Medicina ou Medicina Veterinária? Qual área seguir?

Medicina ou Medicina Veterinária

A escolha de uma graduação para chamar de sua é sempre um desafio. Esse é, afinal, um momento que definirá a sua carreira por toda a vida ou, pelo menos, por alguns bons anos. Por isso, é uma decisão que deve ser ponderada e tomada a partir da análise racional de fatos, evitando desistências e arrependimentos no futuro.

Entre as dúvidas possíveis dos vestibulandos, uma muito observada é: devo fazer um curso de Medicina ou um curso de Medicina Veterinária? Essas áreas são bastante parecidas, ainda que uma delas se resuma aos cuidados com os humanos e a outra, com animais de inúmeras espécies.

Quer ajuda para tomar essa decisão? Então, continue a leitura e descubra dicas que podem ser bem úteis para você se decidir por Medicina ou Medicina Veterinária!

Como é o curso de Medicina Veterinária?

O curso de Medicina Veterinária tem duração de 5 anos (10 semestres) e é oferecido na modalidade Bacharelado. Ele está disponível apenas no modo presencial, devido à grande quantidade de matérias práticas existentes na grade.

As matérias de Medicina Veterinária englobam toda a área da carreira, passando por conteúdos de diversas especializações e oferecendo um aprendizado completo para os estudantes.

Os estágios obrigatórios são parte importante da formação. Com eles, o estudante entra em contato com o dia a dia de diversas especializações e aprende bastante na prática.

E o curso de Medicina?

O curso de Medicina tem duração de 6 anos (12 semestres) e também é oferecido nas modalidades Bacharelado e presencial.

Os estudantes aprendem a teoria nos primeiros 4 anos e passam os 2 últimos em um regime de internato, com prática hospitalar e clínica.

Na Medicina na Anhanguera, usamos a modalidade PBL (aprendizado baseado em problemas), na qual o aluno entra em contato desde o primeiro semestre com casos clínicos e aprende todo o conteúdo de forma bem prática e dinâmica.

Qual é o perfil dos estudantes de Medicina e de Veterinária?

Os perfis do estudante de Medicina Veterinária e de Medicina são bastante parecidos. Ambos têm como características:

  • vontade de aprender;
  • desejo de ajudar ao próximo;
  • apreço por matérias das Ciências Biológicas;
  • disciplina, organização e foco;
  • inteligência emocional;
  • boa habilidade de comunicação.

E muito mais!

Lembrando que essas características são trabalhadas ao longo da graduação. Por isso, nada de pânico! Você terá tempo suficiente para desenvolver cada uma delas durante os seus anos de estudo.

Medicina ou Medicina Veterinária? Qual área seguir?

Ainda está com dúvidas? Não se preocupe! A seguir, falaremos separadamente sobre as diferenças e as semelhanças entre essas duas graduações. Vamos lá?

Semelhanças entre os cursos

Alguns pontos de convergência entre os cursos são:

  • carga horária de estudos bem puxada;
  • predominância de matérias das Ciências Biológicas na grade curricular;
  • importância da comunicação com as pessoas no dia a dia de trabalho e estágios;
  • importância da realização de estágios.

É importante salientar que não é apenas a Medicina que trabalha com diversas áreas de atuação. O estudante que optar pela alternativa também poderá escolher, já que a especialização em Medicina Veterinária é cada vez mais importante hoje em dia. A residência veterinária está igualmente em alta, o que é outro fator em comum entre as graduações.

Diferenças entre os cursos

Já os principais pontos de divergência entre os cursos são:

  • foco das disciplinas, já que a Medicina estuda apenas os seres humanos, e a Veterinária, diversas outras espécies;
  • duração do curso, já que a Medicina Veterinária tem um ano a menos de currículo;
  • organização do currículo, já que a Medicina tem metodologias específicas como o internato e o sistema PBL.

Quais são as áreas de atuação de cada um dos profissionais?

Para que você saiba ainda mais sobre as diferenças e as semelhanças entre essas carreiras, vamos conversar um pouquinho sobre as áreas de atuação desses profissionais. Tudo pronto?

Médico

O médico poderá atuar em diversas frentes. Ele sairá da faculdade como clínico geral e já poderá trabalhar nesse cargo, mas também poderá optar por especializações como oftalmologia, cardiologia, cirurgia, pediatria e muitas outras.

Os locais de atuação desse profissional são:

  • hospitais;
  • clínicas;
  • ambulatórios.

Além disso, ele poderá atuar no setor acadêmico (como professor) ou com pesquisa, desenvolvendo técnicas e materiais para otimizar o trabalho de outros médicos.

Médico veterinário

As áreas da Medicina Veterinária são semelhantes às da Medicina. O graduado também sairá formado como clínico geral e poderá se especializar em setores como os da Medicina humana.

Ele também poderá atuar em clínicas e em hospitais veterinários, mas não para por aí. O veterinário tem grande importância para a saúde pública e a economia e poderá trabalhar com:

  • melhoramento genético;
  • produção animal;
  • preservação ambiental;
  • centro de zoonoses;
  • vigilância sanitária;
  • inspeção de produtos de origem animal;
  • desenvolvimento de rações e de produtos para uso dos pets.

E muito mais!

Como está o mercado de trabalho para as profissões?

Na hora de decidir sobre uma carreira, também precisamos levar em consideração a realidade do mercado de trabalho que a envolve. Vamos saber mais sobre isso?

Medicina

O mercado de trabalho para o médico é um dos mais promissores do Brasil. Essa é uma profissão extremamente valorizada e, sem dúvidas, não faltam vagas para esse profissional em qualquer região do país.

O salário de um médico clínico geral é de R$ 7.128,47*.

Medicina Veterinária

O mercado de trabalho para Veterinária também é bastante promissor, especialmente se considerarmos o avanço da preocupação com os animais de estimação e as possibilidades de atuação no setor agropecuário e de saúde pública.

O salário de um médico veterinário clínico geral é de R$ 3.948,71*.

Como conseguir uma vaga nesses cursos?

Para muitas pessoas, conquistar uma vaga em cursos como esses é praticamente impossível. É muito comum encontrar vestibulandos que dizem: “não consigo passar em Medicina!” e, por isso, desistem de seus sonhos. Essa também é uma realidade válida para quem quer prestar Veterinária.

A aprovação no vestibular depende de uma série de fatores. Algumas dicas que podemos passar são:

  • tenha um cronograma de estudos eficiente;
  • assista a boas videoaulas;
  • faça muitas questões e simulados.

E, mais importante, não desista! Um ano de estudos nunca é um ano perdido e, sem dúvidas, o seu momento vai chegar.

Além disso, explore suas opções. Na Anhanguera, contamos com várias formas de ingresso e também opções de bolsas que poderão facilitar o seu ingresso em um curso superior. Vale a pena conferir! 

Agora é com você!

Já conseguiu se decidir? E aí, qual é o curso ideal para você: Medicina ou Medicina Veterinária? Independentemente de qual tenha sido a sua decisão, sabemos que você terá muito sucesso em sua carreira, sobretudo se optar por estudar em uma instituição renomada e reconhecida pelo mercado!

Já que estamos falando sobre isso, que tal aproveitar e já se inscrever para o vestibular Anhanguera? Assim, você adianta o seu futuro e tem a certeza de ingressar em uma instituição respeitada!

* Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content