O que é Ciência de Dados? Como atuar na área?

Em busca de novos clientes e de sucesso nos lançamentos de produtos e de serviços, além da verificação das tendências do mercado, as empresas estão investindo pesado na análise de informações. Tendo como base as estatísticas geradas pelo comportamento dos consumidores na internet, inúmeros insights são verificados. E você, sabe o que é Ciência de Dados?

É o que vamos mostrar neste post por meio de informações imperdíveis sobre essa profissão na área de tecnologia que conta com excelentes salários e um futuro promissor. Vem com a gente!

O que é Ciência de Dados?

A cada instante, todas as pessoas que estão conectadas na internet deixam rastros sobre preferências de consumo. Elas acessam imagens, links, textos, enfim, tudo fica registrado e pode ser analisado para auxiliar as empresas nas tomadas de decisões.

Esse alto volume de informações é estudado pelos profissionais que se formam em Ciência de Dados. Eles visualizam os números e realizam um gerenciamento com um foco específico: geração de insights.

Assim, podemos afirmar que a Ciência de Dados é um ramo da tecnologia que se baseia na Inteligência Artificial para estudar e analisar dados econômicos, sociais, culturais e de consumo, com o objetivo de detectar padrões que auxiliarão as empresas.

Afinal, cada clique na internet deixa rastros que podem ser estudados, revelando tendências e preferências que servem de base no lançamento de novos produtos, serviços ou mesmo para manter algo que esteja indo bem.

Para você ter uma ideia, os usuários do Facebook carregam a cada hora cerca de 10 milhões de fotos. Com isso, é possível verificar o que determinado público-alvo está procurando e o que poderá ser útil para uma nova experiência de compra.

Sendo assim, a Ciência de Dados é uma área do conhecimento que atua por meio da interdisciplinaridade, tendo a estatística como principal direcionamento das informações colhidas. É um ramo novo e muito promissor pelo fato de garantir um alto nível de competitividade às empresas.

O que um cientista de dados faz?

Primeiramente, é importante destacar que essa profissão está inserida nas Ciências Exatas, ou seja, o perfil do estudante é de quem goste de números e de cálculos e que tenha um olhar analítico sobre as informações geradas.

De uma forma geral, o cientista de dados tem uma rotina totalmente online, sempre de olho nos números e nas tendências apresentadas por gráficos, relatórios e outras informações, como as destinadas a robôs (machine learning).

Assim, por exemplo, esses profissionais analisam os dados coletados em call center, determinando a rotatividade de clientes e destinando informações que serão bem úteis ao marketing em campanhas para captar ou reter os clientes.

Os cientistas de dados também atuam para melhorar a eficiência das empresas por meio da análise dos padrões de tráfego na internet, das condições meteorológicas, das tendências do mercado e de outros aspectos que auxiliam em várias tomadas de decisões, como na agilização das entregas.

Analisando compras anteriores, contribuem para melhorar a experiência do cliente e ainda melhoram o diagnóstico de pacientes por meio da análise dos dados obtidos nos exames médicos. Assim, podemos dizer que a atuação é bem ampla e está em vários setores da sociedade.

Outro ponto fundamental do trabalho de quem se forma em Ciência de Dados é na redução dos custos e na otimização do tempo. Isso porque é possível prever quando determinado equipamento quebrará.

Esses profissionais ainda detectam possíveis fraudes em serviços financeiros e ajudam as empresas a obter informações preciosas que evitam erros no lançamento de produtos, de serviços ou em vendas.

Mercado de trabalho

Como você já notou, o mercado de trabalho para quem se forma em Ciência de Dados é altamente promissor e está em alta pelo fato de as empresas buscarem mais competitividade diante da concorrência.

Dessa maneira, há várias vagas abertas na área, e o setor abrange inúmeros tipos de empresas, tais como:

  • financeiras;
  • hospitais;
  • setor educacional;
  • logística;
  • e-commerce;
  • aplicativos;
  • indústrias;
  • marketing;
  • entre outras.

Trata-se de um profissional do futuro que está ganhando cada vez mais espaço no mercado, pois informações precisas são extremamente importantes nas tomadas de decisões.

Afinal, os cientistas de dados conseguem prever tendências, evitando que as empresas percam investimentos. Além disso, contribuem com o aumento da produtividade, gerando mais lucros.

Por isso, a profissão é bem-remunerada. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o salário inicial é de R$ 6.648* para 41 horas de trabalho semanais, podendo chegar a R$ 13.667*.

No entanto, se a pessoa atuar em uma multinacional na função de gerente de dados, o valor pode ultrapassar os R$ 25.000*. Para chegar ao sucesso, é importantíssima a formação na área, além de muitos estudos em Big Data, Machine Learning e Inteligência Artificial.

Na Anhanguera, existe um portal específico para ajudar você a entrar no mercado de trabalho e começar a sua trajetória da melhor forma. O Canal Conecta traz detalhes sobre vagas, além de muitas informações que auxiliam na conquista de um bom emprego.

Como é o curso de Ciência de Dados?

O curso de Ciência de Dados é recente no Brasil e conta com uma formação estruturada em técnicas de extração, de armazenamento e de análise de dados.

Existem muitas disciplinas que focam a interpretação das informações, principalmente com a utilização de Data Science, Business Intelligence e Big Data.

Como comentamos, sendo da área de Exatas, o curso tem inúmeras disciplinas que envolvem cálculos, estatísticas, programação, algoritmos, web, visão computacional, entre outros. Veja algumas matérias.

  • Introdução à Ciência de Dados;
  • Algoritmos e Programação;
  • Banco de Dados;
  • Estrutura de Dados;
  • Segurança da Informação;
  • Desenvolvimento Web;
  • Programação Estatística;
  • Business Intelligence;
  • Big Data;
  • Redes Neurais;
  • Machine Learning;
  • Probabilidade e Estatística;
  • Sistemas Operacionais;
  • Cálculo;
  • Programação para Ciência de Dados;
  • Engenharia de Dados;
  • Visão Computacional;
  • Gestão de Projetos.

É importante destacar que a graduação exige a apresentação de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), e também há versões menos abrangentes com formação técnica.

Quais são os pilares dessa graduação?

Sendo uma função bem estratégica, os pilares da graduação em Ciência de Dados são baseados na formação de profissionais analíticos e que saibam aplicar as técnicas de extração e de interpretação das informações.

O estudante deve ter um perfil de Exatas e gostar bastante de programação e de tecnologia além de todo o universo que envolve a internet, como a questão da machine learning. É importante saber lidar com um grande volume de dados em tempo real e ser ágil.

Comece agora mesmo sua carreira como cientista de dados!

Agora que você já sabe o que é Ciência de Dados, não deixe de investir no seu autoconhecimento para fazer uma escolha certeira e focada em seu sucesso profissional e pessoal.

E aí, quer investir em uma faculdade de tecnologia? Então, inscreva-se agora mesmo em nosso vestibular e escolha o curso certo para você!

* Sujeito a alteração.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.6 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content