Curso de Administração: tudo que você precisa saber sobre a formação

administracao

A faculdade de Administração é uma das opções mais populares entre os estudantes que buscam uma formação sólida na área de negócios. 

Com uma grade curricular abrangente e ampla variedade de conhecimentos, o curso prepara os alunos para enfrentar os desafios e as demandas da gestão empresarial. Continue a leitura para conferir nosso artigo completo sobre a faculdade de Administração e entender se você tem perfil para ingressar nessa graduação.

Como é o curso de Administração?

A faculdade de Administração prepara os estudantes para a atuação no mundo corporativo, como em empresas privadas, organizações governamentais, instituições sem fins lucrativos ou até na liderança de um negócio próprio.

Durante a faculdade, os alunos encontram um conjunto de disciplinas que tratam dos mais variados temas, como finanças, contabilidade, marketing, recursos humanos e empreendedorismo.

Com uma abordagem teórica e a prática de estudo de casos, os estudantes de Adm desenvolvem habilidades para enfrentar os desafios do mundo corporativo. Liderança, trabalho em equipe, negociação e comunicação são alguns exemplos.

A administração de empresas não se resume apenas a números e estatísticas, mas também envolve a capacidade de lidar com pessoas e de influenciar positivamente um ambiente organizacional. Essas competências são o que se espera de um bacharel em Administração.

Para entender todos os detalhes do curso, também é preciso compreender os tipos de graduação disponíveis para Administração.

Quais são os tipos de graduação em Administração?

Existem dois tipos de graduação reconhecidos para a faculdade de Administração: Bacharelado e Tecnólogo. Diferentemente de outras áreas do conhecimento, não existe a opção de Licenciatura para o curso no Brasil.

Abaixo, entenda como funcionam os tipos de graduação em Administração.

Bacharelado em Administração

O bacharelado de Administração é a opção tradicional de graduação. Esse formato tem como propósito fornecer aos alunos uma visão das teorias e das práticas da área. A grade curricular é ampla e diversificada, o que permite aos estudantes desenvolver habilidades analíticas, liderança, tomada de decisões e resolução de problemas.

Com um foco mais teórico, o Bacharelado prepara os graduandos para assumirem cargos de gestão e liderança em organizações de diversos setores.

Licenciatura em Administração

A Licenciatura em Administração não é um formato reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). No entanto, isso não significa que os estudantes não possam lecionar as disciplinas relacionadas à área. Após a graduação em Administração, existe a possibilidade de buscar uma formação acadêmica complementar.

Tecnólogo em Administração

O Tecnólogo de Administração é uma opção de graduação mais prática, com uma duração menor do que o Bacharelado. Essa formação é projetada para fornecer aos estudantes habilidades específicas e mais focadas no mercado de trabalho.

A grade curricular do Tecnólogo é mais enxuta e abrange disciplinas com uma abordagem voltada para a aplicação imediata do conhecimento no exercício da profissão. Isso significa que o Tecnólogo em Administração prepara os alunos para atuarem em funções operacionais e de gestão intermediária em empresas.

A faculdade de Administração é boa?

Existem diversos motivos pelos quais a faculdade de Administração é considerada boa e valorizada por aqueles que buscam uma formação para trabalhar na gestão de empresas.

Em primeiro lugar, a área é extremamente versátil. Durante a graduação, você terá a oportunidade de adquirir uma base sólida em diversas disciplinas, desde finanças e marketing até gestão estratégica e empreendedorismo.

A abrangência do curso é um dos motivos pelos quais a Administração é a preferida dos “indecisos”, ou seja, daqueles que não sabem exatamente qual área desejam estudar e em qual área gostariam de trabalhar depois de terminar o ensino médio.

Além disso, a demanda por profissionais com formação em Administração é constante. Empresas de todos os setores e tamanhos necessitam de administradores para gerenciar equipes, otimizar processos, tomar decisões estratégicas e alcançar resultados eficientes.

Outra característica da faculdade de Administração que merece destaque é o incentivo ao aprendizado contínuo. Afinal, o mundo dos negócios está em constante transformação, e cabe a você estar preparado para se adaptar e evoluir com ele.

Aprovação do MEC

A faculdade de Administração é aprovada e reconhecida pelo MEC. Mas você deve também observar se a instituição de ensino tem a aprovação do MEC para oferecer essa graduação. Os cursos de nível superior, como Adm, devem cumprir critérios de qualidade estabelecidos pelo Ministério da Educação (MEC) para serem oferecidos ao público. Esses critérios são determinantes para definir se a qualidade do curso é boa ou não.

Uma das ferramentas utilizadas pelo órgão para avaliar a qualidade do curso em uma instituição de ensino é a atribuição de uma nota, que vai de 1 a 5. Essa pontuação é baseada em avaliações realizadas pelo MEC, considerando vários aspectos, como a qualificação do corpo docente, a infraestrutura da instituição, o projeto pedagógico e os resultados de aprendizagem dos estudantes.

A nota serve como um indicador da qualidade do curso. Quanto maior for, melhor será a qualidade. Ela auxilia o estudante a tomar uma decisão sobre a instituição e o curso que deseja fazer, possibilitando uma comparação entre as opções disponíveis.

Para consultar a nota do MEC, é possível acessar o portal e-Mec, do Ministério da Educação, em que é disponibilizado um sistema de busca. Nele, basta inserir o nome do curso desejado e selecionar a instituição para obter as informações.

É importante saber que a qualidade de um curso também depende da afinidade do perfil dos alunos com a rotina da graduação e a realidade do mercado.

Qual é o perfil ideal de aluno de Administração?

Para se dar bem na faculdade de Administração, é interessante ter um perfil com traços comportamentais e competências específicas, além de se adaptar a uma rotina de estudos que valorize o aprendizado e o crescimento profissional. Vamos explorar o perfil de aluno para o curso em detalhes logo abaixo!

Personalidade

Para se destacar como estudante de Administração, é fundamental apresentar uma personalidade com alguns traços comportamentais e competências:

  • capacidade de se expressar de forma clara, tanto na escrita quanto na oral;
  • habilidade de planejar, estabelecer prioridades e gerenciar o tempo;
  • capacidade de analisar cenários, identificar oportunidades e elaborar planos para alcançar metas e objetivos;
  • capacidade de interpretar dados e informações, identificar padrões e tomar decisões embasadas;
  • habilidade de enfrentar desafios complexos e buscar soluções inovadoras;
  • capacidade de assumir as consequências de suas ações e cumprir prazos e compromissos de forma responsável.

Agora que você conhece essas características, avalie se elas se alinham com o seu perfil. Para isso, você pode participar de um teste vocacional, verificando se está no caminho certo para ser um excelente estudante da faculdade de Administração. 

“Administração é a arte de fazer coisas através de pessoas” Mary Parker Follet

Rotina de estudos

Um estudante de Administração precisa dedicar tempo para acompanhar as disciplinas do curso na sua rotina. Isso inclui assistir às aulas, realizar leituras recomendadas, fazer anotações e participar de discussões em sala de aula.

A pesquisa é outra parte fundamental. Os graduandos são desafiados à realização de pesquisas, à produção de trabalhos acadêmicos, à elaboração de relatórios e à apresentação dos seus resultados para professores e colegas de classe.

Para além das disciplinas regulares, os estudantes também são incentivados a participar de projetos e de atividades extracurriculares. Nesse caso, estamos falando de estágios, programas de mentoria, clubes estudantis e outras iniciativas que proporcionam experiências práticas e contato com profissionais da área.

Outro aspecto que pode impactar a rotina de estudos ao longo da faculdade de Administração é a escolha da modalidade de ensino.

Quais são as modalidades de estudo para Administração?

A faculdade de Administração está disponível nas três principais modalidades de ensino: presencial, semipresencial e EAD. Todas as opções têm os seus pontos fortes e os seus desafios. A escolha da melhor dependerá das suas preferências pessoais, da disponibilidade de tempo, da localização geográfica e do seu estilo de aprendizagem.

Administração EAD

A modalidade EAD (Ensino a Distância) para a faculdade de Administração oferece acesso a aulas virtuais, materiais de estudo, fóruns de discussão e atividades acadêmicas, tudo por meio de uma plataforma online.

O aluno EAD não tem que comparecer a uma unidade física da faculdade. Afinal, tudo que ele precisa para assistir às aulas e realizar as avaliações está na plataforma online da instituição, também conhecida como Ambiente Virtual de Aprendizado (AVA).

No momento da matrícula, o estudante recebe as diretrizes e o suporte necessário para acessar e se familiarizar com o ambiente virtual da Instituição de Ensino Superior (IES).

Ao longo do curso EAD, o graduando também contará com tutores e professores disponíveis para esclarecer dúvidas, orientar os seus estudos e fornecer feedbacks sobre o seu progresso acadêmico.

Administração presencial

A modalidade presencial para a faculdade de Administração é a escolha certa para quem adora interações ao vivo e quer vivenciar o ambiente acadêmico tradicional.

Nesse formato, você frequentará aulas em uma instituição de ensino física, onde terá a oportunidade de discutir temas relevantes com os professores e de participar de atividades práticas com os seus colegas de classe.

Você também poderá aproveitar as instalações da IES (Instituição de Ensino Superior), como laboratórios, salas de mídia e bibliotecas, para enriquecer ainda mais a sua experiência acadêmica.

Administração semipresencial

A modalidade semipresencial da faculdade de Administração é ideal para quem está em busca de um equilíbrio entre o presencial e o online.

O curso semipresencial, como o nome já indica, é um formato híbrido, que mistura os encontros da modalidade presencial com a flexibilidade do EAD. Nesse caso, você terá encontros presenciais em alguns dias da semana, nos quais poderá participar de aulas teóricas, debates, seminários e atividades práticas.

O restante do conteúdo será abordado na plataforma online da faculdade, para a qual você receberá acesso já no momento da matrícula no curso de Administração. O formato semipresencial é uma ótima escolha para quem deseja combinar interações presenciais com a comodidade do estudo online.

Além da modalidade de ensino, existem outros detalhes que os interessados na faculdade de Administração também precisam conhecer: a duração e a grade curricular do curso.

Qual é a duração e quais são as matérias do curso de Administração?

A faculdade de Administração tem uma duração média de 4 anos. Nos primeiros semestres, os graduandos estudam matérias mais teóricas, como Teorias da Administração e Matemática Financeira. Conforme o curso avança, o aluno de Administração pode estudar e se aprofundar em áreas específicas, como Planejamento Estratégico e Mercado de Capitais.

A seguir, veja a grade curricular completa do curso.

1º semestre

  • Teorias da Administração;
  • Legislação Empresarial Aplicada;
  • Métodos Quantitativos;
  • Optativa I.

2º semestre

  • Contabilidade Introdutória;
  • Matemática Financeira;
  • Optativa II;
  • Economia para Negócios.

3º semestre

  • Análise de Custos;
  • Modelos de Gestão;
  • Planejamento Estratégico;
  • Comportamento Organizacional e Negociação;
  • Projeto de Extensão I – Administração.

4º semestre

  • Gestão de Operações e Serviços;
  • Gestão de Pessoas;
  • Planejamento Financeiro e Orçamentário;
  • Comunicação, Ciência e Tecnologia;
  • Gestão Mercadológica na Era Digital.

5º semestre

  • Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos;
  • Coaching e Mentoring;
  • Gestão da Produção;
  • Processos Logísticos;
  • Empreendedorismo e Inovação;
  • Projeto de Extensão II – Administração.

6º semestre

  • Análise de Investimentos e Fontes de Financiamento;
  • Capital de Giro e Análise Financeira;
  • Mercado de Capitais;
  • Design Thinking e Inovação dos Modelos de Negócios;
  • Gestão de Indicadores;
  • Pesquisa e Inteligência de Marketing.

7º semestre

  • Simulação Empresarial;
  • Gestão de Projetos;
  • Desenvolvimento de Pessoas;
  • Pesquisa Operacional;
  • Diagnóstico e Intervenção Empresarial;
  • Projeto de Extensão III – Administração.

8º semestre

  • Responsabilidade Social e Ambiental;
  • Sistemas de Informação Gerencial;
  • Sociedade Brasileira e Cidadania;
  • Optativa III;
  • Optativa IV;
  • Optativa V.

À medida que os alunos avançam nos semestres, eles têm mais oportunidades de escolher disciplinas optativas na grade curricular. Essa variedade permite que os estudantes se aprofundem em áreas de maior afinidade quando estiverem perto de terminar a graduação. Dessa forma, fica mais fácil escolher uma especialização após obter o diploma.

Quais são as possibilidades de especialização em Administração?

Para se destacar em um mundo competitivo, é essencial buscar uma especialização. Para quem faz faculdade de Administração, as opções incluem Liderança e Gestão de Pessoas, Administração Pública, Finanças, entre outras.

Vamos explicar mais sobre essas e outras opções de pós-graduação para os administradores. Confira!

Liderança e Gestão de Pessoas

Administradores especializados em Liderança e Gestão de Pessoas têm a capacidade de assumir diversas funções estratégicas nas empresas, como Diretor de Recursos Humanos (RH), Gerente de Desenvolvimento Organizacional e Gestor de Projetos.

As empresas reconhecem a importância de líderes inspiradores e gestores capazes de extrair o melhor das suas equipes. A especialização em Liderança e Gestão de Pessoas é para aqueles que desejam se destacar nesse cenário competitivo.

Com a constante busca de ambientes de trabalho saudáveis e produtivos, as corporações precisam de profissionais capazes de:

  • motivar e engajar equipes em busca de alto desempenho;
  • desenvolver habilidades de comunicação e de inteligência emocional para lidar com situações complexas;
  • aplicar técnicas de coaching e mentoring para o desenvolvimento individual e profissional dos colaboradores;
  • implementar estratégias de retenção de talentos;
  • gerenciar conflitos e promover um ambiente de trabalho colaborativo.

Administração Pública

Ao se especializar em Administração Pública, um profissional de Administração pode ocupar cargos como Diretor de Órgão Público, Auditor Governamental e Especialista em Gestão de Políticas Públicas.

A transparência e a qualidade dos serviços de órgãos públicos federais, estaduais e municipais são fundamentais para o desenvolvimento da sociedade. Quem atua nessa área vai se aprofundar nos tópicos abaixo:

  • elaboração e implementação de políticas públicas que atendam às necessidades da sociedade;
  • gestão de projetos governamentais, considerando determinados aspectos, como orçamento, prazos e qualidade;
  • técnicas de gestão financeira para otimizar recursos públicos;
  • ferramentas de gestão de pessoas específicas para o setor público.

Finanças

Algumas possibilidades de atuação para administradores especialistas em Finanças são nos seguintes cargos: Analista Financeiro, Gerente, Diretor Financeiro e Consultor.

A especialização em Finanças é perfeita para quem quer liderar a área financeira de uma empresa. Você se aprofundará nos seguintes tópicos:

  • elaboração de relatórios financeiros e análise de indicadores econômicos;
  • planejamento e controle orçamentário;
  • análise de investimentos e avaliação de riscos;
  • gestão de fluxo de caixa e tesouraria;
  • negociação com instituições financeiras e investidores.

Business Intelligence

Com o avanço da tecnologia e a crescente quantidade de dados gerados pelas organizações, a especialização em Inteligência de Mercado se torna uma opção para aqueles que desejam se destacar nas áreas analíticas de Administração.

Essa área tem como objetivo extrair insights valiosos dos dados e transformá-los em informações relevantes para a tomada de decisões empresariais. Em uma especialização em BI, você vai atuar com:

  • modelagem e gerenciamento de bancos de dados;
  • extração, transformação e carga de dados;
  • análise estatística e mineração de dados;
  • visualização de dados e painéis de controle;
  • gestão de projetos;
  • inteligência de mercado e competitiva;
  • Big Data e análise preditiva;
  • tomada de decisões baseadas em dados.

Se especializando nessa área, você se prepara para atuar em empresas que buscam melhorar a sua performance por meio da análise de dados. Será possível ocupar cargos de Analista de BI, Cientista de Dados, Gestor de Inteligência de Negócios, entre outros.

Product Management

A área de Product Management é impulsionada pela crescente demanda de produtos que atendam às necessidades dos consumidores. Com a rápida transformação digital, as empresas precisam de profissionais capacitados para identificar oportunidades, desenvolver estratégias de lançamento e gerenciar o ciclo de vida dos produtos.

A especialização em Product Management permite que um administrador se torne um especialista em:

  • entender as necessidades dos clientes;
  • analisar o mercado em que atua;
  • colaborar para a formação de equipes multidisciplinares visando à construção de produtos;
  • garantir o sucesso dos produtos no mercado.

É importante saber que um administrador tem a chance de atuar em diferentes áreas de trabalho antes de escolher uma especialização. Isso significa que existem muitas oportunidades para quem acaba se sair da faculdade de Administração

Quais são as principais áreas para recém-formados?

Os recém-formados na faculdade de Administração têm a vantagem de poder explorar uma infinidade de oportunidades em diversas áreas. Com habilidades e conhecimentos sólidos em gestão, eles se destacam em setores-chave. Entre as áreas mais promissoras da Administração, estão Finanças, Contabilidade e Auditoria. Saiba mais logo abaixo!

Finanças

No departamento de Finanças, o administrador desempenha um papel essencial na tarefa de gerir o orçamento de uma organização. Então, a gestão financeira das empresas é o seu território de trabalho se você gosta de números.

As suas responsabilidades incluem realizar a análise financeira de empresas, identificar oportunidades de investimento e estudar riscos, bem como desenvolver planos financeiros que impulsionem o crescimento das organizações.

Contabilidade

O administrador desempenha um papel fundamental na área de Contabilidade, onde é responsável pelo registro, pela organização e pela análise das informações financeiras de uma empresa.

As suas funções podem incluir a produção de demonstrações financeiras e a análise de balanços, o registro e o controle de transações contábeis, a apuração de impostos e o cumprimento de obrigações fiscais, bem como a análise de custos e a formação de preços.

Auditoria

O administrador, na área de auditoria, atua na identificação de riscos, irregularidades e fraudes, bem como na verificação da conformidade com normas e regulamentações vigentes. Sua atuação é de extrema importância para o bom funcionamento e transparência das atividades dentro de uma empresa.

A formação necessária para ingressar nas principais áreas de trabalho da Administração pode ser obtida tanto nas faculdades privadas quanto nas faculdades públicas. No entanto, essa decisão pode gerar outras implicações para a rotina do estudante.

É melhor ingressar na faculdade pública ou privada?

Ingressar em uma faculdade de Administração pública ou privada é uma decisão que deve ser ponderada de acordo com as condições de vida e os objetivos individuais do aluno. Ambas as opções têm vantagens e desafios, então, cabe a cada um avaliar qual se encaixa melhor em suas necessidades e expectativas. Abaixo, conheça mais sobre as duas opções.

Faculdade pública

Segundo dados do Censo da Educação Superior, são 313 Instituições de Ensino Superior públicas no Brasil, uma parcela menor em relação às faculdades privadas. Contudo, essa opção ainda atrai muitos estudantes que buscam uma educação de prestígio. Isso porque, dentre as melhores faculdades de Administração, algumas do ranking são públicas.

Uma das vantagens de ingressar em uma universidade federal ou estadual é a possibilidade de não pagar mensalidades, pois permite que os estudantes tenham acesso a uma educação de qualidade com um risco menor de sobrecarregar as suas finanças.

Nas faculdades públicas, também existem programas de assistência estudantil e políticas de inclusão social que abrem oportunidades para bolsas de estudo, auxílio-alimentação, moradia estudantil, transporte e acesso a estágios ou intercâmbios.

Esses benefícios contribuem para a permanência de estudantes de baixa renda na faculdade, possibilitando que eles tenham condições favoráveis para se dedicar aos estudos.

No entanto, é importante ressaltar que a concorrência por vagas nas faculdades públicas é alta. Com apenas 313 instituições em todo o país, é esperado que a disputa por um lugar seja intensa. A realidade é que as vagas são limitadas, e a procura sempre supera a oferta.

Faculdade privada

Conforme o Censo da Educação Superior, 87,6% das faculdades são privadas, totalizando 2.261 Instituições de Ensino Superior no Brasil. Diante da variedade de opções, é essencial encontrar uma faculdade com autoridade, tradição e bons resultados para usufruir de todas as vantagens que uma instituição privada têm a oferecer.

Uma das vantagens de ingressar em faculdade particular é a disponibilidade de vagas e a facilidade de ingresso. Ao contrário das instituições públicas, com um número limitado de vagas e uma seleção rigorosa, as particulares oferecem agilidade no processo de matrícula, permitindo que os estudantes iniciem os estudos em um prazo mais curto.

As faculdades particulares também apresentam uma diversidade de modalidades de ensino, incluindo presencial, semipresencial e a distância (EAD). A variedade viabiliza que os graduandos escolham o formato que melhor se adapta às suas necessidades, conciliando os estudos com outras responsabilidades pessoais e profissionais, quando necessário.

Embora as instituições exijam a mensalidade, é importante ressaltar que existem opções de bolsas de estudo e programas de desconto. Essas oportunidades podem ser baseadas em critérios socioeconômicos, em mérito acadêmico ou em parcerias com empresas.

É importante perceber que os custos podem impactar a sua experiência na faculdade, principalmente se você entrar em uma instituição de ensino privada.

Quanto custa a graduação em Administração?

O valor para entrar na faculdade de Administração pode variar de acordo com as mensalidades e outras despesas envolvidas no dia a dia do estudante.

É importante considerar os gastos com livros e apostilas, transporte, alimentação e moradia, especialmente no caso de estudantes que precisam se deslocar para ir à faculdade em outra cidade.

Bolsa de estudos

Existem programas de bolsas e financiamentos estudantis que podem ajudar na conclusão de uma graduação em Administração. Com essas oportunidades, o estudante pode desfrutar de descontos parciais ou integrais nas mensalidades, o que alivia o peso financeiro do curso.

As bolsas para cursar Administração podem ser concedidas pelas faculdades com base em diferentes critérios. Alguns exemplos envolvem mérito acadêmico, desempenho em exames, situação socioeconômica, transferência de instituição e convênios.

É bom saber que essa disponibilidade de bolsas e o custo geral para ingressar na graduação também podem depender da forma de ingresso que o aluno escolheu.

Como entrar em Administração?

Para ingressar na faculdade de Administração e iniciar a jornada rumo a uma carreira promissora, existem diversas opções de entrada disponíveis, como o Enem, o Sisu e o vestibular da própria faculdade.

Cada opção oferece um caminho distinto, mas igualmente válido, para alcançar o seu sonho de entrar na graduação em Administração. Entenda melhor a seguir!

Enem

O maior vestibular do país pode ser a sua porta de entrada para a faculdade de Administração. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma prova nacional que avalia o conhecimento geral dos estudantes em várias áreas.

Muitas faculdades aceitam a nota do Enem como forma de ingresso direto, sem que seja preciso passar por outro processo seletivo. Se você conseguir a pontuação suficiente, pode se inscrever na faculdade dos seus sonhos e até garantir uma bolsa de estudo com o Enem.

Sisu

Você também pode usar a sua pontuação do Enem para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e concorrer às vagas disponíveis em universidades federais e estaduais de Administração de todo o país. O Sisu permite que o candidato escolha até duas opções de cursos superiores e faculdades públicas para concorrer.

Durante o período de inscrições, a concorrência é o que define as notas de corte. Ou seja, a pontuação mínima necessária para garantir uma vaga em cada curso disponível no sistema. Por isso, é importante ficar de olho na classificação parcial e final divulgada.

Cada curso e faculdade pública têm particularidades. Então, é fundamental pesquisar informações sobre as instituições e verificar as notas de corte dos anos anteriores no Sisu.

Vestibular

Além das opções do Enem e do Sisu, muitas Instituições de Ensino Superior oferecem um vestibular próprio como uma forma de ingresso na faculdade de Administração. De modo geral, o vestibular de Administração é uma prova elaborada pela própria faculdade, abordando os conteúdos relevantes para o curso e as habilidades esperadas do candidato.

Algumas instituições oferecem vestibular online. Essa opção permite que você faça a prova no conforto do seu lar. É só se inscrever, passar pela aplicação do exame e esperar o resultado. Mas fique esperto: cada faculdade tem as suas regras. Então, você tem que estar de olho nas datas de inscrição, nos prazos e nos critérios de seleção.

Após escolher a forma de ingresso para entrar na faculdade, o estudante de Administração vai encontrar uma série de exigências para ser aprovado nas matérias e obter o diploma.

Quais são as exigências para se formar em Administração?

Para se formar na faculdade de Administração, é necessário cumprir uma série de exigências além da aprovação nas disciplinas regulares da grade curricular. Dentre elas, destacam-se o estágio obrigatório, o TCC e, em alguns casos, a participação na prova do Enade. Entenda mais sobre cada uma a seguir!

Estágio obrigatório

O estágio é uma exigência da faculdade de Administração. É a oportunidade para aplicar na prática tudo que você está aprendendo na sala de aula e para descobrir se você está realmente pronto para encarar a rotina de trabalho.

Não é à toa que o estágio obrigatório geralmente é realizado a partir do segundo ou do terceiro ano da graduação, conforme a grade curricular da instituição.

Onde fazer o estágio?

O estudante pode buscar vagas de estágio no departamento de Administração de empresas de vários setores, consultorias, bancos, corretoras, órgãos governamentais e Organizações não Governamentais (ONGs), conforme os seus objetivos profissionais.

Em todos os casos, é necessário participar de processos seletivos, como entrevistas e avaliações, para ser selecionado como estagiário.

O que faz o estagiário?

Após ser contratado, o estagiário cumprirá a carga horária estabelecida e receberá orientações de um supervisor, que acompanhará o seu desempenho e evolução. Ao final, é comum que o aluno precise criar um relatório para descrever as atividades desenvolvidas e as aprendizagens adquiridas no estágio.

Há uma remuneração pelo estágio obrigatório?

O estudante de graduação tem a possibilidade de encontrar um estágio remunerado, que proporciona uma compensação financeira pelo trabalho realizado, e utilizar as horas para cumprir a disciplina de estágio obrigatório.

No entanto, caso o graduando não encontre um estágio remunerado, precisará buscar uma oportunidade não remunerada para cumprir a carga horária. Os professores responsáveis pela disciplina geralmente auxiliam os estudantes na busca de oportunidades, oferecendo orientações, compartilhando contatos e divulgando vagas disponíveis.

TCC de Administração

O TCC, ou Trabalho de Conclusão de Curso, é uma etapa crucial na faculdade de Administração. De modo geral, é aquele trabalho que você realiza nos últimos semestres da graduação.

O TCC é uma oportunidade única de colocar em prática tudo que você aprendeu ao longo dos anos de estudo. É a hora de mergulhar em um tema específico da sua área e de se aprofundar nele com a ajuda de um orientador.

Contudo, não pense que é só escolher qualquer tema e começar a escrever. Antes de colocar as mãos na massa, você precisa elaborar um projeto de pesquisa. Nele, definirá qual é o problema que será abordado, os objetivos do trabalho e a metodologia que será utilizada para chegar às respostas. Depois de ter aprovado o projeto, é hora de dar início ao TCC.

Na prática, você vai precisar coletar dados, fazer entrevistas, analisar informações e ir em busca de livros e artigos científicos. Trata-se de um processo de pesquisa que exige organização e paciência.

Com os dados em mãos, será o momento de organizar tudo e começar a escrever o seu TCC. Aqui, é importante seguir as regras de formatação da sua faculdade e caprichar na redação.

Depois de todo o longo caminho de execução, será necessário apresentar o TCC para uma banca examinadora, composta pelo orientador e por professores convidados. Então, você vai expor as suas ideias, defender argumentos e responder às perguntas dos professores.

Via de regra, a defesa do TCC é um momento de nervosismo, mas também de orgulho por tudo que você produziu e aprendeu na graduação.

Enade

A cada três anos, alguns cursos superiores são selecionados pelo Governo Federal para o Enade, uma prova dirigida aos estudantes que estão se formando. É importante considerar a possibilidade que isso pode acontecer na sua faculdade de Administração.

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) é uma prova promovida pelo Governo Federal para avaliar o desempenho dos alunos de diversos cursos de graduação de todos os tipos: Bacharelados, Licenciaturas ou Tecnólogos.

A prova é aplicada para os estudantes que estão concluindo o curso (aqueles que estão prestes a se formar). A cada ano, o Ciclo Avaliativo do Enade define as áreas de conhecimento que serão avaliadas.

Essas áreas passam por uma avaliação de três em três anos. Logo, se o curso de Administração estiver no ciclo avaliativo do ano, os estudantes que estão concluindo a graduação serão selecionados.

Nesse caso, para se formar, será necessário participar do Enade e também responder ao Questionário do Estudante, que é uma parte importante da avaliação. Essas etapas são obrigatórias e não podem ser ignoradas.

É válido ressaltar que o coordenador do curso é o responsável por inscrever os alunos selecionados para participar do Enade. Portanto, é fundamental conversar com ele e se informar sobre datas, orientações e documentos necessários para a participação.

Além das principais exigências da graduação, existem outros critérios importantes a serem considerados para avaliar se vale a pena entrar na faculdade de Administração.

Vale a pena se formar em Administração?

A faculdade de Administração pode ser perfeita para ajudar na carreira de quem tem paixão por estratégias, organização e busca de soluções para problemas do mundo real.

Além disso, os administradores que desejam atuar na área e serem registrados pelo poder público precisam do diploma do curso superior de Administração para obter a carteira do Conselho Regional de Administração (CRA).

A conclusão de uma graduação da área também é um dos critérios para se tornar membro da Associação Brasileira de Administração (ADM).

Mas, antes de ingressar no curso, vale a pena analisar outros aspectos importantes. A seguir, vamos explicar qual é o salário da profissão e a importância de equilibrar o investimento com o retorno da faculdade de Administração.

Salário

Decidir se a faculdade de Administração vale a pena envolve vários aspectos, incluindo o potencial salarial. De acordo com dados do site Salário, um administrador pode esperar receber, em média, cerca de R$ 4.535,29 por mês*, considerando uma jornada de trabalho de 42 horas semanais.

O salário pode variar dependendo de diversos fatores, como o porte e o segmento da empresa, a experiência profissional, o nível de qualificação e a localização geográfica. No entanto, a faixa salarial da profissão fica entre R$ 3.500 e o teto salarial de R$ 10.615,64*.

*Sujeito à alteração

Investimento vs. retorno

É essencial considerar o equilíbrio entre o investimento feito na formação em Administração e o potencial de retorno que a carreira pode proporcionar. A ideia é perceber se os benefícios financeiros e profissionais justificam os seus investimentos de tempo e de dinheiro no curso.

Bem, então, antes de tudo, é preciso entender qual é o potencial de retorno que você tem com a profissão de administrador. Isso envolve tanto a perspectiva salarial, que chega ao teto de R$ 10.615,64.

Nesse sentido, as notícias são as melhores possíveis! O domínio das técnicas de gestão e o conhecimento das estratégias empresariais tornam o administrador um profissional versátil e capacitado para enfrentar diferentes desafios.

As empresas dependem de administradores qualificados para garantir o funcionamento eficiente das suas operações. Isso significa que a demanda por esses profissionais é alta e constante, o que se reflete em uma excelente empregabilidade na área

É válido ressaltar que a empregabilidade na área de Administração é ainda mais promissora para aqueles que se especializam.

Por fim, além dos aspectos financeiros e profissionais, o ideal é levar em conta a sua afinidade com a área de Administração e o seu interesse pelos desafios que ela oferece. A realização pessoal e a paixão pelo trabalho são fatores essenciais para uma carreira gratificante e duradoura.

Portanto, considere se o trabalho no ambiente corporativo, ocupando cargos de gestão e liderança, proporcionará uma rotina na qual você se sentirá realizado. Além disso, reflita se as suas habilidades e os seus interesses se alinham com as demandas da profissão.

É necessário avaliar essas questões para saber se vale a pena cursar Administração e, se a resposta for sim, o próximo passo é conhecer os benefícios de fazer a graduação na Anhanguera, uma instituição renomada e comprometida com a excelência acadêmica.

Por que cursar Administração na Anhanguera?

Entrar na faculdade de Administração na Anhanguera é uma decisão que pode transformar o seu futuro profissional. A instituição se destaca por oferecer uma formação alinhada com as demandas do mercado de trabalho, o que proporciona aos estudantes uma experiência enriquecedora e vantagens para o desenvolvimento da carreira. Continue e saiba mais!

Bolsa de estudo

A Anhanguera oferece uma variedade de programas de bolsas de estudo para os estudantes interessados em entrar na faculdade de Administração.

Uma das opções é a bolsa Enem, na qual a nota obtida pelo candidato no Exame Nacional do Ensino Médio é avaliada para determinar o desconto concedido. Quanto maior for a nota, maior será o desconto, que pode variar de 10% a 100% do valor da mensalidade. 

Se você não atender aos critérios do bolsa Enem, não se preocupe! Ainda poderá aproveitar para concorrer a uma bolsa em outros programas, como os da lista a seguir.

  • bolsa Incentivo: voltada para aqueles que têm uma renda familiar compatível com os critérios estabelecidos, concedendo descontos de acordo com a análise socioeconômica realizada;
  • bolsa Transferência: desconto de 50% destinado aos estudantes que desejam migrar de outra IES para a Anhanguera;
  • bolsa Convênio: oferece descontos especiais para funcionários de empresas parceiras, promovendo o acesso a uma educação superior de qualidade.

Cada programa de bolsa tem os seus próprios critérios e requisitos. Então, é fundamental verificar quais opções se encaixam melhor no seu perfil e na sua situação financeira.

Instituição de renome

A Anhanguera é uma instituição de ensino reconhecida e respeitada em todo o país. Com uma trajetória de excelência e um corpo docente qualificado, proporcionamos um ambiente propício para o seu desenvolvimento profissional. Estudar em uma instituição de renome vai abrir portas e fortalecer a sua trajetória no mercado de trabalho.

Cursos reconhecidos pelo MEC

Os cursos da Anhanguera, inclusive a graduação em Administração, são reconhecidos e autorizados pelo Ministério da Educação (MEC). Isso significa que você tem a garantia de estar investindo em uma formação em conformidade com os padrões exigidos pelo órgão regulador do ensino superior no Brasil.

O reconhecimento do MEC é um selo de qualidade e confiabilidade, que valoriza o seu diploma de Administração de empresas.

Várias formas de ingresso

A Anhanguera oferece várias formas de ingresso para que você possa escolher a opção que se ajusta à sua realidade. Seja pelo vestibular tradicional, uso da nota do Enem, transferência externa ou até mesmo por ser uma segunda graduação, temos uma alternativa que se encaixa no seu perfil.

Incentivo para a entrada no mercado de trabalho

A Anhanguera também oferece certificações online exclusivas aos seus alunos. Essas formações comprovam as competências do estudante em várias áreas do seu interesse, tornando o currículo ainda mais atrativo para os empregadores.

Neste post, trouxemos os detalhes da faculdade de Administração, desde como a graduação funciona até as áreas de atuação. Esperamos que tenha sido uma leitura enriquecedora e que você tenha compreendido as perspectivas de carreira para a Administração em 2024.

Agora, o que você está esperando para dar o passo inicial da sua carreira? Aproveite para fazer a sua inscrição gratuita no vestibular online da Anhanguera!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.4 / 5. Número de votos: 138

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Inscreva-se gratuitamente no vestibular online ou use sua nota do Enem para obter bolsas e descontos!

Artigos relacionados