7 áreas da Administração para transitar depois de formado

estudantes do curso de administração se formando

Alguns cursos de graduação apresentam tantas oportunidades que as pessoas têm até dificuldade de entender de fato as opções abertas ao profissional do ramo. As áreas da Administração, sobre as quais falaremos no post, encaixam-se neste caso.

Diversas são as possibilidades a quem opta pelo curso em questão. A abrangência não apenas expande o potencial de atuação do administrador no mercado de trabalho, como aumenta as chances de identificação com determinado setor.

Está pensando em começar sua carreira em Administração neste ano de 2020? Preparamos aqui na Anhanguera este post com detalhes de 7 áreas em que o profissional da Administração pode exercer suas atividades. Veja:

  • Financeiro;
  • Recursos Humanos;
  • Logística;
  • Compras;
  • Comercial;
  • Tecnologia da Informação (TI);
  • Marketing.

Boa leitura!

1. Financeiro

Estamos falando de uma das áreas da Administração mais tradicionais, afinal, nenhuma organização se faz viável sem uma boa gestão financeira. Aqui o administrador lida com orçamento e faz o controle de receitas, despesas, custos, gastos, ativos e passivos da empresa.

Sua função é fundamental para a tomada de decisão em todos os níveis institucionais, desde a opção por determinado empréstimo bancário para automatizar processos até a orientação de quanto cada departamento pode gastar. Por isso é necessário estar atento ao mercado de câmbio e de capital, analisar riscos de investimento e realizar projeções.

Contas bagunçadas, dinheiro mal distribuído e falta de controle sobre o fluxo de caixa são capazes de levar a organização às ruínas. O administrador que atua na área tanto orienta o planejamento estratégico do negócio quanto garante a saúde financeira para o bom desenvolvimento da empresa conforme os planos traçados.

2. Recursos Humanos

Administração é de Exatas ou de Humanas? Você pode tirar a dúvida no nosso post sobre o tema. De qualquer forma, vale ressaltar que o capital humano é um dos ativos mais valiosos de qualquer empreendimento.

A gestão de pessoas compreende o recrutamento e a seleção de funcionários, sua contratação e treinamento, o desenvolvimento da política de cargos e de salários e o cuidado com os planos de carreira, entre outras atividades. Aqui o administrador precisa atuar em prol do clima e da cultura organizacional, fatores cruciais a um bom ambiente de trabalho.

Gostar de gente é um aspecto fundamental a quem deseja seguir nesta área da Administração. Você precisará gerir conflitos, mediar interesses e identificar valores nas pessoas para acertar na contratação, por exemplo — diminuindo os índices de rotatividade e a perda de talentos.

3. Logística

O profissional deste ramo deve pensar na oferta de serviços, produção, transporte, estoque e escoamento de bens. Em uma fábrica de móveis, cabe a ele cuidar da entrada de matéria-prima, a fim de evitar acúmulo, e da entrega do produto final em boas condições nos galpões dos parceiros comerciais.

Entre as áreas da Administração, esta requer a gestão de todo o fluxo de produção para que desperdícios sejam evitados. Na Logística, o administrador opta pelos canais de distribuição mais adequados, avaliando o melhor custo-benefício.

Nos modelos B2C (ou seja, quando o bem/serviço é entregue à pessoa física), também cabe a este profissional a preocupação com a experiência do consumidor final, altamente mensurável pela sua satisfação com a entrega. Seu trabalho também é importante para orientar o ritmo da operação e, no caso de uma rede de varejo, ações promocionais.

4. Compras

Tudo que existe dentro de uma fábrica ou escritório teve sua compra avaliada conforme a necessidade do negócio. Quem atua no setor pode lidar com compras indiretas ou diretas. A primeira modalidade compreende a aquisição de maquinário, computadores, impressoras, papel higiênico, sabonete líquido, grampeadores, canetas, folhas sulfite e telefones.

A segunda abrange a aquisição de matéria-prima e de todos os insumos necessários à produção de um bem ou oferta de um serviço. Em uma fábrica de calçados, o comprador negocia com o fornecedor de couro ou PVC; em uma de móveis, com quem lhe fornece a madeira, os espelhos, o estofado, a espuma e até mesmo os parafusos.

5. Comercial

Essa é uma das áreas da Administração mais famosas — até porque, o profissional do ramo é quem fica na linha de frente da organização negociando a venda diretamente com o consumidor.

Sua atuação requer profundo conhecimento do portfólio, bem ou serviço divulgado, habilidade para fazer e cultivar relacionamentos interpessoais, alta capacidade comunicativa e poder de persuasão.

Também é imprescindível saber negociar e conhecer bem seu público-alvo: qual é a faixa etária média do consumidor habitual da marca, sua condição socioeconômica, seu grau de escolaridade e onde ele reside? Caso a venda seja para empresas, analise o setor e o porte das que podem ter maior interesse pela sua oferta.

6. Tecnologia da Informação (TI)

Sem dúvidas, este é o ramo mais visado atualmente no mercado de trabalho, e a demanda por bons profissionais de TI só deve crescer. A tecnologia está cada vez mais integrada aos negócios, evidente na automação de processos e no uso de programas virtuais para análise de mercado, por exemplo.

Gerir informações é crucial para o bom desenvolvimento e a longevidade de qualquer organização na era da transformação digital. Aqui cabe ao profissional administrar sistemas, hardwares, softwares e bancos de dados capazes de orientar todo o funcionamento do negócio.

Entre as áreas da Administração, a da Tecnologia da Informação destaca-se pela íntima relação com a inteligência de mercado. Resultados espetaculares e expressivos ganhos de produtividade geralmente vêm de uma boa gestão de TI.

7. Marketing

Cuidar da imagem da organização também é uma forma de administrá-la. A competitividade em qualquer setor da economia requer estratégias bem pensadas para ganhar espaço no mercado e consolidar a marca.

O dia a dia do administrador atuante no ramo envolve eleger os meios de comunicação mais efetivos para criar um canal direto com o público-alvo, disseminar a identidade visual do negócio, criar campanhas promocionais, promovê-las e divulgar o empreendimento conforme a missão, a visão e os valores organizacionais.

Fortalecendo a marca, os resultados passam a ser mais expressivos, e as vendas ganham volume e conquistam o consumidor. Além disso, também cabe ao Marketing a preocupação com a visão do funcionário sobre a empresa, o chamado Endomarketing.

Notou o imenso campo de atuação que as áreas da Administração oferecem? Financeiro, Recursos Humanos, Logística, Compras, Comercial, TI, Marketing… Você com certeza vai encontrar um ramo capaz de atender aos seus interesses diante de tantas oportunidades.

Não perca tempo! Entre em contato conosco e veja como podemos ajudar você a dar o próximo passo rumo ao sucesso profissional.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.