Biomedicina: conheça tudo sobre essa área

biomedicina

Você deseja seguir carreira na área da Saúde? Curte estudar o corpo humano? Tem o interesse em atuar em laboratórios fazendo pesquisas sobre a cura e as causas de doenças? Então, saiba que a área da Biomedicina é uma opção e tanto para o seu perfil.

Esse campo se desmembrou da Biologia ao mesmo tempo em que estabeleceu conexão com a Medicina e os estudos da saúde humana. É uma profissão que oferece diversas oportunidades de trabalho e excelentes remunerações para quem se dedica à carreira.

Neste post, vamos apresentar as principais informações sobre a área da Biomedicina, suas tendências e principais atuações do profissional. Veja! ?

O que é Biomedicina e como funciona essa área?

A Biomedicina é um campo complementar à Medicina, que direciona os estudos para aspectos fisiológicos e biológicos. Para isso, a rotina de trabalho dos biomédicos e as suas pesquisas podem envolver, por exemplo, exames de laboratórios para classificar, avaliar e identificar doenças.

Como biomédico, você também pode participar do desenvolvimento de soros, vacinas e estudo de microrganismos nocivos e benéficos à saúde animal e humana. Nos últimos tempos, com o avanço das pesquisas científicas, os profissionais da área têm sido peças essenciais nos estudos oncóticos, ou seja, na busca de tratamentos dos mais diversos tipos de tumores.

O principal objetivo da profissão é ajudar a encontrar soluções por meio de tratamentos e produção de medicamentos para doenças que afetam o ser humano. Os profissionais da área são aptos para desempenhar diferentes atribuições em sua rotina de trabalho. ?

É possível trabalhar na pesquisa e no diagnóstico de patologias, com a manipulação de substâncias para criação de produtos, no desenvolvimento de remédios, na análise do metabolismo de animais e vegetais, com estudos dos efeitos de medicamentos e, ainda, com a realização de processos de fertilização e reprodução humana.

Para se dar bem na carreira, é importante se dedicar aos estudos e ter bastante foco e disciplina. Afinal, as disciplinas são complexas, direcionadas à área da Biologia, Química e Física. Tudo isso dialogando com o sistema do corpo de animais e de humanos.

Como está o mercado de Biomedicina no Brasil?

Assim como acontece com a Medicina, a Biomedicina é um campo promissor e está em desenvolvimento constante e expansão no mercado. As inovações no campo da tecnologia possibilitaram que o biomédico se aprofunde cada vez mais em novas descobertas. Assim, diversas áreas biomédicas ainda devem ser exploradas.

Hoje, o profissional que cursou Biomedicina encontra diferentes oportunidades em laboratórios, hospitais e clínicas. Áreas como análises clínicas e diagnóstico por imagem são bem comuns, mas é possível ir em busca de novas carreiras.

Um campo que está em crescimento no país é o mercado de Estética. O Brasil ocupa o terceiro lugar do mundo em gastos com cosméticos, perdendo apenas para a China e os Estados Unidos. ?

Logo, a necessidade de novidades é grande, e isso quer dizer que existem várias oportunidades para o profissional que se identifica com essa especialidade. Além desse ramo, os biomédicos podem ir em busca de outras atuações diferentes, como a de proporcionar melhora na qualidade de vida e no bem-estar das pessoas.

Para isso, os profissionais formados fazem pesquisas de novos produtos para auxiliar a descobrir medicamentos e a diminuir os efeitos dos radicais livres no processo de envelhecimento precoce do corpo.

Se você gosta do campo da pesquisa, também pode trabalhar em faculdades como pesquisador, principalmente na área da Saúde. Nas grandes capitais e cidades, estão disponíveis diversas oportunidades em clínicas de reprodução assistida, que oferecem vagas ao profissional que quer atuar com microbiologia, biologia molecular e genética.

Alguns locais que mais necessitam da atuação dos biomédicos são:

  • faculdades públicas e privadas;
  • hospitais;
  • clínicas;
  • institutos de pesquisa;
  • bancos de sangue;
  • órgãos de saúde pública;
  • vigilância sanitária.

A ampla possibilidade de trabalho também se reflete nos salários. Um biomédico recebe, em média, R$ 2.697,31* e o teto salarial chega a R$ 4.854,90* para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. É importante ressaltar que os valores podem variar de acordo com vários fatores. ?

Um deles é o local em que o profissional atua. Veja:

  • atividades de serviços de complementação diagnóstica e terapêutica: R$ 3.516,53*;
  • atividades de atendimento em pronto-socorro e unidades hospitalares para atendimento a urgências: R$ 2.920,37*;
  • atividades de apoio à gestão de saúde: R$ 2.884,46*.

Quais são as tendências para Biomedicina?

O mercado de trabalho busca por profissionais que sejam capacitados para trabalhar em diferentes áreas de formação profissional, valorizando as patentes mais altas do desenvolvimento acadêmico, como o mestrado. As instituições de ensino e especializações contratam biomédicos preparados para dar aulas, além de cursos livres em radioterapia, medicina nuclear e gestão laboratorial.

Também é importante ressaltar o segmento público e privado. Em empresas privadas, a reformulação de laboratórios de pesquisa e a correção de materiais científicos vêm ganhando bastante destaque. Já no setor público, o concurso apresenta um bom número de vagas para analista forense e perito criminal.

Algumas das principais tendências dessa profissão são: ✔️

  • Bioinformática;
  • Pesquisa com células-tronco;
  • Nanotecnologia;
  • Genética Forense;
  • Epidemiologia;
  • Saúde Pública.

Quais são as principais atuações em Biomedicina?

Agora, chegou a hora de conhecer as principais áreas de atuação que o biomédico pode encontrar. Veja!

Terapia Celular e Homeopatia

O biomédico que atua em processos relacionados a componentes hematológicos e onco-hematológicos pode atuar em hospitais, clínicas e bancos de medula óssea, cordão umbilical e sangue. Os especialistas nessa área atendem a um mercado com uma crescente demanda e muito exigente, aumentando a chance de se destacar no mercado.

Diagnóstico por Imagem

Por um longo período, a Medicina foi praticada somente com os exames físicos. No entanto, hoje, o diagnóstico conta com o auxílio de vários recursos, como os exames de imagem e as análises laboratoriais.

Com essa especialização, os profissionais ajudam a captar imagens durante os exames, como ressonância magnética e tomografia e, após isso, auxiliam na análise de materiais dos pacientes, fazendo a relação entre os dois tipos de exames.

Genética

A genética conta com diversos campos de atuação em que os biomédicos podem trabalhar. É possível exercer as atividades em hospitais e clínicas realizando exames de DNA, em centros científicos que realizam a pesquisa do genoma humano e na agropecuária para o melhoramento de material genético de animais. ?

Indústria de medicamentos

Em parceria com profissionais da Farmácia, os biomédicos analisam os efeitos dos medicamentos no corpo dos seres vivos, analisando reações adversas e chegando a uma fórmula que traga vantagens e que superem esses efeitos.

Portanto, é fácil perceber que os biomédicos precisam entender muito da fisiologia e anatomia dos seres humanos e de outros animais. Com isso, eles ficam preparados para atuar em questões que lidam diretamente com a saúde e o metabolismo das pessoas.

Biomedicina Estética

Quem não gosta de ficar bonito, não é mesmo? Em nossa sociedade, marcada pelas redes sociais, a preocupação com essa questão é muito marcante. É aí que surge a Biomedicina Estética, outro campo de atuação do biomédico.

Os profissionais especializados nessa área podem fazer procedimentos como peelings faciais, carboxiterapia, eletroterapia, laserterapia, entre outros. Essa é uma atuação que está em constante expansão e na qual vale a pena investir. ?

Terapias complementares

Sabia que os biomédicos também podem trabalhar com a prática de terapias complementares? Esse é um modo de atuar mais diretamente com o paciente, algo que, em muitos casos, não é possível quando se fala na rotina de laboratórios e análises variadas.

Uma excelente alternativa é a acupuntura. Os biomédicos podem tratar e diagnosticar pessoas com o uso da terapia chinesa, equilibrando a saúde e promovendo o bem-estar do paciente que necessita desse tipo de serviço.

Reprodução humana

A reprodução humana é uma área em constante expansão. Um dos motivos é que, atualmente, muitas mulheres decidem engravidar em idade mais avançada. Para se preservar, é possível congelar os óvulos, mantendo-os em um grande banco.

Outras têm dificuldades para gestar e precisam de procedimentos como a fertilização in vitro. Desse modo, os biomédicos podem trabalhar na manipulação e contagem de gametas, além de ajudar na reprodução medicamente assistida. ?

Análises Clínicas

Essa é uma das áreas mais tradicionais. Aqui, os profissionais devem realizar e interpretar exames laboratoriais, como de sangue, de urina, biópsias etc. O campo de atuação inclui laboratórios, hospitais e clínicas.

Como ingressar no mercado de Biomedicina?

Como vimos, o mercado de trabalho é muito aquecido e o profissional pode atuar em diferentes áreas. Se você já decidiu que quer seguir carreira nesse ramo, deve ter se perguntado como se destacar na profissão, não é mesmo?

Abaixo, apresentaremos algumas dicas fundamentais para quem quer ingressar no mercado de Biomedicina. Dá só uma olhada!

Faça uma graduação em Biomedicina

O primeiro passo para ser um biomédico de sucesso é fazer um curso superior em Biomedicina. Na Anhanguera, a graduação tem duração média de 4 anos (8 semestres) e, durante esse tempo, você estudará diversas disciplinas práticas e teóricas.

Nesse período, também faz estágios obrigatórios e elabora um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Algumas das principais matérias estudadas são:

  • Princípios Físico-Químicos Laboratoriais;
  • Genética;
  • Patologia Geral;
  • Práticas em Saúde;
  • Toxicologia;
  • Imunologia Clínica.

Uma das vantagens de escolher a Anhanguera para estudar é que, além da modalidade presencial, o curso de Biomedicina é oferecido também no formato semipresencial. Nessa opção, você deve comparecer ao campus somente de uma a três vezes por semana para realizar as aulas práticas. ?

O restante de todos os conteúdos acontece no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), onde você terá acesso a vídeo aulas, atividades, e-books etc. Além dessas vantagens, a Anhanguera oferece outros diferenciais para lá de especiais. Olha só:

diversas opções de bolsas de Biomedicina que ajudam na entrada e na permanência do aluno na graduação;

Domine outras línguas

É muito importante que os biomédicos fiquem por dentro das novidades científicas e tecnológicas da área da Saúde. Com a globalização, a informação se tornou acessível a todos e, portanto, em muitos casos os artigos e trabalhos estão escritos em outras línguas. Por isso, é fundamental que você tenha o domínio delas.

Apesar de ser viável utilizar algum aplicativo para fazer a tradução, o conhecimento de línguas estrangeiras pode facilitar — e muito — a sua participação em congressos internacionais, assim como a conquista de uma excelente vaga de trabalho.

Diferencie-se do mercado

Outra maneira de se preparar para ingressar no mercado de Biomedicina é se diferenciar dos demais profissionais do ramo. A concorrência é grande e, para ser um destaque, é importante oferecer algo a mais.

Ao fazer uma pós-graduação na área, é possível se diferenciar no mercado de trabalho. Isso porque, ao se especializar, você aprofundará os conhecimentos e refinará as técnicas, se tornando um profissional de excelência no campo que decidiu seguir profissionalmente.

Saiba identificar as oportunidades

Os profissionais que apenas realizam suas atividades, sem interesse ou curiosidade no que acontece ao redor, podem perder várias oportunidades de se desenvolver. É importante que os biomédicos mantenham contato com outras pessoas e observem a maneira como eles trabalham.

Além disso, é necessário ficar por dentro do que acontece com a profissão, tanto por meio de pesquisa científica quanto por notícias jornalísticas. Um profissional bem-informado tem chances maiores de descobrir novos nichos e oportunidades de trabalho para seu crescimento.

Conheça o perfil do biomédico

Uma das principais características que um biomédico deve ter é a curiosidade. É ela que estimula os profissionais a pesquisar, estudar e descobrir maneiras de investigar doenças.

Como você atuará diretamente com a pesquisa em laboratórios, é necessário ser organizado e metódico, trabalhando de acordo com o método científico. Logo, o raciocínio lógico também é uma qualidade do biomédico.

Outras habilidades que os profissionais que seguem carreira em Biomedicina devem ter são:

  • educação continuada;
  • sensibilidade visual;
  • habilidade motora fina;
  • concentração e dedicação;
  • flexibilidade;
  • paciência;
  • meticulosidade e organização;
  • observação e criatividade;
  • trabalho em equipe.

Invista em você!

Agora que já sabe como funciona a área da Biomedicina e o seu mercado de trabalho, chegou a hora de investir na sua carreira. Por isso, venha estudar na Anhanguera para ter a melhor formação superior!

Gostou de conhecer a área da Biomedicina e quer investir na sua formação? Então, inscreva-se no vestibular online da Anhanguera!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.