Conheça as 5 atividades de responsabilidade do engenheiro civil

conhecaas5atividadesderesponsabilidadedoengenheirocivil

Entender o que faz um engenheiro civil é uma tarefa primordial para quem deseja seguir na profissão. Até porque, a área oferece uma série de oportunidades e um mercado amplo e abrangente de atividades.

A Engenharia Civil, portanto, é o curso de ensino superior mais adequado para quem quer se profissionalizar, disponibilizando conhecimentos básicos, técnicos e avançados sobre a atuação e o cotidiano de um engenheiro. No entanto, existem algumas habilidades que devem ser desenvolvidas, como a capacidade de criar soluções inovadoras e de resolver problemas no dia a dia de trabalho.

Para ficar por dentro do assunto, continue conosco e conheça 5 atividades de responsabilidade do engenheiro civil e quais são suas principais áreas de atuação. Boa leitura!

Afinal, o que faz um engenheiro civil?

O engenheiro civil é o profissional responsável por elaborar, criar, projetar, avaliar e construir obras e edificações, como prédios, rodovias, residências, etc. Além disso, atua desenvolvendo projetos elétricos, hidráulicos e, também, de produtos. Sendo assim, o engenheiro civil deve ter um bom senso de raciocínio lógico, além de afinidade com as Ciências Exatas.

A Engenharia Civil é um dos cursos mais procurados no país, devido à versatilidade de atividades que o profissional pode desempenhar no mercado de trabalho. As áreas mais requisitadas, portanto, são a da construção civil, a de estradas e transportes, saneamento, materiais de construção e cálculo estrutural.

Devido à especificidade dos conhecimentos teóricos e práticos que devem ser assimilados pelos estudantes, é fundamental que a instituição de ensino na qual você vai estudar ofereça uma infraestrutura adequada e que atenda às necessidades desse curso do ensino superior.

Aqui na Anhanguera, por exemplo, oferecemos todo o embasamento para que os nossos alunos atinjam o tão almejado sucesso, a partir da capacitação profissional. Além da formação básica e tecnológica, você terá acesso a conhecimentos voltados para a atuação em projetos e serviços relacionados diretamente às atividades do engenheiro civil, tendo a chance de conhecer e vivenciar a profissão antes mesmo de finalizar o curso.

Veja no vídeo abaixo mais detalhes sobre a grade curricular do curso de Engenharia Civil:

Quais são as principais atividades da Engenharia Civil?

As áreas da Engenharia Civil são abrangentes e oferecem uma série de oportunidades para os profissionais em diferentes empresas e setores. No entanto, para obter destaque na carreira é preciso desenvolver determinadas habilidades que são essenciais para o dia a dia de trabalho, como ser flexível para conviver com mudanças, ter senso de urgência, criar soluções para os mais diferentes problemas, etc.

Por isso, veja a seguir 5 atividades que um engenheiro civil pode desempenhar no decorrer de sua trajetória.

1. Elaboração de projetos

Cada etapa do processo de elaboração de projetos exige recursos, materiais e competências diferentes, ou seja, só um bom engenheiro civil é capacitado para saber o que fazer em cada passo do empreendimento. Isso porque é ele quem cria os relatórios, mapas e outros dados referentes ao planejamento e a execução do projeto.

Sendo assim, o profissional deve ter raciocínio lógico para considerar todos os custos da construção, além das regulamentações governamentais, os potenciais riscos ao ambiente, dentre outros fatores que constam nas etapas do projeto. Ainda, o engenheiro civil deve compilar e enviar pedidos de licenças para agências estaduais e federais, garantindo que a obra esteja em total conformidade com as leis.

2. Monitoramento de construção

O monitoramento da construção é a atividade que busca minimizar e otimizar os recursos a serem utilizados ao longo de toda a execução da obra. Quando conta com um bom planejamento, o engenheiro civil dispõe de uma equipe de colaboradores que auxiliam no controle de cada etapa do empreendimento, com o objetivo de garantir a qualidade e assegurar o prazo de finalização estimado para o projeto.

Com isso, o profissional deve apresentar conhecimentos, habilidades, além de ferramentas e técnicas que consigam satisfazer as demandas do contratante ou da empresa. Até porque, com a aplicação de técnicas de monitoramento eficientes, é possível reduzir significativamente o índice de mão de obra e materiais.

3. Fiscalização de obras

A fiscalização de obras é imprescindível para se obter a garantia do desempenho e da segurança da construção. Ou seja, o engenheiro civil realiza um levantamento e fornece todas as informações referentes ao processo de execução, verificando se o projeto obedece às especificações e aos prazos estabelecidos.

Essa etapa é fundamental para se obter maior eficiência na obra, uma vez que se faz o acompanhamento da aplicação dos materiais, o controle de recebimentos dos recursos e das notas fiscais, além da gestão de todo o cronograma do empreendimento. A fiscalização ainda pode contribuir para evitar inúmeros erros e imprevistos que possam prejudicar o bom andamento do empreendimento.

4. Perícia

A atividade do perito é realizar uma análise minuciosa sobre determinada construção, oferecendo laudos técnicos em processos judiciais que envolvam pessoas físicas, jurídicas ou órgãos públicos. Nesse sentido, o profissional deve ter amplo conhecimento sobre as questões processuais, jurídicas e legais que envolvam sua área de atuação.

A perícia pode ser feita, por exemplo, em avaliações de imóveis em que o engenheiro civil analisa a documentação, faz a vistoria e efetua a coleta de dados do mercado a fim de identificar o real valor do bem e redigir um laudo pericial sobre o estado da obra.

5. Planejamento e manutenção de obras

O planejamento e a manutenção visa, sobretudo, a proteção das estruturas construídas. Sendo assim, dentro do cronograma do projeto é preciso incluir o prazo necessário para que toda a infraestrutura seja avaliada e inspecionada, com o intuito de garantir a segurança dos colaboradores e da sociedade.

Até porque todo tipo de construção sofre degradação ao longo do tempo, necessitando de cuidados técnicos para preservar seu bom desempenho. Assim, é possível aumentar a vida útil de uma série de empreendimentos, sejam eles rodovias, pontes ou edifícios, precavendo possíveis acidentes.

Agora que você já sabe o que faz um engenheiro civil, certamente será muito mais simples decidir se, de fato, você deseja seguir na profissão, não é mesmo? Antes de fazer a sua matrícula, lembre-se de levar em conta a infraestrutura e a qualidade do ensino oferecido pela faculdade escolhida, pois isso pode ser determinante para o seu aperfeiçoamento profissional.

Gostou do conteúdo? Então, entre em contato agora mesmo com a Anhanguera e conheça os diferenciais que oferecemos para a formação de nossos alunos!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.4 / 5. Número de votos: 10

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.