Veja tudo que precisa saber sobre a área de Marketing Digital!

Marketing Digital

Marketing Digital é uma das áreas que mais vêm crescendo nos últimos anos. Estar presente nas mídias, criar conteúdos de valor e se conectar com o público consumidor é mesmo muito relevante para todos os negócios. Para tanto, é preciso que haja profissionais estratégicos bem-qualificados para desempenhar essa função dentro das organizações.

É justamente por isso que a área é promissora não apenas para quem já está no mercado, mas também para quem está pensando em fazer uma faculdade de Marketing Digital. Quer saber mais sobre o assunto e entender o que esperar para o futuro? Então, vem com a gente!

O que é Marketing Digital?

Antes de qualquer coisa, precisamos entender o que é o Marketing Digital. Você sabe todas as ações que uma empresa adota para estar presente online, atrair novos clientes, estabelecer relacionamentos e solidificar a marca nesse universo virtual? Tudo isso é desenvolvido com base em estratégias elaboradas — e esse conjunto de ideias é o que compõe o Marketing Digital.

Se o marketing tradicional de uma empresa é a maneira como ela se comunica com os seus diferentes públicos, o Marketing Digital é a forma como ela faz isso on-line, usando as mídias digitais. A diferença é que, em vez de pensar em propagandas generalizadas, como as que eram feitas nos comerciais de TV antigamente, ela tem a oportunidade de criar ações personalizadas.

Por isso, podemos dizer que o Marketing Digital é uma forma muito mais pontual de fazer marketing. É menos discurso e mais valor gerado para o cliente no momento, lugar e forma certa. É claro que, para isso, a empresa precisa acompanhar a dinâmica desse mercado sempre em constante mudança.

Há pouco tempo, era quase inconcebível que as pessoas comprassem coisas on-line, por exemplo. Era “perigoso”. Hoje, no entanto, essa prática é muito comum. E está em cada vez mais lugares — nos sites, nas mídias sociais e até no e-mail.

Então, a forma que um empreendimento encontra para comunicar suas propostas e atrair público nesses meios deve ser eficiente. Mas quem faz isso? O profissional especializado em Marketing Digital, que pensa desde a maneira como vai chamar a atenção de um público entre tantos outros negócios até como vai fazer para fechar a venda com aquela pessoa.

Como funciona a área de Marketing Digital?

Entendido do que se trata o Marketing Digital, chegou a hora de descobrir como funciona esse “mercado à parte”. Diferentemente do que acontecia com a TV aberta, ou com os jornais impressos, ou com as revistas, o mundo digital é bem mais dinâmico (e exigente).

Com as mídias sociais, se você se posiciona de uma maneira que o público não aprova, há crítica. Se a entrega que você faz para o consumidor não é boa, eles reclamam. E esse feedback vem em tempo real, em modo público.

Em outras palavras, isso significa dizer que não basta você contar uma historinha que faça sua empresa parecer boa. Ela realmente precisa ser boa, ou não vai dar certo. E isso só é construído a partir de estratégias bem embasadas e consistentes, algo que só o profissional de Marketing Digital consegue fazer.

Por quê? Bem, porque, para isso, é preciso criar e acompanhar métricas, medir desempenhos, adotar ações rápidas e certeiras e, principalmente, ser capaz de “ajustar as velas” com agilidade. Tudo isso enquanto gera engajamento e constrói um relacionamento com o cliente.

É claro que tudo isso é atingido por meio de estratégias e técnicas específicas, entre elas:

  • marketing de conteúdo;
  • e-mail marketing;
  • redes sociais;
  • otimização de conversão;
  • marketing de busca;
  • entre outros.

Como está o mercado de Marketing Digital?

O mercado de Marketing Digital é um dos mais promissores, e adivinha só o porquê… Porque todo mundo está na internet! E a empresa que não mandar ver no mundo digital corre um sério risco de acabar sendo esquecida pelo consumidor.

Acontecimentos como a pandemia, por exemplo, fazem com que o mercado se retraia e busque cortes de custos de qualquer maneira. Com isso, por não ser tão compreendido pelos gestores, o Marketing Digital é um dos primeiros que acabam caindo nessa guilhotina. Isso é um erro, porque a empresa perde tráfego e visibilidade.

Por outro lado, agora, em um momento de retomada, a demanda por profissionais que entendam bem o assunto cresce com tudo. Em outras palavras, os empreendimentos demandam uma boa estratégia de marketing, que alavanque novamente as vendas.

Para tanto, seu capital já está reservado para essa retomada de investimentos, o que coloca o Marketing Digital como uma prioridade nessas gestões.

Quais são as tendências para a área de Marketing Digital?

Quer saber quais são as principais tendências relacionadas a esse assunto? Então, é melhor ficar de olho no que vem por aí!

Adeus aos cookies de terceiros

São os cookies de terceiros que tornam a internet gratuita, da forma como utilizamos hoje. Grandes corporações, como a Google, captam dados de usuários como você e eu para fornecê-los a outros anunciantes (empresas). Tais empresas usavam essas informações para segmentar suas ações e potencializar seu poder de convencimento on-line.

Sem isso, as empresas teriam que captar diretamente essas informações — a transformação que se passa hoje. 61% das empresas já estão migrando para essa captação de dados primária.

Com essa mudança, o relacionamento com o cliente terá que ser bem mais próximo para conseguir acesso aos tão desejados dados. Nesse cenário de “cada um por si”, é importante desenvolver estratégias inteligentes para ficar próximo ao público, bem como manter a base de dados bem alimentada para ter um marketing eficiente.

Experiências híbridas

Experiências híbridas é um termo utilizado para se referir àqueles cenários que unem atividades remotas e presenciais, ao mesmo tempo. Durante a pandemia, elas foram cruciais para manter as empresas funcionando normalmente, mesmo que os colaboradores não pudessem estar juntos de forma física.

Essa tendência pode se estender até os clientes, promovendo mais inclusão, inovação e personalização no atendimento ao público. Como? Imagine eventos sendo realizados de forma híbrida, por exemplo. Eles acontecem em um local físico, com pessoas que se encontram para isso, mas são transmitidos online para todos os lugares do mundo.

Além disso, existe a possibilidade de explorar melhor a alternativa do omnichannel (multicanal), seja para comprar online e retirar na loja, seja para comprar digitalmente por totens em um ponto de atendimento físico, por exemplo. Alguns estabelecimentos já estão adotando o autoatendimento como um recurso.

Transição para o social commerce

As pessoas já estão utilizando mais as redes sociais do que os mecanismos de busca na hora de procurar informações sobre alguma marca ou empresa pelas quais se interessam. Isso, junto aos novos recursos desenvolvidos pelos principais aplicativos, demonstram a importância de estar preparado para vender diretamente por esses canais.

Todo mundo passa boa parte do dia nas redes sociais, e se a sua marca estiver lá com os produtos certos, na hora certa, bum! É sucesso garantido. Afinal, 52% das pessoas já compraram algum produto ou serviço que conheceram dentro de uma rede social.

Então, é crucial ter pessoal preparado e antenado nessa tendência. Afinal, será preciso conhecer bem as ferramentas e desenvolver estratégias específicas para esse tipo de negócio. É melhor ficar de olho, não é mesmo?

O surgimento do metaverso

Você já ouviu falar do metaverso? Pois saiba que o conceito não é novo, mas foi o Zuckerberg quem trouxe ele de volta à boca do povo. Trata-se de uma nova realidade proposta para todos nós, uma em que o mundo digital é mais importante do que o físico.

Nele, são usadas diversas tecnologias de realidade aumentada, realidade virtual IA (Inteligência Artificial) e internet para criar um mundo muito semelhante ao dos games. E é óbvio que se as pessoas migrarem para esse “novo mundo”, as marcas devem estar lá.

Quais são as principais atuações do profissional de Marketing Digital?

Se você está pensando em seguir carreira em Marketing Digital, saiba que as possibilidades são diversas. Existem muitos segmentos disponíveis dentro desse grande mercado, além de funções bem específicas. Quer saber quais são elas? Então, olha só!

Analista de Inbound Marketing

É quem estuda formas para gerar e/ou aumentar o tráfego em blogs, além de aumentar o número de leads qualificados. Para isso, ele cuida da relação entre a empresa e parceiros, clientes e fornecedores. Então, o analista:

  • cria o conteúdo usado nas landing pages;
  • emite newsletters para fornecedores;
  • automatiza as atividades de marketing;
  • entre outros.

Produtor de conteúdo

Esse é o profissional que cuida exclusivamente da produção de conteúdos ricos e de qualidade, seja para atrair, seja manter um público interessado. Isso envolve publicações em mídias sociais, blogposts, podcasts, e-books, vídeos e muito mais!

Analista de SEO

O analista de SEO é outro profissional bastante procurado dentro do Marketing Digital. Ele trabalha especificamente com os mecanismos de busca, encontrando formas de ranquear melhor um site ou página na internet.

Sabe aquelas primeiras páginas que aparecem quando você faz uma pesquisa no Google? Elas só estão ali graças a uma eficiente estratégia de SEO. E sem esse profissional, dificilmente uma empresa conseguirá se manter entre as primeiras posições.

Outras opções de profissões nessa área ainda incluem:

  • designers: os profissionais de design digital criam sites, desenvolvem logos, diagramam, ilustram, editam vídeos, criam mídia etc.;
  • analistas de e-commerce: analisam métricas e dados, cuidam da logística, precificam etc.;
  • consultores: executam projetos, desenvolvem estratégias e orientam pessoas;
  • social media: fazem postagens, criam relatórios, desenvolvem conteúdo, gerenciam comentários e mensagens.

E o cenário econômico para quem decide optar por essa carreira também é bastante favorável. O salário de um analista, por exemplo, pode iniciar por volta de R$ 3 mil*, enquanto o de um Gerente de Marketing Digital bate a casa dos R$ 12 mil mensais*.

Como ingressar no mercado de Marketing Digital?

Você até pode se lançar na carreira de Marketing Digital por meio de cursos livres. Mas a verdade é que só uma graduação de nível superior vai oferecer para você a estrutura necessária para se desenvolver de forma lógica e completa.

E se está pensando que isso pode “demorar muito” ou “ficar na contramão” da sua rotina, não se preocupe. Existem vários cursos superiores em formato digital e presencial, para que você escolha a melhor alternativa de acordo com os seus horários.

Além disso, uma graduação permite continuar estudando depois, e essa é só uma das vantagens da faculdade de Marketing Digital. Você poderá recorrer a uma especialização na área com a qual sente mais afinidade dentro do segmento. Mais do que aprofundar seus conhecimentos em um assunto, vai colocar você como uma autoridade nele.

E durante todo esse percurso, vai interagir o tempo todo com várias ferramentas, técnicas e estratégias que vão ajudar na sua vida profissional depois, na prática. Desse modo, você ganha experiência em como trabalhar com Marketing Digital ao mesmo tempo em que aprende.

A Anhanguera te ajuda a construir carreira em Marketing Digital!

Para entrar no mercado de trabalho com ainda mais possibilidades, fazer um curso superior é um diferencial. ‎A ‎‎Faculdade de ‎‎Marketing ‎‎Digital na Anhanguera ‎‎tem a duração ‎‎de dois anos‎‎ (4 semestres). ‎‎Durante ‎‎esse tempo, ‎‎você ‎‎ganhará ‎‎‎‎uma ‎‎visão geral ‎‎das ‎‎muitas ‎‎áreas ‎‎da ‎‎profissão.

E aqui no Tecnólogo da Anhanguera, você conta com as seguintes vantagens:

  • disposto em 4 semestres (2 anos);
  • professores reconhecidos no mercado;
  • conteúdos atualizados;
  • acesso ao Canal Conecta, nossa plataforma gratuita com vagas de emprego e estágio em todo o país;
  • diversas opções de bolsas, convênios e descontos;
  • disponível nas modalidades 100% online ou semipresencial.

Você vai aprender marketing de conteúdo, comunicação digital, analytics e muito mais! A grade ainda inclui:

  • Ações de Engajamento do Consumidor;
  • Análise e Tendência de Mercado;
  • Branded Content;
  • CRM – Gestão do Relacionamento com o Cliente;
  • Digital Branding;
  • Empreendedorismo Digital;
  • Experiência de Usuário;
  • Gestão Mercadológica na era Digital;
  • Indicadores e Métricas;
  • Mídia Online;
  • Planejamento Estratégico Digital;
  • Projetos para Marketing Digital;
  • SEO e Redação para Web.

Tudo isso vai preparar você para atuar com os principais desafios do mercado. Então, não dá para perder tempo. É melhor começar o quanto antes e aprender tudo o que precisa para começar nessa área tão desejada.

E se ‎‎quiser‎‎ ter ‎‎‎‎os ‎‎benefícios ‎‎de ‎‎um ‎‎diploma, recomendamos se inscrever para o vestibular online da Anhanguera o quanto antes!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.