Quer ser psicólogo? Veja o que é preciso

ser psicólogo

Você tem facilidade em ouvir as pessoas? Já cogitou a possibilidade de ser psicólogo? O curso de Psicologia costuma ser muito procurado por quem gosta de se relacionar com os outros. Além disso, diversas habilidades também são fundamentais, e todas elas podem ser adquiridas ou aprimoradas durante a graduação.  

O psicólogo não se baseia em achismos, já que as teorias estudadas na faculdade proporcionam conhecimentos para diagnósticos precisos. Nesse entremeio, estão fatores essenciais, como um ensino superior de qualidade na área, o desenvolvimento de técnicas, o domínio de práticas e teorias, entre outros quesitos necessários para ser psicólogo.

Quer saber mais? Continue a leitura e fique por dentro da profissão que tem entre suas principais características os cuidados com a saúde mental da sociedade.

Ensino superior em Psicologia

Você quer saber como ser psicólogo? Antes de qualquer coisa, o investimento em uma faculdade é indispensável. Isso porque apenas depois de concluir os 5 anos (10 semestres) de estudos — duração média do curso — você poderá atender pacientes. Lembrando que também é necessário o registro do CRP (Conselho Regional de Psicologia) do seu estado.

Durante o ensino superior em Psicologia da Anhanguera, estudantes e docentes compartilham suas vivências para uma formação humanizada e direcionada para o que faz um Psicólogo. Enfim, é na graduação que as teorias para se criar estratégias de recuperação dos pacientes serão estudadas.

Dessa maneira, nos 10 semestres, disciplinas, na maioria das vezes, teóricas, desenvolvem as competências e as habilidades básicas para o trabalho em clínicas, hospitais, empresas e outros locais onde o psicólogo pode construir uma carreira promissora.

A partir de R$ 455,04* mensais, você faz um curso completo aqui na Anhanguera, com docentes capacitados e reconhecidos na sua área de atuação.

Domínio das teorias sobre a mente humana

Um dos principais papéis do psicólogo nas clínicas e nos hospitais é diagnosticar e tratar doenças mentais; por isso é tão essencial o desenvolvimento de habilidades pessoais, como a empatia e a comunicação.

Já nas empresas, geralmente, ele atua no acompanhamento comportamental dos colaboradores e na contratação de novos funcionários, o que não dispensa tais habilidades. Nesse contexto, as teorias sobre a mente humana são a base para a identificação de problemas e de soluções. 

De Freud a Lacan, perpassando por outros importantes teóricos, para ser psicólogo, é fundamental ter domínio das perspectivas apresentadas por eles, que serão vistas a partir de diferentes abordagens. Ao compreendê-las, o psicólogo potencializa sua empatia, entendendo que o outro tem sentimentos e sensações diferentes que as suas e, consequentemente, afasta-se de possíveis julgamentos ao fazer um diagnóstico.

Desenvolvimento de senso ético

Na Psicologia, assim como em qualquer outro meio profissional, a ética é muito mais que uma matéria do curso. Não à toa, a responsabilidade com o que o paciente fala durante os atendimentos é fundamental, pois tudo deve ser mantido em confidência. 

Quando se trata de valores profissionais, o senso ético é assunto recorrente. Ao desenvolver técnicas para conhecer a mente das pessoas e encontrar patologias nesse aspecto, não se pode, em nenhum momento, ter uma conduta fora dos princípios morais.

Registro no órgão regulamentador da profissão

Como vimos, para seguir carreira na Psicologia, é indispensável o registro no CRP, o órgão regulamentador. O conselho é uma maneira eficaz de regulamentar a profissão, orientando e fiscalizando a atuação desses profissionais. A sua criação foi promulgada pela Lei 5.766 no ano de 1971.

Além das unidades regionais, também foi instituído o CFP, o Conselho Federal de Psicologia, com sede no Distrito Federal. A ideia é que as regionais fiquem mais próximas dos psicólogos, com sedes em todos os estados e algumas subsedes. Assim, fica mais descentralizado, o que garante um apoio maior e dentro da realidade de cada local.

Especializações para atuações específicas

A amplitude da graduação em Psicologia aqui da Anhanguera permite que o estudante aumente as suas possibilidades de trabalho. Ainda na grade curricular do curso, você vai ver algumas delas. Entretanto, depois de concluído o ensino superior e o registro no conselho da área, a continuidade nos estudos pode ser um “boom” a mais para a sua carreira.

Como a saúde mental vem sendo um assunto cada vez mais compreendido como fundamental para o bom funcionamento da sociedade, a abertura de campos para o psicólogo no mercado de trabalho também vem se ampliando. Nesse cenário, a continuidade dos estudos aumenta o conhecimento já adquirido na graduação. Vejamos algumas especializações:

  • Psicologia do Trabalho;
  • Psicanálise;
  • Psicologia do Esporte;
  • Psicologia Clínica;
  • Psicologia Forense;
  • Neuropsicopedagogia;
  • Psicoterapia Infantil.

No Canal Conecta, plataforma com vagas exclusivas para nossos alunos, você encontra vagas de estágio e de emprego dentro de diferentes áreas de atuação, o que reforça a abrangência que a Psicologia tem no mercado.

Busca constante por conhecimentos técnicos

Ao aprender tudo sobre Psicologia no Bacharelado aqui da Anhanguera, você estará preparado para atuar em várias perspectivas do ramo. Por isso, separamos algumas dicas para ser um Psicólogo de sucesso, o que também abrange conhecimentos técnicos. 

A primeira é lembrar sempre um ponto que já abordamos aqui neste artigo: não se basear em achismos. Para isso, é preciso colocar em prática todas as outras ações, como manter o sigilo profissional, saber a hora de ouvir e de falar, ter empatia, lidar bem com situações adversas e por aí vai!

Na prática, algumas habilidades, como a observação corporal, a leitura subjetiva de sonhos ou de desenhos feitos pelos pacientes, entre outras técnicas, são baseadas em teorias reconhecidas e criadas para tais procedimentos. Além disso, novos métodos estão sempre sendo criados e renovados, exigindo a busca constante por conhecimento.

Conheça a Anhanguera!

Estamos cientes das necessidades do mercado de trabalho. Por isso, preparamos os profissionais para os diferentes cenários. No nosso curso, o estudante tem uma ampla visão das funções do psicólogo, com uma formação completa. 

E lembre-se: para ser psicólogo, você não precisa, necessariamente, ter todas essas habilidades antes de começar o Bacharelado. Durante a graduação, é possível aprender e desenvolver muitas dessas questões. 

Agora que você já sabe o que é preciso para ser psicólogo, não perca mais tempo: inscreva-se na Anhanguera!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.