Guia completo da Carreira em Departamento Pessoal

carreira em departamento pessoal
Banner curso de Inteligencia Artificial por R$ 66,42 na Anhanguera

O Departamento Pessoal ou DP é o setor responsável pelas questões operacionais relacionadas aos funcionários de uma empresa. Folha de pagamento, controle de horas trabalhadas, administração de benefícios, admissão, demissão, férias e licenças são algumas delas.

O principal objetivo do DP é o cumprimento das legislações trabalhistas e demais regulamentações governamentais. Embora tenha um foco mais operacional, este setor desempenha um papel importante ao lado da área de Recursos Humanos (RH), oferecendo suporte à gestão de pessoas. 

Neste guia completo, conheça detalhes sobre a carreira em Departamento Pessoal. Boa leitura! 

A carreira em Departamento Pessoal 

Enquanto o RH se concentra no recrutamento e seleção de talentos, desenvolvimento e treinamento, gestão de desempenho, cultura organizacional, o DP viabiliza processos operacionais para que os colaboradores desempenhem suas funções nas empresas. 

Os profissionais deste setor também são os principais responsáveis pelo cumprimento das leis trabalhistas relacionadas aos funcionários. Isso garante a conformidade da organização com as legislações e impacta positivamente o bem-estar dos colaboradores, que terão seus direitos assegurados. 

O DP também registra, monitora e fornece informações sobre os colaboradores para o RH e gestores da organização. Esses dados podem ser utilizados para a tomada de decisões estratégicas sobre a gestão de pessoal e apoiar outras atividades, como recrutamento e seleção. 

Com viés estratégico e operacional ao mesmo tempo, a carreira em DP oferece várias possibilidades de crescimento. À medida que os profissionais conquistam experiência, podem se tornar especialistas em alguns segmentos, como gestão de ponto, compliance trabalhista e legislação ou atuar na liderança, como gerente/diretor de Departamento Pessoal. 

Vale lembrar também que, em muitas empresas, os setores de Recursos Humanos ou Gestão de Pessoas e Departamento Pessoal não são separados. Nessas organizações, os profissionais desempenham um pouco das funções de cada área. O que é positivo, uma vez que aumenta as possibilidades de atuação e de crescimento. 

carreira em DP

“As áreas que cuidam da gestão de funcionários precisam ser encaradas como fundamentais para o crescimento de qualquer empresa.“
Mônica Hauck, cofundadora e CEO da Sólides

O papel do DP na cultura organizacional das empresas

As atividades do departamento pessoal impactam a maneira como os funcionários percebem e se relacionam com a organização, pois este setor contribui para: 

  • Cumprimento das leis trabalhistas, direitos dos funcionários e políticas de RH;
  • Comunicação clara e assertiva, com a disseminação de informações importantes sobre a empresa, como circulares sobre novos procedimentos e avisos em geral;
  • Credibilidade dos colaboradores na organização. Ao lidar com questões como processamento de salários, administração de contratos, benefícios trabalhistas e registros de acordo com legislações e normas de trabalho, o DP contribui para que os funcionários sintam-se seguros e protegidos. 
  • Geração de dados que podem ser aproveitados para aprimorar as práticas de RH. Informações sobre folhas de pagamento, registros de horas trabalhadas, benefícios, e até mesmo feedbacks de funcionários podem gerar dados valiosos que, ao serem analisados, identificam tendências de desempenho, padrões de absenteísmo, necessidades de treinamento e desenvolvimento, bem como para avaliam a eficácia das políticas organizacionais. Dessa forma, o RH pode tomar decisões mais embasadas e estratégicas, melhorando a gestão de talentos e o ambiente de trabalho de forma geral.

Assim, este setor impacta positivamente na criação e manutenção de um ambiente de trabalho alinhado com os valores, objetivos e cultura da organização. 

Mercado de Trabalho de Departamento Pessoal

Os profissionais de DP são fundamentais para qualquer empresa, independente de qualquer desaceleração econômica. Afinal, as empresas precisam garantir o cumprimento das leis trabalhistas e manter suas operações. Portanto, a demanda no mercado de trabalho deste setor tende a se manter estável. 

Em várias empresas, os profissionais de Departamento Pessoal atuam lado a lado com o Recursos Humanos ou até mesmo desempenhando algumas funções relacionadas à gestão de pessoas. Conforme pesquisa divulgada na Exame, em 61% das grandes organizações, o DP é o responsável pelos processos de RH. 

Isso abre portas para os profissionais de DP, já que também podem trilhar carreira para a área de recursos humanos, como consultores, gestores de RH e recrutadores, por exemplo. 

Ainda conforme o levantamento divulgado na Exame, 75% das grandes empresas utilizam tecnologia para automatizar os processos burocráticos de DP. Já em relação às pequenas empresas, apenas 29% utilizam este recurso.  

Para complementar, segundo a consultoria Robert Half, a pandemia acelerou o uso da tecnologia no RH e DP e, em 2023, 80% das empresas já utilizavam sistemas em diversos processos nesses setores. Além disso, 20% das organizações já utilizam chatbots para atender os funcionários e 15% usam a IA para análise de dados. 

Com o avanço da tecnologia e a automação de muitas tarefas operacionais do DP, como o preenchimento manual da folha de pagamento, estão sendo substituídas por sistemas. 

Porém, isso não significa que os profissionais serão descartados e sim, que devem adquirir novos conhecimentos e habilidades mais estratégicas. Dessa forma, conseguirão se destacar no mercado de trabalho. 

carreira em DP

Quais as áreas dentro do Departamento Pessoal?

As principais áreas do Departamento Pessoal são:

  • Admissão e demissão: responde por todos os processos relacionados à contratação e demissão de funcionários, como os exames admissionais/demissionais e recebimento de documentação;
  • Gestão de benefícios: gerenciamento e comunicação das questões relacionadas aos programas de benefícios da empresa como planos de saúde, vale-refeição, vale-transporte, entre outros; 
  • Gestão da folha de pagamento: processamento e cálculo do pagamento dos funcionários. Essa área atua em paralelo com o setor financeiro; 
  • Controle de ponto: gestão das horas trabalhadas dos funcionários, a fim de garantir o cumprimento da carga horária conforme às leis trabalhistas. 

É importante ressaltar que, conforme a empresa, essa divisão de áreas pode estar estruturada de maneira diferente. Contudo, essa separação é comum em boa parte das organizações. 

Quais os cargos dentro do Departamento Pessoal?

Os principais cargos do Departamento Pessoal são

  • Estagiário em Departamento Pessoal: oferece suporte para qualquer área do Departamento Pessoal conforme às necessidades da empresa. Dessa forma, consegue, ainda na graduação, conhecer um pouco mais da profissão e escolher onde deseja se especializar. Geralmente, é um estudante de Recursos Humanos ou Administração de Empresas;
  • Analista de Departamento Pessoal: responsável pela execução das atividades de rotina do setor de DP, como gestão de folha de pagamento, controle de ponto e administração de benefícios;
  • Auxiliar/Assistente de Departamento Pessoal: executa atividades mais operacionais que vêm antes das rotinas realizadas pelo Analista de DP, como recebimento e organização de documentos e lançamento de dados em sistemas;
  • Coordenador de Departamento Pessoal: distribui e acompanha as atividades dos demais membros do setor de DP, garantindo o cumprimento das políticas internas, leis e os prazos;
  • Gerente de Departamento Pessoal: outro nível de liderança do Departamento Pessoal, que atua de maneira mais estratégica, como desenvolvimento de novas políticas e a proposição de novos benefícios para os colaboradores. 

Além desses cargos, os profissionais de Departamento Pessoal podem se especializar em algumas áreas e atuar como consultores de DP, Analista de Folha de Pagamento, e Especialista em eSocial. 

Também é possível seguir carreira em RH e administração de pessoal. Dessa forma, podem atuar em cargos como Analista em RH, Gestor de Recursos Humanos e nas áreas de auditoria em RH, treinamento de pessoal e retenção de talentos. 

Quais os salários e benefícios da carreira?

As médias salariais para os profissionais de Departamento Pessoal conforme os cargos são: 

  • Estagiário em Departamento Pessoal: entre R$ 800 a R$ 1.200;
  • Analista de Departamento Pessoal: entre R$ 2.000,00 e R$ 3.000,00; 
  • Auxiliar/Assistente de Departamento Pessoal: entre R$ 1.500,00 e R$ 2.000; 
  • Coordenador de Departamento Pessoal: entre R$ 4.000,00 e R$ 6.000,00;
  • Gerente de Departamento Pessoal: entre R$ 6.000,00 e R$ 10.000,00. 

Os salários podem variar conforme o local, porte da empresa e setor. Outros fatores que influenciam na remuneração são especializações no currículo e as demandas do mercado. 

Qual é o perfil do profissional de departamento pessoal? 

O perfil do profissional de departamento pessoal inclui habilidades técnicas e interpessoais, como:

  • Domínio da legislação trabalhista;
  • Habilidades com cálculos e matemática;
  • Facilidade de lidar com tecnologia, mas especificamente com sistemas de gestão em RH;
  • Saber trabalhar em equipe;
  • Gostar de lidar com pessoas;
  • Ter boas habilidades com comunicação;
  • Empatia;
  • Compromisso com a confidencialidade das informações.
carreira em DP

Saiba mais: como criar um ótimo currículo de departamento pessoal?

Habilidades do profissional de DP

Além das citadas, os profissionais de DP precisam ter outras habilidades. Elas estão foram descritas na Pesquisa de Escassez de Talentos 2023, que apontou as 5 soft skills mais buscadas no Brasil e no Mundo. 

No Brasil, as mais procuradas são:

  • Resiliência e capacidade de adaptação;
  • Raciocínio e solução de problemas;
  • Tomada de iniciativas;
  • Colaboração e trabalho em equipe;
  • Confiabilidade e autodisciplina.

Já ao nível mundial, temos:

  • Confiabilidade e autodisciplina;
  • Resiliência e capacidade de adaptação;
  • Pensamento crítico e análise;
  • Criatividade e originalidade;
  • Raciocínio e solução de problemas. 

Essas habilidades podem ser desenvolvidas ainda durante a graduação, tanto pela vivência em sala de aula como por meio de cursos específicos. Assim, o profissional de DP pode iniciar a sua carreira no mercado com uma certa vantagem competitiva. 

Como é a cultura e os desafios da carreira?

A cultura da área de Departamento Pessoal requer profissionais com rápida adaptabilidade e proatividade na busca de atualizações. Afinal, trata-se de um ramo que a todo momento é impactado por novas normativas, processos e tecnologias. 

Além disso, também é importante o foco na comunicação interna, tanto entre as equipes de RH, DP e financeiro como também entre esses setores e os colaboradores. 

E, caso o profissional de DP vislumbre seguir a carreira em RH, atuar no DP oferece a possibilidade de conhecer melhor os processos relacionados à gestão de pessoas. 

Já em relação aos desafios, adaptação e entendimento das especificidades e dinâmicas de cada organização são os principais. Embora alguns processos de DP sejam similares em todas as empresas, é indispensável compreender os perfis de cada uma. 

Afinal, a dinâmica de uma empresa de tecnologia não é a mesma do varejo, concorda? 

Outros desafios relevantes são: 

  • Acompanhar com rapidez as mudanças na legislação trabalhista e previdenciária para garantir que a empresa continue atuando conforme à lei, evitando multas e outras sanções legais;
  • Garantir uma boa comunicação com os colaboradores, solucionando dúvidas e fornecendo orientações, mesmo diante da rotina diária do DP;
  • Mudanças organizacionais constantes. É comum que algumas empresas passem por estruturações com uma frequência maior que outras e o DP, ao lado do RH e financeiro, precisam conferir celeridade aos processos internos;  
  • Burocracia dos softwares públicos. Em paralelo a isso, temos o uso dos sistemas de DP e RH que podem ser implantados pelas empresas. Nem sempre, eles oferecem uma fácil usabilidade e/ou o profissional não tem facilidade com a tecnologia. 

Sobre a tecnologia na área de DP, abordaremos este tema nos tópicos seguintes. 

Principais sindicatos e associações de profissionais de Departamento Pessoal

A associação voltada para profissionais de DP é a Associação dos Profissionais de Departamento Pessoal e Recursos Humanos (APDPRH), que promove diversas ações de suporte e de integração dos trabalhadores destes dois setores. 

Além dessa, existem outras associações voltadas para a área de Recursos Humanos que também apoiam os profissionais de DP. São elas: 

  • AGERH – Associação dos Gestores de Recursos Humanos: promove a valorização dos profissionais de gestão por meio de capacitação e aperfeiçoamento técnico, científico e cultural de seus membros;
  • ABRH – Associação Brasileira de Recursos Humanos: uma das maiores associações de recursos humanos do país e oferece networking, desenvolvimento profissional e eventos para diversos profissionais da área de RH e DP;
  • Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de Recursos Humanos, Trabalho Temporário e Terceirizado: tem por objetivo reunir sindicatos patronais representativos destes segmentos em todo território nacional. Com sede em São Paulo, é a porta-voz oficial da Prestação de Serviços. 

Quais são as regulamentações para a profissão?

Atualmente, não há uma regulamentação específica no Brasil para as profissões da área de Departamento Pessoal, como existem no ramo do direito e medicina, por exemplo. Dessa maneira, ficam valendo para esses profissionais as normativas que regulam as relações laborais no país. As principais são: 

  • Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que estabelece os direitos e deveres dos trabalhadores e empregadores;
  • Normas Regulamentadoras (NRs) em geral, como a NR-7 (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO);
  • Legislações Previdenciária e Fiscal;
  • Convenções Coletivas e Acordos Trabalhistas. 

Quais as perspectivas futuras?

As principais tendências na área de Departamento Pessoal tem como base o uso da tecnologia, que impacta a área de DP de maneira positiva. 

A automação dos processos, como lançamento manual de folha de pagamento e controle de benefícios, são facilmente solucionados a partir de um software de DP e/ou RH. 

Quando esses sistemas são online, podem ser acessados de qualquer computador que tenha conexão com a internet, oferecendo uma maior flexibilidade aos profissionais de DP. Isso também favorece a comunicação entre o setor e os colaboradores. 

A inteligência artificial também merece destaque por estar amplamente sendo utilizada no setor de DP como suporte nas tomadas de decisões. Alguns exemplos de aplicação são na:  

A tecnologia de modo geral confere mais agilidade na rotina de DP, de modo que os profissionais podem abandonar tarefas repetitivas e operacionais. Dessa forma, conseguem focar em aspectos mais estratégicos do setor que agregam maior valor às empresas, como a análise de relatórios. 

Aqui, reforçamos a importância dos profissionais de DP estarem sempre atualizados não apenas sobre as legislações trabalhistas, mas também em relação às tecnologias e tendências para o setor de Departamento Pessoal. 

Como se especializar e trabalhar com departamento pessoal?

Para trabalhar com Departamento Pessoal, pode-se apostar em graduações, como Bacharel em Administração de Empresas e Tecnólogo em Recursos Humanos. Contudo, essas formações são de nível superior e, portanto, mais longas e com custos maiores.  

Agora, se para quem deseja entrar na área de uma maneira mais rápida, pode optar pelas formações mais curtas, como cursos livres e profissionalizantes.

Todas essas opções têm uma duração mais curta, entre dois meses e um ano, e podem ser encontradas nas modalidades EAD e presencial. O investimento também costuma ser mais acessível em comparação com os cursos de nível superior. 

Mas, lembre-se: a escolha entre um ou outro formato dependerá dos seus objetivos profissionais. Aspectos como orçamento e disponibilidade de horários também devem ser levados em consideração. 

carreira em DP

Entre rápido na área de DP: conheça o curso profissionalizante de Departamento Pessoal da Faculdade Anhanguera! 

Essa formação possui 190 horas e aborda todas as áreas de DP que você precisa dominar para alcançar o sucesso nessa carreira. Disponível na modalidade EAD, o aluno pode estudar de onde estiver e quando puder. 

Acelere sua jornada no mercado de trabalho: clique aqui e saiba mais sobre o curso profissionalizante em DP da Anhanguera! 

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Inscreva-se gratuitamente no vestibular online ou use sua nota do Enem para obter bolsas e descontos!

Artigos relacionados