Como escolher a faculdade: 6 dicas para acertar na sua escolha

comoescolherafaculdade6dicasparaacertarnasuaescolha

O momento de ingressar no ensino superior costuma ser marcado por uma série de decisões importantes. Entre elas estão: escolher o curso que fará, definir se vai trabalhar ou optar por um estágio quando iniciar os estudos, a dificuldade de saber como escolher a faculdade certa, entre tantos outros questionamentos.

Apesar de parecerem dúvidas momentâneas, todas essas questões são relevantes e devem ser levadas em consideração na hora de tomar a decisão correta para a sua carreira — afinal, parte do seu futuro profissional depende disso. Mas se você não sabe nem por onde começar, não precisa entrar em desespero: nós vamos ajudá-lo nisso!

O primeiro passo é saber quais são as suas opções de cursos, afinal, esse é um fator determinante para saber onde você poderá estudar. Nesse primeiro momento, é normal não ter certeza de qual profissão você vai seguir, então vale a pena analisar as áreas de atuação que têm a ver com o seu perfil de estudante e que estão relacionadas com as suas habilidades. Portanto, conhecer suas preferências é essencial para tomar essa decisão.

Assim que estiver com seu curso superior definido, a próxima etapa é a que parece mais complexa para muitos estudantes: definir o local em que vão passar os próximos anos de aprendizados constantes. Esse é um processo que envolve diversos fatores, afinal, o lugar onde você vai se formar pode interferir em muitos aspectos da sua carreira.

Algumas das principais características que devem ser levadas em conta para escolher a  melhor faculdade são:

  1. tradição da instituição;
  2. o currículo dos professores;
  3. infraestrutura do campus;
  4. índices de desempenho;
  5. conexão com o mercado de trabalho;
  6. avaliação de ex-alunos.

Não sabe como analisar tudo isso? Bom, temos uma boa notícia aqui: vamos contar agora exatamente como você pode avaliar cada um desses pontos. Confira!

1. Verifique a tradição da faculdade

Atualmente, existem inúmeras faculdades em todos os estados do Brasil, sendo que anualmente surgem novas instituições que oferecem cursos de ensino superior. Com isso, a melhor forma de ter um ensino de qualidade e que tenha reconhecimento no mercado de trabalho é estudando em uma faculdade que já esteja consolidada, certo? Justamente por esse motivo, é importante que você pesquise o histórico das opções que oferecem o curso que deseja e analise quais delas são mais tradicionais.

No entanto, também é interessante conferir se a grade curricular da graduação de seu interesse está dentro dos moldes do Ministério da Educação (MEC) — respeitando a carga horária média determinada para a área de formação de seu interesse. Além disso, verifique também se as disciplinas oferecidas atendem às necessidades da atuação profissional.

2. Analise o corpo docente

Saber quem vai guiar sua jornada até a formatura é mais um ponto válido para decidir onde você vai cursar o ensino superior. Sendo assim, analisar o corpo docente da instituição é uma tarefa essencial. Quer uma dica? Escolha uma faculdade que tenha professores que atuam na área em que você pretende se formar ou que apresentem uma boa experiência profissional. Se tiverem mestrado e doutorado, melhor ainda!

Na Anhanguera, o corpo docente é especializado e tem conhecimentos de mercado para compartilhar com seus alunos, preparando-os para aplicar, na prática, tudo o que aprendem na faculdade. Além disso, trabalhamos com tutores, prontos para atender todas as demandas dos alunos, tirando suas dúvidas e facilitando sua compreensão dos conteúdos transmitidos nas aulas.

3. Pesquise a avaliação dos ex-alunos

Ouvir a opinião de quem já se formou onde você pretende ingressar pode ajudar muito na hora de fazer essa escolha. Além do fato de essas pessoas saberem exatamente quais são os maiores pontos positivos e os pontos fracos da instituição, os ex-alunos podem até mesmo auxiliar você a saber quais são os desafios do início da graduação.

Não conhece pessoas que se formaram na instituição? Não tem problema! Você pode ler os depoimentos dessas pessoas no site da faculdade ou, na maioria das vezes, nas redes sociais do local.

4. Considere a infraestrutura da faculdade

Independentemente do curso que você pretende fazer, a infraestrutura da faculdade conta muitos pontos na hora de decidir onde vai estudar! É preciso que a instituição tenha não somente salas apropriadas para as aulas teóricas, mas também laboratórios que permitam o desenvolvimento das atividades práticas e projetos integrados à área de formação.

Então, para facilitar, pesquise sobre os equipamentos que costumam ser utilizados na formação que você escolheu! Um curso de saúde, como Odontologia, por exemplo, precisa de clínicas-escola e laboratórios com microscópios, bancadas e materiais específicos da profissão.

Já as carreiras ligadas à comunicação, como é o caso de Jornalismo, necessitam de estúdios de gravação e fotografia. Por sua vez, cursos como Engenharia dependem de instalações próprias e equipamentos para que os estudantes consigam desenvolver todas as atividades necessárias.

5. Cheque os índices de desempenho

Estudar em uma faculdade reconhecida pelo MEC e que tenha um bom desempenho nos indicadores de educação no Brasil é primordial para conseguir ser sucesso após se formar. Isso porque a nota do MEC avalia a qualidade do ensino superior na instituição por meio de vários critérios, como o desempenho estudantil em avaliações, a composição do corpo docente e, inclusive, a estrutura do campus.

Portanto, ao avaliar onde vai estudar, opte por uma instituição que sempre tenha nota igual ou maior que 3 no IGC. Esse índice classifica todas as faculdades dentro de uma escala de 1 a 5, em que a nota 1 é um indicativo de que é um péssimo local para estudar, 2 representa o conceito insuficiente, 3 é bom, 4 é ótimo e a nota 5 significa o grau máximo de excelência.

6. Opte por aquela que tem conexão com o mercado de trabalho

Cá entre nós: um dos seus objetivos é, assim que estiver com o diploma em suas mãos, conseguir trabalhar na sua área de formação, não é mesmo? De fato, essa é uma das principais metas dos estudantes em geral. No entanto, conseguir um estágio durante a faculdade e ter boas chances de garantir um bom emprego ao se formar são tarefas muito mais simples quando a instituição está conectada ao mercado de trabalho.

Por isso, vale a pena avaliar se o local onde pretende estudar possui políticas de incentivo à empregabilidade e se possui um portal que facilite esse processo. Esse é o caso do canal Conecta, que mapeia o perfil dos estudantes da Anhanguera candidatos às vagas e os direciona para as empresas que estão em busca de novos colaboradores. Com isso, as oportunidades são muito maiores, pois há espaço para quem está iniciando a vida profissional.

Agora que já sabe como escolher a faculdade, talvez você esteja se perguntando qual é a instituição que oferece todos esses benefícios, não é mesmo? Temos uma boa notícia: a Anhanguera é a faculdade certa para você! Então, entre em contato conosco e saiba mais sobre os cursos do seu interesse.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.