Ciência da Computação ou Análise e Desenvolvimento de Sistemas?

ciência da computação ou análise e desenvolvimento de sistemas

Se você quer fazer um curso superior e se interessa pela área das Ciências Exatas, provavelmente já ficou em dúvida entre Ciência da Computação ou Análise e Desenvolvimento de Sistemas, certo? É muito comum encontrar pessoas interessadas nos dois ramos e que não sabem qual graduação cursar por não terem informações suficientes sobre os seus diferenciais.

Essas áreas estão muito em alta, os salários são atrativos, e o mercado de tecnologia não para de crescer. Por isso, qualquer um dos dois cursos é uma excelente opção para quem quer se destacar e conseguir bons empregos. Contudo, fazer uma escolha certeira é fundamental para se identificar com a faculdade e evitar frustrações.

Ficou interessado? Quer saber qual é a diferença entre Ciência da Computação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas? Então, não perca o nosso post. Boa leitura!

Quais são as diferenças entre Ciência da Computação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas?

O curso de Ciência da Computação tem fama de ser o preferido entre os estudantes que escolhem pela área de tecnologia. A graduação aborda de modo aprofundado as teorias e os conceitos da computação. Há foco na formação sólida em temas como algoritmos e estrutura de dados.

Nesse caso, o trabalho é voltado essencialmente ao software, sendo uma faculdade com grande embasamento em cálculos e em fundamentos matemáticos.

Os alunos desse curso resolvem problemas reais, aplicando soluções que envolvem a computação. Com aplicação em muitas áreas do conhecimento, a graduação permite diversas oportunidades para o profissional.

Quem optar pelo curso pode seguir carreiras relacionadas ao desenvolvimento de softwares, estrutura de redes e segurança da informação, por exemplo.

Já o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas é focado no desenvolvimento e no planejamento de sistemas de automação e de informação. Existem semelhanças com a Ciência da Computação, mas a diferença está no fato de os tecnólogos analistas de sistemas serem preparados para atuar de maneira mais direta tanto em atividades como suporte quanto no desenvolvimento de softwares.

Os alunos têm um aprendizado voltado para a solução de problemas e de necessidades tecnológicas relacionadas, principalmente nos ambientes corporativos.

Como é o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas?

Se você ainda tem dúvidas sobre o que ADS estuda e quer saber tudo sobre Análise e Desenvolvimento de Sistemas, saiba que a graduação dura cerca de 3 anos e pode ser feita na modalidade presencial, semipresencial e 100% online aqui na Anhanguera.

Por ser um curso Tecnólogo, a formação é direcionada ao mercado, e os alunos fazem a atividade prática que é exigida pela empresa onde for trabalhar.

As matérias da faculdade de Análise e Desenvolvimento de Sistemas podem variar de acordo com a instituição de ensino. As principais disciplinas são:

  • Redes de Computadores;
  • Arquitetura e Organização de Computadores;
  • Desenvolvimento Mobile;
  • Linguagens de Programação Estruturada;
  • Interface e Usabilidade;
  • Análise e Modelagem de Sistemas.

O mercado de trabalho está muito aquecido e em crescimento constante, e oportunidades aparecem em empresas de vários portes, incluindo multinacionais. O salário do profissional de Análise e Desenvolvimento de Sistemas é de R$ 5.600,97* para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais — nada mal, não é?

Na Anhanguera, a mensalidade do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas é a partir de R$ 169,00* e, ao estudar em nossa instituição, o aluno contará com vários diferenciais como a Aula Destaque e laboratórios de ponta.

Como é o curso de Ciência da Computação?

A faculdade de Ciência da Computação tem duração de 5 anos e forma profissionais mais generalistas. Na maior parte do curso, os alunos entram em contato com disciplinas de Matemática e matérias destinadas ao aprendizado de linguagens de programação, como:

  • Física Geral;
  • Computação em Nuvem;
  • Cultura Digital;
  • Internet das Coisas;
  • Algoritmos e Estrutura de Dados Avançados;
  • Segurança da Informação e de Redes;
  • Programação Orientada a Objetos.

A graduação pode ser feita na modalidade de ensino presencial, e os alunos da Anhanguera contam com o suporte de professores, a troca e o convívio de experiências com a turma e toda infraestrutura para realizar as aulas práticas e atividades teóricas. A mensalidade do curso é a partir de R$ 493,72*, e você encontrará formas de ingresso facilitadas.

O mercado de trabalho está em constante expansão, mesmo com a instabilidade econômica dos últimos anos. A expectativa é que as vagas aumentem. O bacharel desenvolve muitas atividades, nos mais variados temas e âmbitos multidisciplinares que usam a computação como ferramenta. O salário da Ciência da Computação é de R$ 6.648,42* para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais.

Qual é o perfil do aluno de cada um desses cursos?

Já que o objetivo é alcançar o sucesso e conquistar a estabilidade financeira, ter o perfil certo é muito importante para obter realização profissional e pessoal. Para isso, é necessário conhecer as qualidades de um bom analista e cientista da computação. Veja a seguir.

Perfil do estudante de Ciência da Computação

Lembre-se de que as características citadas podem ser desenvolvidas durante a graduação, sobretudo quando você conta com uma faculdade de ponta. Vamos à lista!

Ter raciocínio lógico

O trabalho de um cientista da computação tem como base a análise de informações, buscando as melhores alternativas dentro do prazo estabelecido. Portanto, essas soluções precisam facilitar os processos e atender à demanda de clientes e de empresas. Para isso, precisa pensar de modo claro, com destreza e qualidade.

Gostar de lidar com números

A grade curricular do curso apresenta muitas matérias relacionadas à estatística, física e matemática. Para aguentar o conteúdo denso, é essencial gostar de números.

Os profissionais da área são desafiados diariamente e sabem transformar os números em tecnologia com maestria. Por isso, os estudantes que se sentem à vontade com cálculo complexo e gostam de decifrar problemas numéricos estão no caminho certo.

Perfil do estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Veja as principais características para atuar em ADS!

Ser proativo

O profissional da área deve sempre se preocupar em executar as atividades e cuidar da segurança de rede. Por isso, ser proativo e tomar a frente nas situações, mesmo sem ter ordens explícitas, é fundamental. Nesse caso, também é importante apoiar vários departamentos e atender às necessidades de suporte dos usuários.

Dominar o inglês

Dominar o inglês é essencial no mercado de trabalho, só que é mais ainda para o analista de sistemas. Afinal, as linguagens de programação e boa parte dos materiais estão nesse idioma. Lembre-se de que, ao aprender inglês e se comunicar de maneira correta, muitas oportunidades de trabalho aparecem.

Agora é com você!

Se tinha dúvidas entre Ciência da Computação ou Análise e Desenvolvimento de Sistemas, viu que as graduações contam com um mercado de trabalho aquecido e bons salários. Assim, pesquise bastante sobre os cursos e avalie o perfil de cada um para escolher a melhor opção. Além disso, opte por fazer a sua graduação em uma boa instituição de ensino e com professores atuantes no mercado!

Gostou deste texto e deseja estudar em uma faculdade de excelência? Então, inscreva-se no vestibular Anhanguera!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 10

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content