Artes Plásticas ou Artes Visuais? Entenda a diferença

profissional de artes plásticas

Existem cursos de graduação muito semelhantes: tratam do mesmo objeto de estudo, mas com abordagens e objetivos diferentes. Esse é o caso de quem fica em dúvida na hora de escolher entre Artes Plásticas ou Artes Visuais.

Para que você possa investir no curso que mais combina com seus objetivos, é preciso saber a diferença: Artes Plásticas ou Artes Visuais? Continue a leitura que preparamos aqui na Anhanguera e descubra quais profissões cada graduação permite seguir e como está o mercado de trabalho da área!

Quais são as diferenças entre Artes Plásticas e Artes Visuais?

Antes de entender as diferenças entre esses dois cursos, é preciso saber qual habilitação você deseja. Bacharelado, Licenciatura e Tecnólogo são as opções de titulação, e cada uma propõe uma abordagem de curso, de acordo com o objetivo profissional do aluno.

No Brasil, hoje, quem se interessa pela área pode optar em seguir carreira no ensino da disciplina (Licenciatura) ou em produção, pesquisa e crítica de arte (Bacharelado).

De modo geral, as Artes Plásticas, também chamadas de Belas Artes, incluem técnicas tradicionais de:

  • Pintura;
  • Desenho;
  • Gravura;
  • Escultura;
  • Cerâmica;
  • Tecelagem.

São estudadas, no curso, as técnicas relacionadas à produção de obras artísticas a partir de materiais diversos — gesso, metal, papel, por exemplo — em vários momentos da História, da Arte Rupestre à Contemporânea.

Já as Artes Visuais ganharam essa denominação com o advento das novas tecnologias, sem que fossem deixados de lado os meios de expressões tradicionais (citados acima).

Dessa forma, também abarcam o estudo de produtos feitos por meios tecnológicos, como programas de computador, e outros tipos de arte, como cyber-art, cinema, fotografia e design.

Grade curricular

Em ambos os cursos, há matérias teóricas e práticas, com oficinas e aprendizagem de técnicas.

Em Artes Plásticas, são vistas disciplinas teóricas como:

  • História da Arte;
  • Cerâmica;
  • Escultura;
  • Desenho Artístico;
  • Cultura Popular;
  • Gravura;
  • Serigrafia;
  • Performance Artística;
  • Cultura Popular;
  • Preservação e Restauro.

No curso Artes Visuais, as disciplinas estudadas são:

  • Plástica;
  • Artes Gráficas;
  • Tipografia;
  • Processos Criativos;
  • Linguagem do Desenho;
  • Fotografia;
  • Artes e Computação Gráfica;
  • Computação Gráfica e Multimídia;
  • Arte, Estética e Filosofia;
  • Desenho Artístico;
  • Desenho Animado.

No caso da Licenciatura em Artes, o curso contempla as disciplinas didático-pedagógicas, que preparam o estudante para atuar na sala de aula:

  • Ensino de Artes;
  • Psicologia da Educação;
  • Filosofia da Educação.

Além delas, é preciso cumprir o estágio supervisionado. Uma notícia boa com relação ao curso de Artes Visuais é o fato de ele ser oferecido na modalidade de ensino semipresencial. Assim, você tem mais flexibilidade na rotina, sem abrir mão da experiência prática essencial à formação na área.

Abrangência profissional

O campo de atuação para o profissional formado em Artes Visuais é bem amplo: vai de indústrias a museus, passando por empresas de ramos diferenciados, como cinematográfico e publicitário.

Muitos artistas optam pelo trabalho freelancer. Trabalhar de acordo com seu horário, dando aulas de técnicas e de expressões artísticas ou mesmo projetando sites para clientes — a área abrange múltiplos caminhos.

Objetivos

Independentemente do tipo de emprego que se encaixa no seu perfil, a área relacionada às Artes (Visuais, Plásticas ou outras) é destinada a quem pretende trabalhar com cultura.

Se seu objetivo é, de alguma forma, contribuir para preservar e incentivar as expressões culturais do país, essa área é para você.

Como está o mercado de trabalho para Artes Visuais?

Agora que você já entendeu o que é Artes Visuais e como é a formação, vamos mostrar a situação do mercado de trabalho para quem se forma nesse curso. Quem é formado em Artes produz obras, claro, mas também cuida de exposições, curadorias, fomentação e divulgação de artistas.

É preciso muito estudo para compreender as diversas manifestações artísticas e culturais e seu relacionamento com a sociedade. Dada essa complexidade, há um mercado enorme que vai de indústrias de moda (sim! Quem você acha que desenha a estampa da roupa que você está usando?) à projeção de sites.

Com tamanha amplitude, é de se imaginar que o salário de um profissional de Artes Visuais também seja variável. No caso dos artistas, a valorização do trabalho é bem subjetiva, dependendo de vários fatores.

Já para o professor licenciado, a média salarial no Brasil é R$ 3.275,90* para 28 horas semanais atuando no ensino médio, com teto de R$ 10.447,17*.

Quais são as oportunidades de atuação nessa área?

Quem opta pelo curso de Artes Visuais aqui da Anhanguera tem uma gama de oportunidades para seguir na carreira. Veja como é amplo o cenário e o mercado de trabalho para o artista visual.

Indústria têxtil

Na indústria, o artista é responsável por criar as estampas e selecionar as cores e as texturas dos tecidos de uma coleção. Não confunda com o designer de moda, que é quem cria os modelos das roupas.

E é possível, ainda, tratar de questões fundamentais da atualidade, como moda sustentável, incluindo a arte na necessidade de cuidar do planeta.

Museu

Em museus e em galerias de arte, o profissional de Artes Visuais não é apenas o autor das obras. Ele também pode atuar como curador, que é quem organiza a exposição, como organizador de eventos e como administrador do local.

Multimídia

Todas as formas de comunicação multimídia a que temos acesso na TV, nos sites e no cinema, assim como produções voltadas para setores específicos — material didático, por exemplo — passam pelas mãos de um artista visual.

Crítica

Uma atuação pouco divulgada quando se fala em Artes de modo geral é a crítica. O profissional pode se tornar um especialista em obras de diferentes gêneros e períodos, determinando seu valor de venda.

Docência

Se seu perfil profissional está relacionado ao ensino, a formação em Licenciatura é a mais indicada. Quem opta pela carreira docente pode lecionar em escolas públicas e privadas da educação básica, além de instituições de ensino superior, de acordo com a especialização que fizer.

As habilidades profissionais que o professor precisa ter compreendem paciência, liderança, criatividade e inovação. Isso porque o ensino da disciplina, chamada de Artes, Iniciação Artística ou Educação Artística, requer criticidade.

Como você viu, apesar de muitos aspectos em comum, o foco das Artes Visuais é bem diferente do curso de Artes Plásticas. Na hora de realizar sua escolha, analise a abordagem de cada curso, sem esquecer que o de Artes Visuais trata tanto das técnicas mais tradicionais quanto das possibilidades mais modernas!

E então? O que você está esperando para se inscrever no Vestibular Anhanguera? Comece sua carreira agora mesmo, sem precisar sair de casa!

*Sujeito a alteração.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.