7 áreas da Gastronomia em que o profissional pode atuar

prato de comida representando áreas da gastronomia

Considerados uma atividade essencial, os serviços de alimentação vêm crescendo no país nos últimos anos ― o que demonstra abertura ainda maior às diversas áreas da Gastronomia. De acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), mesmo diante da crise decorrente da pandemia do novo coronavírus no mundo, o setor espera se recuperar até o fim do ano e entrar em 2021 com consistência.

Embora o significado de “novo normal” ainda esteja nebuloso, um dado importante é que, com o isolamento social, o serviço de delivery aumentou 59%, segundo reportagem da revista Exame. Isso significa que o consumo de comida de bares e de restaurantes agora acontece em casa, com o auxílio de aplicativos de celular.

Dessa forma, o mercado da Gastronomia está em busca de inovação, e quem conseguir “pensar fora da caixa” vai encontrar muitas oportunidades de trabalho pela frente.

Pensando nisso, se você tem interesse em investir na carreira de Gastronomia em 2020, é bom começar conhecendo as principais áreas de atuação. Neste artigo, abordaremos 7 áreas de atuação dos gastrônomos. Além disso, falaremos como encontrar a melhor graduação em culinária e por que São Paulo deve estar no radar. Tenha uma excelente leitura!

As principais áreas da Gastronomia

De áreas mais práticas às mais gerenciais, há diversas possibilidades para atuar no ramo da Gastronomia. Confira tudo a seguir.

1. Confeitaria e panificação

Se você é aficionado por sobremesas maravilhosas e pães com diferentes texturas e sabores, saiba que a confeitaria está entre uma das mais cobiçadas especialidades da Gastronomia. Entre as funções do chef de confeitaria, estão:

  • preparar receitas tradicionais e criar técnicas para a confecção de biscoitos, bolos, tortas e pães com variados tipos de farinha e recheios doces e salgados;
  • criar sobremesas, coberturas e guloseimas. Nesse contexto, o chocolate ganha um grande destaque, até mesmo com esculturas artísticas;
  • atuar em serviços de catering (refeições coletivas), ao criar decorações de mesas de buffets e trabalhar na cozinha de hotéis, navios de cruzeiro ou estabelecimentos comerciais.

2. Cozinha criativa

O chefs estão embarcando em verdadeiras experiências gastronômicas, que despertam todos os sentidos dos clientes, da visão ao tato. Nesse sentido, cozinha criativa é aquela que introduz novas técnicas de preparo para que os pratos alcancem originalidade em termos de cores, sabores, texturas e aromas, além de considerar o acabamento.

A pesquisa é uma atividade fundamental para os chefs que procuram novos estilos, e isso os obriga a conhecer muito bem o produto, bem como as técnicas usadas para cozinhá-lo. Além disso, a fusão de ingredientes é um elemento-chave, e o uso de tecnologias, como resfriadores, maçaricos e fornos especiais, está cada vez mais presente.

3. Personal chef

Hoje, há cada vez mais chefs profissionais trabalhando como cozinheiros domésticos ou investindo em como ser freelancer. A atuação do personal chef é abrangente, e ele pode trabalhar sendo responsável pela cozinha de uma família ou grupo de pessoas. Por exemplo, a alimentação de chefs de estado, de um elenco de espetáculo, ou mesmo de famílias que precisem ou queiram alguém que se responsabilize por seu cardápio.

O personal chef pode se especializar em alguma área e trabalhar com eventos ― sendo inclusive a “celebridade” em questão, ao fazer a chamada cozinha de espetáculo, preparando pratos para um determinado público.

4. Desenvolvimento de produtos

Falamos muito de inovação até agora, certo? A função do gastrônomo aqui é pesquisar e testar novos produtos, levando em consideração fatores técnicos e comerciais.

Do ponto de vista técnico, ele pensará em questões como a interação dos ingredientes com a matriz alimentar (carne, vegetais etc.) para obter, por exemplo, um produto mais saudável. Ainda, deve estar atento às tecnologias de conservação com o objetivo de manter as qualidades nutricionais elevadas e, ao mesmo tempo, sensorialmente atraentes aos consumidores.

Do ponto de vista comercial ou de mercado, esses produtos precisam ser adaptados aos gostos e às necessidades das pessoas. Isso leva o gastrônomo a conhecer características da população ou da região à qual o produto é destinado.

5. Gestão de estabelecimentos

Esta é uma das áreas da culinária que não necessariamente envolve “pôr a mão na massa”, pelo menos na bancada da cozinha. Isso porque você vai ser um gerente gastronômico e deverá garantir o pleno funcionamento de diferentes estabelecimentos, como restaurantes, bares, serviços de catering ou qualquer outra empresa do setor gastronômico.

Tal função exige uma base sólida de conhecimentos administrativos essenciais à gestão de um estabelecimento ou empresa gastronômica.

6. Segurança alimentar

Outra área importante relacionada à faculdade de Gastronomia é a segurança alimentar. Ao trabalhar nessa área, sua preocupação será garantir que os alimentos cheguem aos consumidores em perfeitas condições, a fim de evitar danos à saúde. Para tanto, é necessário utilizar diferentes recursos e estratégias para garantir que todos os alimentos sejam seguros ao consumo.

Além disso, a área de segurança alimentar está vinculada a políticas de desenvolvimento humano, um trabalho multidisciplinar que envolve distribuição de produtos e estímulo a uma alimentação adequada a determinada população.

7. Consultoria gastronômica

Consultoria é um serviço prestado por uma empresa, ou profissionais especializados em um determinado setor, que consiste em aconselhar outras empresas ou pessoas sobre certos aspectos de um negócio. No caso da área gastronômica, o profissional tem as funções básicas de:

  • descobrir as necessidades de cada cliente;
  • realizar análise e diagnóstico da situação;
  • definir a estratégia e estudar a viabilidade do negócio;
  • implementar o planejamento para alcançar os objetivos.

Entre as práticas, estão:

  • design da oferta gastronômica do local;
  • renovação de cardápio;
  • determinação do preço certo pelos pratos oferecidos;
  • realização de diagnóstico das instalações ou do design dos espaços.

A graduação em Gastronomia é a melhor maneira de entrar no mercado

Especialização é a chave para você se destacar na profissão de gastrônomo. Para isso, a solução ideal é investir em um curso de Gastronomia em nível superior. Se você estiver pensando em prestar o vestibular em São Paulo, saiba que a Faculdade Anhanguera está entre as melhores opções na área, com um curso oferecido em modalidade de graduação tecnológica presencial em diversas cidades do estado e na capital.

Inclusive, a megalópole é considerada um dos polos gastronômicos mundiais, o que torna vantajoso cursar faculdade de Gastronomia em São Paulo. Afinal, será bem mais fácil ter proximidade com os mais distintos estabelecimentos, alguns deles com a assinatura de chefs conhecidos internacionalmente.

Aqui na Anhanguera, temos o objetivo de formar profissionais qualificados para projetar, implementar e coordenar sistemas de produção e elaboração de serviços gastronômicos de alto nível. Eles são preparados para atuar nos mais diferentes tipos de restaurantes, bares, refeitórios, cafés, padarias, docerias, buffets, entre outros estabelecimentos. Para isso, associamos as mais modernas tecnologias a metodologias de ensino focadas na prática constante.

Com esse fim, você vai aprender matérias como:

  • Administração Aplicada à Gastronomia;
  • Confeitaria;
  • Cozinha Brasileira;
  • Cozinha Fria;
  • Cozinha Internacional;
  • Cozinha Nutricional;
  • Cozinha Oriental;
  • Enologia e Enogastronomia;
  • História da Alimentação e da Gastronomia Brasileira;
  • História e Cultura da Gastronomia Internacional e Oriental;
  • Matérias-primas, Higiene e Controle de Alimentos;
  • Panificação;
  • Planejamento de Cardápio;
  • Planejamento Físico;
  • Prática Comportamental;
  • Projeto Integrado em Gastronomia;
  • Serviços de Bar;
  • Serviços em Eventos e Buffet;
  • Técnicas Básicas de Cozinha;
  • Tecnologia de Alimentos.

Agora que você conhece as principais áreas da Gastronomia, viu a diversidade de campos de atuação e sabe um pouco do funcionamento do curso, se este é seu sonho, é hora de correr atrás!

Então, entre em contato conosco e inscreva-se já no vestibular 2020.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.