Conheça tudo sobre a área de Design de Interiores!

design de interiores

Você gosta de assistir aos reality shows de reforma, curte ver fotos de decorações nas redes sociais e dar a sua opinião nos trabalhos realizados? Então, provavelmente o curso de Design de Interiores é uma opção e tanto para o seu perfil!

Os profissionais do ramo são responsáveis pelo planejamento de ambientes para aliar estética, praticidade e conforto, de acordo com as necessidades da clientela. Contudo, se engana quem pensa que a atuação se resume apenas à decoração de residências, viu? Uma das vantagens da profissão é que você encontra diversas oportunidades, além de um mercado de trabalho aquecido.

E aí, ficou interessado e quer saber tudo sobre a área de Design de Interiores? Então, vem com a gente! ?

Como funciona a área de Design de Interiores?

A área é caracterizada pelos diversos conhecimentos visuais e cenográficos para a decoração e composição de ambientes internos. Ou seja, é a arte de organizar e planejar espaços, estabelecendo uma relação estética e selecionando os componentes que precisam compor o local.

Mais do que apenas projetar lugares harmoniosos e agradáveis, os designers de interiores buscam oferecer praticidade e conforto para a vida dos clientes. O objetivo dessa carreira é melhorar espaços corporativos e residenciais, tornando-os mais funcionais.

Desse modo, o trabalho é voltado para agradar os gostos pessoais das pessoas, sendo pensado nos mínimos detalhes. O conforto, a segurança e a estética são alguns dos pontos que estão relacionados, o que garante a funcionalidade dos espaços.

Levando em conta que a população está cada vez mais inserida nos ambientes internos, a profissão se tornou um grande desafio. Isso fica mais evidente quando percebemos que os ambientes frequentados pelas pessoas causam um impacto direto no bem-estar e na saúde. Assim, a carreira carrega bastante responsabilidade.

Quando se pensa na área de Design de Interiores, é comum se lembrar de outras profissões, como decorador e arquiteto, não é mesmo? Apesar de serem semelhantes, não são a mesma coisa.

Os decoradores se preocupam com a estética, atuando com elementos finais de um espaço, como cortinas, tapetes e tipos de mobília. Já o arquiteto incorpora funções do designer de interiores e do decorador.

Além disso, ele interfere em questões de engenharia e estruturais, como instalações hidráulicas, elétricas e alvenaria. Logo, os arquitetos podem trabalhar em projetos que têm como foco os ambientes internos e também em grandes edificações.

Como está o mercado de Design de Interiores no Brasil?

O mercado de trabalho para quem trabalha com Design de Interiores está bastante aquecido, principalmente quando se fala da atuação em residências. Afinal, quem não quer ter um cantinho moderno, funcional e personalizado, não é mesmo? ?

Você também poderá exercer suas atividades na área corporativa. Isso porque as corporações já entendem a importância de ter um lugar preparado para seus colaboradores e clientes. Por isso, solicitam uma boa transformação em seus ambientes internos.

Salas de reunião, escritórios personalizados e até mesmo andares inteiros e prédios fazem parte das demandas e dos projetos mais frequentes. A sustentabilidade é outro campo que vem se expandindo. Muita gente já entendeu a importância de ir em busca de alternativas que não prejudiquem o meio ambiente, ampliando as oportunidades profissionais.

Os principais locais em que os designers de interiores podem trabalhar são:

  • escritórios de arquitetura e de design;
  • empresas de projetos de interiores;
  • lojas de mobiliário e de decoração;
  • construtoras e imobiliárias;
  • hotéis, resorts e SPAS;
  • estabelecimentos comerciais em geral.

Em relação a quanto ganha um designer de interiores, saiba que a remuneração também é bastante atrativa: a média é de R$ 2.354,57* e o teto chega a um valor de R$ 5.145,73* para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais. ?

Agora, veja o salário do profissional de acordo com a empresa em que atua:

  • comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios: R$ 3.313,92*;
  • serviços combinados de escritório e apoio administrativo: R$ 3.033,44*;
  • agências de publicidade: R$ 2.963,33*;
  • serviços de organização de feiras, congressos, exposições e festas: R$ 2.160,06*.

Quais são as tendências para Design de Interiores?

Se você já decidiu que quer seguir carreira na área, saiba que é fundamental ficar de olho nas tendências dessa profissão. Confira, abaixo, as principais novidades do setor!

Ambientes confortáveis e acolhedores

Nos últimos tempos, a comodidade se tornou prioridade para quem está em busca de uma casa. No design de interiores, esse fenômeno é traduzido na composição de locais mais calorosos e acolhedores.

Uma das tendências do Design de Interiores é que seja dominado por elementos como materiais macios, formas orgânicas, mix de estilos e texturas e tons pastéis, que transmitem uma sensação de tranquilidade.

Design minimalista

O minimalismo contemporâneo está cada vez mais presente na área, combinando simplicidade, conforto e elegância. Essa estética pode ser traduzida por meio de espaços fluidos, ambientes sóbrios, cores neutras e pela mistura de linhas retilíneas e curvas que resultam em um visual orgânico.

Ambientes funcionais, integrados e de uso coletivo

A integração ambiental é, ao lado da predominância de locais de uso coletivo, outra forte tendência do Design de Interiores. O distanciamento social provocado pela pandemia da Covid-19 resultou em uma grande valorização do convívio, que acaba se refletindo em ambientes integrados.

Além disso, também estão presentes os ambientes multifuncionais que podem otimizar o uso de espaço do imóvel, aprimorando a relação das pessoas com suas residências.

Quais são as principais atuações do designer de interiores?

Após a conclusão do tão sonhado diploma, os recém-formados podem escolher uma entre várias áreas de atuação para exercer as atividades. Ficou curioso? Então, veja, abaixo, as principais especialidades do profissional! ?

Decoração e Paisagismo

Uma das áreas mais conhecidas quando se fala em Design de Interiores é a de Decoração e Paisagismo. Ao escolher essa especialidade, você poderá cuidar de diversas etapas que incluem a aparência externa e interna de um ambiente, fazendo com que, além da beleza, o local se torne mais funcional.

Logo, os designers de interiores que trabalham nesse setor vão escolher os itens de decoração, acompanhando a montagem do todo.

Consultoria

Em muitos casos, os clientes não precisam de uma pessoa para realizar todo o projeto de decoração de um ambiente, e sim de um especialista preparado para ajudar na escolha de fornecedores, analisar o que pode melhorar e identificar os pontos negativos da disposição de um móvel.

Portanto, os profissionais da área de Design de Interiores estão aptos para trabalhar prestando consultoria residencial ou comercial. Isso porque vários negócios locais necessitam de um bom ambiente para garantir um conforto maior aos clientes.

Eventos

Existem diversos elementos que fazem com que um evento seja inesquecível — e vários deles se relacionam ao espaço onde as coisas acontecem:

  • tudo deve transmitir a mensagem que o idealizador do evento deseja passar;
  • as cores precisam harmonizar entre si;
  • a disposição dos objetos deve ser pensada de maneira que não prejudique a circulação de pessoas;
  • a iluminação precisa ser adequada.

Por essa razão, os designers de interiores são a peça-chave no momento de elaborar um evento de sucesso, seja ela uma confraternização de uma empresa ou uma festa de casamento. São esses profissionais que vão:

  • organizar a disposição de plantas, quadros e móveis com o objetivo de facilitar a circulação do público;
  • identificar maneiras de aproveitar o espaço de acordo com o tamanho do evento;
  • planejar todos os detalhes para que o ambiente fique agradável aos convidados.

Set Design

Não tem jeito: mesmo que o roteiro de peças de teatro, séries ou filmes seja bom, o cenário é essencial para que a produção audiovisual se torne um destaque. Um dos exemplos disso é a série Friends, que muita gente se lembra graças aos episódios que aconteciam no apartamento lilás da personagem Monica Geller. ?

Está curioso para entender a relação disso com os designers de interiores? A verdade é que, sem uma pessoa especializada em Set Design (criação de cenários), nada disso aconteceria. Logo, ao escolher por seguir carreira nessa área, você desenvolverá pesquisas sobre o roteiro da produção para criar ótimos cenários e que se relacionem com o filme ou o seriado.

Indústria de móveis

Se o seu sonho é seguir no ramo do Design de Interiores, mas não quer atuar diretamente com fornecedores e clientes, fique tranquilo! Também existe uma área que está em expansão, conta com ótimos salários e é uma boa escolha: a indústria de móveis.

Para trabalhar nessa especialidade, é necessário desenvolver algumas habilidades, como organização, criatividade e facilidade de atuar com a coordenação de outras pessoas. Alguns exemplos incluem artistas parceiros, marceneiros e outros profissionais que estão envolvidos com o processo de desenvolvimento e idealização de móveis ou objetos decorativos.

Como ingressar no mercado de Design de Interiores?

Agora que já sabe como está o mercado de trabalho da área, chegou um momento muito esperado: afinal, como ser um designer de interiores de sucesso? Abaixo, você vai conhecer algumas dicas fundamentais. Fique de olho!

Faça um curso superior na área

Já parou para imaginar no quanto um diploma de curso superior impacta a vida profissional de pessoas? Afinal, são anos de graduação nos quais elas aprendem a base da área, começam a construir sua rede de contatos e estudam com um corpo docente experiente. ?

Além disso, podem desenvolver as soft skills por meio de aulas e trabalhos acadêmicos. Quando escolhem a melhor instituição de ensino de Design de Interiores, as vantagens se multiplicam! Tome como base os estudantes da Anhanguera. Eles contam com:

  • diferentes modalidades de ensino que facilitam a vida;
  • unidades próximas;
  • formas de ingresso democráticas e facilitadas;
  • acompanhamento contínuo para a sua formação;
  • preparação focada no mercado de trabalho;
  • conteúdos atualizados;
  • infraestrutura moderna e completa.

Domine as ferramentas da área

Provavelmente, quem deseja ingressar no mercado de trabalho de Design de Interiores já deve conhecer os programas da Adobe Creative Cloud, não é mesmo? Pois saiba que a sua rotina profissional pode ganhar e muito com suas facilidades. Os principais são:

  • para edição de conteúdos audiovisuais — Adobe Premiere Pro, Premiere Rush, After Effects;
  • para criação de produções editoriais e vetores — Illustrator e InDesign;
  • para edição de imagens — Lightroom e Photoshop.

Quando você tem domínio de todas as ferramentas, é possível contar com a tecnologia em todas as etapas de um projeto, tornando seu trabalho mais profissional.

Atualize as suas inspirações

Além de fazer a faculdade, os profissionais da área devem atuar com poder de inovação e criatividade. No entanto, sabemos que ter novas inspirações e ideias nem sempre é fácil, concorda?

Diante disso, o ideal é ficar por dentro das últimas novidades e tendências desse universo. Além de conversar com outros profissionais, é essencial ter persistência e consumir muitos conteúdos ricos no assunto.

Comece, por exemplo, visitando portais de decoração e revistas, como a Casa Vogue. Existem, ainda, determinadas plataformas que ajudam a ter excelentes ideias. É o caso do Pinterest, uma rede social fácil de utilizar, dinâmica e referência em imagem de qualidade.

Crie um portfólio de sucesso

Ao iniciar o curso de Design de Interiores na Anhanguera, você terá a oportunidade de abraçar várias oportunidades e de montar um bom portfólio. O recomendado é sempre criar projetos que mostrem um pouco da sua expertise e estilo, aumentando a chance de expandir a base de consumidores.

Uma boa alternativa é focar o seu trabalho nas áreas que estejam em expansão. Esse é o caso de projetos que apresentam uma proposta funcional, moderna e sustentável.

Além disso, lembre-se de investir nas redes sociais para alcançar um número ainda maior de pessoas. As principais opções incluem o Instagram e o Facebook, que ajudam a mostrar todo o seu talento.

Agora é com você!

Agora que já conhece as principais informações sobre a área de Design de Interiores, o próximo passo é investir na formação. Por isso, venha para a Anhanguera, tenha acesso a um dos melhores ensinos do país e saia preparado para atuar no mercado de trabalho!

Gostou de conhecer tudo sobre a área de Design de Interiores e quer fazer essa graduação na Anhanguera? Então, partiu fazer a inscrição em nosso vestibular online!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.