Quanto ganha um dentista? Descubra aqui

dentista em consultório

A escolha da profissão ideal envolve a análise de diversos fatores, como rotina de trabalho, cursos necessários e remuneração mensal. Para quem tem interesse pela área da Saúde e já pensou em cursar Odontologia, é interessante analisar esses aspectos, avaliando se a rotina está alinhada às suas expectativas, além de procurar saber quanto ganha um dentista.

Profissão muito requisitada por pacientes de todas as idades, para exercer a atividade, é preciso fazer o curso superior de Odontologia e ter a respectiva inscrição profissional no Conselho Regional de Odontologia (CRO) do seu estado de atuação.

A realização de um curso de especialização traz ainda mais visibilidade para o profissional, garantindo mais espaço no mercado de trabalho e também uma remuneração diferenciada.

Você quer saber mais sobre quanto ganha um Odontologista e quais são as principais estratégias para ter uma boa remuneração na profissão? Confira o nosso post e descubra!

O salário do dentista é de R$4.226,58, em média

Por ser uma profissão fundamental, a média do salário de dentista é bastante atrativa: R$ 4.226,58* ao mês. Isso é para uma jornada profissional de 33 horas na semana. Esse valor é encontrado em relação ao país todo.

Por isso, é preciso ter em mente que a remuneração mensal pode variar a partir da atuação em órgãos públicos, instituições de ensino ou clínicas particulares de terceiros.

A rotina de um dentista vai muito além do tratamento dentário: o profissional pode atuar, também, com distúrbios relacionados ao pescoço, à boca e à face. A carreira proporciona diversos caminhos ao dentista, considerando que é possível trabalhar em consultórios particulares, atuar como autônomo, prestar concurso para a área pública e, inclusive, ingressar na carreira acadêmica.

Atividade essencial à saúde da população, a profissão garante uma boa remuneração e apresenta uma alta demanda no mercado de trabalho. Ou seja, o dentista recém-formado consegue uma rápida colocação ao concluir a graduação.

As áreas da saúde são consideradas atividades essenciais, o que significa que as pessoas precisam desses serviços, independente de qualquer outra coisa. Neste sentido, a formação em odontologia é uma garantia de que o profissional vai ter excelentes oportunidades de colocação no mercado.

Salário do dentista por região

Assim como acontece em outras profissões a remuneração média pode variar de acordo com a região em que o profissional atua. Desta forma, dependendo da localidade em que se encontra a vaga, o salário de um Odontologista é variável.

Por essa razão e pelas oportunidades, muitos buscam outros estados do país, sobretudo no início da carreira. Para entender melhor, veja as diferenças na média salarial, segundo os dados do CAGED Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (CAGED).

Sudeste

  • São Paulo: R$ 4.631,41*
  • Rio de Janeiro: R$ 2.441,37*
  • Minas Gerais: R$ 4.100,57*
  • Espírito Santo: R$ 3.796,90*

Sul

  • Santa Catarina: R$ 4.110,08*
  • Rio Grande do Sul: R$ 4.912,62*
  • Paraná: R$ 3.801,49*

Centro-Oeste

  • Distrito Federal: R$ 4.072,33*
  • Mato Grosso: R$ 4.058,44*
  • Mato Grosso do Sul: R$ 4.674,56*
  • Goiás: R$ 3.233,98*

Norte

  • Amazonas: R$ 4.391,59*
  • Acre: R$ 3.283,95*
  • Amapá: R$ 3.983,15*
  • Pará: R$ 3.784,64*
  • Rondônia: R$ 2.406,04*
  • Roraima: R$ 3.924,57*
  • Tocantins: R$ 2.776,25*

Nordeste

  • Alagoas: R$ 2.778,45*
  • Bahia: R$ 3.278,67*
  • Ceará: R$ 3.973,39*
  • Maranhão: R$ 5.653,04*
  • Paraíba: R$ 3.911,47
  • Piauí: R$ 2.652,82*
  • Pernambuco: R$ 2.122,81*
  • Rio Grande do Norte: R$ 3.500,19*
  • Sergipe: R$ 3.048,24*

Ao profissional que pensa em se mudar para uma nova cidade para ter uma remuneração mais alta, é importante lembrar que algumas cidades têm um custo de vida maior, por isso, a remuneração mais alta precisa ser avaliada conjuntamente com outros fatores.

Quanto ganha um dentista empresário?

Também é possível empreender e iniciar o próprio negócio a partir do curso de Odontologia. Dentistas que abrem o próprio consultório conseguem uma boa margem de lucro e, ainda, são os responsáveis pela elaboração de suas agendas. Eles escolhem os dias de trabalho, os horários de atuação e a quantidade de pacientes a ser atendida por período.

Desse modo, pode-se lucrar ainda mais do que na atuação em uma clínica privada ou no setor público. Ao passo que um cirurgião-dentista na Dentística, por exemplo, pode receber R$ 16.345,49* como teto salarial, um profissional que atua em sua própria clínica pode ganhar esse valor em alguns dias ou semanas de trabalho.

Para esse perfil de dentista, tenha em mente que a boa remuneração traz consigo responsabilidades maiores. Isso significa que um dentista empresário precisa contar com uma boa infraestrutura, materiais de qualidade, um assistente ou profissional para atuar na recepção e, claro, com o marketing e a propaganda.

Apesar de ser uma das faculdades que não envolvem Matemática de forma direta, o profissional também deve ter noções de contabilidade e finanças, justamente para manter o negócio em bom funcionamento. O trabalho de um dentista empresário envolve diversas questões além da Odontologia, mas a cifra obtida ao final do mês compensa (e muito!).

Ao se tornar um dentista responsável por manter a própria clínica, você vai ter que dedicar um tempo para o planejamento e a gestão do negócio. Isso demanda conhecimento e busca por suporte de profissionais de outras áreas. Um contador, por exemplo, poderá ajudar no planejamento financeiro e controle das despesas. Lembre-se de que a remuneração é sempre proporcional ao trabalho exigido e às responsabilidades.

Quais são as áreas de atuação mais valorizadas?

A formação de nível superior em Odontologia prepara o aluno para trabalhar com a saúde bucal de forma ampla, atuando na prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças. Para isso, o aluno de odontologia estuda disciplinas que englobam a saúde dos dentes, bocas, gengivas, ossos da face e demais estruturas.

Um dentista pode atuar com diferentes pacientes, já que o curso traz conhecimentos e ensina técnicas que se aplicam a diversos públicos. Com o diploma de graduação o profissional consegue promover a saúde bucal e realizar tratamentos de vários tipos e de diferentes níveis de complexidade.

Entretanto, caso queira aprofundar os seus conhecimentos em uma área específica, será necessário realizar uma especialização dentro de um segmento de maior interesse. As especialidades podem envolver tanto a área de saúde quanto a área estética, que tem atraído muitos profissionais nos últimos anos.

Entre as diversas áreas da Odontologia, algumas são mais valorizadas e rendem um salário mais alto por mês. A seguir, listamos algumas delas e o quanto ganha o dentista em cada uma. Vamos conferir?

Ortodontia

Essa área trata a correção dos dentes, a partir dos chamados aparelhos ortodônticos. Até algum tempo atrás, colocar aparelhos ortodônticos era caro e esteticamente incômodo. Além disso, muitos pacientes demoravam anos para alcançar os resultados pretendidos.

Hoje, o procedimento é muito mais rápido, econômico e sem impacto estético tão alto durante o tratamento. Essas informações ajudam a entender porque a demanda por aparelhos ortodônticos aumentou, o que impactou significativamente no crescimento deste mercado.

A Ortodontia não só é uma especialização bem-remunerada, com salários de R$ 3.226,52 a R$ 6.409,80*: ela está entre as preferências dos profissionais pela recorrência. Isso porque o paciente retorna ao consultório ao menos uma vez por mês para os ajustes, concorda? Dessa forma, as chances de fidelização são ainda maiores.

Cirurgia e traumatologia bucomaxilofaciais

A especialização em cirurgia e traumatologia bucomaxilofaciais prepara o dentista para realizar tratamentos de doenças e outros procedimentos relacionados a deformidades faciais, traumatismos, extração de dentes, entre outros.

O dentista que se especializa nessa área tem salário médio de R$ 4.655,73*, que pode chegar a R$ 11.065,86* facilmente, à medida que você pega mais trabalhos e aprimora suas habilidades. Um profissional com experiência e nome no mercado pode ter salários ainda mais altos, principalmente se tiver um consultório próprio.

Implantodontia

A Implantodontia também conta com diversos procedimentos cirúrgicos, já que é a área responsável pela realização de implantes dentários: um sorriso perfeito é o objetivo. Essa é outra área da odontologia que remunera muito bem e tem muitas ofertas de trabalho.

Um cirurgião implantodontista ganha, em média, um salário inicial de R$ 4.626,00*. Aqui também vale a regra de adquirir competências e capacitação para progredir na carreira, certo?

Odontopediatria

A Odontopediatria, como se pode entender a partir de seu nome, trata a saúde bucal de crianças, o que requer mais cuidado e paciência do profissional. Para trabalhar com esse público é preciso ter habilidades específicas, já que geralmente são pacientes que demandam mais tempo e dedicação, uma vez que muitas crianças têm medo de ir ao dentista.

Se você tem afinidade com esse público e um perfil mais tranquilo em relação ao desafios da rotina, é um excelente segmento no qual investir. Como resultado, poderá ter rendimentos de R$ 4.138,00* (média dos salários da categoria) em diante! Um bom profissional de odontopediatria consegue ganhar espaço rapidamente no mercado de trabalho.

QUIZ CURSOS TECNOLOGIA

Cirurgião-dentista concursado

Já pensou em prestar concurso público de Odontologia? São cargos que, geralmente, oferecem mais estabilidade para uma carreira promissora. Existem diversos concursos públicos em níveis municiais, estaduais e federais. O profissional precisa se preparar para as provas, que além do conhecimento específico em odontologia, cobram saberem em outras áreas, como língua portuguesa, conhecimentos gerais e informática.

Sabe quanto ganha um dentista que se especializa como cirurgião? Para se ter uma ideia, veja este exemplo do Sindicato dos Cirurgiões Dentistas de Sergipe: para 40 horas de trabalho mensais, o piso salarial do profissional é R$ 5.988,00*, fora valores referentes à insalubridade. Ou seja, você não pode ganhar menos do que isso para qualquer vaga aceita!

Quanto ganha um dentista por área de atuação?

Como você pode ver existem diferenças nas remunerações de acordo com a região e também com a área de especialização. A seguir, montamos uma lista com a média dos salários em diferentes cargos, funções e profissões ligadas às diferentes áreas de atuação da Odontologia. Dessa forma, você poderá ter uma noção de como anda o mercado. Confira:

  • salário do cirurgião-dentista clínico geral — R$ 4.226,58*;
  • salário do dentista concursado — R$ 4.486,50*;
  • salário do dentista de atividades de atendimento hospitalar (segmento de empresa) — R$ 6.022,75*;
  • salário do cirurgião dentista odontologista legal — R$ 6.565,26*;
  • salário do odontólogo endodontista — R$ 4.074,92*;
  • salário do cirurgião-dentista endodontista — R$ 4.074,92*;
  • salário do odontopediatra — R$ 9.973,25*;
  • salário do cirurgião-dentista da Estratégia de Saúde da Família (ESF) — R$ 5.877,83*. Vale destacar que a ESF tem ligação com o SUS;
  • salário do cirurgião-dentistas implantodontista — R$ 4.626,00;
  • salário de dentista PSF (Programa Saúde da Família), que tem ligação com o SUS — R$ 7.870,00*. PSF atualmente é chamado de ESF.

Caso você esteja se perguntando “Quanto ganha um dentista com consultório próprio?”, vale lembrar que, se você pensa em ser autônomo, a renda varia conforme as suas receitas e os seus custos. Entretanto, a remuneração de um dentista com consultório próprio e que já tem uma boa carteira de clientes costuma ser bem interessante.

Quanto ganha um Odontologista por momento de carreira?

Vale destacar que muitos dos salários que citamos se referem a uma média de vários profissionais, estando eles em diferentes fases da carreira. Sendo assim, listamos os salários médios, por momento de carreira, de acordo com o site Salário. Veja:

  • odontologista recém-formado — média de R$ 4.879,98* mensais, em uma jornada de 35 horas semanais;
  • dentista nível júnior —R$ 4.132,33* mensais;
  • dentista nível pleno — R$ 4.674,62* mensais;
  • dentista nível sênior — R$ 5.615,29* mensais.

A renda média de um dentista considerado bem-sucedido é de R$ 6.019,00*ao mês (esse é um valor médio que o profissional poderá ganhar quando tiver maior nível de experiência, mas há rendas maiores);

Como dissemos há pouco, a renda de um dentista com consultório próprio é mais difícil de estimar, pois isso dependerá do faturamento do consultório. Este, por sua vez, depende do número de clientes, do valor e dos tipos de procedimentos realizados, dos custos do consultório, entre outros fatores.

No entanto, a pesquisa “Os principais indicadores da gestão odontológica brasileira 2019″, da Simples Dental, levantou o faturamento médio das clínicas odontológicas do Brasil, em 2018. A seguir, veja o resultado por faixas de receita:

  • 31,8% faturavam entre R$ 5 mil e R$ 10 mil;
  • 26,3% faturavam entre R$10 mil e R$ 20 mil;
  • 17,7% faturavam até R$ 5 mil;
  • 15,9% faturavam entre R$ 20 mil e R$ 50 mil;
  • 4% não sabiam a média de faturamento;
  • 3,1% faturavam acima de R$ 50 mil;
  • 1,2% correspondiam a “outros”.

A pesquisa coletou os dados usados para essa compilação no ano de 2018. Vale destacar que esses valores não correspondem inteiramente à renda dos odontologistas. Isso porque é necessário reduzir custos, impostos, salários de profissionais que atuam nesses consultórios (como secretárias), entre outros gastos.

Portanto, os ganhos dependem também de uma boa gestão do negócio, ou seja, quanto melhor for isso, maior poderá ser o rendimento do dentista.  Por isso, quem opta por abrir um consultório próprio precisa ter uma veia empreendedora e o suporte de profissionais de outras áreas que vão auxiliar no crescimento do negócio.

Quais os dados de média salarial do dentista?

Adiante, veja algumas médias salariais na carreira base de dentista, tendo por referência dados do portal Salário:

  • média salarial do dentista — R$ 4.226,58* ao mês;
  • mediana do salário de dentista —R$ 3.584,31* ao mês;
  • média do piso salarial do dentista com base em acordos coletivos (Regime CLT) — R$ 3.857,56* ao mês; e,
  • teto salarial do dentista — R$ 8.878,03* ao mês.

O que fazer para expandir seus lucros?

Independentemente do modo de atuação do dentista, sempre é possível buscar ferramentas para a expansão dos lucros mensais. Confira, a seguir, alguns modos para aumentar a sua receita.

Trabalhe a progressão de carreira

No começo, é normal que o seu salário de dentista não seja o que você sempre sonhou. Mas saiba que há muita gente no mesmo barco, e essa situação pode ser facilmente contornada. À medida que você adquire experiência, os lucros se tornam bem maiores. Se, logo que sair da faculdade, encontrar um emprego abaixo das suas expectativas, pense que essa é uma grande oportunidade.

Dentro de uma clínica, você pode substituir um dentista a princípio, conquistar a satisfação dos clientes e, logo, conseguir uma vaga fixa. Mesmo se já entrar em um cargo específico, trabalhe o seu máximo para progredir, se aprimorar, oferecer os melhores serviços e, assim, ter o aumento tão esperado.

O início de carreira é um momento de aprendizagem, em diversos sentidos. Muito embora você tenha estudado e feito os estágios necessários durante a graduação, é na prática que você vai aprender efetivamente como funciona a profissão de dentista.

Você vai adquirindo experiência envolvendo atendimento, vai aprender a lidar com diferentes tipos de pacientes e perfis, enfim, esse conhecimento que você não tem quando sai da faculdade e que adquire ao longo dos primeiros anos de exercício da profissão é um diferencial que vai impactar nos seus ganhos mais para frente.

Conte com ferramentas digitais

As mídias sociais são bastante utilizadas nos dias de hoje e funcionam mais do que uma plataforma de conexão entre amigos — atualmente, as ferramentas digitais são locais para a divulgação de produtos e serviços.

Conte com ferramentas digitais, faça um planejamento de publicações e atraia mais pacientes para a sua agenda. É possível divulgar técnicas de tratamentos, informar as especialidades de atuação, compartilhar materiais informativos e demonstrar os serviços prestados.

Ao investir em uma estratégia de marketing, lembre-se de respeitar as normas éticas do Conselho Federal de Odontologia. O Código de Ética, em seu artigo 44, lista atividades e elementos proibidos em ações publicitárias — e aqui se inclui o marketing digital — de dentistas. Lembre-se de consultar e atuar em consonância com as diretrizes do conselho.

Incentive a propaganda por recomendações

A conhecida propaganda boca a boca tem bastante força entre todas as áreas de atuação. Isso porque uma recomendação feita por um amigo próximo tem bastante valor e pode gerar a captação de um novo consumidor.

Na área de saúde, um bom atendimento e uma experiência positiva fazem toda a diferença para um paciente. A fidelização depende basicamente da confiança e da qualidade no atendimento prestado. Isso quer dizer que, se você atende bem um paciente e oferece o suporte necessário durante o tratamento, as chances de fidelização são muito altas.

E um paciente bem atendido e fidelizado vai recomendar os seus serviços para amigos, colegas e conhecidos. A propaganda por recomendações tem um poder muito alto e ajuda bastante quem está começando a carreira e precisa captar novos pacientes.

Junto com o atendimento de qualidade, outra estratégia que pode ajudar é oferecer aos seus pacientes bonificações ou pequenos descontos por recomendações. Assim, sempre que receber um paciente novo por indicação de outro paciente, aquele que indicou ganha um desconto nos serviços. Essa é uma forma simples e eficaz de garantir mais pacientes e, consequentemente, um renda mais alta.

Invista em capacitação

Um currículo de ponta é essencial para contar com melhores oportunidades de emprego e, claro, com uma boa cifra salarial. Por isso, a primeira dica é investir na sua capacitação em uma instituição de qualidade. A partir das matérias de Odontologia vistas na faculdade e outros benefícios, o profissional consegue se destacar ainda mais no mercado de trabalho.

Assim como em qualquer profissão, o estudo é uma demanda constante. Além da formação superior, o profissional deve se manter atualizado a respeito das novas tecnologias e serviços que podem ser integrados às suas atividades.

Conheça a Anhanguera e seus diferenciais

Aqui na Anhanguera, a formação do profissional na área de Odontologia é bem completa e cheia de diferenciais que vão contribuir significativamente para uma formação completa, entregando ao mercado do trabalho um profissional totalmente apto para cuidar da saúde dos seus pacientes.

A Odontologia é uma das melhores profissões da área da saúde, mas, para se tornar um bom profissional, é necessário escolher uma boa instituição de ensino superior, que vai oferecer toda a base de conhecimento técnico desse dentista.

Com a nossa Aula Destaque, aprende-se muito mais do que as disciplinas básicas, tendo dicas de profissionais que já estiveram no seu lugar e, hoje, são especialistas no segmento. São aulas ministradas por profissionais conceituados na área de saúde, um diferencial para quem quer aprender com quem já tem muita experiência no mercado.

Você também pode contar com o Canal Conecta, uma plataforma exclusiva para os alunos da instituição, que reúne diversas vagas de emprego e de estágio. Trata-se de uma excelente oportunidade para quem está procurando emprego e quer ter acesso a vagas exclusivas. Os alunos da Anhanguera podem acessar gratuitamente e de forma exclusiva esse portal de empregabilidade.

Para se tornar um profissional completo e ter uma boa remuneração salarial, é imprescindível saber como escolher uma faculdade. Depois, com o suporte de uma instituição reconhecida, o estudando deve investir em capacitação e buscar as melhores oportunidades, de acordo com os seus objetivos.

Como vimos, ter no currículo uma especialidade aumenta as suas chances de sucesso. Assim como um médico, o dentista pode muito bem só contar com o diploma de ensino superior –– que já é excelente, quando você escolhe estudar na Anhanguera. Mas, ao investir em um conhecimento específico, dá para se tornar referência e, com isso, conquistar o respeito e a valorização de um número maior de pacientes.

Isso sem falar que os melhores salários em Odontologia se encontram nessas especialidades. Então, se o intuito é ter uma remuneração mais alta, não deixe de estudar e se capacitar, faça uma especialização alinhada com o seu perfil e preferências profissionais. Por mais que um curso de especialização dure, em média, 3 anos, é um grande investimento para o seu destaque no mercado.

Tenha sucesso na sua carreira em Odonto!

É essencial saber quanto ganha um dentista se você tem interesse em atuar na área. Conte com as dicas do nosso post e veja o salário em Odontologia, as áreas mais valorizadas, a atuação de um dentista empresário e, também, as dicas para expandir os lucros. Depois, é só arregaçar as mangas e iniciar o trabalho!

Gostou de saber quanto ganha um dentista? Então, não perca mais tempo e comece a sua carreira de sucesso! Faça a inscrição no vestibular e venha estudar com a gente aqui na Anhanguera!

* Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 12

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.