com a sua conclusão, o médico precisa passar por uma prova de títulos para garantir a licença para atuar como geriatra.

Como atuar como Gerontologista?

Por sua vez, para fazer parte do time de futuros gerontólogos do Brasil, você precisa fazer uma faculdade de Gerontologia. Esse curso é um Tecnólogo — ou seja, uma graduação completamente válida pelo mercado, mas com foco em um determinado assunto e duração reduzida, de 2 anos.

Por isso, não confunda os Tecnólogos com cursos de nível Técnico, como o Técnico de Enfermagem. Estamos, aqui, nos referindo a uma graduação, ou seja, um curso de nível superior.

No curso de Gerontologia, o aluno conhecerá as particularidades do dia a dia do idoso, tanto no âmbito físico quanto no social. Ele será um profissional completo, que poderá atuar em uma grande variedade de lugares.

Como é o mercado para Geriatria? E para Gerontologia?

O mercado para o médico geriatra é bem vantajoso. Essa é uma área bastante antiga, mas que conta, ainda, com poucos profissionais especializados. Dados divulgados em 2018 pelo documento Demografia Médica, de autoria da AMB (Associação Médica Brasileira) nos mostram que há pouco mais de 1.800 profissionais atuando nesse segmento no Brasil.

Ou seja: há oportunidades de sobra para aqueles que investirem em um campo que tem tudo para crescer!

Esse profissional pode atuar em:

  • hospitais;
  • clínicas;
  • atendimento domiciliar;
  • casas de repouso.

E como será o mercado para o gerontologista? Bom, essa é uma área relativamente recente no mercado brasileiro, o que significa que há muitas oportunidades também para esse profissional. O gerontólogo poderá se especializar em diversos campos e atuar em locais como:

  • hospitais;
  • clínicas;
  • área de recursos humanos;
  • desenvolvimento de políticas públicas para o idoso;
  • desenvolvimento de políticas em ambientes como empresas ou estabelecimentos da saúde.

Por muito tempo, a Gerontologia foi uma especialidade que podia ser realizada por profissionais de qualquer área, mas que gostariam de ter um foco no bem-estar do idoso. Hoje, esse profissional é único e tem a grande responsabilidade de lidar com uma das maiores parcelas da população brasileira.

Quanto ganham os profissionais das áreas?

A média de remuneração para um médico geriatra é de R$ 6.940,80* para uma jornada de trabalho de 26 horas por semana. O gerontologista, por sua vez, tem a média salarial de R$ 3.018,03* para 42 horas semanais.

Como escolher uma boa faculdade para essas áreas?

Não há uma fórmula secreta para a escolha da melhor instituição para fazer o curso de seus sonhos. A dica, no entanto, é sempre se atentar aos diferenciais.

Na Anhanguera, alguns de nossos destaques são:

  • uso da tecnologia no ensino;
  • corpo docente qualificado;
  • grade curricular atualizada;
  • Aula Destaque, uma ferramenta que conecta o aluno Anhanguera com os melhores profissionais do mercado para aulas exclusivas;
  • Trilhas de Carreira, certificações exclusivas para o seu currículo;
  • Canal Conecta, que traz oportunidades únicas de trabalho e estágio para os nossos alunos.

E muito mais!

Agora é com você!

Agora que você já conhece as áreas de Geriatria e Gerontologia e suas particularidades, é hora de escolher o melhor caminho para o seu futuro! Leve em consideração os seus objetivos e, claro, a jornada que precisará ser vivida até que o seu sonho seja alcançado. E o mais importante: nunca desista!

Queremos fazer parte da realização de seu sonho! Inscreva-se agora mesmo no vestibular da Anhanguera e tome uma boa decisão referente ao seu futuro acadêmico profissional. Estamos ansiosos para tê-lo como parte de nosso corpo discente!

1. Agência de Notícias IBGE (Acessado em 22/07/2021)

* Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.