7 características essenciais para um estudante de Enfermagem

estudante de enfermagem

O mercado de trabalho valoriza profissionais que, além de terem um bom conhecimento técnico, também apresentem excelentes habilidades cognitivas e comunicacionais. Por isso, se você se identifica com a área da saúde, precisa conhecer as competências que um estudante de Enfermagem deve desenvolver.

Existem muitas formas de aprimorar as suas habilidades, e uma delas é por meio da experiência acadêmica. A graduação é uma grande potencializadora desse processo de crescimento pessoal, pois cria oportunidades para que a aquisição de novas aptidões seja mais rápida e extremamente positiva.

Pensando nisso, preparamos este artigo para você conhecer quais são as características que todo estudante de Enfermagem deve ter. Boa leitura!

Interesse pelos estudos

Se você pretende fazer Enfermagem em 2020, é importante ter interesse em manter os estudos por muito tempo. Além de dedicar-se ao curso e buscar uma instituição completa, com grade curricular atualizada, professores comprometidos com o aprendizado e aulas teóricas e práticas — caso aqui da Anhanguera —, você deve continuar se aprimorando.

Com o surgimento de novas tecnologias na área da saúde, é fundamental aprender técnicas diferenciadas, além de especializar-se em um segmento. Algumas opções são Enfermagem Obstétrica, Neonatal e Oncológica.

Manter-se atualizado por meio de pós-graduações também é um ponto importante na carreira. Isso vai elevar o seu currículo a outro nível em relação aos colegas de profissão. Lembre-se de que o mercado de trabalho é promissor, mas competitivo. E quem se dedica consegue as melhores vagas.

Proatividade

Proatividade é a atitude que faz o profissional antever uma situação. É aquela pessoa que sempre está disposta e apta a não apenas fazer o que solicitam, mas ir além. Em um ambiente hospitalar, essa característica é fundamental, pois existem muitos imprevistos que acontecem a todo momento.

Dessa forma, o enfermeiro proativo é capaz de enxergar os imprevistos e já se prepara para realizar suas obrigações antes mesmo que alguém peça para fazê-las. Uma boa faculdade de Enfermagem ajuda o aluno a desenvolver essa e todas as características desta lista no dia a dia dos laboratórios e também nos estágios supervisionados.

Senso de empatia

Primeiro, é importante acreditar no seu potencial para, assim, imaginar-se na situação do outro. Com empatia, o enfermeiro tende a se colocar no lugar de quem está doente, de forma que a relação entre paciente e profissional seja muito melhor, assim como os cuidados com a pessoa.

Essa característica deve ser exercitada diariamente, desde os estágios realizados durante a graduação. Para ajudar você a conseguir oportunidades que permitam desenvolver a empatia e outras habilidades, o Canal Conecta, exclusivo para os alunos aqui da Anhanguera, oferece vagas de estágio e de emprego para estudantes e profissionais de Enfermagem.

Respeitar o próximo é muito importante para que o enfermeiro consiga manter o controle em situações adversas e saiba tratar os pacientes da melhor forma. Por isso, o profissional de sucesso deve ser uma pessoa empática.

Inteligência emocional

Essa é uma das características do enfermeiro que se encaixa em outras profissões. A rotina do profissional exige estabilidade emocional para lidar com diferentes situações. Por isso, é necessário conseguir enfrentar momentos complicados sem se abater — o que não significa ser uma pessoa fria.

O enfermeiro deve lidar com as pressões do ambiente de trabalho, administrando as situações com equilíbrio e inteligência emocional. Assim, deve aprender a lidar com frustrações e feedbacks negativos, desenvolver resiliência e saber controlar os impulsos.

É importante ter em mente que o estresse pode surgir não apenas nas relações com os pacientes, mas também com outros profissionais. Ter estabilidade emocional ajuda a aprender com as adversidades e a ter uma atitude mais otimista no dia a dia, além de melhorar relacionamentos interpessoais.

Habilidade com o trabalho em equipe

Se você pretende fazer Enfermagem na Anhanguera, saiba que trabalhar em equipe é praticamente uma regra — o que vale para toda a área da saúde. Enfermeiros, médicos das mais diversas especialidades, fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos e nutricionistas compõem um conjunto de profissionais capazes de promover e manter a saúde das pessoas.

Por isso, quem faz o curso de Enfermagem e quer atuar tanto em hospitais e clínicas quanto no atendimento domiciliar precisa desenvolver a capacidade de saber opinar junto a um grupo de especialistas. Afinal, as habilidades de cada área são indispensáveis para o bom resultado final do tratamento.

Boa comunicação

A habilidade de comunicação é fundamental para destacar-se em diversas carreiras. No caso do enfermeiro, essa característica tem um peso ainda maior, já que o profissional trabalha em contato direto com pessoas, como médicos, pacientes, familiares, equipes de saúde, pessoal administrativo, entre outras.

Assim, é importante saber como transmitir mensagens e delegar tarefas de forma clara para evitar erros nos procedimentos, pois isso pode trazer riscos aos pacientes. O enfermeiro deve ser cuidadoso no preenchimento dos prontuários, por exemplo, e saber repassar as principais informações dos pacientes na troca de turno.

Lembre-se de que comunicar-se bem não significa apenas saber falar com desenvoltura. É necessário também escutar o outro.

Sabedoria em liderar

As características do enfermeiro de sucesso passam pela capacidade de liderar, pois ele deve, muitas vezes, ter iniciativa frente à equipe de trabalho e tomar decisões acertadas. Afinal, o profissional tem inúmeros pacientes que dependem da sua atuação.

É preciso ser, ao mesmo tempo, incisivo e sensível e exercer a liderança de maneira eficaz. Assim, você conseguirá conduzir a equipe e o paciente a um caminho que entregue os melhores resultados com menos tempo — habilidades inerentes ao enfermeiro de sucesso.

Pense em como é trabalhar com uma equipe de saúde na residência em Enfermagem ou lidar com pacientes em uma clínica geriátrica. Usar rispidez e autoridade não é a solução mais adequada e ainda pode causar repúdio e insatisfação nos demais membros do time.

Essa característica é muito desenvolvida durante os trabalhos em grupo na faculdade. Por isso, o valor do curso de Enfermagem deve ser visto como um investimento.

Agora que você conhece o perfil do estudante de Enfermagem, deve buscar uma instituição de ensino reconhecida e que ofereça uma graduação de qualidade. Aqui na Anhanguera, é possível escolher entre as modalidades de ensino presencial e semipresencial. Não deixe de conhecer nosso curso de Enfermagem EAD:

Identificou-se com o perfil do estudante de Enfermagem e quer estudar em uma faculdade que fará de você um profissional de sucesso? Então, inscreva-se no vestibular da Anhanguera!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.