Tudo sobre o curso de Direito

estudantes de direito

Se você se interessa em cursar Direito, já deve ter percebido que essa é uma área com oportunidades vastas e diversificadas, certo? Mas você sabia que é a graduação que mais recebe matrículas anuais? O dado é do Censo da Educação Superior do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

O motivo para esse sucesso é que, depois de conquistar a aprovação na OAB (Ordem dos Advogados), a pessoa já consegue exercer a advocacia por conta própria ou buscar uma colocação. Por isso, o valor do curso de Direito gasto na faculdade começa rapidinho a voltar para o bolso do graduado.

Neste conteúdo, reunimos tudo o que você precisa saber sobre a faculdade de Direito aqui da Anhanguera. Continue a leitura para ter certeza se essa é a opção certa para o seu futuro profissional!

Como é a graduação

O curso superior de Direito é um dos mais tradicionais. No Brasil, as primeiras faculdades foram criadas em 1827, nas cidades de Recife e de Olinda, para suprir a demanda por profissionais qualificados no Império, que tinha acabado de se tornar independente.

A disciplina é, sem dúvidas, um dos principais segmentos das Ciências Humanas e Sociais. O Bacharelado se destaca pelas muitas oportunidades de crescimento profissional e pela boa remuneração dos profissionais.

A profissão

As profissões jurídicas estão ligadas às primeiras civilizações. Você sabia que na Grécia Antiga, por exemplo, existia a figura do logógrafo? Esse profissional redigia os discursos apresentados diante dos juízes, quando a parte interessada não confiava nos próprios conhecimentos.

Nesse sentido, as profissões jurídicas nunca vão perder a relevância, mas devem se adaptar às características da comunidade em cada momento histórico. O Direito acompanha a sociedade, que depende de normas para manter a unidade e a permanência do grupo social.

Nos últimos anos, por exemplo, aconteceram vários avanços científicos e tecnológicos. Ramos como o Biodireito e o Direito Digital nasceram — assim como, no passado, tivemos o desenvolvimento do Direito Administrativo, Penal, Empresarial e de tantos outros para regular as novas relações em sociedade.

O Direito está sempre cuidando do bem-estar da sociedade nos mais diversos âmbitos. É a partir dele que orientamos nossas condutas e, no caso de divergências, resolvemos nossas disputas — normalmente indo aos juízes, que são capazes de tomar decisões com base em normas jurídicas.

As inúmeras oportunidades no mercado de trabalho

Uma característica importante do curso de Bacharelado em Direito são as oportunidades a partir da formação. A carreira jurídica está entre as profissões mais procuradas do mundo.

Basicamente, para cada tipo de relação social, existe um ramo jurídico. E, para cada ramo, uma oportunidade de atuação para os advogados. A especialização também ocorre em relação às funções. Advogados, promotores, magistrados, analistas, docentes — a lista de profissões é longa.

Não por acaso, mesmo quem só buscava uma opção entre as faculdades que não envolvem Matemática sai da graduação se identificando com algum segmento.

Se você está preocupado com o salário, pode respirar tranquilo. A remuneração é bem vantajosa em todas as áreas. Por exemplo, no Guia Salarial da consultoria Robert Half de 2020, temos as seguintes médias para o cargo de advogado júnior:

  • área cível, entre R$ 3.700 e R$ 9.000;
  • área trabalhista, entre R$ 3.700 e R$ 9.400;
  • área empresarial, entre R$ 3.450 e R$ 7.450;
  • área tributária, entre R$ 4.100 e R$ 8.950.

Já no segmento público, existem duas grandes faixas salariais. Os cargos que integram a estrutura administrativa dos órgãos públicos ganham valores entre R$ 5.000 e R$ 10.000, enquanto o alto escalão, como promotor, juiz e advogados públicos, ganha geralmente acima de R$ 20.000.

Um exemplo recente são os concursos do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro para analista (R$ 6.373,89) e magistrado (R$ 30.404,42), bem como do Ministério Público de São Paulo (R$ 24.818,71).

Por isso, você pode alcançar um ótimo retorno se considerar quanto custa o curso de Direito. Interessante, não?

Objetivo do curso de Direito na Anhanguera

O curso de Bacharelado em Direito na Anhanguera fornece toda a preparação para que, passo a passo, você se torne um profissional completo, pronto para exercer a advocacia

Você tem interesse em concurso público? Então também pode iniciar sua preparação durante o curso. A graduação é pensada para desenvolver as competências profissionais requisitadas pela profissão.

Modalidade do curso de Direito

A formação é obrigatoriamente realizada na modalidade de ensino presencial, ou seja, ainda não existe Bacharelado em Direito a distância. As aulas online são utilizadas apenas para ampliar as opções de matérias eletivas ou conceder benefícios exclusivos, estando limitadas a uma parte pequena da carga horária.

Duração do curso de Direito

A duração do curso de Direito é de 5 anos. O motivo é que, ao longo da graduação, você vai receber diferentes níveis de formação — o que torna a matéria bastante ampla se comparada com outras áreas.

Mas os órgãos públicos e escritórios oferecem muitos estágios. Assim, antes de terminar o curso, você já pode buscar oportunidades na área.

Aqui na Anhanguera, acessando o Canal Conecta, você encontra as vagas dos parceiros da instituição. Isso gera a possibilidade de concorrer em vagas de estágio e de emprego, além de encontrar orientações e ferramentas para o mercado profissional, como testes vocacionais.

Outra prática comum é estudar para os concursos de nível médio durante a faculdade de Direito. Mesmo que esses processos seletivos não exijam o diploma, as disciplinas jurídicas são amplamente cobradas nas provas.

Como funciona o curso

As disciplinas estão divididas em grupos ou etapas, para promover um roteiro de preparação para o mercado de trabalho. 

Podemos separar o conteúdo em fases até você se formar bacharel em Direito:

  • Ciências Humanas e Sociais Gerais — conteúdos de História, Filosofia, Sociologia e afins, para preparar a capacidade reflexiva do aluno;
  • Contextualização profissional e introdução ao Direito — Introdução ao Estudo do Direito, Argumentação Jurídica, Ética Profissional, História e Filosofia do Direito etc.;
  • Ramos gerais do Direito — Direito Civil, Direito Penal, Teoria Geral do Processo, Direitos Humanos e Teoria Geral da Constituição etc.;
  • Ramos específicos do Direito — Direito Civil Parte Especial (Direito de Família, Sucessões, Contratos etc.), Direito Penal Especial (Crimes contra vida, à honra, à Administração Pública etc.), entre outros.

Você percebeu que a grade curricular do curso de Direito parte de conteúdos mais gerais para os mais específicos? Isso ajuda você a aprender em uma etapa a teoria que é utilizada no momento seguinte.

Vale ressaltar também as atividades voltadas para prática profissional. Além do estágio obrigatório no núcleo da faculdade, você vai aprender metodologia de pesquisa e entregar um trabalho acadêmico como condição para concluir o curso. 

Por fim, durante a graduação, é preciso cumprir uma carga horária de atividades extracurriculares, como palestras, seminários e cursos livres. A dica é usar esses momentos para fazer networking, especialmente nos eventos da OAB local, para entender o mercado e fazer contatos importantes. Percebe como tudo está interligado?

Os diferenciais do curso da Anhanguera

O foco são os desejos e as necessidades do aluno que busca a formação para o mercado de trabalho, a fim de melhorar a condição de vida, ter empregabilidade e conquistar uma boa remuneração. A partir daí, o curso é construído com o objetivo de entregar valor aos estudantes.

Preparação para o mercado profissional

O primeiro diferencial é a orientação profissional. O Canal Conecta exerce um importante papel, nesse sentido, oferecendo materiais didáticos, ferramentas para elaborar currículos e teste comportamentais, além de reunir as parceiras da faculdade com escritórios, empresas e entidades públicas.

Corpo docente qualificado

O corpo docente da Anhanguera é bastante diversificado. Além de muitos especialistas, mestres e doutores, existem profissionais de diferentes áreas, como advogados, magistrados, promotores e docentes de dedicação exclusiva. Logo, é possível entender mais sobre as profissões e o mercado a partir de diferentes experiências.

Suporte para passar na OAB

Um terceiro diferencial são as ações para que o aluno consiga a aprovação e faça a inscrição na OAB. Resumidamente, um bacharel em Direito é diferente de um advogado. O diploma de nível superior é uma condição necessária, mas não é suficiente para exercer as atividades profissionais. A aprovação no exame é exigida.

Por isso, a Anhanguera tem uma parceria com o grupo Saraiva JUR, maior publicadora jurídica do país, dando acesso a um curso preparatório para OAB: o Saraiva Aprova. Assim, o caminho para aprovação é facilitado por um conteúdo voltado para as características específicas do Exame da Ordem.

Materiais da Saraiva JUR

A parceria também abrange a aquisição da versão online do Vade Mecum Saraiva — que compila as principais leis nacionais. Isso ajuda a minimizar os custos, porque você não precisa adquirir tantas leis e códigos para estudar.

Aula Destaque

Outro benefício exclusivo da Anhanguera é o projeto Aula Destaque. Nele, juristas renomados — como Alexandre Mazza, Pablo Stolze Gagliano, Luciano Martinez, Thaís Mendonça e Fredie Didier Junior, que já trilham um caminho de sucesso — compartilham conhecimento e experiências profissionais, em aulas online.

Nesse sentido, você tem a oportunidade de estudar com os professores que, em geral, assinam os livros e os manuais de referência em diversas áreas, como Direito Civil, Direito Administrativo e Direito Penal. Inspirador, não é?

Custo-benefício

Por fim, a mensalidade do curso de Direito na Anhanguera é mais acessível, dada a oportunidade de bolsas e créditos disponíveis. Em relação a quanto custa a faculdade de Direito, ela apresenta um excelente retorno, além de conceder vantagens exclusivas para o aluno. 

Se você quer fazer faculdade, mas não pode arcar com os custos no momento, pode buscar opções como:

  • Enem (Exame Nacional do Ensino Médio);
  • PEP (Parcelamento Estudantil Privado);
  • Prouni (Programa Universidade para Todos);
  • FIES (Fundo de Financiamento Estudantil).

Outra dica é seguir a Anhanguera nas redes sociais e acompanhar o site oficial, para ficar por dentro das campanhas ativas. Geralmente, oferecemos condições especiais para facilitar o ingresso no ensino superior.

Direito é para você?

Com a leitura deste texto você ficou imaginando se tem o perfil certo para o curso? A identificação com a área é um dos critérios importantes para escolher a graduação. Gostar da profissão é uma forma de estar motivado para prestar bons serviços e continuar os estudos. 

Fique atento às características abaixo para ter certeza de que você vai arrasar na profissão!

Perfil do estudante de Direito

O estudante de Direito tem um perfil mais voltado para a compreensão das questões como um todo do que para a análise aprofundada de cada uma das partes.

O profissional do Direito lida bem com múltiplas opiniões e perspectivas. Até porque, a existência do contraditório é um dos pressupostos para se chegar ao resultado das discussões da área.

É também uma pessoa que utiliza a argumentação e o convencimento mais do que a busca por uma única resposta para as soluções. Afinal, em muitos casos, temos razões mais fortes ou mais fracas, mas não uma conclusão definitiva sobre as questões jurídicas.

Você gosta de ler? O curso de Direito exige bastante leitura e interpretação, frequentemente de textos longos. É uma capacidade que você pode adquirir e aprimorar ao longo da graduação, mas ajuda bastante se você já tiver afinidade. 

Outro ponto é que a área utiliza bastante da comunicação, especialmente para ser um bom advogado, mas é algo que pode ser desenvolvido. A oratória, por exemplo, é uma das matérias ligadas ao Direito que apresenta muitos cursos livres, exercícios, palestras e outros conteúdos didáticos.

Lembre-se de que as áreas do Direito são tão diversas que comportam diferentes perfis. Por exemplo, os profissionais de Direito Tributário costumam se destacar justamente quando são mais racionais do que intuitivos.

Ainda está na dúvida? Uma dica é buscar uma orientação vocacional gratuita ou testes de perfil profissional. Assim, você vai ter mais informações para decidir sobre o curso. 

Habilidades desenvolvidas ao longo do curso

Além da própria comunicação, existem inúmeras habilidades comportamentais aprendidas ao longo do curso. Elas complementam as habilidades técnicas, que compõem a grade curricular do curso de Direito.

Ter uma visão macro da sociedade

O Direito é feito para regular uma comunidade, que tem hábitos, valores e costumes. Logo, uma preocupação da faculdade é permitir que você enxergue o contexto social no qual as normas se aplicam.

Ser capaz de argumentar de maneira clara e persuasiva

Outra habilidade é a comunicação voltada para o convencimento. Mesmo o juiz precisa argumentar para justificar as decisões. Trata-se, portanto, de uma exigência de praticamente todas as profissões jurídicas.

Ter abertura para debates políticos e opiniões divergentes

O profissional do Direito também sabe se portar em ambientes de debate — algo que não tão é comum, por exemplo, aos profissionais de Exatas.

Desenvolver a inteligência emocional

Por fim, advogados, juízes, promotores e afins tomam decisões que impactam a vida de terceiros e, às vezes, de toda a sociedade. Logo, você vai precisar desenvolver  inteligência emocional para tomar decisões e saber gerenciar riscos.

Se acha que essas características têm a ver com você, continue acompanhando para entender como anda o mercado da profissão.

O mercado atual do Direito

Agora que você já tem uma visão geral sobre a graduação em Direito, podemos falar um pouco sobre as áreas de atuação. Assim, você pode ver com quais segmentos mais se identifica.

Direito Civil

O Direito Civil disciplina as relações sociais reguladas pelo Direito (relações jurídicas) mais gerais, que dizem respeito à convivência harmônica em sociedade. Além disso, esse Direito traz os conceitos utilizados na linguagem jurídica, como bens, obrigações e pessoa jurídica (organizações humanas formalizadas).

Aqui, a lista de oportunidades é quase ilimitada. Reparação de danos, criação de pessoas jurídicas, sociedades, negócios celebrados entre indivíduos: há inúmeros serviços que podem ser prestados pela advocacia cível.

Direito da Família

O Direito da Família é uma divisão do Direito Civil. Esse ramo destaca-se por proteger as relações mais próximas dos indivíduos, cuidando dos vínculos entre pessoas casadas, pais e filhos e parentes.

Geralmente, quem gosta de trabalhar com pessoas se identifica bastante com esse ramo, além de ele estar muito ligado aos cuidados com menores de idade e pessoas com deficiência.

Direito Trabalhista

O Direito Trabalhista regulamenta um tipo específico de relação jurídica: o prestador de serviços trabalha submetido à direção e ao controle do tomador, existindo uma relação de trabalho.

A principal característica do segmento é a proteção do trabalhador. Isso porque a legislação fixa condições mínimas para contratar funcionários, como direito a férias, 13º salário, salário mínimo e folga semanal.

Nesse sentido, o advogado trabalhista geralmente atua para os trabalhadores, sindicatos ou empresas. Isto é, existe uma tensão entre esses três polos, constantemente gerando conflitos, e o advogado auxilia um lado a defender seus interesses.

Cresce também a advocacia preventiva nessa área. Trata-se da atuação que não se inicia a partir da existência de um processo, mas com o intuito de obedecer à lei e evitar problemas. As empresas são as principais destinatárias desse serviço, especialmente no setor de Recursos Humanos.

Direito Tributário

O Direito Tributário, por sua vez, regula a relação entre o Fisco, que precisa de recursos e recolhe tributos, e o contribuinte, que tem o dever de pagar impostos, taxas e contribuições para o Poder Público.

Os advogados, nesse caso, ajudam a garantir que os tributos não sejam cobrados de forma excessiva. Além disso, podem reduzir encargos nas empresas, orientando sobre a maneira mais econômica de exercer as atividades do ponto de vista jurídico.

Direito Previdenciário

O segmento previdenciário abrange principalmente o auxílio aos segurados para cumprir requisitos e obter seus direitos junto ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), embora também existam outros órgãos com esse tipo de atribuição.

Em muitas situações, isso exige a participação do advogado, que tem o conhecimento para propor medidas legais, quando ocorre a negativa ilegítima ou erros em auxílios e em aposentadorias.

Direito Penal

O advogado criminalista defende as pessoas acusadas de cometer crimes. É uma área bastante ligada à questão humanista, uma vez que o profissional do Direito é essencial para garantir que ninguém seja preso sem a justa apuração dos fatos e que o juiz tome uma decisão imparcial.

Direito Digital

A legislação digital cuida das atividades cíveis, criminais, trabalhistas etc. exercidas em instrumentos de informática e pela internet, como comércio, entretenimento e comunicação.

Além disso, mais recentemente, teve início a regulação das novas relações, nascidas a partir da transformação digital, como crimes cibernéticos e proteção de dados pessoais.

Para os advogados, é um ramo bastante inovador, principalmente pela conexão com a área de Tecnologia da Informação.

Direito Ambiental

Se você se preocupa com o meio ambiente, o Direito Ambiental é ideal para você. Ele traz as diretrizes para que as pessoas utilizem os recursos naturais, com o objetivo de manter o desenvolvimento sustentável. 

Para os advogados, existe um amplo mercado relacionado à prevenção de infrações e à defesa de pessoas e de organizações, caso sejam acusadas de irregularidades.

Promotoria

A promotoria de justiça guarda os interessados coletivos, atuando em questões ambientais, criminais e familiares com o objetivo de defender a sociedade e os vulneráveis (menores de idade, pessoas com deficiência, trabalhadores, a depender do contexto).

Magistratura

Os magistrados são os profissionais que, com uma atuação imparcial, resolvem os conflitos jurídicos da sociedade. Para isso, eles recebem pedidos de advogados e de promotores e, dando a possibilidade de defesa, tomam providências para aplicar a lei.

Defensores

Já os defensores são os advogados públicos colocados à disposição das pessoas com poucos recursos financeiros. Eles diferenciam-se dos procuradores e dos advogados gerais da União, que são a assessoria jurídica das entidades públicas.

Auxiliares da justiça

Os auxiliares da justiça — analistas, oficiais de justiça, escrivães e afins — são os prestadores de serviços da estrutura interna dos tribunais. Há diversos concursos para esses cargos, então vale a pena pesquisar sobre todas as opções se você tiver interesse no segmento público.

Corregedoria

Os corregedores são profissionais que, dentro dos órgãos públicos, investigam e combatem irregularidades. Nas empresas, hoje em dia, existe uma função parecida, que é chamada de compliance, consistindo nas medidas de controle interno para cumprir a legislação.

Área acadêmica

Por fim, o Direito também abre espaço para atuação no segmento acadêmico. As oportunidades, nesse caso, estão relacionadas à pesquisa e à docência. Isto é, você pode contribuir com a construção do pensamento jurídico ou transmiti-lo aos estudantes da graduação. 

Vale ressaltar que as áreas indicadas são apenas exemplos de espaços nos quais o bacharel pode se inserir no mercado. Na prática, há muitas carreiras promissoras em Direito, e vale a pena você pesquisar sobre o assunto, de acordo com o seu interesse no segmento público ou privado. Porém, saiba que no segmento público é preciso prestar concurso.

Agora você já tem uma visão mais completa do que é o segmento jurídico, bem como sabe tudo sobre o curso superior de Direito. Agora já pode entender se essa graduação combina com o seu perfil e tomar uma boa decisão.

Para conhecer as condições e realizar sua inscrição para o vestibular, acesse o site Vestibulares e veja qual é a unidade Anhanguera mais próxima de você!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.