Como é a área de Comércio Exterior e como atuar?

área de Comércio Exterior

O Brasil é um país relevante no contexto do comércio internacional, o que se deve à sua necessidade de importar itens de outros países, bem como a de exportar, especialmente a sua produção agrícola. Mas não se limita a isso a atuação na área de Comércio Exterior, também chamada de Comex, o que se revela uma das melhores para quem busca empregabilidade e boa remuneração.

Não se trata de uma profissão das mais simples, pois há uma série de responsabilidades que ficam a cargo de quem trabalha nessa área. Para se destacar, é necessária uma série de atributos, como o domínio de línguas estrangeiras e o conhecimento sobre procedimentos de relativa complexidade, como as regras tributárias e aduaneiras.

Quer saber mais sobre como é a área de Comércio Exterior e o que deve fazer para conseguir trabalhar com ela? Selecionamos as principais dicas sobre a rotina desse tipo de profissional para que você conheça os caminhos que devem ser seguidos ainda durante os estudos. Confira!

O que é a área de Comércio Exterior?

Trata-se de uma profissão que acompanha todo o desenvolvimento do capitalismo, dada a necessidade de negociar mercadorias para dar destino aos excedentes de produção e potencializar a entrada de receitas nos Estados. Também se relaciona às limitações que todos os países apresentam, e que podem ser supridas por meio da importação de mercadorias.

Com a regulamentação sobre o comércio internacional, o profissional da área teve que se adaptar aos novos regramentos. Para isso, quem pensa em investir na área deve passar por uma formação bastante ampla.

O apelo técnico se justifica em razão da responsabilidade envolvida nos procedimentos de importação e exportação, pois um bom profissional é aquele que trabalha em conformidade com a legislação e ainda consegue gerar economia e agilidade no despacho e no recebimento de mercadorias.

Como é a formação em Comércio Exterior?

Existem duas principais vias para quem pretende ingressar na carreira, que são os cursos de Comércio Exterior. O Bacharelado na área dura 4 anos e dá ao aluno uma formação que une a teoria à prática, o que também se adquire por meio dos estágios ao longo do curso — bastante desejável para que, desde cedo, você se habitue à rotina da profissão.

Há uma segunda opção, que é o curso de tecnólogo em Comércio Exterior, outra formação de nível superior. A diferença é que o tecnólogo pode ser concluído em 2 anos, e a abordagem é mais voltada à prática. Em relação ao mercado de trabalho, ambas as formações oferecem boas oportunidades.

Existem igualmente as pós-graduações relacionadas ao Comércio Exterior, buscadas também por concluintes de outros cursos que desejam atuar no Comex sem ter que passar por uma nova graduação. É uma boa opção para quem cursou Relações Internacionais, Direito, Contabilidade, entre outras formações que, de alguma forma, estejam afinadas ao Comércio Exterior.

Nos Bacharelados e Tecnólogos em Comércio Exterior, o aluno tem contato com disciplinas como:

  • Direito Público;
  • Direito Privado;
  • Contabilidade;
  • Economia;
  • Marketing;
  • Logística;
  • Línguas Estrangeiras etc.

A interdisciplinaridade é uma das marcas da formação em Comércio Exterior, por isso a dedicação do aluno faz toda a diferença para o bom aproveitamento do curso e sucesso no mercado de trabalho.

Quais são as possibilidades de atuação em Comércio Exterior?

Como o próprio nome sugere, a principal forma de atuação em Comércio Exterior está nos procedimentos de importação e exportação de mercadorias entre países. Mas as habilidades desenvolvidas pelo profissional da área também podem ser aplicadas em negociações dentro do próprio país, o que amplia ainda mais o mercado para quem atua em Comércio Exterior.

Assim como outras formações podem ser complementadas pelo curso de Comércio Exterior, este também pode se somar a outras áreas, em razão dos consistentes conhecimentos em tributação, contabilidade e economia que o profissional adquire em seus estudos. Isso habilita você para diversas carreiras públicas, a exemplo da diplomacia, órgãos de fiscalização, como a Receita Federal, Ministérios e Secretarias de Fazenda Pública.

Porém, como a regra é o trabalho na iniciativa privada, ao concluir a sua formação, você pode trabalhar com o planejamento estratégico dos processos de importação e exportação, desenvolvimento de planos de marketing e logística, análise e auditoria das taxas aduaneiras e diversas outras frentes.

A dúvida entre escolher Logística ou Comércio Exterior é bastante comum, especialmente por serem áreas próximas e com atuações nos mesmos segmentos empresariais. Ambas podem ajudar a garantir o seu sucesso profissional, mas, por ser uma formação multidisciplinar, o Comércio Exterior costuma abrir mais oportunidades para seus discentes.

Qual é a média salarial para atuar em Comércio Exterior?

Saber quanto ganha um profissional de Comércio Exterior não é uma tarefa das mais fáceis, pois a remuneração costuma variar de acordo com a complexidade das operações e com os valores envolvidos nos procedimentos. Dentro da iniciativa privada, a remuneração parte dos R$ 1.800,00*, mas pode chegar próximo aos R$ 5 mil* no teto salarial da carreira.

Tais valores não podem ser vistos como uma limitação pois, dentro do mercado, há muitas posições de trabalho que podem ser ocupadas por quem tem formação em Comércio Exterior. Da mesma forma, há espaço também para quem pretende empreender na área, com possibilidades de ganhos muito superiores.

Quais são as tendências na área de Comércio Exterior?

Embora seja uma profissão antiga, ainda se encontra em pleno desenvolvimento, o que aproveita as potencialidades e a abrangência da formação na área.

Uma possibilidade de carreira é com a consultoria de empresas que buscam expandir seus horizontes em outros mercados. Nesta ocasião, o profissional de Comércio Exterior poderá fazer estudos de viabilidade, pesquisa de mercado, planejamento das exportações e o desenvolvimento de estratégias de marketing para o novo mercado.

Outro trabalho que se mostra como tendência e pode levar o profissional a viagens pelo mundo todo é o de Procurement. Nesse segmento, você terá que pesquisar por novos produtos, entrar em contato com produtores e com os potenciais compradores. Para isso, terá que frequentar feiras e conhecer diversos lugares em que tais oportunidades podem estar escondidas.

Pronto para entrar na área de Comex?

O seu ingresso na área de Comércio Exterior pode se dar na sua própria casa, com o EAD de Comércio Exterior. A modalidade online permite que você estude e concilie a graduação com outras obrigações do seu dia a dia, como o trabalho, cuidados com a casa e com os filhos. Qualificar-se para melhores oportunidades é mais fácil do que você pode imaginar, especialmente se começar agora mesmo!

Gostou das nossas dicas? Baixe o e-book sobre a modalidade EAD e saiba o que aguarda você durante a graduação em Comex!

* Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content