Psicologia do Trabalho: por que está se tornando uma tendência?

pessoas representando psicologia do trabalho

A Psicologia do Trabalho vem crescendo no mercado, o que tem atraído cada vez mais estudantes de ensino superior da área na hora de buscar uma especialização. Com a percepção mais consolidada de que problemas emocionais são causadores de prejuízos aos negócios, as empresas vêm apostando forte em profissionais qualificados que deem suporte a essa necessidade.

Muitas vezes, quem busca um curso de Psicologia se imagina atuando em consultório, atendendo pacientes de forma particular. Ou, ainda, trabalhando em clínicas, hospitais e outros locais voltados aos serviços de saúde. A verdade, no entanto, é que os psicólogos são necessários também em empresas de diversos segmentos.

Continue a leitura para saber o que é Psicologia do Trabalho e por que essa área é uma tendência, que inclui as seguintes justificativas:

  • demanda crescente do mercado;
  • abertura de vagas nas mais diversas áreas;
  • valorização do profissional no mercado;
  • média salarial interessante para formados;
  • benefícios trazidos à empresa que investe nisso.

Saiba tudo sobre essa área a seguir!

O que é a Psicologia do Trabalho?

Uma das áreas da Psicologia com maior empregabilidade atualmente, a Psicologia do Trabalho é uma subdisciplina que estuda as relações entre profissionais e líderes, de forma inter-relacionada a temas como motivação, produtividade, eficiência, bem-estar e outros aspectos que envolvem o mercado.

Cada vez mais, oferecer um ambiente de trabalho no qual as pessoas se sintam bem é um diferencial competitivo para as empresas na hora de atrair talentos. Os melhores profissionais do mercado desejam atuar em organizações que ofereçam mais do que uma oportunidade de construir uma carreira sólida e uma boa remuneração.

As pessoas querem se sentir acolhidas, respeitadas, integradas e engajadas aos colegas, gestores e à empresa. Com o apoio da Psicologia do Trabalho, entender esses anseios e usar as informações coletadas para construir esse ambiente se torna possível.

Por que a Psicologia do Trabalho é uma tendência no mercado?

Uma carreira em Psicologia pode seguir uma série de caminhos diferentes, e a atuação em empresas e em organizações é um deles. A seguir, entenda os principais motivos que levam a Psicologia do Trabalho a ser considerada uma tendência.

Demanda crescente do mercado

Embora haja registros de sua existência há mais de um século, a Psicologia do Trabalho nunca foi tão demandada no mercado como nos dias de hoje. Isso porque as empresas vêm entendendo de que forma os diversos fatores psicológicos influenciam nas relações entre profissionais e, consequentemente, em seu desempenho e nos resultados conquistados.

Nos últimos 30 anos, a Psicologia do Trabalho passou a crescer ainda mais, o que é refletido pela quantidade de pesquisas desenvolvidas no meio acadêmico e, também, pela criação da Sociedade Brasileira de Psicologia do Trabalho e das Organizações (SBPOT), em 2001, e de seu congresso, chamado CBPOT, em 2004.

Abertura de vagas nas mais diversas áreas

Quando se fala em ter uma carreira em Psicologia em 2020, isso pode significar uma série de formas diferentes de atuação. Especialmente para quem desejar se especializar em Psicologia do Trabalho, o campo é bastante vasto.

Empresas de diferentes segmentos podem demandar profissionais qualificados da área: desde as grandes indústrias, empresas multinacionais e startups que estejam começando a trilhar seus primeiros passos, a gama de negócios que precisam do suporte da Psicologia é enorme.

Valorização do profissional no mercado

Os profissionais formados em Psicologia que buscam esse mercado têm percebido uma valorização grande. Isso porque as empresas entenderam a importância da atuação do psicólogo e os resultados proporcionados, como já mencionamos neste artigo.

A seguir, veja mais alguns motivos que levam o psicólogo do trabalho a ser valorizado no mercado:

  • dá suporte à saúde mental do trabalhador, o que qualifica as entregas realizadas pelos profissionais à empresa;
  • nas empresas em que há risco de acidentes, o psicólogo indiretamente também se torna responsável pela integridade física, já que muitas fatalidades ocorrem por estresse, falta de concentração ou outra questão relacionada à saúde mental;
  • trabalha para trazer satisfação a ambos os lados dessa relação, o profissional e a empresa.

Média salarial interessante para formados

O valor do salário de um psicólogo do trabalho pode variar, dependendo da formação e da experiência do profissional. Em geral, a média salarial fica na faixa dos R$ 3.139,04, de acordo com o site Salário.

Porém, dependendo do nível de especialização, cursos realizados e experiências prévias, um psicólogo pode ter um teto salarial de R$ 7.625,63 mensais, ainda segundo o site Salário. Uma pós-graduação é um diferencial importante.

Os benefícios trazidos para a empresa que investe nisso

O investimento em Psicologia do Trabalho é essencial, como comentamos em vários pontos desse artigo. Não é à toa que as principais empresas do mundo contam com profissionais altamente qualificados em seus times. Na sequência, explicamos com mais detalhes algumas razões para isso ocorrer. Confira!

Redução do absenteísmo

O psicólogo do trabalho é um essencial na hora de evitar acidentes, superar problemas emocionais e dar o devido suporte na resolução de conflitos dentro de um ambiente profissional. Essas são algumas das principais razões para as faltas ao trabalho, que trazem prejuízos aos resultados das empresas.

Mesmo quando a presença física do colaborador é mantida, se ele ou ela estão com a cabeça em outro lugar — pensando em problemas ou, pior ainda, sofrendo com alguma doença mental como depressão, ansiedade ou outro tipo de transtorno — isso também afeta os objetivos de qualquer empresa. É o chamado fenômeno do absenteísmo, que pode ser superado com o devido apoio profissional.

Aumento da produtividade

O cuidado com a saúde mental dos colaboradores de uma empresa tem impacto direto na produtividade. Uma pessoa mais satisfeita com o trabalho e com situações de sua vida pessoal sob controle consegue render muito mais. A tendência, com isso, é fazer com que um círculo virtuoso se forme, promovendo um clima organizacional melhor para todos.

Redução de custos

Outra consequência da boa saúde mental da equipe e do aumento da produtividade é, justamente, a redução de custos. As faltas constantes, o absenteísmo e a queda na busca por resultados acabam aumentando os gastos da empresa — seja no aumento do tempo necessário para se concluir uma tarefa, seja na rotatividade da equipe ou, até mesmo, em assistência médica.

Então, conseguiu visualizar a importância e o impacto da Psicologia do Trabalho no mercado? Espero que tenha gostado do conteúdo e que tenha tirado proveito das informações compartilhadas!

Aqui na Anhanguera, oferecemos o curso de Psicologia com várias formas de ingresso. Inclusive, com a possibilidade de encontrar oportunidades de estágio e trabalho por meio do Canal Conecta, exclusivo para nossos alunos. Se quiser seguir na área de Psicologia do Trabalho, conte com nossa ajuda para conseguir entrar nesse mercado!

Agora, que tal compartilhar este conteúdo com seus amigos nas suas redes sociais e apresentar esse ramo não tão divulgado da Psicologia?

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content