Qual o salário de um psicólogo e o que fazer para receber mais?

psicóloga e cliente

É comum que os estudantes interessados no curso de Psicologia se perguntem: afinal, qual é o salário de um psicólogo?

É claro que a resposta depende de diversos aspectos — entre eles, a qualidade do profissional e o local onde ele procura oportunidades. Mas em geral, a faixa de salário em Psicologia fica entre R$ 2,5 mil* e R$ 8,7 mil*.

Um ponto positivo sobre a profissão e a média salarial do psicólogo é que tem aumentado no Brasil a procura pelo atendimento psicológico. Assim, o futuro aponta boas perspectivas aos profissionais da área. Quer saber mais? Confira!

Uma das informações essenciais que você precisa ter se está curioso sobre o salário do psicólogo é que não há apenas um caminho possível na carreira. Na verdade, existem diversas áreas da Psicologia — e elas podem ser muito diferentes entre si. Por isso, os profissionais também têm salários distintos.

Um psicólogo atuante em hospitais ou em clínicas particulares tem uma rotina de funções bem diferente daquele que trabalha em uma escola ou mesmo na gestão de recursos humanos (RH) de uma empresa. Então, a carga horária, as condições de trabalho e a renda também serão variadas.

Onde está a diferença entre os diferentes cargos e salários?

CargoMenor salárioSalário médioO que faz
Psicólogo clínicoR$ 2.862,80R$ 3.004,97atua em clínicas de saúde para tratar transtornos mentais, aliviar o sofrimento mental de acordo com o caso clínico, promove o autoconhecimento e restabelece a saúde psíquica
Gestor de RHR$ 7.283,44R$ 7.645,14dirige todas as atividades do departamento de Recursos Humanos (RH) das empresas, como o recrutamento e a seleção de candidatos, a política de benefícios corporativos e os treinamentos para funcionários
Psicólogo do esporteR$ 2.987,20R$ 3.135,55 trabalha com a saúde mental de atletas e equipes esportivas, ao garantir o equilíbrio emocional dos esportistas e fornecer apoio para que eles consigam lidar com os fatores psicológicos que influem a rotina de treinos e competições
RecrutadorR$ 1.557,00R$ 2.149,00responsável por atrair e selecionar talentos para vagas profissionais, o que envolve estudar os cargos e necessidades das empresas, encontrar candidatos, conduzir entrevistas e produzir relatórios sobre o desempenho de profissionais
Aconselhamento vocacionalR$ 2.422,52R$ 2.542,82 conduz testes, questionários e consultas para ajudar as pessoas (principalmente crianças e jovens) a decidir qual carreira profissional elas querem seguir
Analista de departamento pessoalR$ 3.406,46R$ 3.603,57responsável pela parte administrativa do departamento de Recursos Humanos (RH), é quem organiza e controla folha de pagamento, férias, benefícios corporativos, afastamentos, entre outras atividades
Psicólogo hospitalarR$ 3.159,79R$ 3.316,71ajuda pacientes a enfrentar diagnósticos de doenças, prepara psicologicamente pacientes para procedimentos angustiantes e atende a pacientes diagnosticados com transtornos mentais
Coordenador de treinamento e desenvolvimento pessoalR$ 3.698,00R$ 6.002,00coordena os programas de treinamento e aperfeiçoamento de pessoal das empresas, ajuda na elaboração de materiais de apoio, preparação de salas e demais recursos para a apresentação de conteúdo
Psicólogo do trânsitoR$ 1.854,78R$ 1.946,89estuda o comportamento das pessoas no trânsito, aplica testes psicotécnicos para futuros condutores, realiza pesquisas de campo e desenvolve soluções para o trânsito com foco no comportamento
PsicopedagogoR$ 2.580,46R$ 2.708,61analisa os fatores que interferem no aprendizado de uma pessoa e ajuda a solucionar esses problemas, além de propor projetos favoráveis à transformação do processo educacional em escolas e faculdades

Qual é a média salarial do psicólogo por atuação?

Considerando os principais campos de atuação para quem se forma no curso, trouxemos algumas médias salariais do psicólogo no Brasil, todas retiradas do portal Salário, que reúne dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo CAGED) e do eSocial. Veja!

Psicólogo Clínico

O psicólogo clínico tem média salarial de R$ 2,6 mil* para uma jornada de 32 horas semanais. Esse é o profissional que atua no atendimento de pacientes com objetivo de identificar e de tratar problemas de saúde mental, ou favorecer a qualidade de vida emocional das pessoas, normalmente, em clínicas de Psicologia e consultórios próprios.

Psicólogo Criminal

O psicólogo criminal, também chamado de psicólogo jurídico, tem média salarial de R$ 3,2 mil* para uma jornada de 34 horas semanais. É esse profissional quem atua no atendimento de indivíduos envolvidos em crimes, elaborando os laudos psicológicos utilizados na composição de processos e na definição de sentenças.

Psicólogo Desportivo

O psicólogo desportivo tem média salarial de R$ 2,7 mil* para uma jornada de 30 horas semanais. Na Psicologia do Esporte, o objetivo é promover o bem-estar de atletas e até mesmo favorecer o rendimento nos esportes. Nesse último caso, o profissional trabalha com uma equipe técnica e ajuda a formular estratégias de competição.

Psicólogo Educacional

O psicólogo educacional tem média salarial de R$ 2,7 mil* para uma jornada de 33 horas semanais. Como o próprio nome indica, essa é a atuação dedicada ao contexto educacional, com o objetivo de melhorar os processos de desenvolvimento e de aprendizagem. Além disso, é o profissional que realiza o atendimento de alunos com distúrbios psicossociais.

Psicólogo Hospitalar

O psicólogo hospitalar tem média salarial de R$ 3,3 mil* para uma jornada de 35 horas semanais. Nessa especialidade, o profissional realiza o atendimento de pacientes hospitalizados para tornar melhor a experiência de internação, ou para acompanhar procedimentos de alto risco, contribuindo com o bem-estar psicológico e, assim, com a recuperação.

Psicólogo Social

O psicólogo social tem média salarial de R$ 2,7 mil* para uma jornada de 34 horas semanais. Esse é o profissional que estuda e intervém em comportamentos de grupos, por exemplo, o “comportamento de manada”, além de questões que envolvem o indivíduo em relação com a sociedade, como presidiários, adictos de drogas, pessoas em situação de rua etc.

Psicólogo do Trabalho

O psicólogo do trabalho ou organizacional tem média salarial de R$ 3,6 mil* para uma jornada de 38 horas semanais. Essa área de atuação tem a ver com o apoio à gestão de RH, em que o profissional aplica testes psicológicos em processos seletivos, acompanha o desenvolvimento dos colaboradores, lidera treinamentos etc.

O neuropsicólogo tem média salarial de R$ 3,2 mil* para uma jornada de 30 horas semanais. Nessa área, o profissional atua com o diagnóstico e o tratamento de pacientes com problemas neuropsicológicos, isto é, com transtornos que envolvem tanto o comportamento quanto o sistema nervoso.

Psicanalista

O psicanalista tem média salarial de R$ 3 mil* para uma jornada de 38 horas semanais. Trata-se da abordagem da Psicologia chamada de Psicanálise, que leva em conta o estudo do inconsciente e do subconsciente para definição de diagnósticos e tratamentos.

Qual é a média salarial do psicólogo por localidade?

O salário em Psicologia também varia em relação à localidade. Veja, abaixo, as médias salariais de um psicólogo clínico em cada estado brasileiro, em ordem decrescente:

  • São Paulo — R$ 3,7 mil*;
  • Rio de Janeiro — R$ 3,2 mil*;
  • Goiás — R$ 2,9 mil*;
  • Roraima — R$ 2,9 mil*;
  • Mato Grosso — R$ 2,8 mil*;
  • Pará — R$ 2,8 mil*;
  • Santa Catarina — R$ 2,8 mil*;
  • Tocantins — R$ 2,8 mil*;
  • Rio Grande do Sul — R$ 2,7 mil*;
  • Acre — R$ 2,5 mil*;
  • Ceará — R$ 2,5 mil*;
  • Distrito Federal — R$ 2,5 mil*;
  • Maranhão — R$ 2,5 mil*;
  • Mato Grosso do Sul — R$ 2,5 mil*;
  • Paraná — R$ 2,5 mil*;
  • Amazonas — R$ 2,4 mil*;
  • Espírito Santo — R$ 2,4 mil*;
  • Amapá — R$ 2,3 mil*;
  • Bahia — R$ 2,3 mil*;
  • Minas Gerais — R$ 2,3 mil*;
  • Piauí — R$ 2,2 mil*;
  • Rio Grande do Norte — R$ 2,2 mil*;
  • Alagoas — R$ 1,9 mil*;
  • Paraíba — R$ 1,9 mil*;
  • Pernambuco — R$ 1,8 mil*;
  • Rondônia — R$ 1,8 mil*;
  • Sergipe — R$ 1,8 mil*.

É muito importante destacar que os valores apresentados aqui são médias. Ou seja, são fruto de um cálculo baseado em informações de muitos profissionais. Isso significa que os salários também variam, mesmo dentro de cada estado.

Além disso, o valor bruto da média salarial não é o único indicador de bons rendimentos. Afinal, o custo de vida de cada região impacta bastante o valor real de cada salário.

Como é a progressão de carreira?

A experiência do profissional também interfere na sua média salarial. Em geral, é considerada a seguinte classificação:

  • psicólogo júnior — até 4 anos de atuação;
  • psicólogo pleno — de 4 a 6 anos de atuação;
  • psicólogo sênior — acima de 6 anos de atuação.

Com base nesses números, dá para ver que a progressão de carreira na Psicologia é relativamente rápida, não é? Ao alcançar mais de 6 anos de atuação, isto é, ao se tornar um psicólogo sênior, o profissional fica mais perto de atingir o teto salarial. Veja qual é o teto para cada especialidade:

  • psicólogo clínico — R$ 5,8 mil*;
  • psicólogo criminal — R$ 4,9 mil*;
  • psicólogo desportivo — R$ 5,5 mil*;
  • psicólogo educacional — R$ 5,5 mil*;
  • psicólogo hospitalar — R$ 6,3 mil*;
  • psicólogo social — R$ 5 mil*;
  • psicólogo do trabalho — R$ 8,7 mil*;
  • neuropsicólogo — R$ 5,8 mil*;
  • psicanalista — R$ 6,7 mil*.

Quais são as áreas de atuação mais valorizadas?

Se você deseja seguir carreira em Psicologia pode ter interesse em identificar as áreas mais valorizadas na profissão. Sobre o assunto, consideramos relevante dizer que a Psicologia como um todo apresenta ótimas perspectivas de trabalho, já que o mercado e a valorização nesse campo se ampliam cada vez mais.

Com o aumento da preocupação acerca de transtornos emocionais, existe a tendência de buscar o apoio de profissionais da Psicologia. Assim, os conhecimentos ligados à saúde mental se fazem necessários na nossa sociedade. Logo, qualquer área escolhida pelo profissional pode trazer bons resultados.

Sua decisão depende, em grande parte, dos gostos e dos interesses que você tem em relação à carreira. Afinal, cada pessoa desenvolve afinidades próprias quando tem contato com o curso e com as oportunidades de um primeiro emprego. Ainda assim, identificar as áreas mais bem-pagas em Psicologia é um bom caminho.

Novamente, essa informação depende da região brasileira e das características de cada mercado de trabalho específico. Contudo, é possível pensar em alguns elementos. Por exemplo, a Psicologia Clínica é certamente o campo de atuação mais conhecido da profissão. Além disso, quem atende por conta própria pode impulsionar os ganhos.

O profissional que oferece psicoterapia em consultório particular tem flexibilidade para organizar sua agenda de atendimentos e especificar seu valor. Logo, o salário pode ser muito interessante, especialmente depois que o profissional ganha experiência e se torna conhecido no seu nicho de atuação.

Outra área que costuma apresentar boas oportunidades de crescimento profissional e aumento salarial é a Psicologia do Trabalho. Atuar no RH de empresas é uma possibilidade atrativa para quem deseja crescer, fazer novos cursos e, no futuro, almejar cargos de liderança e gestão — nos quais estão as melhores condições salariais.

Vale mais a pena abrir o próprio negócio?

Um caminho muito promissor para os profissionais que desejam se formar e conseguir um bom salário na Psicologia é se tornar dono do próprio negócio. O empreendedorismo é uma opção para que você possa responder com mais autonomia “quanto ganha um psicólogo?”. Afinal, você mesmo será responsável pelos seus rendimentos.

Diversos profissionais estão buscando aprofundar seus conhecimentos sobre empreendedorismo e marketing com o objetivo de trabalhar por conta própria. Isso pode ser feito tanto na clínica quanto nas outras áreas de atuação. Existem psicólogos realizando consultorias em escolas, empresas, hospitais, equipes de esporte etc.

Além disso, cada pessoa pode colocar a criatividade em funcionamento para oferecer serviços e produtos diferenciados no mercado. Por exemplo, você pode ser um psicólogo organizacional cujo foco é auxiliar profissionais em seus processos de recolocação no mercado ou de redirecionamento na carreira.

Psicólogos podem, ainda, abrir o próprio negócio voltado aos seus colegas da área. É possível utilizar os conhecimentos e experiências que adquiriu para dar consultoria de carreira ou promover cursos e orientações sobre o tema com o qual eles costumam trabalhar.

O que é preciso para conquistar as melhores vagas?

Depois de descobrir quanto se ganha em Psicologia, é importante saber o que fazer para conquistar seus objetivos e aproveitar as melhores oportunidades do mercado. Quem tem essa meta deve ficar atento à necessidade de apresentar diferenciais e construir um bom currículo.

Seja para conquistar as melhores vagas de emprego, seja para obter sucesso no seu empreendimento, é preciso, em primeiro lugar, investir na qualificação. Fazer a graduação de qualidade oferecida pela Anhanguera é essencial para se tornar um bom psicólogo. Além disso, vale a pena aproveitar tudo que a instituição oferece — corpo docente qualificado, boa infraestrutura, experiências para além da sala de aula etc.

Fazer isso não apenas aumenta a sua qualificação, mas também mostra o quanto você está comprometido com a própria carreira. Essa é mais uma característica necessária para conquistar seus objetivos na profissão.

Como escolher a melhor faculdade de Psicologia?

Agora que você já viu qual é o salário em Psicologia de acordo com área de atuação, localidade e experiência, além de ter conferido dicas valiosas para conquistar as melhores vagas, é hora de se preocupar com a escolha da sua faculdade. Afinal, a graduação é um dos fatores determinantes do sucesso no futuro.

Veja abaixo algumas dicas:

Em todos esses pontos, a Anhanguera é a escolha certa! Aqui com a gente, você tem todo o apoio pedagógico, administrativo e material para ter uma formação de excelência.

Comece a sua carreira quanto antes!

E então, o que achou das nossas informações sobre quanto ganha um psicólogo? Além de comentar sobre os salários em Psicologia, compartilhamos dicas de como se tornar um ótimo profissional e conseguir crescer na carreira. Aproveite nossas orientações e colha seus resultados!

Já está pronto para prestar o vestibular de Psicologia? Não perca tempo: faça sua inscrição no vestibular online da Anhanguera!

* Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 60

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Inscreva-se gratuitamente no vestibular online ou use sua nota do Enem para obter bolsas e descontos!