Devo cursar Mecânica ou Mecatrônica? Te ajudamos a decidir

estudantes de engenharia mecânica

A vida de um estudante e aspirante ao ensino superior é cheia de dores e de alegrias. Se por um lado ele está mais próximo da realização de uma meta, por outro precisa decidir, no meio de milhares de opções, qual curso fazer. Incertezas e receios chegam com tudo, e uma das dúvidas comuns é entender a diferença entre Mecânica e Mecatrônica.

Vamos combinar que ficar por dentro de tudo antes de entrar no mercado de trabalho é a coisa mais certa a se fazer, concorda? Por isso mesmo, reunimos para você, neste artigo, algumas informações bem interessantes sobre as duas áreas.

Você verá semelhanças, diferenças e, no final, poderá tomar sua decisão. É só continuar a leitura!

Quais são as semelhanças entre Engenharia Mecânica e Mecatrônica?

Já que muita gente confunde as duas profissões, vamos logo falar das semelhanças! Ambas estão relacionadas a matérias que exigem cálculos e raciocínio lógico. A tecnologia é outro forte delas, mas não necessariamente está presente 100% do tempo.

Os dois cursos são regidos pelo Confea (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia), existem na modalidade Bacharelado, duram 5 anos e exigem estágio para a conclusão. Aliás, existe bastante laboratório e parte prática. Além disso, são umas das Engenharias mais bem-pagas aqui no Brasil.

A matriz curricular também traz algumas matérias em comum, que focam um trabalho mais autônomo, como:

  • Administração Geral;
  • Empreendedorismo;
  • Gerenciamento de Projetos.

E as diferenças?

Bem, agora as diferenças entre o curso de Mecânica e Mecatrônica são um pouco maiores. Por isso, vamos dividir cada uma em tópicos, tudo bem? Confira!

Engenharia Mecatrônica

A Engenharia Mecatrônica, também conhecida como Mecatrônica Industrial, age mais diretamente na parte de automação. Envolve noções de Mecânica, de Elétrica e de Informática e direciona esses conhecimentos para projeto, operação e manutenção de máquinas e de equipamentos. O foco é automatizar processos e facilitar a vida das pessoas.

Na prática, o profissional pode trabalhar com robôs, inteligência artificial, adaptação de softwares, projetos de sistemas digitais, equipamentos hospitalares e sistemas de automação residencial e predial.

Porém, não vá achando que você sairá da faculdade já construindo um robô! O curso ensina isso, sim, mas tudo depende do quanto você se dedica a ele e dos estágios escolhidos, está bem?

No mercado de trabalho, poderá haver oportunidades em indústrias, devido à necessidade de modernização e da utilização de parques tecnológicos. A Indústria 4.0 está chegando com tudo e, por isso, torna-se uma ótima chance a quem deseja seguir na área. A média salarial é de R$ 7.160.

Algumas das disciplinas vistas em faculdade são as seguintes:

  • Álgebra Linear;
  • Biomecatrônica e Biorrobótica;
  • Controle e Automação;
  • Computação para Automação;
  • Química Tecnológica Geral;
  • Termodinâmica;
  • Eletrônica Analógica;
  • Tecnologia de Sensores e Aplicações;
  • Representação Gráfica para Engenharia.

Engenharia Mecânica

A Engenharia Mecânica, por sua vez, é um pouco mais generalista, abordando outras áreas além da automação. Máquinas, sistemas e ferramentas mecânicas fazem parte dos estudos. Para isso, utiliza leis de movimento, energia e força.

O profissional pode atuar desde o desenvolvimento até o controle e manutenção. Isso quer dizer que a área também pode automatizar processos, mas esse não é o objetivo. O foco, na verdade, é a criação de produtos tecnológicos que atendam às necessidades humanas, desde os mais simples aos mais complexos, como a torradeira de casa, o ventilador e o desenvolvimento de estações espaciais.

Na prática, o trabalho é útil no automobilismo, na aeronáutica, na metalurgia, na siderurgia e em indústrias de petróleo e gás. Concursos públicos, como os da Petrobras, também são bem interessantes.

Enfim, são amplas oportunidades, e todas com condições de propiciar boas remunerações. Seu salário médio é de R$ 7.631. Abaixo, você confere no vídeo detalhes da graduação em Engenharia Mecânica aqui da Anhanguera:

Algumas das disciplinas que fazem parte da matriz curricular são:

  • Desenho Técnico Mecânico;
  • Dinâmica de Máquinas e Vibrações;
  • Eletricidade Aplicada;
  • Ergonomia e Segurança do Trabalho;
  • Máquinas de Elevação e Transporte;
  • Processos de Fabricação;
  • Termodinâmica Aplicada.

Engenharia Mecânica ou Mecatrônica, qual é a melhor?

Ok, agora a pergunta que não quer calar: devo fazer um curso de Engenharia Mecânica ou um curso de Mecatrônica? Bem, a verdade é que não existe uma Engenharia que seja melhor que a outra. Ambas têm seus pontos positivos e podem ser vantajosas. Tudo depende, em primeiro lugar, da graduação com a qual você mais se identifica.

Outro ponto a ser considerado e que faz muita diferença lá na frente é a instituição escolhida para fazer o curso. Ela precisa ser apta pelo MEC (Ministério da Educação), pois isso fará seu diploma ter valor, e ter boa infraestrutura, para oferecer um curso de qualidade. Isso significa que é importante avaliar a existência de laboratórios, as características das salas de aula e a qualificação dos professores.

A existência do ensino a distância (EAD) é outra peculiaridade a ser analisada, pois diz muito sobre o quanto a instituição investe em modernidades e em tecnologias. Uma faculdade que tenha plataforma digital, por exemplo, demonstra preocupação em propiciar uma aprendizagem mais flexível, o que é totalmente alinhado às necessidades atuais.

Na Anhanguera é possível cursar Engenharia EAD através do modelo semipresencial. Conheça esse tipo de graduação!

Aqui na Anhanguera, oferecemos todas essas especificidades mencionadas e estamos totalmente sintonizados aos recursos tecnológicos. Assim, o estudante tem condições de aprender de forma mais rica.

Também temos parceria com o Canal Conecta. É um portal de empregabilidade no qual existem diversas empresas cadastradas e por meio do qual os alunos podem fazer estágio em Engenharia. Sair da faculdade com experiência prática certamente deixará seu currículo diferenciado e você mais competitivo. Ao participar de entrevistas de emprego, isso será um diferencial.

Ah, e claro! Uma carreira é construída aos poucos. Então, você precisa ter em mente que necessitará de dedicação depois que o curso terminar também. A pós-graduação dá um direcionamento melhor, já que você escolhe com mais especificidade uma área.

Enfim, como você viu, Mecânica ou Mecatrônica são boas opções de cursos, já que existem oportunidades nas duas áreas. As remunerações também são parecidas, não sendo isso, então, o único fator a ser analisado. Contudo, a faculdade faz toda a diferença e precisa ser ponderada na sua análise, independentemente da graduação, combinado?

Gostou de entender melhor as diferenças entre Engenharia Mecânica e Mecatrônica? Que tal agendar seu vestibular online? Faça isso agora mesmo e desfrute do conforto de fazer sua prova sem sair de casa!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.