6 áreas de Design de Moda nas quais atuar depois de formado

áreas design de moda

Ao ingressar no curso de Design de Moda, o aluno começa a ter contato com diversas especialidades, que mesclam atividades teóricas e práticas essenciais não só para a profissão do estilista, mas para os outros cargos que a complementam. Assim, existem diversas áreas de Design de Moda para que o aluno opte por aquela de que mais gostar.

As principais características do profissional são gostar de atuar em meio a tecidos, saber trabalhar em equipe, gostar de desenhar, ter bom gosto e ser criativo. Ele desenha sapatos, joias, bolsas e qualquer peça de roupa, além de criar estampas e texturas.

Se você deseja saber como trabalhar com moda para ter uma boa capacitação profissional e as principais áreas de atuação que vão além do Estilismo, não perca as próximas linhas. Por aqui, você vai conferir, além da importância de optar por uma boa faculdade, detalhes das 6 áreas de Design de Moda nas quais atuar depois de formado:

  • Estilismo;
  • Produção de Moda;
  • Consultoria de Imagem;
  • Figurinismo;
  • Marketing de Moda;
  • Ilustração de Moda.

Boa leitura!

6 áreas de Design de Moda para atuar depois de formado

Apesar de o Estilismo ser uma das áreas mais conhecidas, o mundo da Moda é marcado pela diversidade de possibilidades de atuação. Conheça as principais a seguir, as atividades realizadas no cotidiano de trabalho e a remuneração média do profissional.

1. Estilismo

O Estilismo é uma das principais áreas de moda, sendo responsável por atuar na parte mais criativa do ramo: o desenho e a criação de acessórios, calçados e roupas. Para alcançar o sucesso profissional nessa especialidade, é importante se dar bem com artes e desenho e estar sempre atualizado com as tendências.

Esse profissional trabalha para muitas marcas, que vão desde as de alta-costura até as mais comerciais e populares. Durante a criação, alguns fatores são considerados:

  • qualidade;
  • tecnologia;
  • originalidade;
  • viabilidade do produto;
  • sustentabilidade.

Assim, o estilista deve acompanhar as mudanças que fazem do Design de Moda uma área em constante ruptura.

Para se dar bem como estilista, é necessário saber modelar, costurar e desenhar, mas essas características podem ser aprendidas. O importante é ser criativo e não ficar com medo de ousar. O salário de um estilista é de cerca de R$ 3.528.

2. Produção de Moda

A Produção de Moda tem por objetivo administrar o desejo de marcas na idealização de uma imagem final. Assim, o profissional pesquisa acessórios, roupas e modelos para a realização de campanhas, como os desfiles e os filmes.

O produtor de moda é importante por encontrar um meio viável para que a ideia da roupa se torne atraente e desperte a atenção do consumidor com exposições, desfiles, teatro, cinema, figurinos e catálogos.

O propósito de preparar e observar todas as etapas do evento que vai acontecer, planejar e definir os looks e coordenar tudo no tempo certo também é responsabilidade do produtor de moda. O salário é de cerca de R$ 1.858.

3. Consultoria de Imagem

A Consultoria de Imagem também é uma das principais áreas de atuação na Moda e tem por objetivo orientar mulheres e homens a se vestir de um jeito apropriado para diversas ocasiões, de acordo com o modelo de corpo, rosto e cor do cabelo e pele. O indivíduo habilitado para esse trabalho realiza uma análise do perfil do cliente, já que o modo como cada pessoa se veste diz muito sobre a personalidade.

O profissional define um estilo ao cliente e passa a auxiliá-lo na montagem de um novo guarda-roupa e na combinação de peças, além de trabalhar e opinar no corte de cabelo e maquiagem. O salário de um consultor de moda é de cerca de R$ 1.538.

4. Figurinismo

O Figurinismo tem por objetivo elaborar o figurino usado por personagens de uma produção artística, seja ela no formato teatral, televisivo ou cinematográfico. O profissional é responsável por criar acessórios, adereços e trajes de acordo com os aspectos do roteiro.

Se o vestuário de um indivíduo na vida real diz muito sobre sua personalidade, seu estilo e suas características, não poderia ser diferente com relação a personagens fictícios. Nesse caso, é necessário prestar atenção ao contexto do enredo, ao corpo do ator e ao cenário das gravações.

Assim, o figurinista deve providenciar os acessórios e as peças necessários, como óculos, luvas, chapéus, bolsas, bengalas, entre outros. O salário de um figurinista é de cerca de R$ 5.030.

5. Marketing de Moda

O Marketing de Moda é uma aplicação de várias técnicas com o objetivo de tornar mais transparente, para as empresas, os desejos e as necessidades dos consumidores. Assim, a companhia consegue responder com serviços e produtos de moda que os atendam plenamente.

Essa área é responsável por assegurar ao cliente e à empresa a obtenção do melhor proveito por meio de gestão, controle e planejamento de um design vencedor e criativo.

6. Ilustração de Moda

A Ilustração de Moda é responsável pela criação de desenhos, esboços e várias obras de arte comuns no mundo da Moda. O ilustrador pode trabalhar como freelancer ou criar portfólios. A ilustração fica à disposição para ser utilizada em revistas e em campanhas publicitárias e pode ser vendida como arte.

Para isso, é muito importante ter conhecimentos técnicos. Mesmo na mídia digital, o aproveitamento torna-se completo quando há o desenvolvimento de técnicas e de ferramentas, já que o caimento de tecidos e a coloração no corpo humano são essenciais para o desenvolvimento de todos os materiais. O salário é de cerca de R$ 3.464.

A importância de optar por uma boa faculdade

Após conhecer as principais áreas de Design de Moda nas quais atuar depois de formado, é muito importante optar por uma faculdade de excelência e reconhecida no mercado. Aqui na Anhanguera, é possível contar com professores altamente capacitados que proporcionarão todo o conhecimento necessário em relação à área. Isso sem falar na excelente qualidade do ensino e nas várias formas de ingresso.

Estudando na Anhanguera, você estará preparado para trabalhar no mercado fashion, já que a graduação Tecnológica proporciona uma boa formação ao focar a aplicação prática do conhecimento.

Além disso, fique atento à conexão que a faculdade oferece com o mercado de trabalho. A área de Design de Moda é bem disputada; por isso, além de investir num bom networking, ter uma ponte entre a faculdade e as vagas de emprego ou estágio é fundamental. Nesse sentido, nossos alunos contam com o Canal Conecta — plataforma de vagas exclusiva para inscritos na instituição.

Agora que você já conhece as áreas Design de Moda e já tem em mente qual deseja seguir, é hora de escolher a faculdade. Para isso, independentemente da especialidade escolhida, uma boa faculdade fará toda diferença para conquistar as melhores oportunidades.

Gostou deste post e tem alguma dúvida? Então, confira a disponibilidade do curso na sua região!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 20

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content