Área da Matemática: descubra as oportunidades desse setor!

Matemática

Acha que as oportunidades para estudantes de Matemática são limitadas? Pense de novo! As suas habilidades numéricas, analíticas e de raciocínio lógico podem abrir as portas de uma enorme variedade de carreiras incríveis.

A matemática está envolvida em quase todas as profissões de alguma forma, e os profissionais que saem do curso superior de Matemática são valorizados no mercado de trabalho. Neste post, você vai conhecer todas as oportunidades que esperam você nessa área. Confira!

Como funciona a área de Matemática?

A Matemática é a principal representante das Ciências Exatas, que também envolve áreas como Administração, Contabilidade, Física, Estatística e Economia.

As áreas de estudo podem ser divididas em:

  • Aritmética;
  • Álgebra;
  • Geometria;
  • Geometria analítica;
  • Trigonometria;
  • Porcentagem;
  • Estatística.
  • História da Matemática.

É praticamente impossível dizer com exatidão quando começou ou quem “descobriu” a Matemática. Talvez o mais importante seja entender que essa área atravessa todas as relações de trabalho, mesmo que, a princípio, isso não pareça possível.

Em qualquer empresa ou instituição, você encontrará um profissional responsável por lidar direta ou diretamente com números, porcentagens e outros modelos matemáticos.

Como está o mercado de Matemática no Brasil?

A matemática tem aplicações práticas na maioria das carreiras, desde a tecnologia à medicina. Os profissionais que se formam no curso superior de Matemática ou em outras áreas das Ciências Exatas, como a Estatística, geralmente encontram boas perspectivas de emprego no mercado de trabalho.

No entanto, é no ensino que está localizada grande parte das oportunidades. A carreira de professor é uma das mais almejadas pelos alunos que se matriculam no curso superior de Matemática — talvez esse seja, inclusive, o seu caso.

Embora os empregos no campo da docência não paguem tanto para um recém-saído da faculdade, eles são gratificantes para pessoas com vocação para educação. A função de professor geralmente têm horas de trabalho fixas e pode fornecer ao profissional um bom equilíbrio entre vida profissional e pessoal.

Se você gosta da temática, mas uma carreira na docência não parece atrativa, também existe a possibilidade de buscar vagas no mercado de trabalho nas quais você poderá usar competências que desenvolveu na faculdade.

Em suma, o mercado de trabalho da área possui um foco de oportunidades para quem deseja seguir carreira na docência. Porém, os profissionais da área também podem usar suas habilidades para encontrar oportunidades em uma série de outros campos de atuação.

Quais são as atuações em Matemática que estão em alta?

Existe uma lista de profissões satisfatórias se você gosta de matemática e de resolver problemas utilizando o raciocínio lógico. A seguir, confira mais detalhes sobre as principais opções de carreira nessa área.

Docência na educação básica

A docência na escola é a principal atuação para os profissionais da área. Um professor com o diploma de Licenciatura pode trabalhar tanto com turmas do Ensino fundamental quanto com turmas do Ensino médio.

Outro campo de atuação são os espaços para Educação de Jovens e Adultos (EJA), voltados para a alfabetização de adultos, idosos e jovens acima de 15 anos.

Além de ensinar vários ramos da matemática, as funções comuns de professor da educação básica incluem preparar planos de aula, propor e corrigir tarefas de casa e treinar alunos para os vestibulares.

R$ 3.086,31 é a média salarial de um professor de Matemática do Ensino Fundamental no mercado de trabalho brasileiro, com uma jornada de trabalho de 24 horas semanais (dado do site Salario.com).

Já no Ensino Médio, o professor de Matemática ganha em média R$ 3.758,12, segundo levantamento do site Salario.com.

Docência no ensino superior

Já pensou em dar aulas de Matemática em faculdades? Caso a resposta seja sim, aqui está uma boa razão para se tornar um profissional da educação! Além do diploma de Licenciatura, os professores que dão aulas em faculdades precisam fazer uma pós-graduação stricto senso, ou seja, mestrado e doutorado.

Ao ingressar na docência no Ensino Superior, o seu objetivo principal será contribuir com a formação de novos profissionais. A rotina de um professor universitário inclui dar aulas, corrigir trabalhos, lançar notas, estudar, produzir trabalhos científicos e realizar apresentações em congressos e eventos científicos.

Um professor de Matemática no Ensino Superior ganha em média R$ 12.316,72 no mercado de trabalho brasileiro, com uma jornada de trabalho de 28 horas semanais.

Estatística

A maioria das empresas do setor público e privado requer as habilidades de estatísticos para coletar e comparar dados. Censos, Saúde, poder público, mídia, agricultura, seguros e ecologia são alguns dos mercados onde os estatísticos podem encontrar emprego.

A tarefa de um estatístico é coletar informações e interpretar e analisar dados para apresentá-los em um formato fácil de entender. Esse profissional também elabora questionários e pesquisas para a coleta de dados sobre fenômenos econômicos, sociais, políticos ou naturais.

R$ 6.452,33 é a média salarial do estatístico no mercado de trabalho brasileiro, segundo levantamento do site Salario.com.

Economista

As habilidades de um profissional formado também podem ser extremamente úteis em cargos na área de Economia. Após a conclusão da faculdade de Matemática, você pode fazer uma especialização em Economia para aumentar suas chances nas seleções do mercado de trabalho.

Um economista atua em instituições bancárias, corretoras, distribuidoras, seguros e no mercado financeiro. A rotina desse profissional pode variar de acordo com cada campo de atuação.

No geral, as responsabilidades de um economista envolvem acompanhar a conjuntura econômica do país, estado ou cidade, realizar estudos de mercado, avaliar a concorrência de uma empresa, identificar tendências na economia e elaborar planos econômicos.

R$ 6.299,74 é a média salarial de um economista no mercado brasileiro, com uma jornada de trabalho de 42 horas semanais. Os dados são do levantamento do site Salario.com.

Análise de investimento

Os analistas de investimento analisam e interpretam dados para aconselhar as empresas sobre como fazer investimentos no mercado financeiro. Esses profissionais também monitoram o desempenho das ações e títulos da empresa.

As suas responsabilidades também envolvem revisar contas, relatórios e demonstrações financeiras de empresas para avaliar lucros e perdas. No geral, um analista de investimento tem grande peso nas decisões para o desenvolvimento dos negócios.

Um analista de investimento pode atuar em corretoras de valores, gestoras de investimentos, banco de investimentos e empresas de consultoria.

Para um profissional que vem da Matemática, o mais recomendado é investir em uma especialização sobre investimentos para aumentar suas chances de contratação.

R$ 5.872 é a média salarial de um analista de investimentos no Brasil, de acordo com levantamento do site Glassdoor, que considerou o salário de centenas de profissionais que atuam nesse cargo no mercado de trabalho brasileiro.

Cientista de dados

Existem muitas ferramentas estatísticas e modelos matemáticos que ajudam as empresas a interpretar dados e usá-los para embasar decisões nos setores de vendas, marketing, finanças e muito mais. Os cientistas de dados são responsáveis por usar essas ferramentas e ajudar as empresas a entender seu desempenho.

Esses profissionais identificam tendências no comportamento do cliente, padrões de vendas, níveis de produtividade e outras áreas relevantes no funcionamento de uma empresa. Os cientistas também geram relatórios a partir das análises e os apresentam aos gestores de maneira que eles possam entender tudo facilmente.

Instituições bancárias, agências de publicidade, empresas de pesquisa e indústrias são alguns dos campos de atuação para cientista de dados.

Um cientista de dados ganha em média R$ 7.636,54 no mercado brasileiro com uma jornada de trabalho de 41 horas semanais, segundo levantamento do site Salario.com.

Quais são as tendências para Matemática?

Agora que você conhece as principais profissões da Matemática, confira duas mudanças que estão impactando a trajetória profissional de quem atua na área.

Habilidades transferíveis

As habilidades transferíveis, também conhecidas como soft skills, estão em alta no mercado de trabalho. Para muitos cargos do mercado de trabalho, elas são tão relevantes quanto um diploma de nível superior.

Por mais que as técnicas aprendidas no ensino superior sejam importantes, os recrutadores hoje em dia estão atrás de profissionais com as habilidades certas para as vagas em aberto, independentemente da área de formação superior de cada candidato.

Na área de matemática, podemos citar como exemplos de habilidades transferíveis: análise e interpretação de dados, organização, raciocínio lógico e pensamento analítico.

Interdisciplinaridade no ensino de matemática

A adoção do Novo Ensino Médio nas escolas, que começou em 2022, traz uma série de novos desafios para os professores da educação básica.

Um desses desafios é a tarefa de intensificar a interdisciplinaridade entre as áreas do conhecimento, algo que, antes do Novo Ensino Médio, era visto com bons olhos, mas não era uma abordagem que ganhava tanta ênfase na educação básica.

Os novos professores de Matemática precisam encontrar soluções criativas para relacionar os assuntos da sua área com a Física, Geografia ou qualquer outra área do conhecimento.

Como ingressar no mercado de Matemática?

Ok, mas por onde começar? O que fazer para conquistar uma vaga no mercado de trabalho na área? Bom, existem algumas etapas que podem favorecer sua trajetória profissional e tornar você um profissional requerido. Confira nossas dicas!

Comece na faculdade de Matemática

Na Anhanguera, o curso superior de Matemática tem duração de 4 anos, sendo oferecido nas modalidades de Matemática EAD, semipresencial e presencial. Além disso, o curso é de Licenciatura, formato que privilegia a formação profissional de professores para a educação básica.

Diferentemente do que acontece em outros formatos, como Bacharelado e Tecnólogo, a grade curricular de Licenciatura em Matemática combina matérias voltadas para o desenvolvimento de competências específicas da área com matérias voltadas para o ensino na sala de aula, como Didática e Metodologia de Ensino.

As avaliações variam de acordo com a instituição e a modalidade de ensino escolhida no curso. Você pode passar por avaliações com base em provas tradicionais com questões de múltipla escolha, seminários e atividades práticas.

Para obter o diploma, será necessário passar pelas matérias de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Desenvolva as habilidades valorizadas na sua área

Quer se destacar na sua área de atuação? Então, entre na faculdade com o foco em desenvolver as habilidades mais valorizadas no mercado de trabalho.

No geral, espera-se que um profissional licenciado desenvolva ao longo da sua formação um conjunto de habilidades matemáticas e ligadas à didática (capacidade de simplificar ideias complexas para outras pessoas).

Podemos listar quais são essas habilidades. Confira abaixo.

  • resolução de problemas: Matemática tem tudo a ver com a resolução de problemas! Além do fato de que, no ensino, você deve ensinar a resolver problemas, essa habilidade também é útil quando as pessoas ao seu redor não estão entendendo conceitos específicos. Muitas vezes, você terá a obrigação de criar maneiras estranhas e malucas de ilustrar conceitos e processos complicados;
  • comunicação: é útil ser um profissional com uma boa comunicação antes de entrar no mercado de trabalho, mas é definitivamente uma habilidade que você aprende a aprimorar com o tempo. Você aprenderá rapidamente que uma boa comunicação não é apenas útil no ensino de matemática, mas também ajudará a construir relações muito importantes com as pessoas;
  • paixão pelos assuntos: a paixão é um sentimento contagioso! Se você mostrar paixão pela matemática, os seus alunos provavelmente seguirão o exemplo. Claro, haverá alunos que não gostam de matemática, mas, se você mostrar alegria e entusiasmo pelo assunto, é mais provável que eles gostem das aulas;
  • paciência: a maioria dos professores é agraciada com um nível incrível de paciência, mas a sua tolerância e fé nos alunos não apenas ajudarão a construir a autoconfiança deles, mas também jamais serão esquecidas. Afinal, quem não se lembra de pelo menos um professor que nunca desistiu dos seus alunos?
  • vontade de aprender: se você se comprometer a ser um eterno aprendiz, poderá ter sucesso em qualquer área. Não importa se você alcançar um doutorado em Matemática, os métodos de ensino e as aplicações estão mudando constantemente, o que demanda a atualização dos profissionais.

E aí, gostou? Nossa lista de habilidades que fazem ótimos professores e profissionais da Matemática é um ótimo lugar para começar!

Busque um estágio

Ao longo da graduação, o aluno de Licenciatura tem a oportunidade de estagiar em escolas para ganhar as suas primeiras experiências profissionais e obter a carga horária necessária para concluir o curso superior.

Os estágios obrigatórios geralmente aparecem na grade horária já nos anos finais da graduação. Porém, muitas escolas abrem vagas para receber estagiários a partir do terceiro período do curso de Licenciatura. Muitas vezes, são vagas remuneradas!

Seja no estágio obrigatório ou optativo, é importante aproveitar esse período para conhecer as responsabilidade de um professor e ampliar sua rede de contatos.

Por que estudar Matemática na Anhanguera?

A Anhanguera pensa nos mínimos detalhes para garantir uma excelente experiência para os alunos da graduação. Confira as razões pelas quais vale a pena entrar no curso de Matemática da Anhanguera.

Tradição e credibilidade

Ao ingressar na Anhanguera, você estará estudando em uma da das instituições de ensino mais tradicionais do país. São mais de 25 anos de tradição no Ensino Superior, oferecendo cursos de graduação e pós-graduação em diversas áreas do conhecimento.

Bolsa de estudo

Na Anhanguera, você encontra oportunidades de bolsa de estudo que variam entre 10% e 100% da mensalidade. Além disso, existe uma série de opções de descontos para fazer com que a mensalidade caiba no bolso do aluno.

Empregabilidade

Aluno da Anhanguera tem acesso exclusivo às dicas e vagas de emprego anunciadas no Canal Conecta. É a chance de sair da graduação com um emprego ou com grandes perspectivas de encontrar uma vaga!

Agora é com você!

Chegamos ao final do nosso guia sobre a área de Matemática. Agora, o mais importante é se inscrever no vestibular e começar sua carreira profissional da graduação.

Aproveite para fazer sua inscrição no vestibular online da Anhanguera e dê o ponta pé na sua trajetória profissional!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.