O que as melhores faculdades de Gastronomia têm em comum?

entenda o que as melhores faculdades de gastronomia têm em comum

Considerada uma paixão para muitas pessoas, a área gastronômica mostra-se uma excelente possibilidade de carreira. No entanto, é fundamental investir em uma formação de ensino superior para aprender as técnicas e os conhecimentos específicos da profissão.

Até porque, contar com um diploma pode abrir inúmeras portas e, também, fazer com que você alcance de forma mais eficiente o seu objetivo profissional. Com isso, poderá atuar em estabelecimentos, em instituições e em várias empresas do ramo, oferecendo serviços para uma série de segmentos do mercado.

Continue a leitura e saiba o que as melhores faculdades de Gastronomia têm em comum e, ainda, como escolher uma boa instituição para iniciar os estudos. Confira a seguir!

O que faz um gastrônomo e qual a importância da formação para a carreira?

O gastrônomo deve ser um profissional completo, uma vez que suas atribuições são amplas e vão muito além da elaboração de receitas e da manipulação de ingredientes. O indivíduo deve saber como planejar e supervisionar as etapas envolvidas na produção dos pratos e, ainda, contar com habilidades de liderança, distribuindo funções e atuando na gestão de produtos e de pessoas.

Assim, o curso de Gastronomia é o caminho mais indicado para quem deseja se qualificar na área, sendo que a rotina da graduação de Culinária permite que o estudante conheça a história dos alimentos, as diferentes culturas dos países e a ciência dos ingredientes.

A habilitação ainda possibilita que o aluno conheça os métodos de segurança alimentar, bem como de planejamento e de produção de cardápios, atuando em hotéis, lanchonetes, empresas, hospitais, entre outros.

Portanto, é fundamental optar por uma faculdade de Gastronomia que tenha uma boa reputação no mercado. Até porque a instituição de ensino vai orientar o profissional para que assuma suas funções com eficiência e, ainda, atinja sucesso na carreira. Com relação à remuneração, um tecnólogo em Gastronomia recebe, em média, R$ 2.665,62, podendo chegar a R$ 7.028,46.

Aqui na Anhanguera, temos a missão de oferecer uma educação de qualidade que atenda às maiores necessidades de nossos graduandos. O sistema de ensino da Anhanguera permite que os estudantes saiam da graduação preparados para o mercado de trabalho de um jeito dinâmico e interativo, possibilitando o aprendizado na prática com casos reais da profissão.

O que as melhores faculdades de Gastronomia têm em comum?

Optar pela faculdade de Culinária é uma decisão que deve ser tomada com cautela, pois o currículo do curso deve ser completo e oferecer todos os conhecimentos relacionados à prática da ocupação. Assim, as melhores instituições de ensino destacam-se justamente por permitir o desenvolvimento de diferentes habilidades, como criatividade, trabalho em equipe, senso de planejamento, entre outras.

Além das competências exigidas para o exercício da carreira em Gastronomia, investir em qualificações e manter-se atualizado com relação às tendências também proporciona uma formação mais sólida, fazendo com que o gastrônomo seja ainda mais valorizado no mercado de trabalho.

Portanto, veja a seguir o que as faculdades de maior destaque na área de Gastronomia podem oferecer para a experiência acadêmica.

Grade diversificada

A possibilidade de aprender com uma grade diversificada é bastante vantajosa para os estudantes, inclusive porque o curso fica muito mais divertido. Além das disciplinas teóricas, portanto, há matérias que abordam outras áreas, como a Química e a Microbiologia.

Existem, ainda, instituições que direcionam o aprendizado para os princípios da Nutrição, envolvendo técnicas específicas, como panificação e preparo de bebidas. Do mesmo modo, contar com conhecimentos de gestão financeira e de planejamento de cardápios também é essencial para aprender sobre administração de negócios e demais serviços, aumentando o leque de oportunidades para o profissional.

Aulas práticas

Ter acesso a aulas práticas permite maior interação do aluno em relação a questões básicas do trabalho na cozinha, como higiene e organização. Além disso, é possível colocar a mão na massa e vivenciar como é o cotidiano e a experiência da profissão.

Portanto, as atividades práticas instruem os graduandos a conceber cardápios, elaborar serviços de mesa e, ainda, harmonizar diferentes bebidas e comidas de forma criativa. Dessa forma, eles têm uma formação completa e dinâmica na faculdade.

Cozinha industrial

A cozinha industrial é, talvez, um dos segmentos mais conhecidos dentro da Gastronomia. Os chefs são os responsáveis pelo espaço de estabelecimentos e comandam todo o processo de preparação dos alimentos, atuando na coordenação da equipe e criando pratos de difícil preparo.

No entanto, é preciso ter experiência e qualificação para conseguir uma vaga no ramo. Para ampliar o leque de oportunidades, o estudante também pode aprender os aspectos de diferentes culinárias, como vegetariana, vegana, japonesa, francesa, entre outros.

Possibilidades de estágio

Estando em uma instituição de ensino, o aluno tem a chance de conseguir estágios no setor gastronômico e ganhar experiência antes mesmo de ingressar no mercado de trabalho. Isso é fundamental para o futuro profissional do indivíduo, que certamente conseguirá alcançar melhores salários e vagas no futuro.

O estagiário, por exemplo, pode ajudar na rotina de funcionamento da cozinha, controlar o estoque de alimentos e o fluxo de produtos, além de contribuir para a elaboração de menus e de cardápios, criando e adaptando diferentes receitas.

Profissionais de referência na área

Uma boa faculdade de Gastronomia deve, por fim, oferecer aos graduandos um corpo docente qualificado e profissionais de referência na área. Este contato permite que os alunos enriqueçam suas habilidades e seus conhecimentos, favorecendo como um todo a atuação na carreira.

Inclusive, é possível conhecer de perto a vivência e o cotidiano de um chef renomado, além de ter a chance de realizar networking antes mesmo de ingressar no mercado. Tudo isso favorece significativamente a experiência do estudante, que poderá aprender, na prática, todos os aspectos que o trabalho no ramo alimentício aborda.

De fato, as melhores faculdades de Gastronomia destacam-se justamente por atender aos critérios listados. Dessa maneira, antes de realizar a sua matrícula, leve em consideração tais pontos e escolha por uma instituição de ensino superior que atenda aos requisitos e às necessidades da profissão. Assim, você terá mais chances de ter uma educação de qualidade e de excelência.

Gostou do conteúdo? Quer saber mais sobre a graduação de Gastronomia da Anhanguera? Então, entre em contato com a nossa equipe agora mesmo!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content