O que cai no vestibular de Engenharia Mecânica?

O que cai no vestibular de Engenharia Mecânica

Você sabe o que cai no vestibular de Engenharia Mecânica e como estudar para essa prova? O curso é bastante procurado nas faculdades do Brasil, com média de 3 candidatos por vaga, tanto em instituições públicas quanto em particulares.

No Sistema de Seleção Unificado (Sisu), o candidato precisa alcançar em média 716 pontos para conquistar uma vaga em Engenharia Mecânica. Já para usar a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e obter bolsa ou financiamento do governo, a nota mínima a ser obtida nesse exame é 680 e 582 pontos, respectivamente. Ou seja, não é impossível chegar a esse resultado, certo?

Se você tem perfil analítico e proativo — e já está decidido em relação a essa formação, que prepara profissionais para lidar com equipamentos e máquinas industriais —, veja agora o que é preciso saber para ter um bom resultado no vestibular e dar início ao seu curso de Engenharia Mecânica em uma boa instituição. Vamos lá?

Guia das Engenharias

Matemática

Quem gosta de Matemática geralmente já tem uma queda pelas Engenharias, ficando até em dúvida de qual fazer. Aliás, essa é a principal aptidão que um candidato à área de Exatas deve apresentar.

A dificuldade é escolher o curso entre tantas opções atrativas, como Engenharia Mecânica ou Controle e Automação, ou Mecatrônica. Pois bem, essa matéria não poderia deixar de ser a estrela dos seus estudos para o vestibular.

O Enem e os vestibulares atuais focam mais os chamados eixos cognitivos do que na mera “decoreba” dos conteúdos de cada matéria. Dessa forma, os candidatos precisam não só comprovar que sabem a matéria, mas também que têm capacidade de compreender fenômenos e resolver problemas, por exemplo.

A prova de Matemática cobra conhecimentos:

  • numéricos;
  • geométricos;
  • de estatística e probabilidade (que, inclusive, é uma matéria da grade curricular do curso);
  • algébricos;
  • algébricos/geométricos.

Português

Mesmo que você ame Exatas e não seja tão chegado às áreas de Humanas e Linguística, saiba que estudar gramática e dominar o padrão culto da língua traz conhecimentos que serão úteis na sua vida profissional, independentemente do setor.

São matérias cobradas nessa prova:

  • gêneros textuais;
  • aspectos linguísticos dos textos;
  • relações lógico-semânticas;
  • uso da norma culta e variação linguística;
  • argumentação;
  • coesão e coerência.

Lembre-se de que, no Enem, a prova de Linguagens é composta também por conteúdos de Literatura, Artes e Educação Física. Então, não deixe de estudar essas matérias, combinado?

História

A matriz curricular de História envolve temas relacionados à diversidade cultural e à organização social em períodos anteriores e na atualidade. O estudo dessa disciplina nos ajuda a entender como a sociedade em que vivemos foi constituída, desde épocas antigas até a contemporaneidade.

Veja alguns dos tópicos que caem na prova:

  • cultura material e imaterial;
  • povos africanos;
  • povos indígenas;
  • Antiguidade Clássica;
  • História do Brasil.

Geografia

Junto com História, a disciplina de Geografia compõe a prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias no Enem. O futuro engenheiro precisa ter conhecimento dessas disciplinas para compreender, por exemplo, como se desenvolveu a indústria agrária e como a globalização nos afeta econômica, política e socialmente.

Outras temáticas da área são:

  • recursos energéticos e hídricos;
  • questões ambientais contemporâneas;
  • clima, solo e vegetação.

Outras disciplinas fundamentais correlacionadas à prova de Humanas são a Filosofia e a Sociologia. Afinal, nem só de fazer contas vive um engenheiro!

Química

Química e Física são matérias presentes na grade curricular de qualquer Engenharia, com um aprofundamento do que é visto no ensino médio. Química Geral e Experimental, por exemplo, é estudada no primeiro semestre do curso para embasar outras disciplinas mais específicas.

Para passar no vestibular, o candidato precisa dominar:

  • transformações químicas e suas representações;
  • transformações químicas e energia;
  • materiais, propriedades e usos;
  • água;
  • equilíbrio;
  • compostos de carbono.

É sempre interessante ligar o conceito estudado a aspectos do cotidiano, ok?

Física

O mesmo cuidado deve ocorrer com a Física: relacione, sempre que possível, o tema estudado à realidade. Principalmente nessa matéria, a grade curricular de Engenharia Mecânica vai se aprofundar bastante, pois aqui se concentram os conceitos básicos da área.

Veja os que não podem faltar na sua preparação:

  • grandeza, medidas e unidades;
  • mecânica, força e movimento;
  • Leis da Física;
  • energia, trabalho e potência;
  • mecânica e funcionamento do universo;
  • eletricidade;
  • ótica;
  • calor.

Ao longo do curso de Engenharia, o estudante se depara com vários tópicos de Física, como Mecânica, Energia, Eletricidade e Eletromagnetismo.

Biologia

São matérias cobradas no vestibular de Engenharia e no Enem:

  • estrutura e fisiologia celular;
  • hereditariedade;
  • organização dos seres vivos;
  • ecologia;
  • sustentabilidade.

Os dois últimos itens da lista também são extremamente necessários à formação do engenheiro mecânico. Inclusive, na grade curricular, sempre há uma matéria relacionada à meio ambiente e à gestão ambiental.

Atualidades

Você está se preparando para ingressar na faculdade e não pode ficar alienado em relação ao que acontece no Brasil e no mundo. Além de ser cobrado na prova do vestibular, o tema diz respeito à bagagem de conhecimentos de todo profissional.

Dessa forma, é imprescindível que você leia livros, assista aos noticiários e fique por dentro dos temas que estão em alta no momento.

Redação

É comum que a redação do vestibular discuta temas da atualidade, retratando aspectos da realidade da sociedade brasileira. Em alguns casos, esse tema pode até estar relacionado ao curso para o qual o candidato está se submetendo.

Por exemplo, no vestibular de Engenharia Mecânica, podem ser cobrados temas como:

  • desenvolvimento de carros automáticos;
  • uso de novas tecnologias, como impressora 3D;
  • produção e consumo de energia;
  • Engenharia e empreendedorismo.

Quero estudar Mecânica!

Para saber quanto custa uma faculdade de Engenharia Mecânica e outras informações sobre o curso e a profissão (salário, mercado de trabalho etc.), pesquise instituições bem-avaliadas pelo MEC (Ministério da Educação), com alta tecnologia e professores experientes. É importante avaliar, ainda, a metodologia adotada, pois isso fará diferença na hora de encontrar estágios e vagas de emprego na área.

Outro diferencial de estudar na melhor instituição é poder contar com o curso de Engenharia semipresencial!

Aqui na Anhanguera, você tem todas essas vantagens e ainda pode fazer o vestibular online, que é uma forma muito mais confortável e prática de entrar na faculdade.

Que tal começar a sua carreira na Engenharia Mecânica agora mesmo?

Agora que você já sabe o que é vestibular e quais são as principais matérias a serem estudadas ao prestar a prova de Engenharia Mecânica, venha estudar com a gente!

Inscreva-se no vestibular online da Anhanguera e decida se quer usar a nota do Enem ou fazer a prova online! Ah, a inscrição é gratuita!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content