Computação em Nuvem: saiba tudo dessa graduação

computação em nuvem
Banner curso de Inteligencia Artificial por R$ 66,42 na Anhanguera

O campo da tecnologia oferece excelentes oportunidades para profissionais que escolhem áreas como Cibersegurança, Rede de Computadores, Ciência de Dados e Computação em Nuvem. E é sobre esse último que iremos nos aprofundar nesse post.

A faculdade de Computação em Nuvem é de curta duração e prepara os estudantes para fazer a gestão, o planejamento, a manutenção e a execução de serviços de Cloud Computing. 

Mas por que escolher a graduação de Computação em Nuvem se existem tantas opções nesse mercado? O que se encontra nessa graduação e qual o perfil do profissional de destaque? 

Essas e outras perguntas serão respondidas a seguir. Confira!

Como é o curso de Computação em Nuvem?

O curso de Computação em Nuvem forma profissionais para trabalharem com plataformas e estruturas em nuvem. Entre as atribuições, estão: avaliar possibilidades, implementar projetos, fazer integrações e garantir a segurança desses ambientes de armazenamento.

A grade curricular apresenta disciplinas como Sistemas Operacionais, Arquitetura de Dados e Programação, Tecnologia WebService e Segurança para Computação em Nuvem. E mesmo antes de ter o diploma em mãos, o estudante conseguirá desenvolver projetos em IaaS (Infrastructure as a Service), PaaS (Platform as a Service) e SaaS (Software as a Service).

Ao final do curso, particularmente para Nuvem, o aluno será capaz de avaliar, especificar e desenvolver ferramentas, métodos e sistemas computacionais, criar aplicativos, garantir a segurança e estabilidade dos servidores etc.

Homem e mulher analisando dados em laptop
O curso forma profissionais que sabem desenvolver sistemas, atuar com servidores, entre outras áreas

Quais os tipos de Graduação em Computação em Nuvem?

A graduação em Computação em Nuvem é oferecida pelas instituições de ensino no tipo Tecnológico.

Há alguns anos, para se tornar um especialista nesse segmento, o profissional precisava recorrer a cursos mais abrangentes, como Ciência da Computação. Hoje, com um curso totalmente dedicado ao assunto, se tornar um especialista em Computação em Nuvem se tornou muito mais fácil.

Tecnólogo em Computação em Nuvem

Nos cursos em formato Tecnólogo, o aluno se forma em menos tempo que no Bacharelado. Em aproximadamente 2 anos e meio o aluno já pode ir em busca de oportunidades no mercado. 

Outra característica dessa graduação de nível superior é o foco na prática e na segmentação do conhecimento. Dessa forma, mesmo com um tempo de duração menor que os outros tipos de graduação, os 5 semestres são o suficiente para adquirir repertório eficaz para atuação profissional.

Bacharelado em Computação em Nuvem

Não existe curso de Bacharelado em Computação em Nuvem. Esse tipo de graduação possui um currículo mais abrangente, que oferece uma visão generalista e ampla, com formação teórica e matérias que cobrem diversas possibilidades dentro de uma mesma área.

No campo da tecnologia, a faculdade de bacharelado que mais se aproxima do curso de Computação em Nuvem é Ciência da Computação.

Licenciatura em Computação em Nuvem

Para Computação em Nuvem não existe um curso de licenciatura. Para os profissionais que desejam dar aula, as opções mais indicadas são buscar uma pós-graduação para especialização e uma formação pedagógica.

O curso de Computação em Nuvem é bom?

O curso de Computação em Nuvem é estrategicamente necessário para grandes e pequenas empresas.

A Computação em Nuvem, ou Cloud Computing, é a tecnologia que armazena e processa dados e dá acesso a softwares por meio da Internet. O Tecnólogo dessa especialidade é o responsável pela manutenção dos Servidores Cloud e pelo desenvolvimento dos softwares que ficarão hospedados na Nuvem.

O profissional formado nessa área tem alta demanda no mercado, tendo em vista a importância das soluções de Cloud. Afinal, as empresas conseguem mais segurança e redução de custos para armazenamento de arquivos, backups, comunicação, entre outros usos.

Homem mostrando dados para mulher em notebook, na sala do servidor da empresa
O tecnólogo é responsável pelos Servidores Cloud e pelos softwares hospedados na Nuvem

O curso de Computação em Nuvem é aprovado no MEC?

A graduação em Computação em Nuvem é sim aprovada pelo MEC, mas é fundamental consultar se a instituição de ensino que você quer escolher tem autorização para oferecer esse curso.

Ser aprovado pelo MEC é requisito essencial para o seu diploma no curso de Computação em Nuvem ser respeitado no mercado de trabalho. É esse selo de aprovação que irá garantir a validade do diploma em todo território nacional, comprovando que o curso realmente atende o padrão de qualidade exigido pelos órgãos reguladores.

Aprovação do curso de Computação em Nuvem no Mercado

A demanda da sociedade por tecnologia e inovação é crescente, por isso, o mercado de trabalho para quem cursa Computação em Nuvem está sempre aquecido. 

Os salários em empresas privadas, como em startups e instituições financeiras, são excelentes, mesmo para aqueles recém-formados, variando de acordo a região do país, especialização e tipo de empregador. 

Em órgãos públicos os Tecnólogos em Computação na Nuvem também são requisitados, podendo se candidatar por meio de concursos exclusivos para a área de tecnologia.

Homem mexendo com cloud computing em computador
O mercado da área está aquecido e oferece ótimos salários em empresas privadas e órgãos públicos

Qual o perfil ideal do aluno de Computação em Nuvem?

O perfil ideal do aluno de Computação em Nuvem está relacionado ao quanto o candidato se identifica e gosta de tecnologia e inovação. Ter familiaridade com conceitos sobre serviços em nuvem, estabilidade e segurança da informação, também serão de grande ajuda durante a graduação.

Personalidade do aluno da área de Computação em Nuvem

O profissional em Computação em Nuvem precisa de raciocínio lógico e capacidade de resolução de problemas complexos, assim como em outras áreas da tecnologia. Isso porque sempre surgem novas demandas para atender os usuários. Orientação a serviços também faz toda a diferença para alcançar bons resultados nesse mercado.

Uma visão analítica e multidisciplinar pode auxiliar o profissional a encontrar soluções fora da caixa, mas dentro da regra de negócio. E é na adaptabilidade que ele se destaca. A depender do empregador, as prioridades vão mudar a todo instante, novas propostas surgem de um dia para outro, e o especialista precisa encarar tudo como oportunidade de crescimento e aprendizado.

Outras habilidades como conhecimentos em inglês e gostar de trabalhar em equipe, também irão ajudar na trajetória acadêmica e profissional.

Jovens profissionais analisando sistemas em computadores
Gostar de trabalhar em equipe e se adaptar com facilidade são vantagens para quem entra na profissão

Rotina de estudos para quem estuda Computação em Nuvem

A rotina de estudos durante o curso de Computação em Nuvem pode variar de acordo com a grade das matérias de cada semestre e é totalmente focada no exercício profissional. 

A duração do curso superior de tecnologia é mais curta do que o Bacharelado. Em menos de 3 anos o aluno sai com o diploma em mãos e preparado para iniciar a carreira. Isso permite que a grade curricular seja enxuta, com uma abordagem mais específica, voltada diretamente para a realidade do mercado de trabalho. 

E para se formar, o estudante precisa verificar com a instituição de ensino escolhida se será necessário apresentar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Para cursos tecnólogos, a entrega do TCC pode ser optativa, ficando a cargo da instituição exigir ou não essa avaliação para conclusão do curso.

Jovem rapaz lendo livro sentado no chão de biblioteca
A grade curricular é mais curta e tem disciplinas focadas na prática da profissão

Quais as modalidades de estudo para Computação em Nuvem?

A graduação de Computação em Nuvem é oferecida na modalidade EAD. Entenda mais sobre essa modalidade:

Curso de Computação em Nuvem EAD

A graduação em Computação em Nuvem EAD é 100% online. Isso significa que o aluno não precisa comparecer à faculdade para assistir às aulas, realizar atividades ou entregar trabalhos. A presença do aluno pode ser necessária apenas para a realização de provas semestrais.

É a opção ideal para quem deseja flexibilidade para os estudos, conciliando-os com o trabalho, “freelas”, entre outros compromissos.

O diploma dessa modalidade, assim como os cursos presenciais, tem a mesma validade. Inclusive, estudar a distância ajuda o aluno a adquirir novas habilidades digitais, que serão necessárias durante a jornada universitária.

Curso de Computação em Nuvem no modelo Semi Presencial

A faculdade semipresencial é feita de forma híbrida. A maioria das aulas são online, com a necessidade de se dirigir até a faculdade algumas vezes para realização de aulas práticas.

O curso de Computação em Nuvem não está disponível nessa modalidade, mas sempre consulte as possibilidades antes de se matricular.

Curso de Computação em Nuvem Presencial

No curso presencial o aluno comparece diariamente na universidade, acompanha as aulas em sala de aula, participa das atividades complementares e tem contato direto com professores e colegas.

Os horários das turmas são fixos e os valores das mensalidades são maiores devido aos custos das instalações físicas. E assim como a modalidade Semipresencial, o curso de Computação em Nuvem também não está disponível presencialmente, mas com as constantes mudanças no mercado de educação, verifique sempre antes de se matricular as modalidades oferecidas pela instituição de ensino escolhida.

Professor dando aula de sistemas de computação para estudantes
No curso presencial é possível conviver mais de perto com colegas e professores

Qual a duração e as matérias do curso de Computação em Nuvem?

A faculdade de Computação em Nuvem tem duração de 5 semestres, ou seja, 2 anos e meio, distribuídos em uma carga horária de 2.100 horas.

As matérias do curso de Computação em Nuvem são organizadas da seguinte forma:

1º semestre (300h)

  • Arquitetura e Organização de Computadores;
  • Governança Corporativa – Optativa;
  • Segurança em Engenharia de Software;
  • Sistemas Operacionais;
  • Sociedade Brasileira e Cidadania.

2º semestre (550h)

  • Algoritmos e Programação Estruturada;
  • Linguagem de Programação;
  • Lógica e Matemática Computacional;
  • Modelagem de Dados;
  • Projeto de Extensão I – Computação em Nuvem;
  • Redes de Computadores.

3º semestre (300h)

  • Administração de Sistemas Operacionais;
  • Arquitetura de Computação em Nuvem;
  • Arquitetura de Redes;
  • Plataforma e Migração de Serviços em Nuvem;
  • Programação e Desenvolvimento de Banco de Dados.

4º semestre (550h)

  • Gerenciamento e Projeto de Redes;
  • Infraestrutura como Código;
  • Modelos de Negócio e Gestão Financeira em Cloud;
  • Projeto de Extensão II – Computação em Nuvem;
  • Segurança da Informação em Redes;
  • Sistemas Distribuídos.

5º semestre (400h)

  • Arquitetura de Dados;
  • Banco de Dados não Relacionais;
  • Programação para Redes;
  • Segurança para Computação em Nuvem;
  • Tecnologias Web Service;
  • Atividades Complementares.
Rapaz com fone de ouvido analisando sistemas em computador
“Algoritmos e Programação Estruturada” é uma das matérias do curso

Quais as possibilidades de especialização em Computação em Nuvem?

Em Computação em Nuvem existem muitas possibilidades de especialização. A competitividade faz parte do mundo do trabalho, e isso exige dos profissionais diferenciais para se destacar.

Cada especialização oferece oportunidades únicas, permitindo que os profissionais escolham caminhos que se alinhem aos seus objetivos de carreira.

Abaixo listamos algumas das principais áreas de especialização em Computação em Nuvem:

Arquitetura de Nuvem

A arquitetura de nuvem é um conjunto de princípios que definem como os recursos de armazenamento, rede e serviços são organizados em uma infraestrutura de nuvem para atender às necessidades de segurança e desempenho das aplicações e sistemas.

A arquitetura de nuvem é fundamental para o sucesso de implementações em nuvem, garantindo que os sistemas funcionem de maneira eficiente e segura.

Administração de Nuvem

Administração de nuvem refere-se à gestão de recursos e serviços em ambientes de computação em nuvem.

Os administradores de nuvem são responsáveis por garantir que a infraestrutura em nuvem esteja operando de forma eficiente, segura e de acordo com as necessidades da organização, lidando com tarefas como escalabilidade, segurança, backup e recuperação de dados, entre outras atividades relacionadas à manutenção e operação dos sistemas na nuvem.

Segurança em Nuvem

A segurança de nuvem é um conjunto de práticas projetadas para proteger os dados e recursos hospedados em ambientes de computação em nuvem.

Ela visa antecipar ameaças cibernéticas, garantir integridade e disponibilidade dos dados, além do cumprimento de regulamentações de segurança e privacidade. Isso inclui medidas como criptografia, autenticação de usuários, monitoramento de ameaças, controle de acesso e gestão de identidade, além de auditorias e conformidade regulatória.

A segurança de nuvem é fundamental para proteger os ativos digitais de uma organização na era da computação em nuvem.

Migração para a Nuvem

A migração em nuvem é o processo de transferir dados e sistemas de uma infraestrutura como data center para uma plataforma de computação em nuvem. Isso envolve planejamento para garantir que os recursos migrem de forma eficiente, aproveitando os benefícios da escalabilidade e flexibilidade oferecidos pela nuvem. A migração em nuvem pode ser parcial ou completa, dependendo das necessidades da organização.

Nuvem Híbrida e Multicloud

A nuvem híbrida é uma estratégia de computação que combina recursos de nuvem pública e privada para hospedar e gerenciar sistemas e dados. Isso permite a flexibilidade de utilizar a nuvem pública para cargas de trabalho sazonais ou escaláveis, enquanto mantém controle e segurança em uma infraestrutura privada para dados sensíveis ou aplicações críticas.

É uma abordagem que busca combinar o melhor dos dois mundos, permitindo maior eficiência e adaptação às necessidades comerciais.

Homem concentrado olhando para sistema em tela de computador
O curso permite a especialização em diferentes segmentos, como “Arquitetura de Nuvem” ou “Administração de Nuvem”

Quais as principais áreas para recém-formados em Computação em Nuvem? 

O profissional recém-formado em Computação em Nuvem pode optar por diversas áreas de atuação. 

A faculdade garante conhecimentos específicos que podem garantir a empregabilidade desse profissional em vários tipos de instituições, como Startups, Empresas de desenvolvimento de software, Bancos e organizações para soluções financeiras, Comércio e indústria, Empresas de Consultoria, Instituições de ensino, Indústrias e Órgãos Públicos. 

E dentro dessas organizações, são muitas as áreas de atuação para o profissional de Computação em Nuvem, entre elas podemos citar: 

  • Projeto, implantação, suporte e gerenciamento de Sistemas em Nuvem;
  • Estudos de viabilidade e estratégia de migração para Nuvem;
  • Inteligência Artificial e Internet das Coisas;
  • Docência e Pesquisa;
  • Consultoria. 
Moça sorrindo e usando tablet, com apresentação de sistemas na parede atrás
“Inteligência Artificial” e “Projeção de Sistemas” são algumas boas áreas para quem está começando na carreira

É melhor ingressar na faculdade pública ou privada?

As faculdades públicas e privadas possuem particularidades, e cabe ao aluno considerar essas características para tomar a melhor decisão na hora de estudar.

A escolha entre uma faculdade pública ou privada depende de vários fatores, como custo, qualidade acadêmica, recursos disponíveis e preferências pessoais. 

As faculdades públicas são muito mais concorridas. Já as faculdades privadas possuem muito mais vagas disponíveis, o que torna o ingresso a uma instituição privada mais simples. 

Em contrapartida, faculdades públicas geralmente são mais acessíveis financeiramente e oferecem recursos amplos, enquanto faculdades privadas podem ter programas especializados e redes de ex-alunos fortes.

Nos dois casos é possível encontrar instituições de qualidade, mas é importante lembrar que o comportamento do estudante durante a graduação é o que mais influencia na qualidade da formação.

Considere seu orçamento, os programas oferecidos, a reputação acadêmica e o ambiente de aprendizado ao tomar sua decisão. Ambas têm vantagens, então a escolha depende das suas necessidades e objetivos individuais.

Estudantes em sala de aula de faculdade mexendo em computadores
O comprometimento do estudante influencia na qualidade da formação

Faculdade Pública em Computação em Nuvem

A faculdade pública para Computação em Nuvem é gratuita, mas muito concorrida. E por ser um tipo de instituição financiada pelo governo, a ausência de mensalidades é um grande atrativo. 

Dessa forma, podemos listar como principais pontos positivos para escolher uma instituição pública, além da ausência de mensalidades, a qualidade acadêmica composta por professores de renome, o que aumenta o reconhecimento e valorização no mercado de trabalho. 

Já como pontos negativos, além da alta concorrência, é muito comum que instituições públicas sejam mais burocráticas e tenham uma infraestrutura de menor qualidade, o que faz com que novas metodologias de ensino, como os cursos EAD, não sejam inseridas em suas grades curriculares com tanta facilidade.

Faculdade Privada para Computação em Nuvem

A faculdade privada para Computação em Nuvem pode oferecer muitas vantagens como: infraestrutura moderna, programas acadêmicos especializados, grade de horários flexíveis, turmas possivelmente menores, acesso a uma rede de ex-alunos robusta e uma abordagem mais personalizada para o ensino.

Apesar de existir a necessidade de pagar mensalidade para cursar uma faculdade privada, existem inúmeras possibilidades de bolsas e descontos que facilitam o ingresso nesse tipo de instituição. 

No entanto, é importante que o aluno procure por instituições que atendam às necessidades e metas de carreira. Por isso, é essencial pesquisar cuidadosamente as opções considerando fatores como reputação da faculdade, recursos oferecidos e oportunidades de estágio.

Moça analisando algo em computador enquanto segura folhas de papel
Para escolher uma faculdade é essencial comparar opções

Quanto custa a faculdade de Computação em Nuvem?

A mensalidade do curso de Computação em Nuvem vai variar de acordo com alguns parâmetros que são muito importantes para a tomada de decisão, como modalidade do curso e qualidade da instituição de ensino.

O aluno pode cursar Computação em Nuvem na modalidade EAD, que conta com uma infraestrutura digital de ponta e formas de ingresso facilitadas, onde o valor pago pelo aluno pode diminuir com os programas de bolsa de estudo ou opções de descontos na mensalidade.

Confira o valor das mensalidades na página do curso de Computação em Nuvem no site.

Tem como conseguir Bolsa de Estudos para a Faculdade de Computação em Nuvem?

Existem alguns tipos de Bolsa de Estudo para a faculdade de Computação em Nuvem. Caso você ainda se sinta receoso devido aos valores das mensalidades, fique tranquilo. Na Anhanguera existem muitas opções de bolsa de estudo, benefícios e convênios que ajudam o aluno a pagar a faculdade e se tornar um profissional em Computação em Nuvem.

Como entrar em Computação em Nuvem?

Existem várias maneiras de se matricular no curso de Computação em Nuvem. Confira abaixo como garantir sua vaga.

Enem

Para ingressar no curso de Computação em Nuvem utilizando a nota do Exame é bem simples e elimina a necessidade do vestibular.

Através do Exame Nacional do Ensino Médio, as notas podem ser utilizadas para ingressar em universidades públicas e privadas que adotam essa modalidade de seleção. 

A inscrição nesse formato é selecionada principalmente para os alunos que buscam por uma bolsa de estudo. Para isso é preciso ter efetuado a prova a partir de 2010 e ter uma pontuação superior a 200 pontos na redação e em conhecimentos. Quanto maior a nota obtida, maior o percentual de desconto.

Se o aluno se enquadrar nesses requisitos, na hora de se inscrever para o curso, ele só precisa selecionar a opção de inscrição usando a nota do Enem, completar o cadastro e confirmar a matrícula. 

Consulte as condições da Bolsa Enem, cursos elegíveis, disponibilidade e valor da mensalidade no FALE CONOSCO em nosso site, ou na secretaria da unidade de seu interesse!

Prova de Ciências Humanas do Enem com itens escolares ao seu redor em mesa
O Enem é um dos meios usados para entrar em universidades públicas e privadas

Sisu

Você também pode usar o Sisu para o curso de Computação em Nuvem.

O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) é um programa do governo federal que seleciona estudantes para instituições públicas de Ensino Superior. Ele funciona duas vezes ao ano, uma por semestre, e é exclusivo para participantes da última edição do Enem que não tiveram nota zero na redação. 

A inscrição acontece pelo site do Sisu, onde os interessados podem acessar as instituições e os cursos que participam do Sistema. Quando o prazo para inscrição for aberto, basta entrar no site e se inscrever. 

Conforme as regras do programa, o estudante pode escolher até duas opções de curso por ordem de preferência, assim como instituição, local de oferta, turno e modalidade de concorrência. 

É possível alterar essas opções ao longo do período de inscrições, mas fica valendo a última escolha feita antes do encerramento das inscrições. 

Vestibular para Computação em Nuvem

Para prestar vestibular para Computação em Nuvem, o candidato precisa se direcionar até a universidade de sua escolha ou fazer a inscrição de maneira online pelo próprio portal da instituição. 

O vestibular é o meio mais tradicional para inscrição nas universidades. Ele pode acontecer de forma presencial ou online, e é organizado pelas próprias instituições. 

Vestibular presencial

O vestibular para Computação em Nuvem no modelo tradicional consiste em uma prova presencial que os candidatos podem fazer em qualquer polo da universidade. 

O teste é composto de uma redação dissertativo-argumentativa e você terá 2 horas para concluí-la. Caso tenha algum imprevisto e não consiga chegar ao local a tempo, o estudante pode agendar a realização da prova para uma data posterior. 

Vestibular online

O vestibular online para Computação em Nuvem tem o formato similar a opção presencial, com a diferença que ocorre de maneira 100% online e você tem apenas 1 hora para concluir a prova. Outra informação essencial sobre o teste é que o candidato tem somente 5 chances para finalizá-lo. 

Portanto, confira com cuidado a conexão com a internet antes de iniciar o processo seletivo. Outro fator importante é que não é permitido copiar e colar ou abrir outra aba do navegador. Após a entrega da prova, basta aguardar os resultados.

Jovem garota fazendo prova à caneta
É possível fazer tanto o vestibular online quanto o presencial para entrar na faculdade

Quais as exigências para se formar em Computação em Nuvem?

As exigências para se formar em Computação em Nuvem podem variar conforme a instituição de ensino escolhida. É necessário consultar as regras de cada instituição para obter informações específicas sobre os requisitos exigidos, como estágio obrigatório, Enade, TCC e etc. 

Estágio Obrigatório para Computação em Nuvem

O estágio obrigatório é uma atividade prática realizada pelos alunos durante alguns cursos de graduação. Para o curso de Computação em Nuvem, é necessário verificar antes com a instituição escolhida se há ou não a obrigatoriedade de fazer o estágio. 

Normalmente, para graduação Tecnológica, o estágio não é obrigatório, mas fazê-lo durante a faculdade pode gerar vários benefícios como: ganho de experiência, autoconhecimento profissional e ampliação de networking.

Enade para Computação em Nuvem

Para os alunos concluintes do curso de Computação em Nuvem que fizerem parte de uma turma contemplada para o exame, participar do Enade também é obrigatório. O desempenho nesse exame não afeta a conclusão do curso, mas não fazê-lo impede o aluno de receber seu diploma. 

O Enade é o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, que serve para avaliar os cursos de ensino superior em todo o Brasil. 

TCC de Computação em Nuvem

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é uma exigência muito comum durante os cursos de graduação, embora não seja uma etapa obrigatória em todas as instituições, ou em cursos tecnológicos. Dessa forma, fica a cargo da instituição de ensino exigir ou não essa avaliação para emitir o certificado de conclusão do curso de Computação em Nuvem.

O objetivo do TCC é colocar em prática os aprendizados adquiridos durante a faculdade. É uma avaliação final que os estudantes passam para receber o diploma. Ele é exigido nos últimos anos da faculdade, e o resultado do trabalho é entregue por escrito e, em alguns casos, apresentado para uma banca de avaliadores.

No geral, a dica para o aluno é escolher um tema ou uma linha de pesquisa que mais goste, tornando mais prazeroso o desenvolvimento do TCC. Além disso, é muito importante ler ou ter contato com trabalhos parecidos para se preparar melhor, e é claro, escolher um bom professor orientador para ajudar com referências bibliográficas e indicar o melhor caminho para o seu projeto.

Jovem rapaz mostrando gráfico em apresentação
O TCC pode ser um requisito para conseguir se formar

Vale a pena se formar em Computação em Nuvem?

Se você ainda está em dúvida sobre qual curso escolher na faculdade e tem o curso de Computação em Nuvem como opção, saiba que essa é uma excelente maneira de investir no seu futuro profissional na área de tecnologia.

Vamos entender a seguir alguns motivos que tornam essa área ainda mais promissora.

Salário para formados em Computação em Nuvem

Assim como em outras carreiras em tecnologia, o salário para um Especialista em Computação em Nuvem tem altos ganhos.

De acordo com dados apontados em maio de 2022 pela Robert Half, empresa referência em consultoria e recrutamento especializado, um Especialista em Cloud com certificações em soluções de nuvem, tem uma faixa salarial de R$9.250 a R$15.500.

Esses valores podem variar de acordo com região, ramo da empresa e nível de qualificação do profissional.

Investimento Vs Retorno do curso de Computação em Nuvem

Durante a graduação em Computação em Nuvem é possível procurar por estágios e fazer networking, com grande possibilidade de começar a trabalhar na área logo após a formação, gerando rápido retorno sobre o investimento feito na faculdade.

“A oportunidade de ganhar um bom salário inicial e deslanchar na carreira em pouco tempo atrai muitos profissionais para a tecnologia da informação”*.

*Fonte: g1.globo (Salários em TI: veja quanto paga cada carreira na área).

Lembrando que por ser um curso tecnológico, o tempo para conclusão do curso é quase metade de um bacharelado, o que acelera ainda mais a entrada no mercado de trabalho.

Saiba também: confira como funciona o curso de Cibersegurança!

Por que cursar Computação em Nuvem?

Agora que você já sabe tudo sobre a faculdade de Computação em Nuvem, o próximo passo é escolher uma instituição que te dê condições de se formar e construir uma carreira de sucesso na área de tecnologia.

O curso de Computação em Nuvem é a sua chance para adquirir todas as competências necessárias para se destacar no mercado, gerando oportunidades promissoras em empresas de diferentes portes e segmentos. 

Em 2 anos e 6 meses, em um curso 100% online, com diversas opções de bolsas e descontos na mensalidade.

Então, que tal se inscrever no vestibular?

Venha construir seu futuro de sucesso com a gente, e faça parte de uma das áreas mais aquecidas do mercado estudando Computação em Nuvem.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.1 / 5. Número de votos: 8

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Inscreva-se gratuitamente no vestibular online ou use sua nota do Enem para obter bolsas e descontos!

Artigos relacionados