Gestão de Qualidade: o que faz o profissional da área?

Gestão de Qualidade

Você sabe o que faz a gestão de qualidade? Atualmente, as empresas investem nesses profissionais para alcançar resultados-chave, como economia, segurança, satisfação do cliente e outros padrões que devem estar presentes em produtos, serviços e processos. Por isso, ele é um dos mais importantes nos empreendimentos.

Aliás, a demanda por bons profissionais se reflete na remuneração. Quem faz o curso de Gestão de Qualidade tem a oportunidade de concorrer por cargos com média salarial de R$ 3.516,00¹. Logo, é um excelente retorno, considerando que a graduação é online e pode ser concluída em 3 semestres aqui na Anhanguera.

Neste conteúdo, indicamos as principais rotinas do gestor de qualidade. Continue a leitura e entenda se essa é a carreira certa para você fazer a sua faculdade!

Define padrões de qualidade

O que faz a gestão de qualidade é caracterizado pelo planejamento, análise, controle e revisão dos padrões que devem estar presentes em produtos, serviços e processos. Isto é, o profissional confronta a expectativa da empresa com os resultados alcançados, verificando se o desempenho está dentro, aquém ou além das expectativas.

Um resultado dentro do esperado representa a qualidade, pois satisfaz os desejos e as necessidades definidos como padrão. Perceba que a palavra qualidade tem um sentido diferente daquele que utilizamos no dia a dia.

Ao abrirmos um freezer no supermercado, tanto o iogurte mais barato como o mais caro podem ter qualidade. Porém, no caso do mais barato, geralmente ela não será alcançada por ele ser o mais saboroso ou a primeira escolha do cliente: o fabricante pode definir como padrão uma redução razoável no sabor em troca de um preço mais acessível.

Quando o resultado supera a expectativa, falamos em excelência. Se, além de ser o mais barato, o iogurte consegue superar concorrentes de preço mais elevado nas prateleiras, do ponto de vista da gestão de qualidade, o produto é excelente.

Já se o produto, serviço ou processo está aquém, ele não tem qualidade. Se você espera que uma equipe produza 50 unidades por hora, mas ela produz 40 unidades, algo está errado e precisa ser corrigido. Pode ser, até mesmo, que a expectativa esteja incorreta, e o padrão deva ser revisto, mas mudanças devem acontecer.

Realiza análises nos produtos

Muito daquilo o que faz a gestão de qualidade, portanto, está ligado à análise de produtos. Um produto é criado para satisfazer certos desejos e necessidades — segurança, estabilidade, conforto, economia, resolução de problema etc. Logo, as empresas precisam avaliar e fazer as correções necessárias para atingir os padrões definidos.

É bastante comum que os gestores de qualidade atuem já nas etapas de desenvolvimento. Com os avanços tecnológicos da sociedade, tornou-se mais barato experimentar um produto, em vez de planejar tudo antes de desenvolver a solução completa para o cliente.

A consequência disso é que avaliamos a qualidade mesmo em etapas muito iniciais. Um conceito bastante utilizado, por exemplo, é o de MVP (Minimum Viable Product ou Mínimo Produto Viável). A partir dele, definimos a entrega que o produto deve realizar e construímos uma versão de teste com a menor quantidade de recursos possíveis. Assim, só fazemos o investimento definitivo quando temos bons resultados.

Levanta o feedback do cliente

Com alguma frequência, o papel do gestor de qualidade é criar canais de comunicação com os clientes para coletar dados sobre produtos e serviços. Nesses casos, normalmente buscamos medir a satisfação, verificando se as expectativas do comprador foram atendidas. E, com o feedback, podemos implementar melhorias.

Um mecanismo bastante utilizado é a pesquisa de opinião. Após experimentar o produto, o cliente responde a questionários com escalas (0 a 5 ou 1 a 10, por exemplo). Os aplicativos de delivery e de transporte são bons exemplos com os seus sistemas de avaliar restaurantes, entregas e motoristas.

Também é comum que a gestão de qualidade avalie a experiência, e não só a eficácia do produto ou serviço. Trata-se de saber se as interações do consumidor com a empresa foram positivas, desde um pedido realizado até a efetiva entrega da solução. Afinal, uma boa experiência é o que frequentemente fideliza o cliente e gera dinheiro para a empresa.

Nesse contexto, o gestor de qualidade muitas vezes deve ir além do conhecimento técnico, desenvolvendo as chamadas soft skills. Comunicação, iniciativa, resolução de problemas, trabalho em equipe, capacidade de pesquisa são algumas das habilidades importantes ao coletar feedbacks junto aos clientes para melhorar as soluções da empresa.

Monta estratégias para melhorias contínuas

Outro tema que vem ganhando espaço na faculdade de Gestão de Qualidade e no dia a dia da profissão são os processos cíclicos. Nessa forma de gerir a qualidade, após concluir todas as etapas, o profissional usa o aprendizado adquirido na prática para implementar melhorias, repetindo um circuito.

O ciclo PDCA, por exemplo, é amplamente estudado pelos gestores:

  • o “P” representa o planejamento (plan);
  • o “D” (do) é o passo seguinte, o fazer;
  • a seguir, temos o “C”, que indica a checagem (check) dos resultados;
  • depois, a ação (act) para corrigir ou manter as atividades.

Após completar o ciclo, o que faz a gestão de qualidade? Ela retoma ao planejamento para usar a experiência adquirida, implementando as correções levantadas e dando início a uma nova fase de execução. Assim, com a repetição periódica e pontual do circuito, continuamente produtos, serviços e processos são otimizados.

No ensino EAD da Anhanguera, você consegue aprender essas técnicas de gestão com recursos do ambiente virtual de aprendizado. Tarefas baseadas em casos reais, fóruns de discussão, tutoria com professores, exercícios e outras atividades fornecem as orientações para aplicar todas as ferramentas de qualidade, aliando teoria e prática.

Identifica melhorias relevantes para os processos de produção

A graduação em Gestão da Qualidade também ensina o trabalho para melhorar as empresas internamente. Além de normas técnicas, como as da ABNT, Inmetro, ISOnormas regulamentadoras do trabalho (NRs), podemos definir padrões de qualidade para uma produção eficiente nas organizações, alcançando resultados importantes, como redução de custos, corte de desperdícios e aumento da produção.

Um conceito aplicável a esses ganhos de produtividade é o benchmarking. Essa técnica consiste em encontrar no mercado práticas de sucesso para serem modelos para as atividades da empresa. É o caso, por exemplo, de uma indústria comparar seus processos de produção com os dos concorrentes, entendendo a distância entre suas práticas e os melhores padrões do mercado.

Se avaliarmos as funções descritas ao longo do conteúdo, percebemos que todas as atividades envolvem muita técnica e conhecimento. Por isso mesmo, é importante buscar um bom curso de Gestão da Qualidade se você quiser atuar na área e aprender como se destacar no mercado de trabalho.

Dentro dessas premissas, o curso de gestão da qualidade da Anhanguera traz uma grade curricular completa e adequada para você desenvolver as qualidades de um bom profissional:

  •  Gestão da Qualidade;
  •  Legislação, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente;
  •  Metrologia e Controle Geométrico;
  •  Normas e Certificações de Qualidade;
  •  Orçamento e Custos Industriais;
  •  Processos Estocásticos;
  •  Qualidade e Sistemas de Produção;
  •  Qualidade em Redes de Suprimentos;
  •  Qualidade em Serviços.

O conteúdo é complementado com benefícios exclusivos para desenvolver outras competências relevantes para o mercado de trabalho. Os alunos, por exemplo, podem acessar as Trilhas de Carreira para construir diferenciais, como Gestão de Projetos, Inovação em Gestão de Pessoas e Liderança e Coaching.

Também é possível pesquisar vagas de estágio e emprego no Canal Conecta, um portal de empregabilidade exclusivo dos alunos. Lá você faz seu currículo, recebe orientações e participa dos processos seletivos de empresas parceiras. Logo, aumenta as suas chances de conquistar uma oportunidade e ganhar experiência profissional.

Estude Gestão da Qualidade na Anhanguera!

Por isso, agora que você já sabe o que faz a Gestão da Qualidade, o curso da Anhanguera é a formação ideal para participar desse mercado promissor. Você terá as melhores ferramentas para desenvolver competências técnicas e comportamentais à sua disposição, tornando-se um profissional completo.

Inscreva-se agora mesmo no curso de Gestão da Qualidade da Anhanguera e conquiste uma excelente empregabilidade!

1. Dados do Vagas.com, sujeito a alteração.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.9 / 5. Número de votos: 8

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.