Biomedicina ou Odontologia? Qual é a melhor opção?

biomedicina ou odontologia

O momento de escolher uma graduação deixa vários estudantes em dúvida, principalmente quem deseja seguir carreira na área da Saúde. Afinal, entre tantas opções, é importante decidir aquela que mais tem a ver com as suas preferências, concorda? Se quer poder atuar em vários campos, fazer o curso de Biomedicina ou o curso de Odontologia é um ótimo caminho.

Isso porque as duas faculdades contam com várias especialidades em alta e, por isso, é natural ficar perdido, visto a alta qualidade de ambos os cursos. É por essa razão que, neste post, vamos apresentar as principais diferenças entre Biomedicina e Odontologia. Continue a leitura e descubra qual dos dois é o ideal para você!

Como é o curso de Biomedicina?

A faculdade de Biomedicina da Anhanguera é do tipo Bacharelado, dura 5 anos e é um curso da área das Ciências Biológicas. O objetivo é formar profissionais que sejam capazes de compreender as técnicas de questões laboratoriais, como a análise de exames.

Para isso, é necessário se dedicar aos estudos e dar atenção às matérias. Afinal, são muitas disciplinas complexas, voltadas para a Física, a Química e a Biologia. Tudo isso dialogando com os sistemas do corpo humano e dos animais, já que os biomédicos também podem se dedicar ao campo da Veterinária.

O curso é dividido em disciplinas práticas e teóricas. Ao final, você deve fazer os estágios obrigatórios e o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Quais são as principais matérias da graduação em Biomedicina?

Na Anhanguera, a grade curricular é composta por disciplinas que garantem uma formação completa e de qualidade aos alunos. Com isso, você sai da faculdade devidamente preparado para o mercado de trabalho. Algumas das principais matérias do curso incluem:

  • Saúde Coletiva;
  • Princípios Físico-Químicos Laboratoriais;
  • Patologia Geral;
  • Microbiologia;
  • Toxicologia;
  • Bacteriologia Clínica.

Como é a atuação de um biomédico?

Se você pensa em seguir carreira nessa especialidade, já deve ter se perguntado: afinal, onde trabalhar com Biomedicina? A verdade é que, ao se graduar, é possível escolher entre diferentes campos, como Imagenologia, Saúde Animal, Estética etc. Em qualquer situação, é bom saber que essa profissão vem ganhando cada vez mais destaque.

Efetuar laudos de imagem e de exames laboratoriais está muito em alta, já que os médicos trabalham tendo como base esses exames, o que só aumenta a procura pelos biomédicos.

As principais áreas da Biomedicina são:

  • Citologia;
  • Biologia Molecular;
  • Análise Ambiental;
  • Banco de Sangue;
  • Embriologia.

Quanto um biomédico ganha em média?

Em decorrência das várias áreas de atuação e dos diversos cargos que são ocupados pelos biomédicos, os profissionais recebem salários variados. Contudo, a média é de R$ 2.620,95* para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, e o teto chega a R$ 5.543,10*.

As cidades com as maiores remunerações são:

  • São Paulo — R$ 3.387,31*;
  • Goiânia — R$ 2.985,62*;
  • Brasília — R$ 3.775,59*.

Como é o curso de Odontologia?

A faculdade de Odontologia da Anhanguera oferece aos estudantes uma experiência completa na formação acadêmica, unindo a prática à teoria. Durante o curso, o aluno tem acesso à capacitação necessária para tratar gengiva, boca e dentes com uma visão atualizada e integral da realidade do mercado.

A formação é do tipo Bacharelado, e se você já se perguntou quantos anos dura a faculdade de Odontologia, saiba que a média é 5 anos (10 semestres). Esse tempo corresponde à carga horária que deve ser cumprida ao longo da graduação, atualmente de 4 mil horas.

Os estágios são um momento fundamental para os graduandos concluírem o curso. Isso porque, embora a grade curricular tenha muitas matérias práticas, a execução em si possibilita uma vivência aprofundada da rotina profissional. É por meio dos estágios que você conhece o dia a dia da profissão e os desafios enfrentados.

Teste Vocacional Rápido

Quais são as principais matérias da graduação em Odontologia?

Durante a faculdade, os alunos entram em contato com diferentes disciplinas que envolvem conhecimentos e competências humanas e éticas. Por isso, a grade curricular de Odontologia da Anhanguera traz aulas práticas, laboratoriais e teóricas.

Algumas das principais matérias estudadas são:

  • Odontologia Morfofuncional;
  • Odontologia pré-clínica em Oclusão e Dentística;
  • Propedêutica Clínica;
  • Fundamentos para Reabilitação Oral.

Como é a atuação de um odontologista?

Afinal, o que faz o profissional de Odontologia? Por ser uma profissão considerada tradicional, existem diversos campos consolidados e que proporcionam excelentes oportunidades para quem quer seguir na área. Alguns deles incluem:

  • Clínico geral;
  • Ortodontia;
  • Implantodontia;
  • Radiologia odontológica;
  • Odontogeriatria.

A Odontologia é uma especialidade cada vez mais em alta. Além do cuidado preventivo e dos tratamentos para as doenças bucais, os procedimentos estéticos também fazem parte dessa profissão. O dentista aplica técnicas que ajudam a valorizar o sorriso, o que promove mais harmonia com a face.

Logo, a estética proporcionou um novo ramo de atuação para quem segue por essa área, ampliando o mercado de trabalho de Odontologia e aumentando as oportunidades.

Quanto um odontologista ganha em média?

A Odontologia é um ramo valorizado, tanto pela importância da atuação profissional quanto em função de sua tradição. Portanto, você encontrará um mercado aquecido e com um salário médio de R$ 3.667,49* para uma jornada de trabalho de 33 horas semanais.

Os estados com os salários mais promissores são:

  • Maranhão — R$ 5.653,04*;
  • São Paulo — R$ 4.631,41*;
  • Rio Grande do Sul — R$ 4.912,62*;
  • Amazonas — R$ 4.391,59*.

Como foi possível perceber, os dois cursos são da área da Saúde e contam com disciplinas voltadas para as Ciências Biológicas. Além disso, o mercado de trabalho de ambas especialidades está muito aquecido, com diversas oportunidades para diferentes setores.

Se você ainda está em dúvida sobre qual curso fazer, saiba que é importante levar em conta as suas características pessoais. Em relação ao estudante de Odontologia, é importante ter ética, equilíbrio emocional e empatia. Também é necessário ter sensibilidade para entender os problemas e intervir de maneira consciente.

Já o aluno de Biomedicina precisa ter um olhar crítico e clínico, gostar de desafios e saber relacionar assuntos de modo interdisciplinar. No entanto, não vá desistir da faculdade só porque não se vê nessas características, ok? Tudo isso é trabalhado aqui na Anhanguera conforme você for estudando.

Para fazer a escolha ideal, é fundamental que você procure por instituições que apresentem uma infraestrutura completa para o seu aprendizado e que contem com um corpo docente qualificado. Aqui na Anhanguera, a gente oferece isso e muito mais! Além de professores preparados, outros diferenciais são:

Agora é com você!

Viu só quais são as diferenças e as semelhanças entre Biomedicina ou Odontologia? Para fazer a escolha certeira, leve em conta suas habilidades e competências pessoais e, no momento de escolher uma faculdade, opte por aquela que seja conceituada e que tenha toda a infraestrutura necessária para a realização das aulas.

Tomou sua decisão e quer estudar em uma das faculdades mais conceituadas do país? Então, inscreva-se no vestibular Anhanguera e garanta já sua vaga!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content