6 tendências pedagógicas para ficar de olho no mercado

aluno em sala de aula com óculos de realidade tridimensional representando as tendências pedagógicas

A educação no Brasil enfrenta diversos desafios que colocam à prova os modelos antigos de ensino e abrem mais espaço a tendências pedagógicas. Para uma escola que tem como foco a evolução constante, é fundamental ficar de olho em novidades envolvendo a diversidade, a aprendizagem ativa e a transformação digital.

Assim, é importante que a instituição de ensino converse com os estudantes sobre como lidar com a nova geração. Para os professores, conhecer as principais tendências da Pedagogia é fundamental no planejamento de uma estratégia escolar, além de garantir destaque no mercado.

Para isso, é preciso atualizar-se e contar com uma faculdade que esteja atenta às novidades do mercado, como aqui na Anhanguera. Se você quer saber o que faz um pedagogo e qual é o futuro da Pedagogia, não perca as próximas linhas. Por aqui, você vai conferir:

  • uso da realidade virtual em sala de aula;
  • ensino de Coding;
  • gamificação;
  • aplicação do empreendedorismo;
  • aprendizagem colaborativa;
  • fluência digital na escola.

Boa leitura!

1. Uso da realidade virtual em sala de aula

O curso de Pedagogia tem como um dos objetivos formar professores e gestores escolares na educação infantil e fundamental. Por isso, é muito importante ficar de olho nas tendências da Pedagogia. Uma delas é o uso da realidade virtual. Você já imaginou levar os estudantes do ensino fundamental para o fundo de um oceano sem precisar sair da sala de aula?

Esse cenário é possível graças à realidade virtual, uma aposta da educação para os próximos anos. Ela é uma tendência educacional que deve se firmar para adolescentes e crianças. Além de fornecer algumas vivências que não são possíveis sem a tecnologia, ela torna algumas atividades mais dinâmicas ao inserir os alunos em um contexto mais específico.

Uma vantagem da realidade virtual é que ela exige menos tecnologia, pois basta um aparelho celular. Portanto, o seu uso como ferramenta pedagógica cresce cada vez mais, desde o ensino básico até o superior.

2. Ensino de Coding

O ensino de Coding consiste em proporcionar maneiras para aprender programação. Ele é uma metodologia de aprendizado que visa criar projetos em computação, desafiando o programador com novas linguagens e problemas para a busca da resolução de um jeito divertido. O objetivo principal é a aprendizagem colaborativa.

Com base na gamificação, é possível unir programação, matemática e inglês para que os alunos aprendam a linguagem própria dos computadores. A ideia do pensamento computacional é trabalhar um modo diferente de resolver problemas e de enxergar o mundo.

Para aplicá-lo em sala de aula, é muito importante utilizar uma linguagem fácil para que tanto professores quanto alunos possam aprender.

3. Gamificação

A gamificação consiste no uso de dinâmicas e de mecânicas dos jogos com a intenção de despertar e estimular o aprendizado no aluno. Na prática voltada ao ensino, são utilizadas estratégias interativas e ludopedagógicas. Elas são importantes para o desenvolvimento da criatividade e o aumento da participação dos alunos em sala de aula.

Já existem programas que usam QR Codes facilmente escaneáveis por uma câmera de celular. Eles são convertidos em textos interativos no smartphone e integram o aluno ao jogo.

Plataformas, games e aplicativos especializados em educação ajudam os professores a trabalhar os conteúdos em sala de aula e convidam os alunos a participar dos desafios, estimulando-os a realizar as atividades de maneira divertida. Por isso, quem faz Licenciatura em Pedagogia deve conhecer bem essa tendência pedagógica.

4. Aplicação do empreendedorismo

Uma novidade educacional que ganha apoio e espaço em vários ambientes de ensino é a aplicação do empreendedorismo. Essa metodologia tem o objetivo de instruir o estudante no desenvolvimento de uma visão empreendedora, que vai além do mundo dos negócios.

É uma abordagem voltada para a criatividade, o desenvolvimento pessoal, o protagonismo e a proatividade. Com um perfil funcional e autodidata, o aluno deixa de atuar como plateia e ganha o papel de destaque no processo de aprendizado. A metodologia busca formar novos cidadãos e líderes conscientes que podem melhorar o meio social em que vivem.

Para aplicá-la em sala de aula, é preciso despertar o interesse dos alunos. Por isso, é importante estimular atitudes inovadoras, incentivar a autonomia, analisar os erros, entre outros.

5. Aprendizagem colaborativa

No modelo atual de ensino, existe um cenário em que os estudantes ouvem o que o professor diz e memorizam os conteúdos para se dar bem nas provas finais. Esse modelo vem se tornando ineficiente e está cada vez mais antiquado.

Assim, surge a aprendizagem colaborativa, uma tendência pedagógica em que os estudantes passam a atuar em parceria durante as aulas. Logo, os conhecimentos são construídos em conjunto com os professores. Nesse método, não há barreiras como fileira, e os estudantes são reunidos em círculos para debater sobre discussões de livros, problemas de matemática, temas da atualidade, entre outros.

A realização de projetos interdisciplinares é uma boa maneira de aplicar a aprendizagem colaborativa. Com isso, professores e alunos de diversas disciplinas podem trabalhar em conjunto para a construção de um aprendizado mais integrativo e global.

6. Fluência digital na escola

A escola precisa favorecer uma cultura voltada para o tecnológico. Já não é mais necessário convencer os professores sobre a importância do uso da tecnologia. O momento agora pede o desenvolvimento de estratégias que visem obter sucesso ao aplicar essas ferramentas na instituição de ensino.

Assim, quanto mais prática a imersão com os recursos digitais, maior a fluência dos professores e alunos com o mundo online. Um bom gestor escolar pode garantir que a sua escola seja fluente na tendência tecnológica, proporcionando isso à rotina de ensino.

Agora que você já conhece as principais tendências pedagógicas, é importante escolher uma boa faculdade para aprofundar-se ainda mais nelas. Aqui na Anhanguera, você estudará matérias de Pedagogia atualizadas de acordo com a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Assim, você vai não só aprender a entender essas mudanças, mas também a aproveitá-las e a adaptá-las em diversos contextos pedagógicos.

Gostou deste post? Tem alguma dúvida sobre nossa graduação em Pedagogia? Então, entre em contato conosco e conheça as possibilidades do curso na sua região!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content