Você sabe quais são as engenharias mais bem-pagas? Confira!

engenharias mais bem pagas

O fator financeiro pode atrair muitos jovens que se preparam para os vestibulares com o objetivo de conquistar uma vaga em um curso de Engenharia. Com o aumento dos planos de habitação do Governo, além dos incentivos em energia eólica, gasodutos, refinarias e construções hidroelétricas, a demanda por engenheiros cresce cada vez mais. Assim, é importante conhecer as engenharias mais bem-pagas do Brasil.

A carreira em uma área da Engenharia é uma das mais promissoras e os profissionais podem receber, em média, R$ 6.000,00 por mês já nos primeiros anos de trabalho. De maneira geral, o salário varia de acordo com a região, a experiência e o perfil do mercado. Quanto maior a especialização, maiores são as chances de conseguir um emprego bem remunerado.

E aí, ficou interessado? Neste post, vamos mostrar quais são as engenharias mais bem-pagas para que você possa fazer a sua inscrição na faculdade de forma certeira. Confira!

Engenharia de Petróleo

A Engenharia de Petróleo é uma das melhores engenharias para quem deseja seguir carreira. O engenheiro de petróleo combina as técnicas da engenharia com conhecimentos em mineração e geologia para explorar e descobrir jazidas e poços de petróleo e gás natural. Ele também é preparado para acompanhar o beneficiamento e a produção do material extraído, gerenciar sua comercialização e seu transporte.

O principal campo de atuação do profissional está nas refinarias, indústrias petroquímicas e empresas petrolíferas. Por se tratarem de empresas de grande porte, a possibilidade de crescimento também é grande. Um ponto em comum nas várias atividades que o engenheiro de petróleo pode exercer é a responsabilidade com a segurança das pessoas e as equipes de trabalho no processo de extração.

Quem se interessa pela área precisa gostar de estudar e se manter atualizado. Gostar de Física, Química, Geologia, Geografia e Ciências é fundamental. Por ser uma profissão ligada ao mercado internacional, dominar outros idiomas também é essencial.

A Engenharia de Petróleo é uma das profissões mais bem-pagas, com média salarial de R$ 11.117,84. Além dessa opção, você ainda pode cursar Engenharia Química ou Engenharia de Produção e seguir na área e ter todos esses benefícios. Interessante, não é mesmo?

Engenharia Civil

A Engenharia Civil é um dos tipos de engenharia mais conhecidos. O curso está em alta, já que o mercado da construção civil está em grande desenvolvimento. O profissional pode executar, gerenciar e projetar construções e obras. Além disso, ele atua na análise de insolação, na definição do melhor tipo de solo para a construção e no aproveitamento da ventilação local.

Com um amplo campo de atuação para a pessoa formada na área, o engenheiro civil pode se especializar em vários segmentos, como saneamento, transporte, hidráulica, estrutura e mecânica dos solos, bem como materiais para a construção civil, tecnologia e gestão de projetos.

Você deseja seguir nessa área? Então, é necessário gostar de trabalhar com números, já que a atividade profissional envolve muitos cálculos. Além disso, o estudante deve ser meticuloso e organizado em seus projetos.

Profissionais em início de carreira podem ganhar cerca de R$ 4.000,00, enquanto que os diretores de Engenharia Civil recebem até R$ 20.073,00. A média salarial para o país fica entre R$14.321,00.

Engenharia de Automação

A Engenharia de Automação é responsável por gerenciar, desenvolver e projetar equipamentos usados nos processos produtivos dos mais variados tipos de indústria. O profissional desse ramo é encarregado da automação dos processos produtivos da companhia e pode dar suporte e manutenção para os sistemas já implantados ou criar seu próprio sistema de automação.

Ter afinidade com Matemática e computadores e gostar de tecnologia é essencial para quem quer seguir essa carreira. Além disso, ter conhecimento em Inglês pode ajudar o profissional com a linguagem de programação e a leitura de manuais de equipamentos estrangeiros.

Profissionais em início de carreira podem receber cerca de R$ 4.000,00 e o salário médio chega a mais de R$ 6.000,00.

Engenharia de Produção

A Engenharia de Produção é um curso que garante a capacidade dos processos produtivos, auxiliando a manter baixos os custos de produção de uma indústria ou empresa. Em geral, todas as companhias que apresentam uma linha de produção precisam de uma pessoa qualificada para gerenciar e dimensionar os processos de produção.

Esse engenheiro pode aliar conhecimento técnico com conhecimentos sobre Administração, Economia e Gestão de Pessoas. O Engenheiro de Produção pode analisar e definir a estrutura da empresa. Além disso, pode gerenciar a vida financeira do negócio, aplicações de seus recursos e seus custos.

O profissional dessa área necessita ser capaz de organizar processos e ter raciocínio lógico, sendo fundamental para essa profissão. Além disso, é preciso gostar de tecnologia e Ciências Exatas, já que pode ajudar o estudante durante toda a faculdade. O salário para início de carreira é de aproximadamente R$ 4.000, podendo chegar a R$ 6.228,85.

Engenharia Elétrica

Na Anhanguera, o curso de Engenharia Elétrica forma profissionais que são responsáveis pelo planejamento, construção e manutenção dos sistemas capazes de transmitir, gerar e distribuir energia elétrica. Ele é habilitado para construir e aplicar sistemas de automação e controle em linhas de produção industrial.

Além disso, o profissional pode participar da construção e do projeto de usinas nucleares, termelétricas e hidrelétricas, realizando estudos sobre eficiência energética, considerando as fontes de energia renovável. Também elabora alguns projetos de sistemas de medição de iluminação, consumo de espaços e aterramento de fios.

O estudante que quer seguir carreira em Engenharia Elétrica deve gostar de Tecnologia, Física e Matemática. Além disso, interesse por solucionar problemas e curiosidade são outras características essenciais do profissional.

Por ser uma profissão dinâmica e de muita responsabilidade, o salário inicial chega a R$ 4.000,00. O salário médio é de R$ 6.788,09.

Engenharia Metalúrgica

O Engenheiro Metalúrgico apresenta um conhecimento aprofundado dos metais e suas propriedades, sendo responsável por transformar minérios, ligas metálicas e metais. O profissional desse ramo pode desenvolver e coordenar projetos de produção e tratamento de metais.

Além disso, ele pode combinar esses metais com outros materiais, como vidro e plástico, criando um composto com propriedades diferentes. Por estar em vários segmentos industriais, é um profissional fundamental no setor de metalurgia e indústrias de base.

O salário inicial é de cerca de R$ 2.000,00 e a média é de R$ 8.982,31. Ah, aqui, você também pode também pode cursar Engenharia Mecânica ou Engenharia Elétrica — que são mais facilmente encontráveis e, inclusive, temos aqui na Anhanguera — para seguir na área desejada!

Se você não conhecia as engenharias mais bem-pagas do Brasil, agora sabe que o mercado de trabalho para o curso é muito promissor. Ainda não sabe qual curso escolher? Você pode fazer um teste vocacional no Giro de profissões e ver o que mais combina com o seu perfil! Depois disso, é fundamental saber como escolher a faculdade ideal, para que seus sonhos não fiquem perdidos pelo meio do caminho.

Gostou deste post e quer complementar a sua leitura? Então, saiba o que esperar da Engenharia Civil em 2020!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 18

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.