Qual é o salário de um profissional de Gestão Financeira?

Se tem uma área com boas perspectivas de crescimento, esta é o mercado financeiro. O profissional de Gestão Financeira vem ganhando espaço em bancos, em corretoras, em instituições de crédito, entre outros. Afinal, é ele quem mantém os gastos de uma empresa sob controle e prospecta os melhores investimentos.

A carreira tem dois grandes atrativos: o salário do analista financeiro e a alta empregabilidade. Sem contar as chances reais de crescimento por meio de cargos de gestão ou consultoria de forma autônoma. Fique por aqui para saber:

  • o que faz o profissional de Gestão Financeira e qual é a sua remuneração;
  • quais são as áreas de atuação mais valorizadas;
  • como aumentar os ganhos;
  • se vale a pena atuar no setor.

Confira a seguir!

Quanto ganha um gestor financeiro?

Como o próprio nome já entrega, gestor financeiro é o profissional responsável por cuidar da saúde financeira de uma empresa. O salário de um analista financeiro pode variar de acordo com a evolução do seu plano de carreira e o nível de experiência.

Conforme o site Vagas, a remuneração base começa em R$ 2.028 e pode chegar a R$ 5.514. Já a média salarial no Brasil é de R$ 3.260. O portal Trabalha Brasil também traz variações de salário, levando em conta o porte da empresa e os níveis hierárquicos — trainee, júnior, pleno, sênior e master:

  • pequenas: de R$ 2.914,25 a R$ 8.323,38;
  • médias: de R$ 4.371,37 a R$ 12.485,08;
  • grandes: de R$ 6.557,06 a R$ 18.727,62.

Quais são as áreas de atuação mais valorizadas?

Quando falamos em planejamento financeiro, podemos dizer que todas as empresas, independentemente da área de atuação, precisam de uma gestão eficiente. Isso vale tanto para o uso dos recursos (receitas) como para a organização de custos (despesas).

Portanto, o profissional de Gestão Financeira é valorizado em diversas empresas, inclusive em épocas de instabilidade econômica. Durante um período de recessão, ninguém melhor do que um bom gestor para colocar as contas em ordem e encontrar os investimentos mais rentáveis. De qualquer forma, algumas áreas tendem à maior valorização que outras. Acompanhe!

Investimentos

Investir em renda variável nunca esteve tão em alta como agora. No entanto, muitos brasileiros ainda não sabem a melhor forma de aplicar bem seu dinheiro. A mesma insegurança vale para as empresas, que têm no gestor financeiro know-how para ajudar na tomada de decisões estratégicas a fim de encontrar os ativos com maior rentabilidade.

Compliance e riscos

Entender como o mercado financeiro funciona não é tarefa fácil para quem não tem a formação certa ou a experiência necessária. Nesta área de atuação, cabe ao profissional analisar e entender as tendências de mercado a fim de guiar a gestão corporativa.

Planejamento financeiro

Papéis estratégicos tendem a estar em alta constantemente. É o caso, por exemplo, de quem cuida do planejamento das finanças de pessoas físicas e jurídicas. Aqui o gestor financeiro deve ter uma visão holística da empresa para entender como e onde o dinheiro pode ser melhor aplicado.

Contabilidade, auditoria e controladoria

A união dessas três áreas demanda conhecimento contábil, além de entendimento sobre a tributação e a legislação. Entre as principais funções do setor, é preciso manter os impostos em dia, assim como encontrar formas de diminuir a carga das taxas pagas. Sem contar o controle para monitorar e otimizar processos.

Crédito e cobrança

Por fim, a última área que vamos destacar entre as mais valorizadas na Gestão Financeira é a de crédito e cobrança. As atividades comuns incluem emissão de boletos e notas fiscais, verificação de limites de crédito e acompanhamento de contratos.

O que pode ser feito para aumentar os ganhos?

O primeiro passo para construir uma carreira de sucesso é investir em conhecimento por meio de uma graduação.

Hoje, existem diversas formas de ingresso na faculdade, facilitando a obtenção de um diploma. Dessa maneira, você terá toda a teoria ao seu lado com o objetivo de estudar e entender de que maneira o mercado financeiro funciona. Os três tipos de formações mais procurados são: Bacharelado, Tecnólogo e Especialização. Confira mais detalhes sobre eles.

Bacharelado

Entre os cursos mais comuns aqui da Anhanguera para quem quer seguir carreira em Gestão Financeira, podemos citar Administração, Economia e Ciências Contábeis. A duração média de cada graduação é de quatro anos, com disciplinas mais amplas sobre conceitos de finanças e afins.

Tecnólogo

Com conteúdo prático e mais voltado às demandas do mercado de trabalho, o curso Tecnólogo de Gestão Financeira da Anhanguera pode ser feito na modalidade EAD. Por ser um diploma de ensino superior, você pode concorrer normalmente a concursos públicos desse nível, além de continuar seus estudos com especializações e pós-graduação.

Com um currículo bem mais específico e tempo menor do que um curso tradicional — duração média de dois anos —, as disciplinas incluem tecnologias de gestão, administração financeira e orçamentária e análise de crédito em situações de risco.

Especialização

Para quem quer dar um passo além, buscar uma especialização ou pós-graduação abre portas para cargos de liderança. Também é válido se você tiver outra formação profissional, fora da área de finanças, mas quer investir na carreira de analista financeiro. Uma boa ideia é fazer cursos de gestão para enriquecer o currículo.

Vale a pena atuar nessa área?

Além de o salário do analista financeiro ser um atrativo à parte, uma carreira nesse segmento promete ser promissora. Para destacar-se, é preciso estudar a área a fundo, entender como funcionam as oscilações do mercado financeiro e seus produtos, bem como o cenário econômico e as projeções para o futuro.

Dependendo da área de atuação, o conhecimento técnico precisa se expandir para conduzir a uma visão mais estratégica. Habilidades comportamentais também são valiosas. Entre as cobiçadas pelos recrutadores em um processo seletivo, podemos destacar:

  • habilidade de negociação;
  • perfil mais analítico;
  • raciocínio lógico;
  • visão global e sistêmica dos negócios;
  • flexibilidade para se adaptar às mudanças;
  • iniciativa e boa comunicação;
  • capacidade de avaliar riscos.

Agora que você já sabe quanto ganha um gestor financeiro, as áreas mais valorizadas e como começar sua carreira, aproveite para dar uma olhada nas oportunidades do Canal Conecta, portal de vagas exclusivo da Anhanguera. Lá estão as melhores vagas do mercado. Elas podem ajudar a guiar seu caminho profissional, seja com uma formação mais generalista, seja como tecnólogo.

O que você está esperando para fazer o vestibular? Entre em contato com a Anhanguera e comece sua carreira em Gestão Financeira.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.