Emprego e estágio: qual vale mais a pena durante a graduação?

empregos-e-estagios

A graduação apresenta várias oportunidades para os estudantes, que conseguem aprender mais sobre a sua área de atuação tanto na teoria quanto na prática. Durante esse período, é comum ficar em dúvida sobre procurar empregos e estágios.

Você sabe qual é a diferença entre estágio e emprego? Ela pode ser notada principalmente no valor da remuneração, além da forma de contratação. Enquanto o empregado adquire direitos trabalhistas e estabilidade no cargo, o estagiário assume um termo de compromisso e sua atuação tem um tempo determinado.

Entrar no mercado de trabalho é um passo importante para a carreira, por isso é fundamental decidir qual é a melhor opção. Essa escolha deve ser baseada nos objetivos e nas necessidades de cada estudante. Se a meta é o desenvolvimento e o aprendizado, pode ser interessante investir em um estágio. Se a pessoa está precisando de dinheiro, um emprego proporciona mais estabilidade financeira.

Neste artigo listamos algumas reflexões sobre cada opção – emprego e estágio – explicando a importância, bem como as vantagens de cada opção durante a graduação. Acompanhe!

Qual é a importância de fazer um estágio durante a faculdade?

O estágio é uma oportunidade profissional disponível enquanto o estudante está cursando a graduação. Vamos conhecer alguns pontos que demonstram a importância dessa atividade.

Aprendizado na área de interesse

Uma vantagem é a possibilidade de atuar na sua área de interesse, conhecendo a rotina da profissão escolhida e os caminhos que podem ser trilhados. Há também a opção de obter mais de uma experiência, o que permite explorar as diversas opções da sua área de atuação.

Quem procura um emprego nesse período pode ter que optar por um trabalho fora da sua área de interesse, já que ainda não tem a certificação profissional. Por isso, o estágio oferece uma experiência que será fundamental para permanecer trabalhando com o que você gosta.

Fixação dos conhecimentos adquiridos na faculdade

Durante esse período, o estudante tem a oportunidade de colocar em prática o que foi aprendido em sala de aula. É uma chance de trabalhar com profissionais experientes, que podem ensinar os segredos da profissão e do mercado de trabalho.

A faculdade disponibiliza aulas práticas e direciona os estudantes para o aprendizado, mas isso não se compara à experiência que um estágio profissional na área oferece. Ele dá a oportunidade de estar em contato diariamente com a profissão, o que qualifica o estudante para os desafios futuros.

Rotina mais tranquila

As responsabilidades do estagiário existem, mas elas são mais leves do que as de um empregado contratado. A lei do estágio garante que a atuação deve ser focada no aprendizado, mas respeitando a rotina de aulas, provas e avaliações da faculdade.

A carga horária mais curta também permite conciliar o estágio com os estudos, mantendo o rendimento na faculdade. As empresas contratantes são mais flexíveis em relação aos horários e entendem as necessidades estudantis de seus estagiários.

Quais são as vantagens de ter um emprego durante a graduação?

É claro que ter um emprego também oferece benefícios. Diferentemente do estágio, ele pode estar disponível em qualquer fase da vida, sendo que não é necessário estar na graduação para consegui-lo. Veja as principais vantagens a seguir.

Estabilidade financeira e benefícios da CLT

Essa é uma vantagem muito importante para quem precisa pagar a faculdade ou sustentar a casa. O emprego proporciona carteira assinada, um salário maior e estabilidade no cargo, já que não tem limite de contrato, como o estágio. Além disso, essa modalidade costuma incluir plano de saúde, planos de carreira e outros benefícios que podem ser significativos para o profissional, como os benefícios da CLT.

O emprego oferece direitos trabalhistas que um estagiário não tem, como o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), a possibilidade de abono salarial, o décimo terceiro salário, o aviso prévio em caso de demissão não voluntária, entre outros.

Formação pessoal

As atividades do emprego não consideram a rotina do estudante, pois o foco não está no aprendizado. Isso pode gerar dificuldades em diversos aspectos, mas também contribui para o amadurecimento e desenvolvimento do profissional.

Durante a rotina, é necessário aprender a lidar com responsabilidades, o que se torna um desafio para conciliar com as atividades da faculdade. Isso permite que o estudante desenvolva sua capacidade de organização, mantendo as duas áreas em harmonia — estudos e trabalho.

Aumento da rede de contatos

O cotidiano de um emprego coloca os trabalhadores em contato com outros profissionais da área. É interessante manter o relacionamento com colegas mais experientes, que podem indicar os melhores caminhos para o seu futuro.

Essa é uma boa oportunidade para aumentar a sua rede de contatos. Portanto, é importante desempenhar bem as suas funções, pois você pode precisar de indicações futuramente. Nada melhor do que os seus colegas de trabalho e chefes para testemunharem a sua qualidade e o seu comprometimento.

Qual é a importância de estudar em uma boa faculdade?

Uma boa faculdade vai facilitar a sua inserção no mercado de trabalho, seja qual for a sua escolha. Os recrutadores buscam profissionais com boa formação e que estão preparados para os desafios que o cargo oferece.

Por isso, ao escolher uma faculdade para estudar, preste atenção na qualidade do ensino. Procure conhecer a qualificação do corpo docente e se esses profissionais estão preparados para oferecer tudo o que é necessário para o seu aprendizado. Lembre-se que essa escolha é determinante para o sucesso profissional, sendo fundamental considerar vários fatores.

Além disso, é importante avaliar a flexibilidade do curso, suas opções de adaptação e a carga horária de cada atividade. É interessante investir em alternativas que permitam a realização de alguns créditos à distância, facilitando a rotina e os estudos. Isso garante que o estudante terá tempo para estagiar ou trabalhar enquanto estuda.

Essas são algumas diferenças entre empregos e estágios. Como vimos, as duas opções oferecem vantagens aos estudantes, que precisam escolher de acordo com suas necessidades e seus objetivos profissionais. Para aproveitar melhor essas oportunidades e garantir um futuro profissional promissor, é fundamental manter uma rotina organizada e ter disciplina para conciliar estudos e trabalho.

Gostou de aprender mais sobre esse assunto? Então aproveite para compartilhar o artigo nas redes sociais e ajudar mais colegas nessa decisão tão importante!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.