Aprenda tudo sobre a área de Economia no Brasil!

Economia

A área de Ciências Econômicas pode ser uma grande oportunidade, dependendo dos seus planos profissionais e do seu planejamento de carreira.

Estamos acostumados a pensar no ofício do economista apenas atrelado ao serviço bancário ou a operações do mercado financeiro. No entanto, essas não são suas únicas opções para atuar. Quer saber mais sobre como é o trabalho do economista no nosso país, quais são as tendências e como ingressar no mercado de Economia? Então, leia este artigo até o final.

Como funciona a área de Ciências Econômicas?

A Economia não está inteiramente circunscrita às Ciências Exatas. O estudante dessa área tem muito contato com conteúdos de Filosofia, Política e História durante a graduação, a ponto de ser possível encontrar várias discussões sobre se Economia é Exatas ou Humanas.

As demandas sociais mais comuns do trabalho do economista estão relacionadas a algum tipo de orientação financeira, isso é inegável. Mas não significa que as possibilidades de atuação se restrinjam a isso.

Por exemplo, é muito comum que o estudante saia do curso de Ciências Econômicas e pense primeiro em oferecer consultorias financeiras individuais. Ou que, em outros casos, decida atuar realizando administração financeira e auditorias em empresas.

Como está o mercado de Ciências Econômicas no Brasil?

Mesmo assim, pela forma como o mercado tem se organizado, não é exagero afirmar que a necessidade de economistas sempre vai ser alta, e que as opções de trabalho devem se diversificar nos próximos anos.

Seja como for, elas provavelmente ficarão distribuídas entre os setores público e privado, com uma pequena parte das opções aparecendo no terceiro setor, em Organizações Não Governamentais (ONGs). Veja detalhes a seguir.

No setor público

Como quase toda empresa pública precisa de análises financeiras e econômicas, são muitas as vagas para economistas em concursos públicos. Eles podem se candidatar a postos de trabalho em gestão, Recursos Humanos e cargos de controladoria e auditoria.

São funções de grande responsabilidade, já que acabam sempre envolvendo a melhor aplicação do dinheiro das empresas, seja direta, seja indiretamente.

No setor privado e prestando consultorias

Atuando como contratado de empresas privadas ou oferecendo seu serviço como autônomo, o graduado em Ciências Econômicas tem um leque ainda maior de atuação. Ele pode oferecer consultorias, dedicar-se a compreender o mercado financeiro e trabalhar emitindo pareceres sobre investimentos, compra e venda de ações da empresa, entre outros.

Também há espaço para a análises econômicas dos concorrentes segundo tendências de mercado. Um ponto a favor de quem se forma no curso de Economia é que a atuação do profissional, nesses casos, é sobretudo estratégica, o que a torna mais valorizada.

Quais são as tendências e as áreas de atuação das Ciências Econômicas?

Vivemos tempos de mudanças rápidas e vertiginoso desenvolvimento da tecnologia. É interessante notar que quase sempre é a Economia que está à frente disso tudo.

Nesse sentido, o economista não deve compreender apenas as tendências que dizem respeito à sua área. Ele precisa estar ligado em quase todas as transformações e movimentos econômicos que podem criar mercados e esquemas competitivos.

Viabilidade econômica de projetos

Quando falamos sobre “projeto”, estamos nos referindo a qualquer ação estruturada. De projetos púbicos de implementação ou melhoria do que quer que seja, passando por empreendimentos de empresas, sem ignorar as parcerias público-privadas e ONGs.

Qualquer dessas ações precisa ter sua viabilidade avaliada e, para que isso aconteça, é necessário um economista.

Mercado financeiro

Hoje, como as grandes empresas atraem investimentos, expandem seu regime societário e analisam suas contas — tudo passa pelo mercado financeiro. As grandes corporações trabalham com capital aberto, e isso significa dar satisfação financeira para um grande número de acionistas.

Além disso, os economistas especializados no mercado financeiro podem trabalhar dando consultorias. Tem crescido bastante o número de pessoas físicas interessadas em investir, o que abre o leque de oportunidades de trabalho.

Comércio Exterior

No que diz respeito a realizar análises de mercado, a atuação do economista em Comércio Exterior não é muito diferente das suas funções em áreas nacionais. O que muda é que, aqui, ele deve emitir pareceres de processos globais que impactam as relações entre países.

Nesse sentido, o profissional acaba precisando também buscar conhecimentos sobre o processo de globalização e tópicos como câmbio, culturas e os hábitos de negociação de cada país.

Agrobusiness

O agronegócio movimenta muito dinheiro no Brasil, e é uma das atividades estratégicas mais visadas desde o início da nossa História. Sendo assim, não é novidade que se trata de um mercado muito sedimentado e seguro no qual trabalhar.

As mudanças por que passam os commodities (mercadorias sem valor agregado, como é o caso dos produtos agropecuários) passam a ser da alçada do profissional. Aqui temos, também, aquele que talvez seja o maior salário de Ciências Econômicas.

Carreira acadêmica

Os professores de Ciências Econômicas estão em diversas áreas da academia. Existem muitos cursos das áreas de Ciências Exatas e Humanas cujo ciclo básico envolve disciplinas de Economia aplicada. É o caso do Direito, da Filosofia, das Ciências Políticas e outras disciplinas.

É possível construir carreiras muito sólidas e bem-remuneradas trabalhando como professora ou professor universitário.

A Anhanguera te ajuda a ingressar no mercado de Economia

Para ingressar no mercado, não há dúvida de que o melhor caminho é fazer uma faculdade de Economia. Por sinal, para atingir o nível de compreensão das estruturas econômicas e reunir outras aptidões necessárias, você deve estudar em uma instituição acima da média.

Na Anhanguera, oferecemos um ensino pautado em disciplinas que ajudam a desenvolver as competências do futuro, aumentando suas chances no mercado de trabalho. Os conteúdos complementares que oferecemos também agregam valor, ajudando o estudante e futuro economista a ir além do que é comumente ensinado.

Você também conta com o Canal Conecta, uma plataforma de empregos e estágios com mais de 400 mil vagas abertas. Nossos sistemas de avaliação são contínuos, o que ajuda a verificar melhor o desempenho do aluno.

Faça Economia na Anhanguera!

Se o seu sonho é fazer um curso de Economia, não perca tempo. A Anhanguera conta com diferentes formas de ingresso, incluindo vestibular online e uso da nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Sem falar nas opções de bolsas de estudo e descontos para facilitar o pagamento das mensalidades. Se você quer ingressar nessa área tão diversa como a de Ciências Econômicas, conte com a gente.

Garanta sua vaga no vestibular da Anhanguera agora mesmo e dê o primeiro passo rumo ao futuro em Ciências Econômicas!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.