Ciências Aeronáuticas: Voe alto e saiba tudo sobre a faculdade

Avião jato voando

A importância da área de Ciências Aeronáuticas vai além da decolagem, mas abrange desde os princípios de voo até a mecânica das aeronaves, ciência do voo, gestão de aviação e sistemas aeroportuários. No texto a seguir, vamos analisar de perto a educação aeronáutica, as oportunidades que ela proporciona e quais caminhos você deve percorrer para voar alto nessa carreira.

Como é a graduação de Ciências Aeronáuticas?

A graduação de Ciências Aeronáuticas é a escolha ideal para quem tem interesse em atuar no mercado da aviação. O profissional dessa área pode trabalhar não apenas na pilotagem de aeronaves, como na administração de empresas de transporte aéreo e até de aeroportos, além de atuar na manutenção das aeronaves.

No decorrer do curso de aviação você terá acesso ao conhecimento prático e teórico, através de disciplinas como Tráfego Aéreo e Sistemas de Aviação Civil, Planejamento e Gestão de Empresa Aérea e Instrução de Aeronaves.

Avião fazendo manobra na pista de aeroporto
Tráfego Aéreo é uma das áreas em que você pode trabalhar

Quais os tipos de Graduação em Ciências Aeronáuticas?

Existem, em geral, três tipos de graduação: Bacharelado, Licenciatura e Tecnólogo. Mas nem todos os cursos estão disponíveis em todas as modalidades. Veja abaixo quais são as modalidades disponíveis para o curso de Ciências Aeronáuticas.

Bacharelado em Ciências Aeronáuticas

A graduação em Ciências Aeronáuticas está disponível na opção de bacharelado. Geralmente é um curso com duração de quatro a cinco anos que oferece uma formação em aviação abrangente, incluindo aspectos técnicos, operacionais, regulamentares e de gestão relacionados à aviação. Aborda temas como aerodinâmica, sistemas de aeronaves, regulamentação aérea, operações aeroportuárias, entre outros.

Licenciatura em Ciências Aeronáuticas

Atualmente o curso de Ciências Aeronáuticas não está disponível para Licenciatura. Esse é o tipo de graduação voltada, principalmente, para formar profissionais para o exercício do magistério, ou seja, para atuar como professores em escolas de ensino fundamental ou médio, e, em alguns casos, em cursos técnicos ou de nível superior.

Tecnólogo de Ciências Aeronáuticas

A graduação em Ciências Aeronáuticas não está disponível como Tecnólogo. Os cursos tecnológicos são, geralmente, mais curtos e fornecem uma formação mais específica e prática, e considerando, principalmente a segurança e a complexidade do curso, a única opção disponível no momento é a de bacharelado.

A faculdade de Ciências Aeronáuticas é boa?

A qualidade de uma faculdade de Ciências Aeronáuticas pode variar consideravelmente de acordo com alguns fatores, como a instituição escolhida, a qualidade do corpo docente, infraestrutura, e até mesmo da sua própria experiência pessoal como aluno.

Antes de escolher uma faculdade de Ciências Aeronáuticas, a recomendação é pesquisar sobre a reputação da faculdade, a grade curricular oferecida, além de analisar a opinião e a  empregabilidade dos ex-alunos e graduados.

A faculdade de Ciências Aeronáuticas é aprovada no MEC?

A aprovação de Ciências Aeronáuticas e de todos os outros cursos de graduação disponibilizados no Brasil é realizada pelo MEC (Ministério da Educação) por meio de processos de avaliação e reconhecimento e através da assessoria do Conselho Nacional de Educação (Brasil).

Para saber se determinada instituição ou curso de Ciências Aeronáuticas é reconhecido e aprovado pelo MEC, é importante consultar o Cadastro Nacional de Cursos e Instituições de Educação Superior (e-MEC) do Ministério da Educação.

E atenção: A não aprovação de uma faculdade pelo MEC, implica diretamente na sua conclusão de curso, impedindo a retirada do comprovante de conclusão.

Aprovação de Ciências Aeronáuticas no Mercado

Você sabia que o Brasil possui um dos maiores mercados, a nível mundial, de transporte aéreo? Esse dado faz com que, embora existam variações, o curso de Ciências Aeronáuticas esteja sempre em alta no mercado. Não é à toa que a graduação de Ciências Aeronáuticas está entre os cursos mais procurados da área de Tecnologia.

Viajar, seja para outra cidade ou outro país, é, e provavelmente continuará sendo o hobbie preferido de muitas pessoas, e atualmente, muitas pessoas inclusive trabalham viajando, isso influencia diretamente na procura por profissionais qualificados nessa área.

moça andando na pista de aeroporto rumo à avião
O fato de as pessoas viajarem mantém a procura por profissionais do setor aéreo

Qual o perfil ideal de aluno de Ciências Aeronáuticas?

A primeira e mais importante característica do aluno de Ciências Aeronáuticas é a paixão e o interesse pelo mundo da aviação, não apenas pelo voo em si, mas pela estrutura da aeronave. Além disso, os alunos de Ciências Aeronáuticas costumam possuir habilidades com disciplinas relacionadas à Ciências, Tecnologia e até mesmo Matemática.

Habilidade prática e manual também fazem parte da lista de características do perfil ideal de aluno desse curso. Mas vale ressaltar que muitas habilidades podem ser adquiridas ou aperfeiçoadas com o curso, então não precisa se preocupar caso não se identifique com todas as características citadas.

Personalidade do aluno da área de Ciências Aeronáuticas

Em relação a personalidade, o aluno de Ciências Aeronáuticas costuma ser visto como um líder, com habilidades para tomar decisões rápidas, mesmo em situação de perigo ou pressão. Esses profissionais também costumam ser resilientes diante de desafios e costumam assumir a responsabilidade.

Determinação, foco e disciplina também fazem parte da personalidade do aluno de Ciências Aeronáuticas, além, é claro, da habilidade para trabalhar em equipe. Mais uma vez é preciso lembrar que embora essas sejam características comuns aos alunos e profissionais de aviação, muitas delas podem ser descobertas apenas após o início da graduação.

Piloto em cabine de avião
É preciso saber agir sob pressão e trabalhar em equipe

Rotina de estudos para quem estuda Ciências Aeronáuticas

A rotina dos estudantes universitários, em geral, são bastante parecidas, e por esse motivo, as dicas abaixo podem ser úteis não apenas para quem estuda Ciências Aeronáuticas, mas para os alunos de outros cursos de graduação.

  • Organize o seu tempo: Determine um horário para cada atividade. O ideal é que você dedique um tempo do seu dia apenas para os estudos, assim como para trabalho, lazer ou qualquer outra atividade.
  • Presença na sala de aula: Lembre-se que, caso você escolha trabalhar no comando das aeronaves, sua segurança e de diversas pessoas estará em suas mãos, então participe regularmente das aulas, tanto teóricas, quanto práticas.
  • Realize revisões: Revise, regularmente, os conteúdos aprendidos durante a semana. Use exercícios para praticar, se for o caso, e use outras ferramentas, como vídeo-aula, simulados, livros, estudos aeronáuticos e outros.
  • Atividade prática: Sempre que houver possibilidade, participe de atividades e experiências de voo.

Quais as modalidades de estudo para Ciências Aeronáuticas?

Os cursos de graduação podem ser oferecidos nas modalidades: Presencial, EAD e SemiPresencial. Conheça agora quais são as modalidades disponíveis para a graduação de Ciências Aeronáuticas.

Dá para fazer o Ciências Aeronáuticas EAD?

Devido a necessidade de realização de atividades práticas, o curso de Ciências Aeronáuticas não está disponível no modelo EAD. Ao menos não de forma regularizada pelo Ministério da Educação.

Aspectos como regulamentação aeronáutica, legislação aeronáutica, treinamento em simulação de voo e práticas de campo são elementos essenciais para a formação na área de Ciências Aeronáuticas, principalmente para aquisição da licença de piloto e que não podem ser aplicados em um ambiente puramente online.

Desconfie de instituições que oferecem todos os cursos em qualquer modalidade, pois isso pode implicar diretamente no seu futuro. Embora a tecnologia avance de forma contínua, ainda existem algumas limitações.

Existe Ciências Aeronáuticas Presencial?

Os cursos presenciais em Ciências Aeronáuticas são a opção adequada para quem busca uma formação prática e teórica abrangente no campo da aviação e estão alinhados com as exigências práticas e regulamentares necessárias para a formação de profissionais nessa área.

A modalidade presencial oferece uma experiência de aprendizado mais imersiva, permitindo aos estudantes interagir diretamente com os professores, colegas de classe e com os equipamentos específicos da área.

Alunos em sala de aula de faculdade
O curso presencial oferece o contato direto com colegas e professores

Têm Ciências Aeronáuticas no modelo Semi Presencial?

Não existem, atualmente, faculdades aprovadas pelo MEC que disponibilizam o curso de Ciências Aeronáuticas na modalidade Semi Presencial. Embora uma graduação nessa modalidade envolva tanto aulas práticas, quanto aulas teóricas, o número de encontros não é o suficiente para suprir todas as necessidades dos alunos de Ciências Aeronáuticas.

Isso torna a modalidade presencial a única segura, tanto para a sua formação, quanto para as pessoas que você pretende conduzir após a conclusão do curso.

Qual a duração e as matérias do curso de Ciências Aeronáuticas?

O bacharelado em Ciências Aeronáuticas tem duração de 3 anos, divididos em 6 semestres. Confira abaixo a lista completa de matérias de cada semestre.

1º semestre

  • Conhecimentos Técnicos e Estruturais de Aeronaves e Motores
  • Navegação Aérea Visual
  • Meteorologia Aeronáutica e o Meio Ambiente

2º semestre

  • Segurança de Voo
  • Fundamentos de Cálculo Aplicado
  • Planejamento e Gestão de Empresa Aérea

3º semestre

  • Medicina Aeroespacial
  • Meteorologia e Infraestrutura Aeronáutica
  • Regulamentos e Normas de Tráfego Aéreo
  • Teoria de Voo de Aviões e Helicópteros de Baixa Performance
  • Conhecimentos Técnicos e Manutenção de Aeronaves e Motores
  • Economia e Logística no Transporte Aéreo
  • Projeto de Extensão I – Ciências Aeronáuticas

4º semestre

  • Navegação Aérea por Instrumentos
  • Teoria de Voo de Aviões e Helicópteros de Alta Performance
  • Regulamentos de Tráfego Aéreo e Código Brasileiro de Aeronáutica
  • Pesquisa Operacional
  • Tráfego Aéreo e Sistemas de Aviação Civil
  • Pensamento Científico
  • Projeto de Extensão II – Ciências Aeronáuticas

5º semestre

  • Fraseologia Aeronáutica
  • Instrução de Aeronaves
  • Estágio Supervisionado na Aviação Civil
  • Sociedade Brasileira e Cidadania
  • Sistemas de Aeronaves
  • Inglês Instrumental – Aeroportos
  • Projeto de Extensão III – Ciências Aeronáuticas
  • Inglês Técnico para Aeronaves

6º semestre

  • Tráfego Aéreo Internacional e Ações de Emergência e Sobrevivência
  • Sistema de Gestão de Segurança Operacional
  • Performance de Peso e Balanceamento de Aeronaves
  • Aviônica e Automação de Aeronaves
  • O comandante e o Relacionamento Interpessoal
Homem mexendo em componentes de turbina de avião
“Conhecimentos Técnicos e Estruturais de Aeronaves e Motores” é uma das primeiras matérias do curso

Quais as possibilidades de especialização em Ciências Aeronáuticas?

As possibilidades de especialização na área de Ciências Aeronáuticas são diversas, conheça abaixo quais são as mais procuradas:

  • Piloto Profissional
  • Engenharia de Aeronáutica
  • Gestão Aeroportuária e Logística da Aviação
  • Gestão de Tráfego Aéreo
  • Manutenção de Aeronaves
  • Gestão de Segurança da Aviação
  • Aerodinâmica e Propulsão
  • Meteorologia Aeronáutica
  • Aviação Militar
  • Aviação Comercial e Transporte Aéreo
  • Sistemas de Navegação Aérea e Comunicação
  • Desenvolvimento de Aeronaves Não Tripuladas (Drones)
  • Aviação Espacial
  • Mecânica de Aeronaves
  • Projeto de Aeronaves 
  • Física de Voo
  • Tecnologia de Aviação
  • Controle Aéreo
  • Segurança Aérea 
  • Infraestrutura Aeroportuária
  • Aeromecânica
Pessoas em torre de comando em aeroporto
Gestão de Tráfego Aéreo é uma das áreas em que você pode se especializar

Quais as principais áreas para recém-formados?

Em relação às áreas de atuação, o mercado de trabalho é consideravelmente generoso com os profissionais de Ciências Aeronáuticas, inclusive para os recém-formados. 

É possível atuar como:

  • Piloto particular
  • Piloto de aviões
  • Copiloto
  • Ensino de aviação
  • Administrador portuário
  • Perito em segurança de voo
  • Piloto de helicópteros
  • Perito em segurança de voo
  • Despachante de voo
  • Administrador de linhas aéreas
  • Inspeção de Aeronaves
  • Operação aérea

Além disso, o profissional pode trabalhar em diferentes tipos de instituições. Veja algumas das opções:

  • Aeroportos
  • Empresas de táxi aéreo
  • Empresas responsáveis pela construção de aviões
  • Empresas de aviação agrícola
  • Empresas de transporte aéreo de cargas
  • Companhias aéreas
  • Empresas de aviação executiva
  • Academia de aviação

Além da possibilidade de atuar em órgãos como:

  • FAA (Federal Aviation Administration)
  • ICAO (International Civil Aviation Organization)
  • EASA (European Union Aviation Safety Agency)
  • NASA (National Aeronautics and Space Administration)
  • ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil – Brasil)
Placa da Anac em cidade
É possível trabalhar em órgãos de aviação, como a Anac

É melhor ingressar na faculdade pública ou privada?

A escolha entre ingressar em uma faculdade pública ou privada de Ciências Aeronáuticas é intrinsecamente pessoal e depende de diversos fatores, como renda, disponibilidade de horário e inclusive, a pressa que você tem para se formar.

Faculdade Pública em Ciências Aeronáuticas

Cursar a graduação de Ciências Aeronáuticas em uma faculdade pública, é a melhor opção para os estudantes que no momento não podem investir financeiramente em um curso. Além disso, as universidades públicas brasileiras possuem um histórico de qualidade e confiança que podem, em algumas ocasiões, influenciar positivamente no currículo do formando.

No entanto, é preciso ressaltar que o processo seletivo para entrar nas universidades públicas costuma ser mais longo e mais concorrido, sendo obrigatório, por exemplo, a participação no ENEM e nos processos seletivos que existem dentro deles.

Ao realizar o ENEM, você vai concorrer com outros participantes que desejam a mesma vaga que você, o que pode tornar o processo exaustivo e estressante. Cabe ao candidato colocar os pontos positivos e negativos na balança, para definir o que pesa mais.

Faculdade Privada para Ciências Aeronáuticas

O processo seletivo para entrar em uma faculdade particular de Ciências Aeronáuticas é menos exaustivo do que o citado anteriormente. Isso porque, para começar, não existe obrigatoriedade de participação no Enem, por exemplo.

As universidades particulares, geralmente, disponibilizam mais de uma opção de processo seletivo, como vestibular, uso da nota de outras edições do Enem e até mesmo através de bolsas. Outra vantagem é que essas instituições costumam oferecer mais flexibilidade em relação aos horários das aulas.

No entanto, uma graduação em faculdade particular gera custos, tanto em relação a mensalidade, quanto em relação a materiais didáticos, transporte e outros. Então, mais uma vez, cabe ao estudante definir quais são, não apenas suas possibilidades, mas suas prioridades.

Mulher fazendo contas com calculdora
A faculdade privada pode oferecer diversos tipos de bolsas

Quanto custa a graduação em Ciências Aeronáuticas?

O custo da graduação em Ciências Aeronáuticas pode variar bastante dependendo da instituição de ensino que você escolher, da sua localização geográfica e até mesmo do turno escolhido para a graduação. 

O valor da mensalidade pode variar entre R$ 600,00 e R$ 1.071,00. Uma opção é entrar em contato com as instituições de ensino, para verificar os custos específicos do curso, possíveis oportunidades de bolsas de estudo, programas de financiamento estudantil e outros recursos que possam te ajudar a custear a graduação em Ciências Aeronáuticas 

Tem como conseguir Bolsa de Estudos em Ciências Aeronáuticas

É possível conseguir bolsas de estudos em Ciências Aeronáuticas de mais de uma forma. A primeira delas é através do Prouni – Programa Universidade Para Todos, que disponibiliza bolsas integrais ou de 50% para alunos que alcançarem uma nota satisfatória no Enem.

Sendo assim, para concorrer a uma bolsa pelo ProUni, o primeiro passo é realizar o Enem, e uma das vagas disponibilizadas pelo programa poderá ser sua.

Outra opção disponível para obter uma bolsa estudantil, é através de plataformas como o Quero Bolsa ou Educa Mais Brasil, que disponibilizam descontos em diversas instituições de ensino particulares, para os mais variados cursos.

Nesse caso, não será necessário concorrer a bolsa, mas sim realizar a compra dela, que na maioria das vezes poderá ser utilizada até o final da graduação.

Além disso, é possível conseguir desconto na mensalidade através da sua nota no Enem, descubra como.

Como entrar em Ciências Aeronáuticas?

Existem algumas opções distintas quando se trata de entrar em um curso de Ciências Aeronáuticas. Já falamos um pouco sobre essas opções, como Enem, ProUNi, Sisu ou vestibular, e agora vamos conhecê-las de maneira mais detalhada.

Fique atento a todas as opções para conseguir definir qual delas se encaixa melhor na sua necessidade. 

Enem

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é uma das principais avaliações educacionais do Brasil e é realizado anualmente pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), vinculado ao MEC, o Enem tem como principal objetivo avaliar o desempenho dos estudantes que concluíram o Ensino Médio, além de servir como porta de entrada para o Ensino Superior em universidades públicas e privadas do país.

O Enem é composto por quatro provas objetivas, cada uma delas contendo 45 questões, divididas entre as áreas de Linguagens e Códigos, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática, além de uma redação. As questões abordam conteúdos do currículo do ensino médio e buscam avaliar habilidades de interpretação, análise, raciocínio lógico e capacidade argumentativa dos participantes.

A nota do Enem é calculada por meio de uma escala, sendo utilizado o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) como principal forma de ingresso em universidades públicas. A pontuação também é usada como critério para acesso a bolsas do ProUni, financiamento pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) e outras possíveis iniciativas educacionais do governo.

Tela de computador com escrita Enem
O Enem é uma oportunidade para entrar na faculdade

Sisu

O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) é uma plataforma criada pelo Ministério da Educação, que permite o ingresso em instituições de ensino superior públicas do país. Ele utiliza as notas do Enem como critério de seleção para a admissão dos estudantes em cursos de graduação.

Durante o período de inscrição, os candidatos podem escolher até duas opções de cursos, em ordem de preferência, entre as vagas disponíveis nas instituições participantes. Com base nas notas obtidas no Enem e nas opções de curso escolhidas, o Sisu realiza um processo seletivo, classificando os candidatos de acordo com sua pontuação. Os aprovados são convocados de acordo com a classificação e a disponibilidade de vagas.

Vestibular para Ciências Aeronáuticas

O vestibular para cursos de Ciências Aeronáuticas pode variar de acordo com cada instituição de ensino. Geralmente, as universidades que oferecem cursos nessa área têm métodos específicos de seleção, que podem incluir diferentes etapas e critérios.

O vestibular é um processo seletivo utilizado por instituições de ensino superior para admitir estudantes em seus cursos de graduação. Essa seleção é realizada por meio de provas, avaliações ou critérios específicos adotados por cada instituição.

Em geral,  o aluno realiza uma prova que aborda disciplinas como Matemática, Língua Portuguesa, Física, Química, Biologia, História, Geografia, entre outras matérias relacionadas ao conteúdo do ensino médio. No entanto, há universidades que preferem apresentar uma prova sobre temas específicos relacionados ao curso escolhido.

Atualmente existem instituições que solicitam apenas a realização de uma redação, de forma online e gratuita, tornando o processo de entrada no Ensino Superior ainda mais simples.

Quais as exigências para se formar em Ciências Aeronáuticas?

Já falamos bastante sobre as características do curso de Ciências Aeronáuticas e o seu percurso, vamos conhecer agora como funciona o processo de conclusão da graduação? Saiba o que não pode faltar para você se formar em Ciências Aeronáuticas.

Ciências Aeronáuticas exige estágio obrigatório?

Sim, diferente de muitos cursos, que disponibilizam apenas o estágio curricular não obrigatório, o curso de Ciências Aeronáuticas tem a disciplina de estágio como obrigatória, presente, inclusive, na grade de disciplinas do curso.

O estágio proporciona aos estudantes a oportunidade de aplicar os conhecimentos teóricos adquiridos em sala de aula, entender os processos operacionais, conhecer as normas e procedimentos da aviação, além de desenvolver habilidades técnicas e práticas necessárias para atuar no setor.

Os estágios em Ciências Aeronáuticas podem ser realizados em diferentes áreas, como em companhias aéreas, empresas de táxi aéreo, escolas de aviação, centros de manutenção de aeronaves, órgãos de controle de tráfego aéreo, entre outros setores relacionados à aviação.

Dois estudantes em avião
O curso exige estágio, o que é uma ótima oportunidade para colocar os conhecimentos teóricos em prática

Enade para Ciências Aeronáuticas

O Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) é um exame que avalia o rendimento dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos cursos de graduação.

Caso a instituição tenha incluído Ciências Aeronáuticas como um curso avaliado pelo Enade, os estudantes matriculados neste curso serão obrigados a realizar a prova e sua participação será fundamental para o processo de avaliação do curso pelo Ministério da Educação.

Se o aluno convocado não comparecer para realização do exame poderá sofrer algumas consequências, como inclusive, a impossibilidade de colação de grau, mesmo que tenha concluído todas as disciplinas do curso.

TCC de Ciências Aeronáuticas

Em geral, em cursos de Ciências Aeronáuticas é comum que haja a obrigatoriedade da realização do TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) como parte integrante do currículo acadêmico.

O TCC consiste em um trabalho individual ou em grupo, no qual os estudantes desenvolvem um projeto de pesquisa ou aplicação prática sobre um tema específico dentro da área de estudo. 

No entanto, a definição de obrigatoriedade ou não, atualmente é uma escolha da própria instituição de ensino. Além disso, diferente de antigamente, que o único formato possível de TCC era a monografia, atualmente, pode envolver pesquisa teórica, revisão bibliográfica, estudos de caso, análises de dados ou até mesmo projetos práticos.

Vale a pena se formar em Ciências Aeronáuticas?

Ao voar a bordo de uma aeronave, vê-se que dizer que as nuvens são tapetes de Deus ainda é pouco para expressar a sua grandeza.

Chaim Mesquita.

Avaliar se vale a pena se formar em Ciências Aeronáuticas é uma decisão pessoal, pois depende de interesses individuais, como aspirações de carreira e o perfil de cada pessoa. No entanto, existem alguns pontos a considerar:

  • Paixão pela área: Se você é apaixonado por aviação, tecnologia aeroespacial, pilotagem de aeronaves ou áreas relacionadas, estudar Ciências Aeronáuticas pode ser uma escolha muito gratificante.
  • Diversidade de opções: A carreira em aviação oferece uma variedade de oportunidades profissionais, desde pilotos e engenheiros aeronáuticos até profissionais de gerenciamento de tráfego aéreo, manutenção de aeronaves, entre outros.
  • Possibilidade de crescimento: A demanda por profissionais qualificados na aviação pode ser alta em determinados setores, oferecendo boas oportunidades de emprego e possíveis avanços na carreira.
  • Perspectivas do mercado: As perspectivas do mercado de trabalho na área podem variar, e é importante pesquisar sobre a demanda e oportunidades profissionais em diferentes setores da aviação, mas em geral as oportunidades são muitas.
Piloto mulher de uniforme sorrindo
Ter paixão por voar é importante para quem quer entrar na profissão

Salário para formados em Ciências Aeronáuticas

Os salários para profissionais formados em Ciências Aeronáuticas podem variar consideravelmente dependendo do cargo, especialização, nível de experiência, localização geográfica e área de atuação dentro da indústria da aviação. Alguns dos cargos e suas respectivas médias salariais podem incluir:

  • Piloto de aeronaves: entre R$5.500 até R$13.600
  • Despachante de voo: entre R$2.400 até R$4.000
  • Gerência ou administração aérea: entre R$4.4400 até R$15.800
  • Segurança ou perícia de voo: entre R$ 5.000 até R$ 12.300
  • Técnico de manutenção de aeronaves: entre R$ 3.000 até R$ 5.000
  • Controle de tráfego aéreo: entre R$ 4.000 até R$ 8.000
  • Engenheiro aeroespacial: entre R$ 5.000 até R$ 8.000

Investimento Vs Retorno do Ciências Aeronáuticas

O curso de Ciências Aeronáuticas representa um investimento significativo para aqueles que aspiram seguir carreira na indústria da aviação. Este investimento envolve não apenas os custos acadêmicos, mas também despesas adicionais, como horas de voo, treinamentos específicos e certificações.

O retorno desse investimento pode ser considerável, considerando a ampla gama de oportunidades profissionais oferecidas pelo setor aeronáutico. Profissões como piloto de aviação comercial, engenheiro aeroespacial, técnico de manutenção de aeronaves e controlador de tráfego aéreo estão entre as opções disponíveis, cada uma com sua própria escala salarial e oportunidades de progressão na carreira.

Embora os salários na área sejam atraentes, é importante considerar outros aspectos do retorno do investimento. Considere também a estabilidade do mercado de trabalho, as perspectivas de crescimento profissional, os benefícios oferecidos pelo setor e a realização pessoal ao seguir uma carreira na aviação. Essa análise cuidadosa é essencial para decidir se o investimento em Ciências Aeronáuticas é adequado e se o retorno esperado está alinhado com as suas metas pessoais e profissionais.

Saiba também: descubra como fazer a prova da Anhanguera!

Play video

Por que cursar Ciências Aeronáuticas na Anhanguera?

Escolher a Anhanguera para cursar Ciências Aeronáuticas, assim como qualquer outro curso, seja ele uma graduação, técnico ou uma pós graduação, vai definir não apenas a descrição do seu certificado de conclusão, mas o seu percurso inteiro até chegar a ele.

A Anhanguera possui mais de 25 anos de história, possui mais de 370 unidades e têm mais de 360 cursos disponíveis e aprovados pelo MEC. É uma faculdade que já ajudou a construir a carreira de diversos estudantes e está pronta para ajudar a construir a sua. Vamos juntos? Inscreva-se no vestibular de Ciências Aeronáuticas na Anhanguera e a próxima história de sucesso pode ser a sua.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Inscreva-se gratuitamente no vestibular online ou use sua nota do Enem para obter bolsas e descontos!