Quanto ganha um veterinário? Leia e entenda

quanto recebe um veterinário

Você gosta de animais e quer seguir carreira na área veterinária? Então, é importante saber tudo que envolve a profissão, inclusive quanto ganha um veterinário. Conhecer o lado prático, o mercado de trabalho, o campo de atuação, entre outras informações, permite que você escolha o curso de Medicina Veterinária com mais certeza.

O trabalho de um médico veterinário vai muito além de cuidar de animais domésticos em clínicas. Existem muitas possibilidades para quem escolhe essa profissão, que vai desde trabalhos em fazendas até em indústrias.

Está curioso para saber qual é o salário de um médico veterinário? Continue a leitura e descubra!

Quanto ganha um médico veterinário?

No Brasil, a Lei 4.950-A/66, de 1966, determina a remuneração de profissionais graduados em Veterinária, Agronomia, Engenharia, Arquitetura e Química. Existe uma relação da remuneração do veterinário com o salário mínimo e a jornada de trabalho diária do profissional em qualquer lugar do país.

A legislação estabelece os seguintes valores:

  • 6 salários mínimos para jornada de 6 horas;
  • 7,25 salários mínimos para jornada de 7 horas;
  • 8,5 salários mínimos para jornada de 8 horas.

Se buscarmos vagas de emprego para médicos veterinários no Banco Nacional de Empregos (BNE), vamos perceber que a média salarial varia em cada estado. Em geral, os valores vão de R$ 1.800,00 até mais de R$ 5.000,00, dependendo das funções, do nível de experiência e da cidade.

Quais as possibilidades de atuação de um médico veterinário?

O profissional recém-formado em Medicina Veterinária recebe o título de cirurgião e clínico. Ele está apto a realizar internações cirúrgicas, tanto por motivos de saúde quanto de parto ou de castração.

Colher exames laboratoriais, realizar internações e atendimentos de emergência, aplicar vacinas, receitar remédios, fazer análises clínicas da alimentação e da saúde dos bichos também são funções básicas do veterinário.

Conheça outras possibilidades de atuação.

Clínica de animais de grande porte

O veterinário que opta por essa área pode atuar com a reprodução de ovinos, bovinos e caprinos, por exemplo. Além disso, o profissional é responsável por haras, fazendas pecuárias e hotéis-fazendas, além de realizar atendimento clínico e cirúrgico em animais de grande porte.

Para se dar bem nessa área, é importante se dedicar desde a faculdade, buscando estágios e entendendo cada vez mais sobre esses animais. A grande dificuldade está nas complicações em se trabalhar com animais de grande porte.

Um cavalo, por exemplo, muitas vezes é operado com anestesia local e em pé. Todo o procedimento deve ser feito com muito cuidado, pois existe o risco de o animal se deitar ou dar um coice. Para evitar esses problemas, existem técnicas específicas que devem ser dominadas pelo veterinário.

Clínica de animais selvagens

Se você gosta de animais exóticos e selvagens, essa área pode ser a ideal. Nela, é possível realizar trabalhos em parques, em zoológicos, em projetos e no Ibama. O setor também permite atuar fora do Brasil ou realizar pesquisas.

Trabalhar com animais exóticos exige especialização, e a área é focada em animais que foram liberados domesticamente, como furões e araras. A demanda está crescendo, e é uma boa oportunidade para atuar em grandes cidades.

Laboratórios

Nessa área, o médico veterinário trabalha com análises clínicas, patológicas e com a microbiologia. Ele é responsável por enviar aos hospitais veterinários, às clínicas e aos consultórios os resultados dos exames que foram enviados para análise. Você também pode trabalhar com a pesquisa e o desenvolvimento de novas substâncias para as doenças existentes ou que forem surgindo.

Vigilância e defesa sanitária animal

Essa é uma das áreas com maiores salários para veterinários. Os cargos federais e estaduais são ainda mais acirrados. Quem trabalha nesse setor fiscaliza todo tipo de produto de origem animal que vá entrar ou sair do país, além de analisar a qualidade e se a mercadoria traz consigo doenças infecciosas.

Nesse cargo também é possível trabalhar em empresas de laticínios, em frigoríficos, entre outros, nas quais a presença do veterinário para a fiscalização é obrigatória. Embora a responsabilidade seja grande, a remuneração vale a pena.

Acadêmica

Quem tem vontade de realizar pesquisas e dar aulas pode seguir carreira acadêmica. Para isso, é importante fazer, pelo menos, um mestrado na área em que deseja lecionar e investir em um doutorado para se qualificar ainda mais. É um setor que exige muito estudo e dedicação, mas é também extremamente gratificante.

Indústrias

Nas indústrias de produtos para animais, o veterinário pode acompanhar a produção de vitaminas, de alimentos e de vacinas animais. Ele fica responsável pelo suporte técnico e atesta a qualidade dos produtos, além de se responsabilizar caso algum erro ocorra.

Como um veterinário pode aumentar seus ganhos?

Existem muitas formas para o veterinário aumentar ainda a renda. Confira.

Invista em especialização

É fundamental optar por uma especialização que o capacite para oferecer diagnósticos e tratamentos mais adequados aos animais. É possível investir em diferentes tipos de capacitação, como:

  • cursos de curta duração;
  • residência em Medicina Veterinária;
  • cursos de pós-graduação;
  • entre outros.

A pós-graduação pode ser na modalidade MBA, por exemplo, destinada a profissionais que desejam atuar na área gerencial. Também pode ser do tipo stricto sensu, que qualifica o profissional para atuar no meio científico e acadêmico.

Desenvolva habilidades administrativas

Para trabalhar de forma autônoma, ter seu próprio empreendimento médico ou prestar serviços, desenvolver habilidades administrativas para gerir faturamento e compromissos faz toda a diferença. Nesses casos, a organização é fundamental para ser um médico veterinário bem-sucedido.

Invista em tecnologia e em inovação

Outro ponto importante é estar atento às novas tecnologias de diagnóstico. Quem quer ser reconhecido deve entender que, quando investe em equipamentos de qualidade, está agregando valor aos seus serviços.

Com isso, o mercado de trabalho tende a ver o seu diferencial, reconhecendo suas capacitações. Como resultado, você ganha mais credibilidade e aumenta o número de clientes e de atendimentos prestados.

Agora que você sabe quanto ganha um veterinário, pode perceber que a área está cheia de posições que tornam o salário heterogêneo. A grande vantagem é que, no Brasil, o trabalho é garantido. O país é um dos que mais apresenta animais domésticos, com um total de 52,2 milhões de cães e 22,1 milhões de gatos (IBGE, 2016).

Gostou do conteúdo e decidiu cursar Medicina Veterinária? Então, opte por uma instituição reconhecida no mercado! Entre em contato conosco e conheça o curso da Anhanguera.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.9 / 5. Número de votos: 9

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content