Saiba como somar a nota do Enem na prática

caderno e caneta com a nota do enem

Você sabe como são calculadas as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)? Esse é um aspecto importante quem quer garantir o melhor desempenho ao fazer o Exame. Para começar, você sabia que tanto na aplicação tradicional como na prova do Enem digital é utilizada a Teoria da Resposta ao Item (TRI)?

Calma! Nós explicamos: trata-se de um sistema de correção que leva em conta níveis de dificuldade nas questões, com o objetivo de evitar os famosos “chutes”. Assim, existem perguntas fáceis, médias e difíceis. A TRI valoriza a coerência nas respostas mais do que o número de acertos. Legal, não é?

Além de conhecer melhor a TRI, saber como calcular a nota do Enem é um bom jeito de organizar seus estudos e preparar-se melhor. Por isso, continue a leitura e confira os passos para chegar ao resultado!

Cálculo por média aritmética

O jeito mais simples de calcular a sua nota do Enem é fazer uma média aritmética, modelo adotado pela maioria das faculdades e programas estudantis. Em resumo, trata-se da média simples entre os resultados de cada uma das provas que compõem o Exame.

Afinal, como você deve saber, o Enem é dividido em 5 provas, cada uma com uma nota distinta que pode ir de 0 a 1.000 pontos:

  • Matemática e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
  • redação.

A redação consiste na elaboração de um texto dissertativo-argumentativo com 8 a 30 linhas. As demais provas são de múltipla escolha, sendo que cada área tem 45 questões com 5 alternativas cada (A, B, C, D e E). Veja só como calcular a média final!

Some todas as notas

O primeiro passo é somar todas as notas individuais de cada prova. Por exemplo, a soma é de 2.900 pontos no caso de um candidato com os resultados abaixo:

  • Matemática — 470 pontos;
  • Ciências da Natureza — 450 pontos;
  • Ciências Humanas — 608 pontos;
  • Linguagens e Códigos — 602 pontos;
  • redação — 770 pontos.

Divida o resultado por 5

Em seguida, basta dividir a soma das notas de cada área por 5, que é o número de provas que compõem a média do Enem. No exemplo que citamos, o candidato teria uma nota do Enem de 580 pontos (2.900 ÷ 5).

Para você ter uma ideia se esse resultado é suficiente, saiba que a maioria das faculdades e programas estudantis exige uma nota mínima no Enem — aqui na Anhanguera, ela é de 200 pontos. No entanto, tenha em mente que quanto maior a sua média, melhor será a sua colocação em processos seletivos que utilizam a nota do Enem.

Não teve um resultado tão bom? Não se preocupe! Existem outras formas de entrar na faculdade, como o vestibular. Por isso, vale a pena pesquisar sobre os vestibulares abertos nos cursos de seu interesse. Depois, você pode fazer o Enem de novo e buscar um melhor resultado para concorrer a bolsas para faculdade e financiamentos.

Cálculo da média ponderada

Agora que você já viu como funciona a nota do Enem em sua média simples, acompanhe a média ponderada! Trata-se de um cálculo com atribuição de pesos diferentes aos elementos que compõem a média. Embora seja menos comum, esse modelo também pode ser utilizado por instituições de ensino superior.

Descubra o peso de cada área

Para esse cálculo, você precisa conhecer o peso atribuído a cada área pela faculdade ou programa estudantil de seu interesse. Vamos imaginar que o candidato do nosso exemplo queira concorrer a uma bolsa de estudos em um curso de Letras e, na sua faculdade, há a seguinte atribuição de pesos:

  • Matemática — peso 1;
  • Ciências da Natureza — peso 1;
  • Ciências Humanas — peso 2;
  • Linguagens e Códigos — peso 3;
  • redação — peso 3.

Observe que a atribuição de pesos tem a ver com o objetivo desse processo específico: uma bolsa no curso de Letras. Assim, a faculdade acredita que as provas relacionadas ao curso — redação e Linguagens — devam pesar mais no resultado do candidato.

Multiplique a nota pelo peso

O segundo passo é multiplicar cada uma das notas pelo peso correspondente. Veja como ficaria esse passo para o candidato do nosso exemplo:

  • Matemática — 470 pontos (470 × 1);
  • Ciências da Natureza — 450 pontos (450 × 1);
  • Ciências Humanas — 1.216 pontos (608 × 2);
  • Linguagens e Códigos — 1.806 pontos (602 × 3);
  • redação —2.310 pontos (770 × 3).

Some todos os resultados

Agora, devemos somar os resultados do passo anterior, já multiplicados pelo peso correspondente. Nesse caso, temos 6.252 pontos (470 + 450 + 1.216 + 1.806 + 2.310).

Divida o resultado pela soma dos pesos

Em seguida, fazemos a soma dos pesos utilizados nesse cálculo (1 + 1 + 2 + 3 + 3 = 10) e, por fim, basta dividir a soma das notas obtidas no passo anterior pela soma dos pesos. No nosso exemplo, o candidato teria uma média de 625,20 (6.252 ÷ 10) — como ele teve um desempenho melhor nas provas que tinham maior peso, a média é beneficiada.

Agora que você já sabe como calcular a nota do Enem, é hora de buscar um ótimo resultado. Afinal, como você sabe, seu desempenho pode abrir as portas do ensino superior e ajudar na conquista de bolsas e de financiamentos. Olha só algumas das oportunidades proporcionadas pela nota do Enem aqui na Anhanguera:

  • ingresso na faculdade sem realização do vestibular online;
  • descontos de 10% a 100% em todas as mensalidades da faculdade com a Bolsa Enem, a depender do seu desempenho;
  • possibilidade de concorrer a vagas no Programa Universidade para Todos (Prouni) e conquistar bolsas de estudo parciais ou integrais;
  • possibilidade de contratar um financiamento estudantil facilitado utilizando o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).

Por isso, nossa última dica é inscrever-se gratuitamente na Trilha do Enem, uma plataforma completa para a sua preparação. Por lá, você tem acesso a diversos conteúdos e recursos que contribuem com uma ótima nota do Enem, como plano de estudos personalizado, videoaulas, simulados, exercícios e muito mais!

Já tem a sua nota do Enem em mãos ou prefere realizar o vestibular agendado? Então, inscreva-se já na Anhanguera e comece a sua faculdade quanto antes!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.