Engenharia Ambiental e Sanitária: Saiba tudo da graduação

Rapaz olhando reservatório de água

A Engenharia Ambiental e Sanitária é uma das disciplinas mais relevantes e desafiadoras no campo da engenharia, especialmente em um mundo onde a sustentabilidade e a saúde pública se tornaram prioridades globais. 

Essa graduação é uma resposta à crescente preocupação com questões ambientais e à necessidade de desenvolver soluções inovadoras para garantir que nossa sociedade cresça de maneira sustentável. 

Ao longo deste texto, iremos nos aprofundar nos detalhes dessa graduação, explorando suas potenciais carreiras, desafios e as habilidades essenciais que os profissionais dessa área precisam desenvolver para enfrentar os problemas que afetam o nosso planeta. 

Como é o curso de Engenharia Ambiental e Sanitária?

O curso de Engenharia Ambiental e Sanitária é uma graduação que prepara os estudantes para lidar com desafios complexos relacionados ao meio ambiente e à saúde pública. É uma escolha significativa para aqueles que desejam contribuir para um mundo mais sustentável e saudável. 

A sua estrutura curricular envolve uma combinação de disciplinas das áreas de engenharia, como Cálculo, Física e Química, e também específicas como ciências ambientais, saúde e gestão. 

Ao final do curso, os graduados em Engenharia Ambiental e Sanitária podem trabalhar em diversos setores, incluindo empresas de engenharia, órgãos governamentais e indústrias. Eles serão capazes de: 

  • Avaliar o impacto ambiental de projetos industriais e de engenharia civil;
  • Propor soluções de engenharia ambiental para reduzir ou eliminar impactos;
  • Garantir que as obras estejam respeitando as normas e leis ambientais;
  • Escrever relatórios sobre o impacto ambiental;
  • Realizar pesquisas de campo para medir a devastação da natureza;
  • Realizar medições de poluição do ar, água e solo;
  • Dar assessoria para empresas que querem tirar os certificados internacionais ISO 9000 e ISO 14000;
  • Realizar projetos de recuperação de áreas;
  • Realizar projetos de tratamento de lixo, resíduos industriais e material tóxico.
Blocos de lixo compactado
Tratar resíduos e lixo é uma das capacitações para quem faz o curso

Quais os tipos de Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária?

A graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária é oferecida pelas instituições de ensino no tipo Bacharelado.

Bacharelado em Engenharia Ambiental e Sanitária 

O Bacharelado em Engenharia Ambiental e Sanitária é um curso universitário que capacita os estudantes a compreender, planejar, projetar e implementar soluções relacionadas a questões ambientais e de saneamento. 

Esse tipo de curso tem uma abordagem abrangente e oferece uma visão ampla da área de engenharia, integrando princípios de engenharia com conhecimentos específicos relacionados às ciências ambientais e à saúde pública.

Licenciatura em Engenharia Ambiental e Sanitária

A Licenciatura é um tipo de graduação buscada por profissionais que desejam se preparar para atuar como professores. Entretanto, o Currículo acadêmico de Engenharia Ambiental e Sanitária, apesar de contar com matérias ligadas à área de exatas como matemática, física e química, não inclui disciplinas focadas em preparar o aluno a exercer a função de docente.

Se o aluno de Engenharia Ambiental e Sanitária tiver interesse em dar aula para ensino fundamental e médio, é necessário que o profissional busque por uma formação pedagógica após essa graduação. Só assim ele será habilitado a dar aulas.

Homem e rapaz fazendo medidas em painel solar
Na licenciatura a formação é destinada para o ensino

Tecnólogo em Engenharia Ambiental e Sanitária

Atualmente não existe Tecnólogo em Engenharia Ambiental e Sanitária. Nesse formato, os cursos possuem uma grade curricular mais específica e direcionada a preparar rapidamente o profissional para ingressar no mercado de trabalho. 

Dessa forma, nos cursos tecnológicos, não encontramos matérias generalistas ou com grandes bases teóricas como Engenharia, e sim aulas mais práticas focadas na área de atuação à qual o curso pertence. 

O curso de Engenharia Ambiental e Sanitária é bom?

O curso de Engenharia Ambiental e Sanitária tem ganhado destaque nas últimas décadas devido ao crescente reconhecimento da importância da preservação do meio ambiente e da saúde pública. 

Na hora de escolher um curso de ensino superior, geralmente consideramos detalhes como mercado de trabalho, oportunidades e a credibilidade que o profissional tem no mercado. E é por isso que o curso de Engenharia Ambiental e Sanitária se tornou uma graduação tão buscada entre os jovens e profissionais experientes da área. 

Além disso, o salário do engenheiro ambiental é atrativo, e é possível construir uma carreira de sucesso com as oportunidades existentes nesse setor. 

Dois homens analisando amostra de água em campo
Com a crescente preocupação com o meio ambiente, o curso tem ganhado destaque

O curso de Engenharia Ambiental e Sanitária é aprovado no MEC?

A graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária é sim aprovado pelo MEC (Ministério da Educação), mas é fundamental consultar se a instituição de ensino que você quer escolher tem autorização para oferecer esse curso.

Ser aprovado pelo MEC é requisito essencial para que o diploma seja respeitado no mercado de trabalho. O Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária reconhecido pelo MEC possui a aprovação que garante a validade do diploma em todo território nacional. 

Aprovação do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária no Mercado 

O curso de Engenharia Ambiental e Sanitária desfruta de uma aprovação sólida no mercado de trabalho devido à crescente demanda por profissionais formados na área. 

As exigentes regulamentações ambientais em muitos países e a pressão por práticas mais sustentáveis, tornam os profissionais dessa área essenciais para o cumprimento de normas e regulamentos, garantindo que empresas e organizações atuem de maneira responsável. 

Os graduados têm a capacidade de fazer a diferença no mundo, contribuindo para um futuro mais sustentável e saudável, o que torna essa área de estudo uma escolha altamente promissora para estudantes que desejam uma carreira significativa. 

E para aproveitar as oportunidades que o mercado oferece, os profissionais com Formação acadêmica em Engenharia Ambiental e Sanitária, além da preocupação em fazer a graduação em uma faculdade reconhecida pelo MEC, precisam também se registrar no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA). 

Somente após o registro no CREA é que o profissional se torna Engenheiro, e estará no legítimo exercício da profissão, conforme Lei 5194/66.

Grupo de pessoas em reunião sobre energia eólica
Quem se forma em Engenharia Ambiental e Sanitária pode contribuir para desenvolver soluções sustentáveis

Qual o perfil ideal do aluno de Engenharia Ambiental e Sanitária? 

O perfil ideal do aluno de Engenharia Ambiental e Sanitária envolve uma combinação de características pessoais, habilidades e interesses que são fundamentais para ter sucesso neste campo. 

Para ser um profissional de excelência nessa área, é imprescindível ser compromissado com a sustentabilidade, ter interesse pelo Meio Ambiente e pelas relações humanas com os ecossistemas. 

Além disso, como em toda graduação de engenharia, gostar da área de exatas e possuir habilidades matemáticas, são indispensáveis para ter sucesso durante o curso.

Moça analisando amostras em laboratório
Para entrar nessa engenharia é necessário ter preocupação com o Meio Ambiente

Personalidade do aluno da área de Engenharia Ambiental e Sanitária 

Os alunos que escolhem a área de Engenharia Ambiental e Sanitária geralmente possuem uma personalidade que reflete características específicas, como por exemplo: 

Responsabilidade Social e Ética

Alunos da Engenharia Ambiental e Sanitária frequentemente têm uma forte consciência social e ética. Eles entendem a importância de suas ações para a sociedade e para o meio ambiente e buscam abordagens responsáveis em seu trabalho. 

Habilidade de Colaboração

Muitos projetos nessa área são colaborativos, envolvendo equipes multidisciplinares. Portanto, os alunos geralmente possuem boas habilidades de colaboração e são capazes de trabalhar efetivamente com colegas de diferentes áreas. 

Compromisso Ambiental e com a Sustentabilidade

Alunos nessa área demonstram grande paixão e compromisso com a proteção do meio ambiente e a sustentabilidade. 

Esse é um princípio central na Engenharia Ambiental e Sanitária, e o engajamento dos alunos com questões ambientais são reflexo de uma forte motivação para fazer a diferença no mundo. 

Resiliência e Persistência

Em uma área que frequentemente envolve a resolução de problemas difíceis e complexos, a resiliência e a persistência são qualidades chave. Os alunos de Engenharia Ambiental e Sanitária precisam estar dispostos a superar obstáculos e a continuar trabalhando em soluções, mesmo quando o progresso parece lento. 

Mentalidade Analítica e Pensamento Crítico

Engenheiros ambientais e sanitários precisam analisar problemas complexos e desenvolver soluções criativas e eficazes. Portanto, é indispensável ter mentalidade analítica e pensamento crítico, para abordar desafios de forma lógica e estruturada. 

Rapaz fazendo supervisão em válvula
O aluno deve ter pensamento crítico e responsabilidade social

Rotina de estudos para quem estuda Engenharia Ambiental e Sanitária

A rotina de estudos durante a graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária pode variar de acordo com a grade das matérias de cada semestre e com a modalidade das aulas (presencial, semipresencial ou EAD). 

Esse curso é desafiador e está entre as opções de graduação com maior tempo de duração (5 anos). Isso exige uma rotina de estudos organizada e eficiente para um desempenho acadêmico sólido. Por isso, é importante que o aluno saiba gerenciar bem o seu tempo, para administrar os compromissos acadêmicos e pessoais no calendário.

A grade curricular do curso prevê a articulação entre a teoria e a prática. O objetivo é possibilitar a aplicação dos conceitos teóricos das disciplinas, com a vivência de situações inerentes ao campo profissional, que contribuem para o desenvolvimento das competências e habilidades necessárias para atuar na profissão. 

Outro detalhe importante é que a avaliação do desempenho acadêmico do aluno vai muito além dos bons resultados nas provas. A frequência nas aulas e o aproveitamento das diversas atividades são fatores que também compõem a nota final. Trata-se de um processo progressivo e amplo. 

Para se formar, o estudante precisa ainda fazer o estágio obrigatório, se envolvendo com algum tipo de atividade do seu futuro campo de atuação, pelo tempo mínimo exigido pela faculdade. 

Além de ser obrigatório para a conclusão do curso, esse estágio oferece vantagens para o aluno de Engenharia Ambiental e Sanitária. Isso porque, além da experiência prática obtida nesse período, é possível entrar no mercado como funcionário da própria empresa em que estagiou. 

E para finalizar, precisa também apresentar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), realizando um projeto que vai atestar as habilidades adquiridas durante o curso.

Moça estudando à noite com luz de luminária
A rotina de estudos envolve aulas práticas e teóricas, bem como estágio

Quais as modalidades de estudo para Engenharia Ambiental e Sanitária?

O curso de Engenharia Ambiental e Sanitária pode ser encontrado em três modalidades de ensino: presencial, semipresencial e EAD 100%, online. Confira as diferenças entre elas:

Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária Presencial

O curso de Engenharia Ambiental e Sanitária presencial é a modalidade mais conhecida e é a mais buscada pelos alunos. Nessa modalidade, o aluno acompanha as aulas em sala de aula, tendo contato direto com professores e colegas.

Os horários das turmas são fixos, os alunos precisam comparecer no mínimo a 75% das aulas, os valores das mensalidades são maiores devido aos custos das instalações físicas e outros fatores, e há disciplinas teóricas e práticas de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC).

Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária no modelo Semi Presencial

A faculdade de Engenharia Ambiental e Sanitária semipresencial é feita de forma híbrida, misturando aulas presenciais e a distância.

No sistema semipresencial, algumas disciplinas são lecionadas em laboratórios. Nesse caso é necessário que o aluno se desloque até a instituição para participar das aulas práticas. Isso é feito para que a sua graduação tenha o mesmo conteúdo dos cursos que são 100% presenciais.

Nessa modalidade as aulas online ficam gravadas e são disponibilizadas no mesmo formato que os cursos EAD, e as aulas presenciais possibilitam que o aluno usufrua dos benefícios que uma graduação presencial oferece.

Rapaz olhando em microscópio na sala de aula
Na modalidade semipresencial aulas práticas, como as de laboratório, acontecem na faculdade

Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária EAD

A graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária EAD é 100% online e o aluno não precisa se deslocar até a faculdade. Essa modalidade cresceu muito nos últimos anos e tem atraído milhares de estudantes.

Mas como ficam os cursos de Engenharia? É possível aproveitar todas as facilidades de estudar 100% online e ainda ter a mesma qualidade do curso presencial?

O desenvolvimento da tecnologia, o aumento na velocidade da transmissão de dados e a construção de ambientes virtuais de ensino, permitiram que as faculdades credenciadas pelo MEC passassem a disponibilizar o curso de Engenharia Ambiental e Sanitária na modalidade EAD com muito mais qualidade.

E assim como na modalidade presencial, na graduação EAD o aluno também terá todo o suporte dos tutores para tirar dúvidas, com a vantagem de ditar seu ritmo de estudos, fazendo as aulas nos horários que mais se adaptam a sua rotina.

Uma dúvida muito comum que algumas pessoas têm é saber se o diploma do curso a distância tem o mesmo reconhecimento da modalidade tradicional. A resposta é sim. Não há diferença na emissão deste documento entre as modalidades.

E quando se trata de cursos de Engenharia, as empresas não se preocupam com a modalidade de ensino que o aluno optou durante a faculdade, desde que a instituição onde o profissional se graduou seja reconhecida pelo MEC e que ele seja inscrito e ativo no CREA.

O mais importante no trabalho do profissional dessa área, são as capacidades técnicas e o bom relacionamento profissional para realizar as suas funções.

Qual a duração e as matérias do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária? 

A faculdade de Engenharia Ambiental e Sanitária tem duração de 10 semestres, ou seja, 5 anos. 

A carga horária total da graduação é de 3.420 horas, divididas entre atividades complementares, trabalho de conclusão de curso, estágios curriculares e disciplinas práticas e teóricas. 

As matérias do curso respeitam as diretrizes educacionais para Engenharia Ambiental e Sanitária e são organizadas da seguinte forma: 

1º semestre (240h)

  • Desenho Técnico Projetivo;
  • Química e Ciência dos Materiais;
  • Algoritmos e Lógica de Programação;
  • Optativa I.

2º semestre (240h)

  • Cálculo Diferencial e Integral;
  • Física Geral e Experimental – Mecânica;
  • Legislação, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente;
  • Optativa II.

3º semestre (330h)

  • Cálculo Diferencial e Integral II;
  • Princípios de Eletricidade e Magnetismo;
  • Física Geral e Experimental – Energia;
  • Engenharia, Ciência e Tecnologia;
  • Projeto de extensão I-Engenharia Ambiental e Sanitária.

4º semestre (240h)

  • Fenômenos de Transporte;
  • Cálculo Diferencial e Integral III;
  • Pensamento Analítico e Analise de Dados;
  • Resistência dos Materiais.

5º semestre (390h)

  • Fundamentos de Cartografia e Topografia;
  • Climatologia e Meteorologia;
  • Administração e Economia para Engenheiros;
  • Projeto de Extensão II – Engenharia Ambiental e Sanitária;
  • Química Ambiental e Toxicologia;
  • Biologia para Engenharia Ambiental.

6º semestre (360h)

  • Geologia e Mecânica dos Solos;
  • Gestão de Resíduos Sólidos;
  • Sensoriamento e Geoprocessamento aplicados ao Meio;
  • Legislação e Direito ambiental;
  • Design Thinking e Inovação dos Modelos de Negócio;
  • Métodos Matemáticos.

7º semestre (390h)

  • Planejamento e Saúde ambiental;
  • Hidráulica e Hidrometria;
  • ESG – Ambiental, Social e Governança na Engenharia;
  • Microbiologia Ambiental;
  • Geologia Aplicada e Geotecnia Ambiental;
  • Projeto de Extensão III – Engenharia Ambiental e Sanitária.

8º semestre (560h)

  • Sociedade Brasileira e Cidadania;
  • Estágio Curricular de Engenharia;
  • Hidrologia e Manejo de Bacias Hidrográficas;
  • Tratamento de Água e Efluentes;
  • Perícias e Auditorias Ambientais;
  • Gestão de Emissões Atmosféricas e Modelagens de Sistemas Ambientais;
  • Saneamento Básico. 

9º semestre (370h)

  • Fontes Alternativas de Energia;
  • Trabalho de Conclusão de Curso;
  • Recuperação e Manejo Sustentável de Áreas Degradadas;
  • Avaliação de Impactos Ambientais;
  • Sistemas Estruturais para o Meio Ambiente;
  • Projeto de Extensão IV – Engenharia Ambiental e Sanitária; 

10º semestre (300h)

  • Projetos Hidrossanitários e de Saneamento;
  • Tecnologia e Infraestrutura de Transportes;
  • Optativa III;
  • Optativa IV;
  • Optativa V.
Pessoa fazendo desenho técnico com esquadro
“Desenho Técnico Projetivo” é uma das disciplinas do curso

Quais as possibilidades de especialização em Engenharia Ambiental e Sanitária? 

Existem muitas possibilidades de especialização e programas de pós-graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária. A competitividade faz parte do mundo do trabalho, e isso exige dos profissionais diferenciais para se destacar. 

Cada especialização oferece oportunidades únicas, permitindo que os engenheiros ambientais e sanitários escolham caminhos que se alinhem aos seus objetivos de carreira. 

Algumas das principais possibilidades de especialização incluem: 

ESG (Environmental, Social and Governance) e Sustentabilidade Empresarial: Os profissionais com essa especialização trabalham para empresas, auxiliando na implementação de padrões e boas práticas de sustentabilidade ambiental, social e de governança corporativa, que ajudam no cumprimento de regulamentações ambientais e na melhoria da gestão. 

Gestão de Resíduos: Os especialistas em gestão de resíduos se concentram na coleta, transporte, reciclagem, tratamento e disposição final de resíduos sólidos e líquidos. Isso envolve a elaboração de estratégias para minimizar a produção de resíduos e promover práticas de reciclagem e reutilização. 

Recursos Hídricos e Gerenciamento de Bacias Hidrográficas: Os profissionais nessa área lidam com a gestão e conservação de recursos hídricos, incluindo rios, lagos e aquíferos. Isso envolve a proteção da qualidade da água, a gestão de inundações e a alocação sustentável de recursos hídricos. 

Qualidade do Ar e Controle de Poluição do Ar: Esta especialização se dedica ao monitoramento e controle da qualidade do ar, incluindo o desenvolvimento de tecnologias para reduzir as emissões de poluentes atmosféricos. Engenheiros nessa área trabalham em projetos relacionados à qualidade do ar interior e exterior. 

Engenharia Ecológica e Restauração Ambiental: Esta especialização envolve a restauração de ecossistemas naturais degradados. Os engenheiros nessa área trabalham em projetos de reflorestamento, revitalização de áreas úmidas e recuperação de habitats naturais.

Fábrica expelindo fumaça por duas chaminés
É possível se especializar em controle e qualidade do ar

Quais as principais áreas para recém-formados em Engenharia Ambiental e Sanitária? 

Para os recém-formados em Engenharia Ambiental e Sanitária, existem várias áreas de atuação promissoras, com excelentes oportunidades de emprego e ótimos salários. 

Abaixo listamos algumas dessas principais áreas. Mas fique atento, a crescente conscientização sobre questões ambientais têm gerado cada vez mais oportunidades no mercado. 

Órgãos Governamentais: Agências governamentais em níveis federal, estadual e municipal contratam engenheiros ambientais e sanitários para trabalhar em questões relacionadas a políticas públicas, regulamentações e fiscalização ambiental. 

Empresas de Tratamento de Água e Efluentes: Empresas de tratamento de água e saneamento básico são grandes empregadores de engenheiros ambientais e sanitários, pois estes profissionais desempenham um papel fundamental no fornecimento de água potável e no tratamento de efluentes. 

Indústria de Energias Renováveis: Com o crescimento das energias renováveis, empresas que atuam na área de energia solar, eólica, hidrelétrica e biomassa contratam engenheiros ambientais para projetos de desenvolvimento e operações. 

Consultoria Ambiental: Empresas de consultoria ambiental oferecem serviços de consultoria a empresas, órgãos governamentais e organizações não governamentais em questões ambientais, ajudando a garantir a conformidade com regulamentações e a adoção de práticas sustentáveis.

Homem checando painel solar
A indústria de energias renováveis é uma possibilidade para quem é recém-formado

É melhor ingressar na faculdade pública ou privada?

As faculdades públicas e privadas possuem particularidades, e cabe ao aluno considerar essas características para tomar a melhor decisão na hora de estudar.

A escolha entre uma faculdade pública ou privada depende de vários fatores, como custo, qualidade acadêmica, recursos disponíveis e preferências pessoais. 

As faculdades públicas são muito mais concorridas. Já as faculdades privadas possuem muito mais vagas disponíveis, o que torna o ingresso a uma instituição privada mais simples. 

Em contrapartida, faculdades públicas geralmente são mais acessíveis financeiramente e oferecem recursos amplos, enquanto faculdades privadas podem ter programas especializados e redes de ex-alunos fortes.

Nos dois casos é possível encontrar instituições de qualidade, mas é importante lembrar que o comportamento do estudante durante a graduação é o que mais influencia na qualidade da formação.

Considere seu orçamento, os programas oferecidos, a reputação acadêmica e o ambiente de aprendizado ao tomar sua decisão. Ambas têm vantagens, então a escolha depende das suas necessidades e objetivos individuais.

Moça contemplativa olhando para alguma tela
A faculdade pública e privada têm prós e contras que precisam ser analisados

Faculdade Pública em Engenharia Ambiental e Sanitária

A faculdade pública para Engenharia Ambiental e Sanitária é gratuita, mas muito concorrida. E por ser um tipo de instituição financiada pelo governo, a ausência de mensalidades é um grande atrativo. 

Dessa forma, podemos listar como principais pontos positivos para escolher uma instituição pública, além da ausência de mensalidades, a qualidade acadêmica composta por professores de renome, o que aumenta o reconhecimento e valorização no mercado de trabalho. 

Já como pontos negativos, além da alta concorrência, é muito comum que instituições públicas sejam mais burocráticas e tenham uma infraestrutura de menor qualidade, o que faz com que novas metodologias de ensino, como os cursos EAD, não sejam inseridas em suas grades curriculares com tanta facilidade.

Faculdade Privada para Engenharia Ambiental e Sanitária

A faculdade privada para Engenharia Ambiental e Sanitária pode oferecer muitas vantagens como: infraestrutura moderna, programas acadêmicos especializados, grade de horários flexíveis, turmas possivelmente menores, acesso a uma rede de ex-alunos robusta e uma abordagem mais personalizada para o ensino.

Apesar de existir a necessidade de pagar mensalidade para cursar uma faculdade privada, existem inúmeras possibilidades de bolsas e descontos que facilitam o ingresso nesse tipo de instituição. 

No entanto, é importante pesquisar cuidadosamente as opções considerando fatores como reputação da faculdade, recursos oferecidos e oportunidades de estágio.

É importante que o aluno procure por instituições que atendam às necessidades e metas de carreira.

Moça pesquisando em tablet
É importante pesquisar bem a reputação e os recursos da faculdade privada

Quanto custa a faculdade em Engenharia Ambiental e Sanitária?

A mensalidade do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária vai variar de acordo com alguns parâmetros que são muito importantes para a tomada de decisão, como modalidade do curso e qualidade da instituição de ensino.

Na Anhanguera, por exemplo, o aluno pode cursar Engenharia Ambiental e Sanitária na modalidade Presencial, EAD e Híbrida, que conta com uma infraestrutura digital de ponta e formas de ingresso facilitadas, onde o valor pago pelo aluno pode diminuir com os programas de bolsa de estudo ou opções de descontos na mensalidade.

Confira o valor das mensalidades na página do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária no site.

Tem como conseguir Bolsa de Estudos em Engenharia Ambiental e Sanitária?

Existem alguns tipos de Bolsa de Estudo para a faculdade de Engenharia Ambiental e Sanitária. Caso você ainda se sinta receoso devido aos valores das mensalidades, fique tranquilo. Na Anhanguera existem muitas opções de bolsa de estudo, benefícios e convênios que ajudam o aluno a pagar a faculdade e se tornar um Engenheiro de sucesso.

Diversas opções oferecidas não necessitam da nota do Enem, e mesmo que o aluno não tenha feito o exame, ainda é possível pagar menos na mensalidade, como por exemplo:

Bolsa Incentivo

Os alunos que não podem pagar o valor integral da mensalidade, podem conquistar a Bolsa de Incentivo já na hora da inscrição. Mas é preciso se encaixar nos critérios de renda definidos pela universidade para adquirir o benefício.

Convênio com empresas parceiras da faculdade

É funcionário de uma empresa conveniada? Ótimo! Você pode ter desconto na mensalidade durante todo o curso de Engenharia Ambiental e Sanitária ou em outros cursos de graduação ou pós-graduação.

Descontos para militares e servidores públicos

Desconto exclusivo para estudantes que trabalham no setor militar ou que atuam como servidores públicos no âmbito federal, estadual ou municipal.

O percentual de desconto é aplicado para os cursos presenciais e a distância da Anhanguera. Além disso, o abatimento pode se estender ao cônjuge ou filhos de até 24 anos.

Homem militar escrevendo em prancheta
O desconto para militares é uma das bolsas da Anhanguera

Como entrar em Engenharia Ambiental e Sanitária?

Existem várias maneiras de se matricular no curso de Engenharia Ambiental e Sanitária. Confira abaixo como garantir sua vaga. 

Enem

Para ingressar no curso de Engenharia Ambiental e Sanitária utilizando a nota do Enem é bem simples. Os estudantes que apresentam a nota do Enem não precisam prestar o vestibular.

O ENEM é o Exame Nacional do Ensino Médio, onde as notas podem ser utilizadas para ingressar em universidades públicas e privadas que adotam essa modalidade de seleção. 

A inscrição nesse formato é selecionada principalmente para os alunos que buscam por uma bolsa de estudo. Para isso é preciso ter efetuado a prova a partir de 2010 e ter uma pontuação superior a 200 pontos na redação e em conhecimentos. Quanto maior a nota obtida no Enem, maior o percentual de desconto.

Se o aluno se enquadrar nesses requisitos, na hora de se inscrever para o curso, ele só precisa selecionar a opção de inscrição usando a nota do Enem, completar o cadastro e confirmar a matrícula. 

Consulte as condições da Bolsa Enem, cursos elegíveis, disponibilidade e valor da mensalidade no FALE CONOSCO em nosso site, ou na secretaria da unidade Anhanguera de seu interesse! 

Pessoa segurando celular com tela do Enem
O Enem é uma das maneiras de entrar na faculdade

Sisu

Você também pode usar o Sisu para o curso de Engenharia Ambiental e Sanitária.

O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) é um programa do governo federal que seleciona estudantes para instituições públicas de Ensino Superior. Ele funciona duas vezes ao ano, uma por semestre, e é exclusivo para participantes da última edição do Enem que não tiveram nota zero na redação. 

A inscrição acontece pelo site do Sisu, onde os interessados podem acessar as instituições e os cursos que participam do Sistema. Quando o prazo para inscrição for aberto, basta entrar no site e se inscrever. 

Conforme as regras do programa, o estudante pode escolher até duas opções de curso por ordem de preferência, assim como instituição, local de oferta, turno e modalidade de concorrência. 

É possível alterar essas opções ao longo do período de inscrições, mas fica valendo a última escolha feita antes do encerramento das inscrições. 

Vestibular para Engenharia Ambiental e Sanitária

Para prestar vestibular para Engenharia Ambiental e Sanitária, o candidato precisa se direcionar até a universidade de sua escolha ou fazer a inscrição de maneira online pelo próprio portal da instituição. 

O vestibular é o meio mais tradicional para inscrição nas universidades. Ele pode acontecer de forma presencial ou online, e é organizado pelas próprias instituições. 

Aqui na Anhanguera, por exemplo, o vestibular para Engenharia Ambiental e Sanitária acontece da seguinte forma: 

Vestibular presencial

O vestibular para Engenharia Ambiental e Sanitária no modelo tradicional consiste em uma prova presencial que os candidatos podem fazer em qualquer polo da universidade. Para realizá-la, é preciso se inscrever pelo site da Anhanguera. 

O teste é composto de uma redação dissertativo-argumentativa e você terá 2 horas para concluí-la. Caso tenha algum imprevisto e não consiga chegar ao local a tempo, o estudante pode agendar a realização da prova para uma data posterior. 

Vestibular online

O vestibular online para Engenharia Ambiental e Sanitária tem o mesmo formato da opção presencial, com a diferença que ocorre de maneira 100% online e você tem apenas 1 hora para concluir a prova. Outra informação essencial sobre o teste é que o candidato tem somente 5 chances para finalizá-lo. 

Portanto, confira com cuidado a conexão com a internet antes de iniciar o processo seletivo. Outro fator importante é que não é permitido copiar e colar ou abrir outra aba do navegador. Após a entrega da prova, basta aguardar os resultados.

Moça fazendo prova a lápis
É possível fazer o vestibular presencial ou online

Quais as exigências para se formar em Engenharia Ambiental e Sanitária?

As exigências para se formar em Engenharia Ambiental e Sanitária podem variar conforme a instituição de ensino escolhida. É necessário consultar as regras de cada instituição para obter informações específicas sobre os requisitos exigidos, como estágio obrigatório, Enade, TCC e etc. 

Estágio Obrigatório para Engenharia Ambiental e Sanitária

O estágio obrigatório para Engenharia Ambiental e Sanitária deve ser realizado a partir do oitavo semestre do curso. Essa é uma excelente oportunidade para colocar em prática alguns dos conhecimentos teóricos adquiridos em sala de aula.

É recomendado que o contato para estágio não seja feito de última hora com as empresas. O ideal é que no decorrer do curso, o aluno faça pesquisas em lugares que poderá estagiar, pois, sem isso, não receberá o diploma. 

O estágio supervisionado oferece outras vantagens para o aluno de Engenharia Ambiental e Sanitária. Além da experiência prática obtida nesse período, o aluno também pode entrar no mercado, ao ser convidado para continuar como funcionário da empresa em que estagiou.

Homem mostrando dados para moça em frente a painel solar
O estágio também é uma porta para que o aluno seja efetivado

Enade para Engenharia Ambiental e Sanitária

Para os alunos concluintes do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária que fizerem parte de uma turma contemplada para o exame, participar do Enade também é obrigatório. O desempenho nesse exame não afeta a conclusão do curso, mas não fazê-lo impede o aluno de receber seu diploma. 

O Enade é o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, que serve para avaliar os cursos de ensino superior em todo o Brasil. 

TCC de Engenharia Ambiental e Sanitária

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de Engenharia Ambiental e Sanitária é desenvolvido nos últimos dois semestres da faculdade e articula os conhecimentos teóricos aos práticos.

Com auxílio de um professor orientador, o aluno escolhe determinado tema de sua área e realiza uma pesquisa aprofundada, além de normalmente explorar esses conhecimentos por meio de um projeto.

O objetivo é colocar em prática os aprendizados adquiridos durante o curso. O resultado desse trabalho é entregue por escrito e, em alguns casos, também é necessário ser apresentado para uma banca de avaliadores.

Moça escrevendo texto em laptop
O TCC é necessário para concluir o curso

Vale a pena se formar em Engenharia Ambiental e Sanitária?

A Engenharia Ambiental e Sanitária é uma das áreas mais relevantes do século 21. O mundo enfrenta desafios ambientais complexos, como mudanças climáticas, escassez de recursos naturais e poluição. E os engenheiros ambientais desempenham um papel fundamental na resolução desses problemas e na criação de um futuro mais sustentável. 

Em 2023, realizado na sede do CREA-SP (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de São Paulo), aconteceu o 1º Encontro Nacional de Engenharia Ambiental e Sanitária, cujo tema central foi “Valorizando profissionais e discutindo o futuro”

Segundo matéria publicada no portal do próprio CREA-SP sobre o Futuro da Engenharia Ambiental, durante esse encontro ficou evidente a carência que existe de pessoas preparadas para assumir a liderança de uma agenda sustentável, que minimize os impactos da produção econômica no meio ambiente. 

Formar profissionais e dar mais espaço para Engenheiros Ambientais e Sanitários, poderá ajudar a fazer do mundo um lugar melhor e com perspectivas positivas para o futuro. E para quem está disposto a fazer parte desse mercado, ótimas oportunidades de emprego com salários competitivos estão à espera. 

Moça falando em comunicador em estação de água
Com a escassez de recursos, o engenheiro ambiental e sanitário está preparado para cuidar do meio ambiente e propor soluções

Salário para formados em Engenharia Ambiental e Sanitária

Engenharia Ambiental e Sanitária é famosa por proporcionar boas remunerações para os seus profissionais. No entanto, esses valores podem variar conforme o tempo de experiência, atividade do profissional e localidade de trabalho.

Atualmente a média salarial de um Engenheiro Ambiental no Brasil é de R$ 7.790,59*. Veja abaixo a média salarial desse profissional em alguns dos principais estados brasileiros:

  • Amazonas: R$9.965,69*;
  • Rio de Janeiro: R$9.779,37*;
  • Espírito Santo: R$9.122,26*;
  • São Paulo: R$8.971,07*;
  • Ceará: R$8.329,59*.

*Fonte: salário.com, sujeito a alteração.

Investimento Vs Retorno do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária 

O investimento e o retorno financeiro de um curso de Engenharia Ambiental e Sanitária podem variar significativamente com base em diversos fatores, como a instituição de ensino, a localização geográfica e a demanda do mercado de trabalho. 

Durante a graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária é possível estagiar, fazer networking e aperfeiçoar a prática profissional, com grande possibilidade de começar a trabalhar na área logo após a formação, gerando rápido retorno sobre o investimento feito na faculdade. 

E para aqueles que arregaçarem as mangas e buscarem certificações adicionais ou especialização em áreas específicas, as chances de retorno e crescimento são ainda maiores. Pois à medida que o profissional ganha experiência e busca por educação continuada, seu salário pode aumentar significativamente, acompanhando a progressão de sua carreira.

Saiba também: nos shorts da Anhanguera, saiba como é a vida de estudante de engenharia!

Por que cursar Engenharia Ambiental e Sanitária?

Agora que você já sabe tudo sobre a faculdade de Engenharia Ambiental e Sanitária, o próximo passo é escolher uma instituição que te dê condições de se formar e construir uma carreira de sucesso nessa área.

Na Anhanguera, a graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária tem duração média de 5 anos e pode ser feita a Distância (EAD), semipresencial ou Presencial, nos mais de 300 polos espalhados pelo país, onde você pode obter a melhor estrutura de uma rede particular de ensino.

Com corpo docente experiente e conectado com o mercado, e uma infraestrutura de ponta, na Anhanguera você conta ainda com diversas opções de bolsas de estudo e formas de ingresso facilitadas.

Inscreva-se no nosso vestibular! Estude na Anhanguera para ter acesso a um ensino de excelência, modalidades flexíveis e mensalidades que cabem no seu bolso!

Venha estudar Engenharia Ambiental e Sanitária com a gente!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Inscreva-se gratuitamente no vestibular online ou use sua nota do Enem para obter bolsas e descontos!

Artigos relacionados