Curso de Engenharia semipresencial: vale a pena?

profissional de engenharia

Por ser ampla e repleta de possibilidades, a Engenharia é uma das áreas mais buscadas pelos vestibulandos no Brasil. Além disso, as altas chances de empregabilidade e as remunerações promissoras tornam a profissão do engenheiro bastante atrativa.

Se você pretende atuar como um, mas não tem disponibilidade de tempo para ingressar em uma graduação presencial, não se preocupe. Hoje, é possível cursar Engenharia semipresencial!

Mas você já sabe como funciona essa modalidade de ensino? Será que o curso de Engenharia semipresencial vale mesmo a pena? Para responder a essas perguntas e ainda trazer outras informações importantes sobre o assunto, preparamos este post completo. Descubra tudo sobre a modalidade e suas vantagens!

A modalidade EAD e o sucesso do semipresencial

As formações online são tendência e estão em plena expansão. Para ter uma ideia, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), já há mais vagas ofertadas na EAD pelas instituições de ensino superior do que em cursos presenciais.

São vários os motivos que impulsionaram esse crescimento, como o avanço das tecnologias e as vantagens que estudar online proporciona. O fato é que, em meio a rotinas cada vez mais atribuladas, o EAD é uma alternativa muito atrativa, facilitando o acesso ao nível superior e permitindo que os alunos conciliem estudo, trabalho e demais atividades. Já deu para entender por que a modalidade faz tanto sucesso, não é?

Entre os tipos de cursos EAD, um se destaca por trazer uma proposta inovadora, inclusive para quem quer estudar Engenharia! Estamos falando da modalidade semipresencial, que une o melhor da educação a distância e da presencial. Optando por ela, o aluno pode cursar parte da carga horária do curso online e o restante no polo de apoio da faculdade, em sala de aula e nos laboratórios práticos.

Dessa forma, o estudante do curso de Engenharia semipresencial conclui algumas das disciplinas teóricas online e, ainda, obtém toda a parte prática da graduação por meio de encontros presenciais em sala de aula e nos laboratórios da faculdade. Tudo isso garante um aprendizado completo ao futuro engenheiro.

Os principais cursos de Engenharia semipresencial

Agora que você já entende por que a graduação em Engenharia semipresencial está em alta, trouxemos abaixo alguns dos principais cursos ofertados nessa modalidade aqui, na Anhanguera.

Quem sabe até não ajudamos a decidir qual Engenharia fazer? Veja só!

Engenharia Civil

No curso de Engenharia Civil, o aluno desenvolve os conhecimentos e as habilidades necessárias para projetar, construir e manter todos os tipos de construções e infraestruturas.

A formação é voltada para quem tem facilidade com as Ciências Exatas e está disposto a utilizar esses conhecimentos para realizar ações transformadoras. Além disso, a grade curricular de Engenharia Civil auxiliará o estudante a compreender os espaços de maneira inteligente, visando a sustentabilidade e o bem-estar da sociedade.

Engenharia Mecânica

O objetivo do curso de Engenharia Mecânica é capacitar o aluno para atuar com equipamentos mecânicos, térmicos e hidráulicos, desenvolvendo projetos e prestando consultoria em atividades e em empresas de diferentes ramos.

A graduação é destinada a todos que se interessam pelos processos da operação de máquinas e ferramentas. Por isso, tem como foco desenvolver habilidades técnicas a serem aplicadas no desenvolvimento e na projeção de todo tipo de maquinário, além da compreensão da tecnologia e do funcionamento/manutenção dos sistemas.

Engenharia Elétrica

Está em dúvida entre Engenharia Elétrica ou Eletrônica? Saiba que o curso de Engenharia Elétrica está disponível na modalidade semipresencial e é ideal para quem gosta de resolver problemas, elaborar projetos, realizar cálculos e trabalhar em equipe.

Na graduação, o aluno aprenderá a atuar na geração, na transmissão, na distribuição e na utilização da energia elétrica. Com os conhecimentos adquiridos, ele será capaz de estudar, planejar, projetar, instalar, operar e manter instalações elétricas.

Engenharia de Produção

O curso de Engenharia de Produção capacita os alunos para desenvolver projetos e implementar sistemas integrados envolvendo recursos humanos e materiais. A graduação na área foca a parte tecnológica e administrativa, englobando técnicas para aumentar a eficiência e a produtividade nas indústrias e nas empresas de serviços.

O engenheiro de produção deve gostar de resolver problemas e ter facilidade com as Ciências Exatas. Ele sairá da graduação com a compreensão de como funcionam os sistemas de produção e apto a utilizar seus conhecimentos na otimização de recursos.

As vantagens e os diferenciais da modalidade

Chegou a hora de responder à pergunta principal deste post: afinal de contas, a Engenharia semipresencial vale mesmo a pena? Para mostrar que se trata mesmo de uma escolha vantajosa, reunimos abaixo as principais vantagens e diferenciais da modalidade. Acompanhe:

  • flexibilidade — como cursará grande parte das disciplinas de Engenharia online, o aluno é o responsável por montar o próprio cronograma e pode estudar de acordo com o tempo livre. Dessa forma, é muito mais fácil conciliar a faculdade com o trabalho e os demais afazeres, como comentamos;
  • custo-benefício — a faculdade de Engenharia semipresencial tem mensalidades que cabem no bolso do aluno. De modo geral, as formações semipresenciais costumam ser mais baratas, garantindo ao aluno um diploma de mesmo peso e valor que um ofertado nos cursos presencias;
  • vivência digital — ao utilizar o ambiente virtual de aprendizado, o aluno adquire uma vivência digital. Isso é importante para o engenheiro, visto que a Engenharia e a tecnologia andam lado a lado. Sem falar que se trata de uma habilidade bastante apreciada pelo mercado;
  • networking — na faculdade de Engenharia semipresencial, o aluno tem a chance de ampliar sua network tanto online quanto presencialmente, uma vez que estará em contato constante com colegas de sala, professores e tutores;
  • infraestrutura — estudando na Anhanguera, é possível usufruir de uma infraestrutura completa. Tanto em relação ao ambiente virtual, interativo e dinâmico quanto aos laboratórios modernos e equipados com tecnologia de ponta, essenciais para as aulas práticas e a realização de projetos.

Como foi possível perceber, cursar Engenharia semipresencial definitivamente vale a pena! Isso porque a formação une o melhor do ensino presencial às vantagens do EAD, ou seja, você conseguirá aproveitar o que há de mais interessante em ambas as modalidades.

Não se esqueça, no entanto, de que é fundamental escolher uma faculdade de qualidade, com graduações de Engenharia semipresencial bem-avaliadas pelo MEC (Ministério da Educação) e diferenciais focados no sucesso do aluno.

Esse é o caso da Anhanguera. Sendo assim, o que está esperando para estudar Engenharia semipresencial com a gente? Aproveite que está aqui e faça agora mesmo a sua inscrição!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content