Enfermagem ou Fisioterapia? Qual curso escolher?

enfermagem ou fisioterapia

Optar por uma graduação não é tarefa fácil, concorda? Com tantas opções e segmentos específicos para seguir, é comum ficar perdido, principalmente se você se identifica com a área da Saúde. Apesar de terem disciplinas em comum, é importante focar as diferenças para fazer a escolha certa.

Nesse caso, a possibilidade de cursar Enfermagem ou Fisioterapia é bastante considerada por quem escolhe esse tipo de carreira. Em muitos casos, os profissionais atuam em conjunto, mas apresentam atuações distintas. Assim, é essencial analisar a grade curricular, o perfil do estudante e as características de cada faculdade para que a opção ideal seja considerada.

Neste post, mostraremos as diferenças entre Enfermagem e Fisioterapia. Confira!

Qual é a principal diferença entre Enfermagem e Fisioterapia?

Na prática, existem várias diferenças entre Enfermagem e Fisioterapia, e é importante conhecê-las para escolher a faculdade ideal. O enfermeiro é responsável por acompanhar os pacientes com diferentes quadros clínicos, desde a fase de diagnóstico até a sua total recuperação.

Além disso, o curso de Enfermagem inclui matérias direcionadas para o ramo de gestão de estabelecimentos de saúde. Com isso, os profissionais também podem atuar no treinamento de equipes e no setor administrativo.

Já o foco dos fisioterapeutas é no tratamento e diagnóstico de disfunções motoras. Logo, ajudam na reabilitação de pacientes acamados, pessoas com deficiência, atletas lesionados, quem sofreu acidente etc.

Quais são os principais aspectos da faculdade de Enfermagem?

Já se perguntou por que fazer Enfermagem? Essa faculdade tem o objetivo de formar profissionais aptos a atuarem na restauração da saúde e na prevenção de doenças dos pacientes. Ao longo do curso, o estudante entra em contato com várias aulas práticas, que são feitas em laboratórios.

É por meio delas que você desenvolverá competências e habilidades necessárias para a atuação profissional. Para concluir a graduação e ter o diploma em mãos, é fundamental realizar estágios desde o início do curso e realizar um TCC para descobrir a área de atuação ideal.

Se ficou interessado, saiba que poderá estudar Enfermagem na Anhanguera com mensalidades a partir de R$ 449,00* — excelente, não é mesmo?

Tempo de curso para graduação em Enfermagem

A graduação em enfermagem é do tipo Bacharelado e tem duração de 5 anos (10 semestres), com aulas no período matutino e noturno aqui na Anhanguera. Nesse tempo, os alunos contam com aulas teóricas e práticas, além de estágios supervisionados e não obrigatórios.

Principais matérias em Enfermagem

Uma das vantagens da Enfermagem é a grade curricular, que inclui disciplinas muito importantes para a formação completa dos estudantes. Ao longo da graduação, você aprenderá conteúdos básicos dos cursos de Ciências Biológicas, como Genética, Bioquímica e Imunologia.

Também há matérias do curso de Enfermagem essenciais para que o aluno se torne um enfermeiro de sucesso, como:

  • Fundamentos Técnicos de Enfermagem;
  • Bioética e Legislação em Enfermagem;
  • Didática Aplicada à Enfermagem;
  • Enfermagem na Saúde da Criança e do Adolescente.

Perfil do estudante de Enfermagem

O estudante de Enfermagem deve ter habilidades que vão além da capacidade técnica. Afinal, nessa profissão, é necessário lidar com pacientes em situações de vulnerabilidade. Por essa razão, é muito importante dominar o conhecimento necessário para prevenir a piora de doenças ou aliviar uma dor.

A paciência e a sensibilidade são tão essenciais quanto os talentos específicos dessa carreira. Embora algumas características sejam naturais, elas também podem ser adquiridas na graduação. As principais aptidões de um aluno de Enfermagem são:

  • proatividade;
  • empatia;
  • equilíbrio emocional;
  • resolução de problemas;
  • boa comunicação.

E como é a faculdade de Fisioterapia?

Se quer saber por que fazer Fisioterapia, é importante conhecer as principais características do curso. A graduação forma profissionais que poderão tratar de pessoas com dificuldades motoras, tanto aquelas causadas por acidentes quanto as por doenças, tendo um papel essencial em sua qualidade de vida.

Ao longo da faculdade, é necessário ficar atento aos avanços tecnológicos e científicos que ocorrem constantemente nessa área. Para concluir o curso e conquistar o sonho de atuar na profissão, o aluno deve realizar estágios obrigatórios e elaborar um TCC.

Uma das vantagens da Fisioterapia na Anhanguera é o valor das mensalidades: você poderá estudar em uma ótima faculdade pagando a partir de R$ 299,00.*

Tempo de curso para graduação em Fisioterapia

O curso de Fisioterapia também é do tipo Bacharelado e tem duração média de 4 anos, ou seja, 8 semestres. O aluno que optar pela Anhanguera poderá cursá-lo na modalidade de ensino presencial, tendo todo o suporte de professores qualificados.

Principais matérias em Fisioterapia

A grade curricular dessa graduação é composta por matérias das faculdades da área da Saúde e Ciências Biológicas. No começo da faculdade, as disciplinas são mais teóricas e voltadas para o entendimento do corpo humano. Depois, são introduzidas aulas específicas e mais práticas.

Os principais assuntos vistos ao longo dos estudos são:

  • Cinesioterapia Aplicada;
  • Fisioterapia Cardiopulmonar na Saúde do Adulto;
  • Fisioterapia na Atenção Secundária;
  • Fisioterapia na Saúde da Mulher.

Perfil do estudante de Fisioterapia

Existem várias habilidades em comum entre os alunos dessa graduação. Eles devem gostar do contato com as pessoas, pois serão o foco da sua carreira e formação. Além disso, ter afinidade com disciplinas do ramo da Saúde também é um grande passo para encarar a faculdade com tranquilidade e para aproveitar todos os momentos.

Outras características importantes que podem ser desenvolvidas durante as aulas são:

  • empatia;
  • atenção à saúde;
  • observação de evidências científicas;
  • equilíbrio emocional.

Vale mais a pena se formar em Enfermagem ou Fisioterapia?

As duas graduações apresentam vários aspectos em comum. Um deles é o mercado de trabalho, que está aquecido e em expansão para ambas as profissões.

O fisioterapeuta pode se especializar em várias áreas e trabalhar em diferentes locais, como hospitais, academias, clínicas, clubes esportivos, entre outros. O salário médio do profissional é de R$ 2.882,42* para uma jornada de trabalho de 31 horas semanais.

Já o enfermeiro também encontra diversas oportunidades profissionais, podendo atuar em diferentes áreas, como oncologia, geriatria, dermatologia e pediatria. A média salarial é de R$ 3.399,91* para uma jornada de trabalho de 38 horas semanais.

Antes de decidir cursar Fisioterapia ou Enfermagem, é essencial refletir sobre qual alternativa mais combina com o seu perfil. Para isso, analise a grade curricular, o mercado de trabalho, as áreas de atuação e, claro, a faculdade.

Aqui na Anhanguera, os dois cursos são ofertados na modalidade presencial e semipresencial. Além disso, o nosso corpo docente é preparado e atuante no mercado, e poderá tirar todas as suas dúvidas.

Faça já a sua escolha!

Viu só as diferenças entre Enfermagem e Fisioterapia? Então, saiba que, para fazer a escolha certa, é essencial considerar suas expectativas e preferências individuais em relação à carreira, além de optar por uma instituição de ensino reconhecida e de qualidade.

Gostou de saber mais sobre as duas graduações e quer estudar em uma ótima faculdade? Então, inscreva-se no vestibular da Anhanguera!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.