Passo a passo: como usar a nota do Enem para uma faculdade

estudante conferindo nota do enem

Você está pensando em fazer o Enem para entrar na faculdade? O resultado do Exame Nacional do Ensino Médio é utilizado para ingressar em instituições públicas por meio do Sisu — Sistema de Seleção Unificado. É possível também (e nem todo mundo sabe dessa informação) usar a nota do Enem para estudar, inclusive obtendo desconto em uma faculdade particular.

Essa estratégia pode ser bastante vantajosa a quem quer iniciar a graduação, mas não sabe bem por onde começar a se preparar.

Então, neste post, você vai aprender como usar a nota do Enem para entrar em uma faculdade particular. Veja como ingressar em uma instituição de ensino superior, entenda os motivos e os benefícios de implementar esse projeto e, ainda, conheça a Faculdade Anhanguera, que conta com essa opção de ingresso. Comece a se planejar agora mesmo para conseguir conquistar o diploma sem fazer vestibular!

Entenda os usos da nota do Enem

Ao escolher um curso mais adequado ao seu projeto de vida, seja na área de Saúde, Humanas ou Exatas, você precisa pensar onde vai estudar e o que fazer para chegar lá, ou seja, de que forma ter sucesso no processo seletivo. Além disso, uma preocupação que não pode ser esquecida diz respeito à forma de bancar as mensalidades: será que elas vão se encaixar no seu orçamento?

Como a concorrência para uma vaga em faculdade pública é alta, é melhor ir pesquisando as opções, como você está fazendo agora, certo?

Quem pode fazer o Enem?

A princípio, qualquer pessoa pode fazer o Enem, até quem ainda está no ensino médio. Porém, nem todo mundo tem como entrar na faculdade com o Enem.

Só quem tem o certificado de conclusão do ensino básico pode se inscrever nos programas do governo e receber bolsas ou contratar financiamentos.

Como são as provas do Enem?

Ao optar por fazer as provas do Enem, o estudante terá que estudar os conteúdos das áreas de conhecimento específicas e suas tecnologias:

  • Linguagens e Códigos;
  • Ciências da Natureza;
  • Ciências Humanas;
  • Matemática.

Tanto no Enem Digital quanto no impresso, são 45 questões objetivas de cada área. Também é obrigatório fazer uma redação, que tem o valor total de 1.000 pontos.

Como usar a nota do Enem

Depois de passar pelo Exame e receber seus resultados, veja como usar a nota do Enem na faculdade particular. Lembre-se de que notas mais altas aumentam a chance de conseguir vagas em cursos mais concorridos.

Por outro lado, é preciso alcançar uma nota mínima no Enem para que os processos descritos a seguir possam ser realizados, ok? Zerar a redação ou obter pontuações abaixo de 200 nas provas fechadas pode inviabilizar seu projeto de entrar na faculdade por esse meio ou, ainda, impedir que você consiga uma bolsa ou um financiamento particular.

Na sequência, conheça as principais formas de usar a nota do Enem e tomar posse da sua vaga na faculdade!

Bolsas de estudos em faculdades privadas

Aqui na Anhanguera, por exemplo, a maneira mais fácil de conseguir vaga é levando os documentos necessários para comprovar seu resultado à secretaria da unidade mais próxima de você.

Também é possível fazer isso pelo site, optando por essa modalidade na hora de fazer a inscrição. De qualquer forma, é preciso que o resultado seja de uma prova realizada a partir de 2010, isto é, notas do Enem de anos anteriores não serão aceitas.

Por fim, é preciso ter tirado pelo menos 200 pontos em cada uma das provas do Exame.

Mas a vantagem não é só a facilidade de entrar na graduação sem precisar fazer vestibular. De acordo com o resultado, por meio da Bolsa Enem da Anhanguera, você consegue descontos válidos para todo o curso:

  • até 600 pontos: 10%;
  • de 601 a 750 pontos: 20%;
  • de 751 a 900 pontos: 80%;
  • acima de 901: 100%.

Consulte a disponibilidade de vagas no curso de seu interesse e estude com desconto.

Financiamento estudantil

O Programa de Financiamento estudantil (FIES) seleciona estudantes de baixa renda para ingressarem em faculdades particulares. Dessa forma, eles ocupam vagas que estariam ociosas e têm chance de se qualificar para o mercado de trabalho.

É o governo federal quem cuida da seleção de candidatos e das regras de juros, além de tudo o que se relaciona ao financiamento.

Depois de formada, a pessoa começa a quitar as parcelas do financiamento, muitas vezes a juros zero.

Prouni

Estudantes de famílias que recebem até 3 salários mínimos per capita (por pessoa) podem se candidatar ao Programa Universidade para Todos (Prouni) e, dessa forma, conseguir bolsas de 50% ou de 100%.

Esse processo também é gerenciado pelo governo federal por meio da sua página no site do MEC (Ministério da Educação). Basta saber se a instituição onde você deseja estudar aceita o Prouni. Depois, de acordo com o cronograma, o estudante faz a inscrição e acompanha o processo.

Pesquise faculdades que aceitam a nota do Enem

Independentemente do resultado do Prouni, há faculdades que adotam processo seletivo próprio usando só a nota do Enem; na Anhanguera, por exemplo, ela pode ser utilizada no momento da inscrição online.

O primeiro passo é definir o curso, a cidade e a unidade em que você deseja fazer a graduação. Depois, preencha seus dados (nome, e-mail, data de nascimento, endereço, telefone, documentos etc.). Na caixa “nota do Enem”, é preciso assinalar que você quer usar o resultado.

Verifique a nota de corte dos cursos e instituições

É importante que o candidato aprenda como somar a nota do Enem para calcular as chances em determinado curso. Isso porque existe uma nota de corte, um valor mínimo a ser alcançado no resultado para que ele consiga uma das vagas.

Por exemplo, a menor nota de corte de Engenharia Civil no Sisu 2019 foi de 652,75 pontos. Abaixo disso, não havia chance de entrar no curso. A maior nota de corte para esse curso foi 883,13, ou seja, essa foi a pontuação máxima atingida por candidatos à Engenharia.

Prouni e FIES também têm nota de corte: avalie com antecedência se será possível entrar na faculdade escolhida, ou se há opções com qualidade igual ou superior compatíveis com seu resultado do Enem.

Não descarte outros métodos de ingresso

Você não quer fazer o Enem e prefere outras formas de ingresso? Tudo bem, ainda assim existem maneiras de conquistar uma vaga na graduação e concorrer a bolsas e descontos. É possível fazer o vestibular online, uma forma de facilitar a entrada do estudante na faculdade. Depois, aqui na Anhanguera, você pode contar com a Bolsa Incentivo.

Nela, a faculdade dá aquela força para quem está com dificuldades em iniciar o curso. Os calouros que comprovarem dificuldades financeiras podem receber bons descontos no primeiro semestre do curso.

Como você viu, quem quer ingressar na faculdade com o Enem precisa, após receber o resultado, optar pelos programas do governo ou usar a nota diretamente com a instituição escolhida.

Se for a Anhanguera, inscreva-se e agende sua prova agora mesmo. Caso já tenha a nota do Enem de edições anteriores, lembre-se de assinalar na caixinha da página de inscrição!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content