Quais são as principais causas do desemprego?

causas do desemprego

Bem antes da pandemia do novo coronavírus, a falta de empregos já era um problema acentuado no Brasil. Agora, se agravou ainda mais. No entanto, há diversas causas do desemprego que podem ser combatidas.

Você sabe quais são? E como agir para não entrar nessa estatística? É o que mostraremos neste post que nós da Anhanguera preparamos para você. Confira!

Entenda quais são as causas do desemprego

As causas do desemprego são cíclicas e variam de acordo com cada época.

No segundo trimestre de 2020, por exemplo, em razão da pandemia da Covid-19, a taxa de desemprego atingiu 13,7% da população brasileira, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em matéria publicada na Agência Brasil.

São 12,9 milhões de pessoas sem trabalho. Somente nos últimos meses de 2020, cerca de 3 milhões de brasileiros foram demitidos. Nesse sentido, o isolamento social e o fechamento do comércio e de parte da indústria contribuíram com a situação.

No entanto, há causas do desemprego que são históricas e merecem ser conhecidas, como mostraremos agora.

Crise financeira

O Brasil vivenciou nos últimos anos uma grave crise política e econômica, afastando investidores. Com a redução no crédito, muita gente deixou de consumir, afetando negativamente as vendas.

Assim, o desaquecimento do mercado refletiu no fechamento de inúmeras vagas, prejudicando a qualidade de vida de milhões de cidadãos.

Um dos setores que sentiram o peso da crise foi a indústria automobilística, além da construção civil. Dessa maneira, muitas empresas diminuíram o quadro de funcionários para se manter competitivas.

Portanto, a crise econômica tem impacto direto entre as causas do desemprego e sempre é uma das influências negativas, como já aconteceu em outros momentos da história do país.

Redução de custos

Ao reduzir a produção, inevitavelmente as empresas têm que cortar na própria carne, ou seja, a redução de custos é uma espécie de bola de neve no processo do desemprego.

Além de diminuir gastos com viagens, compras de matérias-primas e novos investimentos, as companhias cortam colaboradores como forma de redução nos custos.

É aí que entra mais uma das causas do desemprego. Tanto é que muita gente chega em casa com a notícia “fui demitido“, justamente quando a empresa está passando por dificuldades para se manter no mercado.

Aliás, a redução nos custos passa por outros setores, como cortes de benefícios e horas extras.

Substituição dos homens por máquinas

Além das máquinas, a Internet das Coisas, chamada de IoT (Internet of Things) também está mudando a dinâmica do trabalho no mundo.

Agora, um aplicativo ou software faz o serviço que antes necessitava de três ou mais funcionários; assim, a redução no quadro de trabalhadores é inevitável.

As máquinas soldam carros nas linhas de produção, transformam tubetes em garrafinhas de água e assim por diante.

Com isso, os homens precisam buscar qualificações para não serem substituídos facilmente, como você lerá agora.

Falta de mão de obra capacitada

A falta de mão de obra capacitada é uma das principais causas do desemprego no Brasil.

Sem qualificação profissional adequada, muita gente perde seus postos de trabalho para máquinas ou pessoas mais eficientes.

Isso porque as empresas querem otimização do tempo, redução dos custos e aumento da produtividade; então, quem não souber se adequar às novas tecnologias fica para trás.

Portanto, é preciso buscar conhecimento e investir em educação para fugir das causas do desemprego. É o que vamos explicar no próximo tópico!

Saiba como você pode sair dessa situação

Como ninguém quer amargurar o desemprego, nada melhor do que a adoção de algumas atitudes que ajudam a manter esse inimigo afastado.

A principal delas é justamente a constante busca pela qualificação profissional de acordo com o seu perfil.

Isso porque quem está atualizado no conhecimento se torna útil em várias vertentes dentro de uma empresa. Afinal, os profissionais que conseguem atuar em inúmeros setores se destacam e ainda contribuem com a redução nos custos.

Por isso, o investimento no estudo é fundamental, além das pós-graduações. O objetivo é não só a manutenção no mercado de trabalho, como também na conquista de credibilidade e de confiança por parte dos empregadores.

Conte com uma graduação

Atualmente, a graduação é essencial para quem quer conseguir os melhores empregos e mantê-los.

Aqui na Anhanguera, você terá uma vasta opção de cursos nas áreas de Ciências Exatas, Ciências Humanas e Ciências Biológicas para a sua formação.

Contamos com professores altamente qualificados e laboratórios modernos com todas as exigências do mercado, inclusive com cursos a distância (EAD) para você estudar quando e de onde quiser.

Dessa forma, é possível melhorar o currículo e ainda obter conquistas dentro do seu emprego.

Um técnico em informática, por exemplo, poderá se tornar gerente de TI (Tecnologia da Informação) após concluir o curso em Ciências da Computação, afastando o fantasma do desemprego.

Ao concluir uma graduação, você se diferenciará dentro da sua empresa, tendo mais reconhecimento e oportunidades. Caso haja um corte, certamente quem não buscou um curso superior entrará primeiro na lista.

Invista em especializações

As especializações fazem parte do chamado aprimoramento profissional e são essenciais para o crescimento na carreira.

Ao fazer uma pós-graduação, é possível obter melhores rendimentos e ainda garantir a sua vaga caso uma redução no número de funcionários aconteça na empresa.

Trata-se de um investimento com retorno certo e que auxilia também no networking, aspecto importantíssimo para as pessoas trocarem experiências e até mesmo se autoajudarem na permanência ou em uma possível troca rápida de emprego.

Afinal, há oportunidades que não podem ser desperdiçadas. E quem investe na educação frequentemente conquista voos mais promissores.

Tenha soft skills bem-definidas

Soft skills são as habilidades e as competências comportamentais que ajudam no crescimento profissional. Portanto, defina as suas e trace metas de acordo com as suas pretensões, indo sempre em busca dos seus sonhos.

Aqui na Anhanguera existem suportes voltados aos alunos que querem aprimorar a vida profissional. Um deles é o Canal Conecta, uma plataforma exclusiva que auxilia os estudantes a encontrar oportunidades profissionais e também dicas sobre aspectos do mundo corporativo.

Outro é a Trilha de Carreira: trata-se de atividades extracurriculares 100% gratuitas e online visando preparar o aluno para o mercado de trabalho. Nela, você encontra aulas voltadas à Gestão de Projetos, Inglês, Empreendedorismo, Liderança e muito mais.

Conte com a Anhanguera e fique longe do desemprego

Ao cursar uma graduação de qualidade, você combate as causas do desemprego, mantendo-se sempre em evidência e com a mente tranquila de que está fazendo a sua parte em busca do sucesso profissional.

E aí, gostou do nosso post? Ficou com alguma dúvida? Então, deixe aqui o seu comentário!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.