4 dicas para conseguir uma bolsa para estudar Direito

estudante de direito

O curso de Direito abre portas para uma carreira promissora, pois está em constante atualização, sempre acompanhando as mudanças da sociedade, tanto nas relações humanas quanto de mercado.

Em razão das expectativas que os estudantes criam em torno do sucesso profissional no Direito, naturalmente, a concorrência é enorme para ingresso na faculdade.

Enquanto, na rede pública, o vestibular tem uma relação de candidatos/vaga bem grande, as faculdades privadas somam, além dessa questão, a alta mensalidade do curso de Direito. No entanto, esses não são motivos para você abandonar o sonho de seguir essa carreira! 

Como a parte financeira pode ser algo até mais preocupante que a lista de candidatos do vestibular, é importante ter em mãos algumas estratégias para vencer o obstáculo.

Por esse motivo, fizemos este post com 4 dicas para você conseguir uma bolsa para estudar Direito. Venha com a gente e confira!

Direito: uma área promissora para carreira em concursos!

Dedique-se para uma boa nota no Enem e no vestibular

A faculdade de Direito é para craques como você, que gostam de estudar e dedicam-se a um alto desempenho no curso. Tanto que, para saber tudo sobre Direito, você não pode economizar em uma rotina de leituras e de absorção de conteúdos.

Mas essa perseverança deve começar antes mesmo do primeiro dia de aula. Isso porque, se você quer uma bolsa de estudos em Direito, ter um bom desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e nos vestibulares que prestar é bem importante.

Em primeiro lugar, em algumas faculdades, a nota do Enem pode ser usada em complementação ou substituição à nota do vestibular tradicional. Além disso, certas instituições oferecem descontos e bolsas para alunos que tiverem alto desempenho nas provas.

Sobre o Enem, especificamente, as notas do exame são utilizadas como critério para a aprovação nos programas de bolsas de estudo do governo. Logo, não dá para arriscar tirar uma nota “mais ou menos” em nenhuma das provas, incluindo a redação, não é mesmo?

Conheça os diferentes tipos de bolsas

Sabia que existem diferentes bolsas de estudo e descontos na faculdade de Direito? Conhecê-los é essencial para que você trace uma estratégia para consegui-los, de acordo com o seu perfil. Veja os principais, a seguir.

Programas do governo

Os programas federais de bolsas de estudo e financiamento atendem a pessoas com situação socioeconômica restrita, as quais teriam dificuldades de arcar com os custos das mensalidades do curso de Direito.

Os mais conhecidos são o Programa Universidade para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES). Falaremos sobre eles adiante. 

Bolsas institucionais

As bolsas institucionais são programas criados pelas faculdades privadas para contemplar diferentes perfis de alunos. Esses descontos na faculdade de Direito são interessantes porque são baseados em diferentes critérios, não tão rígidos quanto os dos programas federais. Alguns exemplos de bolsas institucionais são:

  • bolsa incentivo para calouros com dificuldades financeiras;
  • bolsa primeiro semestre;
  • bolsa por desempenho no vestibular.

Parcerias e convênios

Outro tipo de bolsa para estudar Direito é fruto de parcerias e convênios. É o caso do chamado Convênio Empresa, que dá descontos a funcionários de uma mesma organização. Também há as bolsas para categorias de profissionais, como militares e servidores públicos com concurso, incluindo dependentes e cônjuges.

Faça o Enem e utilize o Prouni ou Bolsa Enem

Como dissemos, a nota do Enem é um passaporte para conquistar uma bolsa de estudos 100%! Então, é hora de detalharmos o Prouni e a Bolsa Enem. Assim, você entenderá como a pontuação do exame é utilizada nos processos de seleção.

Prouni

Este é considerado o mais importante programa de concessão de bolsas de estudo para o ensino superior e oferece bolsas integrais (100%) e parciais (50%). Entre outros requisitos para participar, é preciso ter obtido, no mínimo, 450 pontos no exame, sem ter zerado a redação.

Mesmo assim, não se contente com a média mínima. O Prouni em Direito é um dos mais concorridos e tem notas de corte bastante altas. Em 2020, chegou a 750,30 na ampla concorrência e 742,82 nas cotas.

Além da pontuação mínima, são exigidos os seguintes itens para participação no processo seletivo:

  • não ter diploma de graduação;
  • ter estudado o ensino médio em escola pública ou particular, como bolsista integral;
  • ter prestado a última edição do Enem;
  • ter renda familiar bruta por pessoa de até 1,5 salário mínimo para bolsas integrais;
  • ter renda familiar bruta por pessoa de até 3 salários mínimos para bolsas parciais.

Bolsa Enem

A Bolsa Enem é oferecida por faculdades como a Anhanguera, como uma retribuição pelo bom desempenho no exame. Logo que você se matricula, além de usar a nota do Enem para a admissão, o resultado pode render um excelente desconto. O melhor é que esse benefício é válido para o curso todo!

Veja como são atribuídos os percentuais de desconto de acordo com sua nota:

  • até 600 pontos: 10%;
  • de 601 a 750 pontos: 20%;
  • de 751 a 900 pontos: 80%;
  • acima de 901: 100%.

Aposte nos créditos estudantis como alternativa

Caso você tenha dificuldades em conseguir uma bolsa de estudos em Direito, uma alternativa é partir para os chamados créditos estudantis, que possibilitam financiar sua faculdade.

A seguir, citaremos um dos principais exemplos que você encontra para se matricular na Anhanguera.

FIES

O FIES permite que você financie inteiramente seu curso universitário, só começando a pagar depois que terminar a faculdade e em prestações que cabem no bolso. Com as mudanças no programa, no novo FIES, os contratos são divididos por faixas de renda, e os juros podem chegar à taxa zero. Veja quais são os critérios para participar:

  • ter prestado o Enem em qualquer edição a partir de 2010;
  • obter o mínimo de 450 pontos no exame sem zerar a redação;
  • ter renda familiar bruta de até 5 salários mínimos;
  • é permitido se inscrever para segunda graduação.

A escolha da instituição faz toda a diferença!

Como você viu, conquistar uma bolsa para estudar Direito não é tão complicado e, certamente, você vai conseguir! Mas lembre-se de escolher uma faculdade renomada: a Anhanguera. Preocupada em formar os melhores profissionais, nosso curso de Direito é pautado pela inovação. Os principais diferenciais são fruto da parceria com a Saraiva Educação:

  • Vade Mecum Saraiva Jur: todos os alunos recebem um dos principais livros do Direito em versão digital assim que se matriculam;
  • Aula Destaque: grandes nomes da área oferecem aulas magnas sobre temas da atualidade em Direito.

Que tal vir para a graduação em Direito Anhanguera e com bolsa? Entre em contato conosco e inscreva-se já!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.